História Rough (Áspera) - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Eijirou Kirishima, Katsuki Bakugou, Midoriya Izuku (Deku), Personagens Originais, Shouto Todoroki
Tags Kirideku, Todobaku
Visualizações 43
Palavras 517
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, Literatura Feminina, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Slash, Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Self Inserction, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - É aquela série que o Shoto assiste? Né, "Dê Gúdi Pereice"?


Todoroki Shoto nunca foi o tipo de pessoa com quem Sugahara se envolveria, ainda que este mesmo inútil de cabelo bicolor fosse seu primo de segundo grau. Quer dizer, eles se viam nas festas de família, sentavam um ao lado do outro no sofá do canto da sala e murmuravam um "oi" sem graça apenas por educação. Ele era meio "zzzZzzz" e Miyazaki tinha aquele negócio meio "fico quieta no meu canto, até alguém mexer comigo". Então como diabos ela tinha se metido em uma situação daquelas?

Veja bem, na última das extensas e cansativas reuniões em família, Sugahara tinha deixado escapar para Fuyumi - a irmã de Shoto - que ela gostava muito de assistir àquela série que todos estavam comentando de tão boa que era, a tal de "The Good Place". Então, enquanto estavam todos juntos à mesa e conversando animados, Sugahara percebeu que devia ter ficado calada. Todoroki Shoto a olhava com aquele brilho insano no olhar - ainda que contido - de quem é uma fangirl ou, no caso, um fanboy. Logo o pai de Shoto, Enji, deu uma risada exageradamente alta e ela soube imediatamente que estava ferrada. Uma sensação de nervosismo foi subindo por todo o seu corpo.

“Isso não está acontecendo", pensou ela.

Mas então Enji deu uns tapinhas nas costas de Shoto, olhou para Sugahara e então voltou ao olhar para Shoto, o tempo todo sorrindo alegremente enquanto era acompanhado nisso pelo resto da família toda - incluindo a maldita Fuyumi, que deixara escapar a bendita e valiosíssima informação que lhe era questionada.  

Ele voltou a encarar Sugahara e abriu a boca para dar a sentença à ela.

— Ah, é verdade que você assiste essa tal de Dê Gúdi Pereice? — ele disse como quem sabe do que fala, mas o sotaque japonês não ajudava muito a transparecer o que ele queria. — Você vai se dar bem com o Shoto, então, porque ele só vive reclamando que quer assistir a segunda temporada logo. — Endeavor fez uma expressão de quem teve uma ideia brilhante e então disse: — Na verdade, depois daqui ele ia sair com uns amigos dele, sabe, pra assistirem essa série juntos… Que tal você ir com ele, hein, Misinha?

Após a oferta, Shoto tinha suas bochechas pintadas com tons de rosa-avermelhado, enquanto que Sugahara tinha um "tique" no seu olho esquerdo, de nervosismo ou raiva nem ela saberia dizer. O resto da família, alheia a verdadeira situação - de que Todoroki Shoto e Sugahara Miyazaki mal tinham trocado duas ou três palavras em todos esses anos de convívio forçado -, esperavam ansiosamente pela resposta da garota de cabelo castanho e olhos dourados. Entredentes, uma resposta foi concedida:

— Ahm, sim. — ela respondeu meio incerta — Claro.

E foi esse o começo do problema todo.

Porque Miyazaki não sabia que os caras que Todoroki estava indo encontrar eram de Yuuei e que eles, com toda a certeza do mundo, iriam arrumar alguma confusão. Ela também não sabia do rolo todo que havia entre Shoto, Midoriya, Kirishima e Bakugo. Então, como diabos poderia ela não ter feito o que fez? 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...