História Rosa nunca é demais - Capítulo 172


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Lemon, Pantera Cor De Rosa, Yaoi
Visualizações 29
Palavras 542
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Bishoujo, Bishounen, Comédia, Crossover, Ecchi, Fantasia, Ficção, Fluffy, Harem, Hentai, Lemon, LGBT, Magia, Misticismo, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Sobrenatural, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Boa leitura meus gatinhos e minhas gatinhas.

Capítulo 172 - Nenêns


Art on

- Shi, shi, shi. - fico balançando o Regin no meu colo pra ele parar de  chorar.

- O que ele tem?

- Fome. - pego a mamadeira com a cauda, levo perto da boca e tiro a tampa, colocando na boca dele e deixando ele mamar logo depois.

- Não sabia que bebês davam tanto trabalho assim. - o Danny tentava ajeitar o James e o Ben no colo enquanto a Diana tenaltava insistentemente caçar algum peito pra mamar.

{ - More, ajuda com a cria.}

- Ok. - agora os dois tentavam equilibrar as três crianças no colo enquanto balançavam com a cauda do Roy o pequeno Rick que logo, logo ia pegar no sono.

- Sorte a sua não serem mais. - o Chisai aparece com o Robin nos braços enquanto ficava tentando enrolar o mesmo na mantinha.

- Quem é meu fofinho de cabelo vermelho, quem é meu fofinho de cabelo vermelho.

- Lúci, para de perturbar o bebê enquanto ele mama.

- Deixa eu brincar com meu filho e por que raios ele está com essa roupa.

- O pijama de maçã fica fofo nele, não reclama.

- Deixa eu pegar ele aqui. - ele puxa a cria do meu colo e fica dando mama pra ela enquanto cheira o cabelo - Esse aqui tem cheiro de maçã.

- E olha que tem o cabelinho vermelho e com as pontinhas das orelhinhas verdinhas.

- Tudo com "tinha" né pai? 

- Ai, deixa eu segurar meu netinho. - vou até ele e pego o Haru no colo e fico balançando ele.

- Não chora pai.

- Não to chorando.

- Só tá escorrendo as cataratas do Niágara dos seus olhos.

- Imagina hora que você conhecer essas outras lindezas. - o Oliver entra na sala com meu outro princeso e minhas  princesas no colo.

- Aaaa, vem po vovô.

- Eu também quero.

- Agora sou eu Lúci.

- Aqui "tio Lúci", segura seu sobrinho agora. - o Miguel coloca o Ren no colo dele.

- Ai que fofo. - o Lúci já ta balançando o menino.

- É melhor parar.

- Por que? Ele tá adorando né?

- Mas ele acabou de... - o garoto vomita tudo encima do Lúci - mamar.

- Já foi batizado e nem foi pelo próprio filho hein Lúcifer.

- Miguel, tinha que ser seu filho.

- O que você quis dizer com isso?

- Quem você acha que foi o primeiro bebê a vomitar em mim?

- Abram caminho, bebês passando. - o Consta vem trazendo o Kipline e a Calissa.

- A bebê vampira e o fofo das bochechas gordas.

- Ei, quem disse que podiam dar apelidos pro meus bebês.

- Reclame se quiser, o menino só tem um dia e o Roy já fica chamando meu bebê de Robin Hood, né filhinho? - o Chisai começa a brincar com o garoto.

- Vamos pra ilha que horas hein Lúci? A casa já ta pequena.

- De manhã a gente vai.

- O Robin já quer dormir já.

- Chisai, pode por ele pra dormir no nosso quarto? Sobra mais espaço assim.

- Não ia caber lá no meu mesmo.

- Mas tudo bem por vocês Art? Tem espaço.

- O berço do Regin é grande, vai dormir os dois juntinhos.

- Robin Hood e o cara das maçãs, que fofo.

{- Nonna, traz o Mucilom}

- E fraudas, descobri que a Cecília gosta de gastar bem as dela.

- Aja neném...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...