1. Spirit Fanfics >
  2. Royals >
  3. A Duquesa estava flertando?

História Royals - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


Favoritem, comentem.

Capítulo 2 - A Duquesa estava flertando?


Fanfic / Fanfiction Royals - Capítulo 2 - A Duquesa estava flertando?

                        Buckinghan Palace

 

Ajeitei o pequeno chapéu rose com flores na minha cabeça, suspirei com o reflexo do grande diamante em minha mão esquerda, volto a me encarar no espelho, meu vestido bem alinhado ate os joelhos

-Algo mais Milady? – A serviçal real posta atrás de mim pergunta cautelosa

-Agora ela ficara bem comigo Margareth – Kate disse entrando com um sorriso gentil e a serviçal saiu 

-Você já é manchete – ela colocou a minha frente a capa do The Sun, ela me olhou com sorriso carinho através do espelho – Você não esboçou um sorriso

-Talvez seja, porque eu estou odiando tudo isso – disse calcando minhas luvas com raiva

-Sam é tão gentil – ela olhava minha raiva com as luvas

-Não é com Sam – fiz uma pequena pausa – Talvez seja também – peguei minha Clutch branca – Tantas mulheres no mundo caidinhas pelo Príncipe – dei ênfase em Príncipe imponto meu repudio - Porque eu? – respirei com raiva

-Amanda – ela segurou meus ombros – Eu não sei oque te dizer porque nunca me imaginei com situação similar – ela soltou meus ombros e ajeitou onde suas mãos posara -Eu sei que esta nervosa

-Nervosa? – disse com ironia

-Com muita raiva – ela levantou a sobrancelha – Mas por favor, é um grande evento hoje, eu imploro que não arme uma cena – ela olhava no fundo dos meus olhos -Pense em Elizabeth, como ela está feliz por isso – ela tocou minha bochecha – Sam é um partido incrível

-Eu sei que ele é – respirei fundo – Mas eu não o quero Kate

-Depois você ira agradecer seus pais por oque estão fazendo a você, quando tiver seus filhos ira entender

-FILHOS – esbravejei – Eu não vou ter filhos com ele – me afastei de Kate

-Isso é conversa para depois – ela caminhou segurou a porta para que eu passasse a sua frente

 

                           The Sun

   Noiva da Realeza inglesa Duquesa Amanda Cristina Leopoldina Duquesa de Edimburgo e Gales, ficou noiva de Sam de Monaco, irão se casar ate o fim de Verão, dentro de alguns meses. O noivado foi oficializado pelo Palácio

 

-Príncipe e Duquesa por favor uma foto

Um Flash forte queimando minha retina era tirado

-Mais uma foto por favor

Outro e mais outros flashes

Entrei no carro as presas e Sam ao meu lado, a minha frente meus pais, minha mãe rasgava elogios a Sam

-Vocês têm que começar a planejar o casamento de vocês, será dentro de dois meses – minha mãe dizia orgulhosa – Eu não vejo a hora de ter meus netos

-Isso irá demorar – falei olhando a janela senti o olhar de todos sobre mim

-Demorar porquê? -minha perguntou me encarando

-Oras! – coloquei minhas mãos sobre meus joelhos e a encarei – Lilian ainda é uma criança – falei olhando para ela que revirou os olhos

-Muito esperta – ela apertou os olhos

Olhar de Sam não saia de cima de mim em um momento se quer, senti ele segurar minha mão, eu encarei sua mão sobre a minha

-Não vejo a hora de chegar o momento de que eu possa encontra-la no altar

Desviei meu olhar, vi um mar de fotógrafos a frente

-Chegamos – Sam disse apertando a visão a frente

-Não poderíamos entrar pelos fundos – perguntei

-PORQUE? -ela gritou arrumando o batom e segurando a pequena Clucht – Será a primeira aparição de vocês logo após a confirmação do noivado – minha mãe pegou minha mão – Sam tem que segura a mão dela assim, para que todos vejam o Anel

Ele segurou minha mão, depositou um beijo em cima do Anel minha mãe sorria de orgulho, o carro estacionou em frente ao tapete vermelho

-Querida sorria – minha mãe alisou meu rosto o motorista abriu a porta do carro – Você é linda

Ela e meu pai saíram a frente com mar de flashes

-Pronta? – Sam perguntou segurando minha mão eu assenti

Ele saiu primeiro, o mar de flashes multiplicou vinte vezes mais, ele esticou a mão para mim dentro do carro, segurei com sua ajuda sai, segurando no braço de Sam paramos no meio do tapete para fotos, ele segurou minha mão para as fotos minhas mãe o mostrara, e os flashes se intensificarão. Caminhamos para entrada da casa de Opera que esta noite serviria, para uma apresentação do BAFTA, com muitos artistas espalhados pelo Salão subimos escoltados para nosso camarote, logo atrás de nós Kate e William.

Nos sentamos no camarote próximo ao palco

-Você está linda hoje – Sam segurou minha mão sorri timidamente – Irei fazer de tudo para que se sinta especial – ele beijou minha mão

-Obrigada Sam – sorri tímida vi todos se ponto a seus lugares – Acho que vai começar – recolhi minha mão de volta para meu colo

 As luzes do salão se apagam dando início as apresentações, apenas as luzes fortes do palco acesas e luzes de emergência, dando inicio um comediante entrou

-Antes de começarmos o evento, quero fazer os devidos agradecimentos a Duquesa Kate e Príncipe William – Eles foram aplaudidos por todo o salão e acenaram a todos o comediante qual eu não sabia o nome fez uma pequena reverencia tirando risos – E para ver como estamos bem, o casal Duquesa Amanda de Edimburgo e Gales e Sam Príncipe de Monaco – demos pequenos acenos – Muito obrigado pela presença de vocês aqui hoje, embelezando e trazendo muito mais glamour a nossa noite

Sam me olhou com um pequeno sorriso no canto dos lábios

-Este seria um bom momento para um beijo público – ele tocou meu queixo

-Não seria adequado – segurei sua mão e a retirei do meu queixo com delicadeza senti sua frustação

Todos aplaudimos a saída do comediante, as luzes se ascenderam por um instante, logo se voltou apenas para o palco

Um homem de cabelos negros, ombros incrivelmente largos, olhos azuis, meu coração parou por um instante, seu olhar cruzou com o meu por cinco segundos, sim eu pude contar sem desviar, logo ele fez uma pequena reverencia

-Boa noite a todos – sua voz arrepiou o mais intimo do meu corpo – E um enorme prazer está aqui esta noite

Mais uma, outra e outras vezes nos olhávamos, eu não prestei atenção ao fim do discurso e tão pouco me importava, este homem fez meu coração palpitar, para minha tristeza ele apresentou o prêmio logo saiu do palco. As luzes se ascenderão dando início a um intervalo

-Não sabia que se entesava tanto por cinema – Sam disse um pouco ríspido

-Perdão eu não entendi

-Não sabia que era fã de Cavill -eu ainda não entendia e minha cara não negava o contrário – Henry Cavill, você ficou muito entesada nele – ele me olhava procurando uma resposta

-Com licença Duquesa e Príncipe, a um ator querendo cumprimentá-los pela presença no evento – O chefe da guarda disse perto de nos

-Nã... – eu cortei Sam o mais rápido que pude

-Claro, pode deixar entrar – sorri amigável

Ele se afastou

-Você não tem vergonha – ele dizia nervoso seus olhos verdes infestados de fúria – Eu serei seu marido

-Quero ser agradável, acredito que Kate e William fariam o mesmo – falei um pouco assustada

Ele voltou a sua posse ajeitando seu paletó, ele passou a mão por seu cabelo, disfarçando sua ira

-Me perdoe Duquesa

-Você não tem que usar o titulo

-Ainda não somos casados – ele se levantou

Sam caminhou para atrás do camarote onde ficava a entrada, quando me virei me deparei com aquele homem que antes estava no palco exibido como um Davi de Michelangelo

-Esta é minha noiva, se você é um inglês e obvio que a conheça – Sam agarrou minha cintura com possessão em seu toque

-Duquesa é um prazer poder conhece-la de perto – ele se reverenciou e beijou minha mão – acompanho seu trabalho solidário a muito tempo, eu também tenho alguns e adoraria ter sua participação para mais visibilidade

-Não é um bom momento para negócios – Sam disse tentando parecer sutil

-Não á problema algum, agora estamos ocupados com outros eventos, mas no final do verão você pode ir ate Buckingham e podemos acertar negócios

-Será um prazer imenso – ele colocou a mão no peito largo -Perdão pelo incomodo, em breve pretendo voltar ao palco – ele sorriu, um sorriso lindo que meu coração se derreteu – Pretendo ganhar um BAFTA esta noite

-Estaremos torcendo por você – Ele segurou minha mão outra vez depositou um beijo se reverenciou de Sam e saiu rapidamente

Sam me olhava serio e com maxilar trancado, o resto da noite ou as vezes nem se dava ao trabalho de olhar, o que era bom assim eu observava Henry na quarta fileira a esquerda

-EU NÃO ACREDITO – minha mãe gritava dentro do meu quarto – Você estava flertando com o Ator

-Eu não estava – eu disse alto, mas eu estava flertando

-Imagina como foi para Sam essa situação AMANDA – ela enrolou seu robe através de seu corpo – Imagina os tabloides amanhã – ela mexeu no cabelo – Não, não eu não quero imaginar – ela me olhou nervosa – Ele é seu noivo isso foi vergonhoso para ele – Ela segurou sua xicara – Vá dormir, amanhã pela manhã iremos planejar tudo para o casamento, eu não quero que pense em outra coisa a não ser em seu casamento.

Ela saiu bateu a porta, toda vez que fechava meus olhos ele me via a mente, um agrado no coração se acendia

 

 

 

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...