História Rowena e Castiel (Rowestiel) - Capítulo 9


Escrita por:

Postado
Categorias Supernatural
Personagens Castiel, Crowley, Dean Winchester, Lúcifer, Mary Winchester, Rowena MacLeod, Sam Winchester
Visualizações 39
Palavras 1.372
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Magia, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá gente ✌️.

Muito bom saber que vocês estão gostando.

Aqui vai mais um... Espero que gostem.

Boa leitura Hunters. ✌️🙋🏻

Capítulo 9 - O lado mãe.


Fanfic / Fanfiction Rowena e Castiel (Rowestiel) - Capítulo 9 - O lado mãe.

Rowena estava assustada. Não conseguia identificar o feitiço que havia sido jogado sobre sua filha.
Tentou todos contrafeitiços possíveis. Mas sem sucesso. Cada lágrima que escorria do rosto da garota era como um espinho no coração da bruxa.
Foi quando o amuleto que Morgana trazia consigo, pendurado por um cordão preto, começou a brilhar e um clarão tomou conta da cozinha.
A menina foi libertada do feitiço fazendo-a ficar com o corpo todo mole e caindo inconsciente no colo de Rowena, que estava ao seu lado apreensiva.
A ruiva acariciava o cabelo da menina.

Castiel: O que foi isso? Foi você Rowena?
Rowena: Não sei, não foi eu.
Sam: Pessoal, acho que foi o colar. Ele estava brilhando.

Morgana começa a despertar. Ainda meio assustada ela olha para todos ao seu redor .
Rowena a tentava acalma-la.

Rowena: O que foi querida? Consegue nos dizer o que houve? Te ouvimos gritar e viemos correndo.
Morgana: Foi ele, ele tentou me contolar. Ele entro na minha mente. Estou com medo. Muito medo.

Morgana começou a chorar e abraçou a ruiva. Que a apertou a menina em seu peito, tentando protegê-la.

Sam: Morgana, quem era ele? Você viu o rosto dele?
Morgana: Sim eu vi. Eu sempre tive sonhos com ele. Desde pequena ele vinha atormentar minhas noites. Ele dizia que ia matar minha mãe. E depois ia fazer o mesmo comigo.

Morgana olha para Rowena com medo.

Morgana: Por favor, não deixem que Lúcifer me pegue, eu tenho muito medo dele. Não quero que ele faça mal a mim nem aos meus pais.

Rowena abraça a menina, dando um beijo em sua cabeça.
Rowena: Fica tranquila meu amor, não vou deixar ele te fazer mal. (Rowena tenta segurar o choro)
Castiel: Fique tranquila, vamos te proteger.
Dean: Fica calma o do futuro. Ele não é doido de encostar um dedo em você.
Morgana: Bom saber que tenho vocês e meu irmão, me sinto protegida.
Castiel: Seu irmão?
Morgana: Sim. Ele me protege com esse amuleto.
Sam: Então foi o amuleto que te liberou do feitiço. Ele iluminou a cozinha toda.

Morgana olhava para o objeto com os olhos cheios d' água. Com um sorriso meio retraído.

Morgana: Então foi ele. Não me pergunte como ele faz isso. Ele aparece quando bem entende.

Todos se olhavam em silêncio.

Dean: O ruiva, levanta do chão. No seu estado você não pode ficar assim não. Vem aqui, me dê a mão.
Dean estica a mão para Rowena ajundando a levantar.
Morgana não entende muito bem. Mas ela também levanta e ajuda Rowena.

Rowena: Dean, eu estou ótima, não sou um bebê. A ruiva vira os olhos.

Sam: Morgana você está bem? Se sente melhor?
Morgana: Sim, obrigada. Já estou me sentindo bem.

Dean: Bom, então vamos comer né, já estou cheio de fome.
Rowena: Quando você nao está com fome hein Dean?

Morgana olhava para Rowena e sentia uma empatia tão forte por ela. Admirava tanto aquela Ruiva que conheceu a pouco tempo.

Morgana: Rowena seu nome né?!?
Rowena: Isso minha querida.
Dean: Mais conhecida como bozolina.
Rowena: Cala boca Dean. Te tranformo em um esquilo bem rapidinho.
Morgana: Tranformar?

A menina os olhava sem entender muito.

Sam: Bom, vamos comer né, antes que esfrie a nossa comida.

Todos se sentam a mesa para jantar.
Sam e Dean contam um pouco de suas caçadas para Morgana. Como tudo começou.

Dean: Morgana, agora conte um pouco mais de você . Lá no futuro você tem namorado? Dean olha para a menina com ar de sedutor, dando uma piscadinha.
Mas Rowena o interrompe dando um chute em sua canela por baixo da mesa.
Dean: AAAIIII!! Ô ruiva, doeu.
Rowena: É para doer mesmo. Muito assanhadinho.
Castiel: Controle-se Dean.

Morgana ria da reação de Rowena e Castiel. Não entendia o porque os dois tinham esse cuidado com ela, ela gostava. Nunca tinha recebido isso. A não ser de sua Naná .

Morgana: Sabe Dean, você continua assim no futuro (ela ri) Naná me contou que minha mãe deixou bem claro pra você não chegar perto de mim se não você ia conhecer a furia de uma leoa .

Todos na sala riram.
Dean olhou para Rowena que levantou a sobrancelha para ele.

Dean: É rapaz?! Tendi. Obrigada viu. Mas acho que vou dormir sabe! Amanhã eu e Sam vamos sair cedo para uma caçada .

Morgana: Será que eu poderia ir com vocês?
A garota pergunta animada.

Rowena rebate em segundos.

Rowena: De jeito nenhum!!!!!


Morgana olha para a ruiva assustada.

Rowena olha para os meninos e pensa. Dei bandeira.

Rowena: Digo... É um pouco perigoso querida. Você pode ficar aqui comigo. O que acha?

A menina olha para os rapazes que ficam em silêncio.

Morgana: Certo, tudo bem então.

Morgana não achava ruim em ficar com a Rowena, para ela até seria bom conversar um pouco mais com ela e entender o porque ela sente essa ligação com ela.

Dean: Então tudo resolvido. Boa noite pra vocês!!

Dean se levanta e vai para o quarto.

Sam ajuda Rowena a tirar a mesa enquanto Castiel conversava com a menina na biblioteca.

Sam: Rowena?
Rowena: Sim Sam!
Sam: Você está bem?
Rowena: Claro que sim Samuel. Passou a tontura e o aperto no peito.
Sam: Digo pela menina. Você está, não sei dizer, mas você está ... -Ela o interrompe-

Rowena: Estou preocupada Sam. Isso que aconteceu com ela, não sei como protege-la desse traste. Me senti inútil por não conseguir quebrar o encanto. Fergus foi quem protegeu a irmã.

Sam: Rowena, você não podia prever o que ia acontecer com ela. Agora vamos ficar atentos a ela, não vamos deixar Lúcifer chegar perto dela.
Rowena: Então vamos cruzar os braços e esperar pelo próximo passo dele? Não Samuel, não vou. Preciso encontrar um feitiço para proteger minha menina.
Sam: Rowena calma, você não pode se exaltar. Você parou para pensar que Lúcifer pode não querer ela?
Rowena: Como assim?
Sam: Você está grávida. Morgana está ai no seu ventre. Se algo acontecer com você, ela também corre perigo. Temos que proteger vocês duas.
Rowena: Não tinha pensado nisso Sam.

Rowena pensa mil coisas.

Sam: Vamos, é melhor você descansar. Precisa de repouso, andou tendo muitas emoções fortes. Essa menina precisa ficar quietinha.
-Sam passa a mão na barrigada da ruiva-.

Rowena lhe retribui com um sorriso.

Rowena: Obrigada Sam. Você está sendo muito carinhoso comigo.
Sam: Imagina, sabe que pode contar comigo - -Sam a abraça-
Vamos ver o que pai e filha estão aprontando?

Rowena e Sam vão para a biblioteca.
Castiel e a menina estão sentados conversando. O anjo ainda meio sem saber como agir com a menina tentava de um jeito torto saber algo mais da filha.
Rowena chegou um pouco mais perto. Passando a mão nos cabelos longos da menina. Vamos dormir minha querida. Hoje seu dia foi puxado, precisa descansar.

Morgana: Sim, vamos. Estou com muito sono.
Sam: Boa noite meninas. Bom descanso.
Castiel, preciso falar com você.
Castiel: Tudo vem Sam.
Rowena: Bom, então boa noite meninos. Juízo!!
Venha minha querida, seu quarto é de frente ao meu.

Rowena segura na mão da menina e juntas caminham em direção aos quartos. Rowena leva a menina ao quarto dela. Ajudando a arrumar a cama para ela dormir.

Rowena: Vamos estrear sua roupa de cama. Vou te ajudar a arrumar tudo querida.

Morgana: Obrigada Rowena, vocês estão sendo muito bons comigo.
Rowena: Imagina querida. Estamos aqui para te ajudar.
Morgana: Obrigada. Será que eu poderia ir tomar uma ducha?
Rowena: Claro meu anjo. Vai ser bom pra você relaxar o corpo antes de dormir. Quer que eu saia para você ficar a vontade?
Morgana: Não, por favor fica. Eu gosto da sua presença, não sei te dizer o porque mas, me sinto segura.

Rowena fica sem conseguir dizer uma palavra.

Rowena: Está certo, vou deixar sua roupa aqui separada, pode ir que eu te levo uma toalha.

Rowena não imaginava ter outra filha depois do Crowley. Mas Morgana estava despertando um lado que a própria Bruxa desconhecia.
Ela só pensava na hora certa de dizer a menina que ela era sua mãe. Rowena não podia demorar para dizer isso.

.
.
.
.
.
Continua...






Notas Finais


E ai people?? O que acharam?
Continua?...

.
.
.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...