1. Spirit Fanfics >
  2. Rowing >
  3. Capítulo: 1

História Rowing - Capítulo 2


Escrita por: ReenaRiaders

Capítulo 2 - Capítulo: 1


 

A  mente de Raira estava uma bagunça. Ele não conseguia compreender o que estava acontecendo. 
 Pela primeira vez usava sua magia, que diferente de todo seu clã, especializado em magias destrutivas com elementos, ele usava uma habilidade de teleporte. Com seu conhecimento baixo, porém por sua capacidade natural de mago, ele sentia que aquele remo que trouxe consigo tinha uma grande carga de mana. A energia do artefato era tão densa, e carregada que era assustadora, assim como sua aparência. Embora em seu todo fosse um remo comum, existiam alguns adornos que pareciam feitos de ossos humanos. 
 Raira ainda que confuso pensou calmamente, e decidiu voltar para sua casa. Por sorte não haviam muitas pessoas ali no momento, ainda assim decidiu ele tomar o caminho onde menos pessoas passam, apenas por precaução. 
 Ao chegar em sua casa, escondeu o remo em um lugar onde ninguém iria periodicamente, e foi procurar seu irmão mais novo, Rairo. Sem demora o achou, e rapidamente o explicou de maneira vaga o que estava acontecendo. 
 Depois de alguns minutos de explicação, Raira o levou onde havia escondido o artefato. Ao vê-lo, Rairo sentiu uma estranheza da aparência, porém não entendia a natureza de sua magia, mesmo que pudesse senti-la:

"Raira o que é isso?"

" Eu também não sei. Como eu te disse, isso estava com um estranho homem. "

" O que acha que devemos fazer? "

" Acho que devíamos falar com nosso mestre de magia, acho que ele deve conhecer "

"Concordo, parece uma boa ideia. "

 

Ambos concordam que o melhor é levar o artefato ao mestre. Então depois de um tempo, eles pegaram alguns tecidos, e embrulharam o remo, e enfim foram direto a sua escola de magia. Ao chegar lá estava seu mestre, um senhor de idade já avançada. Ele era careca, e tinha longas sombrancelhas, que caiam por cima de seus olhos, assim como um longo e fino bigode. 
 O velho não estava acostumado a vê-los fora do horário de suas aulas, já que Raira nunca teve uma dúvida, e Rairo não se importava muito com magia, seu foco era totalmente na espada, embora ainda fosse pior que seu irmão nisso. 
 Eles sem pestanejar desembrulharam o remo, e mostraram a seu mestre:

" Mestre poderia nos dizer o que é isso? "

O velho confuso olha atentamente aquilo, era algo que possuía uma magia estranha, não parecia ser desse mundo. Um misto de bondade, e maldade exalava daquilo. Parecia inofensivo, então um grande mestre que dedicou toda sua vida para o estudo das magias tentou encostar naquele estranho artefato, porém a magia o repeliu repentinamente, o deixando perplexo.

"Onde você conseguiu isso, jovem? "

Novamente uma grande explicação  sobre o que aconteceu. E o velho fazia uma cara de quem não entendia direito o que estava acontecendo. 

" Isso parece magia profana, não é minha especialidade. Geralmente clãs que usam de tão artifício são as guildas das trevas, o único clã que um dia foi renomado a esse tipo de magia, foi o clã Nakino, que infelizmente foi extinto, ou melhor, quase extinto, apenas duas pessoas sobreviveram do grande massacre de anos atrás. "

" E quem são elas, eles podem me ajudar? "

" Temo dizer que não. Se não me engano eles são generais de países diferentes, embora sejam nativos de nosso pais. "

"Poderia me dizer o que aconteceu com o clã Nakino? "

" Sim, eu posso, mas sinto dizer que não ganhará nada com isso. "

"Tudo bem, só quero saber mesmo. "

" O clã Nakino, um antigo clã de eremitas de nosso país, a cerca de uma década foi instinto após o ataque de uma bizarra criatura conhecido como "panda vermelho". "

" Esse nome não parece assustador... "

" Embora o nome não assuste, essa criatura nunca foi vista acreditasse ser um panda por conta de seus ataques serem feitos na floresta de bambu, e os corpos de todos estarem em pedaços como se atacados por um animal selvagem. E vermelho pela cor do sangue de suas vítimas.. "

" Entendo, eu acho que vou dar uma passada no tal do clã dos Nakinos... "
" Não faça isso, é perigoso, o monstro ainda está a solta. "

" Se passaram 10 anos, não? E não lembro de mais vítimas, e de toda forma eu sei me defender, obrigado pela preocupação. "

Então assim Raira, que nunca havia saído da área dos nobres, decide ir as ruinas do antigo clã de eremitas Nakino. 

" Rairo fique aqui, eu voltarei em 10 dias, caso eu não volte, não vá atrás de mim. E diga as autoridades, que eu apenas fugi de casa, ok? "
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...