História Rowena e Castiel (Rowestiel) - Capítulo 7


Escrita por:

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Castiel, Crowley, Dean Winchester, Lúcifer, Mary Winchester, Rowena MacLeod, Sam Winchester
Visualizações 67
Palavras 1.197
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Vamos alimentar um pouquinho ... 😏


Espero que gostem!!!


Boa leitura Hunters! ❤️

Capítulo 7 - Sozinhos no Bunker


Fanfic / Fanfiction Rowena e Castiel (Rowestiel) - Capítulo 7 - Sozinhos no Bunker

***Sozinhos no bunker***


Estavam na cozinha sentados se olhando de rabo de olho. Em silêncio.
Um esperava o outro puxar assunto.

Rowena: Se você não falar nada eles vão voltar e ainda vamos estar aqui, sem falar nada um com o outro.

Castiel se levanta e da uns passos pela cozinha.

Castiel: Rowena, eu não sei o que fazer com toda essa história. Essa nossa fi... (Rowena o interrompe.)

Rowena: Castiel. O pai do Crowley me deixou quando ele nasceu. Eu estava naquele lugar sozinha. Sofri com as dores do parto sozinha (A voz de Rowena é embargada por seu choro)
Castiel: Rowena... Rowena... calma, não vou te deixar sozinha.
Rowena: Não faça promessas que não pode cumprir.
Castiel: Rowena estou te dizendo que não vou sair do seu lado.
Rowena: Sou a pior pessoa do mundo Castiel. A pior mãe do mundo. Fiz tanta coisa errada.

Rowena deita sua cabeça em seu braço apoiando na mesa e deixa suas lágrimas caírem.
Castiel vendo essa cena sente uma vontade enorme de consolar a Ruiva. E assim faz .
Ele a puxa pelo braço com uma certa força, sem machuca-la e cola ela em seu corpo olhando fixamente em seus olhos. Guarda sua timidez no bolso e diz com uma voz bem séria:

Castiel: Você não é a pior pessoa do mundo Rowena. Não é a pior mãe. Você não é fraca. Você não merece sofrer mais do que já sofreu.
Agora te digo o que você é. Você é a Bruxa mais poderosa que já conheci. A mais esperta. A mais mandona. A mais forte. E ..... a mais linda.


Rowena fica paralisada olhando profundamente nos olhos de Castiel enquanto ele lhe direcionava essas palavras.

Castiel: Você me ensinou a te olhar de outra forma. Me ensinou a amar você.

Rowena arregala os olhos.

Castiel: Sim Rowena. Eu não sabia se o que eu sentia era amor ou atração.
Mas estando aqui bem perto de você, sentindo sua respiração em mim, o calor do seu corpo. Seu cheiro. Não me imagino sem você.

Os olhares ficam paralisados.
Rowena fecha os olhos .
Antes mesmo que ela possa responder, Castiel a beija.
O beijo é correspondido. Ardentemente.
Castiel escorrega suas mãos pelas costas da ruiva. Segurando em sua cintura bem colada a ele. Leva sua mão até a nuca da bruxa conduzindo sua cabeça pra lá e pra cá . Rowena por sua vez abraça o pescoço do anjo. Sentindo aquele delicioso beijo.
Castiel desce suas mãos pelas coxas dela colocando-a sentada encima da mesa. Rowena estava usando um de seus vestidos longos. Que possibilitou o anjo percorrer por toda sua coxa exposta. Rowena depositava leves beijos no pescoço dele. Ora ou outra lhe dava mordidinhas na orelha. E sussurrou em seu ouvido.

Rowena: Me leva pro quarto.

Castiel a obedeceu imediatamente.
Pegou-a no colo fazendo a dar um pulinho. Rowena trançou as pernas na cintura de Castiel e da mesma forma que ela estava na mesa ele a levou para o quarto com uma certa pressa.
Ele abre a porta do quarto e passa a chave.

Castiel: Não queremos ser incomodados não é?!
Rowena : Com toda certeza. (Rowena diz colando seus lábios aos do anjo).

Castiel coloca a Ruiva sentada na cama e fica admirando a beleza natural dela. Deslizava sua mão no rosto. Descia pelo pescoço deixando ela arrepiada.
Aproximou da boca rosada de Rowena dando -lhe um beijo e caindo sobre ela. Rolaram na cama como um jogo de dominação. A Ruiva por cima dele começa a desabotoar a camisa de Castiel deixando seu peitoral exposto.

Rowena: Agora preciso de uma ajuda com o meu vestido.

Ela se levanta e fica de costas para ele enquanto Castiel permanecia sentado na cama.
Lentamente ele vai deslizando o zíper do vestido da Ruiva. Ela não usava sutiã pois seu vestido era de ombro a ombro e de mangas compridas. Ele desceu as mangas e deixou o vestido cair no chão. Rowena estava somente com a calcinha rendada. O anjo acariciava as costas da ruiva. Apertava sua cintura. Dava leves mordidas em suas costas. Ele se levanta e a abraça pelas costas passando a mão na barriga da Ruiva.

Castiel: Nossa menina.
Rowena vira para ele e lhe da um sorriso.
Rowena: Nossa.

Selando um beijo ardente. Castiel abre o cinto de sua calça ficando apenas de cueca.
Rowena pula em seu colo e ele a conduz de volta a cama. Castiel explora todo o corpo de Rowena, fazendo a Ruiva delirar de prazer. Suas mordidas nas orelhas e beijos no pescoço faziam ela se contorcer.
Rowena: Eu te quero. (Sussurrava no ouvido do anjo)
Castiel era todo respeitoso com ela, acariciava suavente seus seios. E olhava para ela como se pedisse permissão para encostar sua boca nos mesmo. Assim fazendo sua língua dança nos mamilos da Ruiva.
Rowena liberava leves gemidos. Puxando Castiel para si.
Rowena: Agora. Te quero agora.
Castiel escorrega seus dedos na calcinha de renda dela, deixando -a completamente nua. Suavemente ele entra. Fazendo com que ela gemesse. Começando por movimentos suaves até se intensificaram. Castiel segurava as mãos de Rowena acima de sua cabeça. Enquanto eles se deliciavam de prazer.
Leves gemidos eram liberados de ambos. Rowena agarrava nos lençóis brancos. O jogo de dominio permanecia. Dancavam sobre a cama. Quando Rowena dominava o anjo ele acariava delicadamente os seios da Bruxa.
Rowena curva ao anjo e beija seu pescoço. Chegando ao ápice juntos. Ela cai ao lado dele na cama. Depois de um jogo prazeroso ambos ficam se olhando em silêncio por alguns segundos. Até Rowena romper esse silêncio.

Colocando seu queixo sobre o peito de Castiel.
Ela diz:-

Rowena: Castiel. Você realmente sente por mim tudo o que disse na cozinha?

Castiel dá uma risadinha de canto

Castiel: Porquê você nao acredita em mim?
Rowena: Não é que eu não acredite. É que...
Castiel: Eu já disse que sempre vou estar ao seu lado. Vou estar com você. Vou segurar sua mão quando chegar a hora da nossa filha nascer. E em todos os momentos.
Rowena: Castiel, você vai ter uma filha com uma Bruxa. O que você acha que vai acontecer com você? O céu vai aprovar isso?

Castiel fica um pouco pensativo.

Castiel: O céu não tem que permitir nada.
Rowena: Você ouviu nossa menina. Vamos passar por muitos sufocos para protegê-la.
Não vou suportar perder outro filho Castiel.
Castiel: Você não vai perdê-la. Você viu que ela disse? Ela disse que a mãe dela é fantástica, uma Bruxa incrível. E... Castiel fica com pensamento distante...
Rowena: O que foi Cas..??
Castiel: Rowena, o que acabamos de fazer aqui, não machuca o bebê??

Rowena da uma gargalhada alta...

Rowena: Claro que não Castiel. Ela está segura aqui dentro (risos)
Só você mesmo para me fazer rir.
Castiel: Se não tem problema eu poderia ficar aqui com você pra sempre!!
Rowena: Pra sempre é muita coisa.
Castiel: Que seja.
Rowena: Mas sabe de uma coisa... Você fala muito. Porque você não me beija?

Castiel olha para ela, dá um beijo em sua testa e diz que ele a ama.
Dando assim um beijo ardente.


.
.
.
.
Continua...




Notas Finais


E ai gente? Estão gostando?

Aguardem o próximo... 🙋🏻

Obrigada por sua visita. Volte sempre 🖤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...