1. Spirit Fanfics >
  2. RUA 127 (noart) >
  3. Capítulo 10: Um idiota burro

História RUA 127 (noart) - Capítulo 10


Escrita por:


Capítulo 10 - Capítulo 10: Um idiota burro


NOAH URREA HIDALGO


Foi absolutamente incrível ver a reação dela ao me ver, ela parecia está indignada e supresa e além do mais ela estava completamente suja de tinta, o que me deu muita vontade de rir mas tive que me conter. Claro que ela não se deu o trabalho de falar comigo a não ser quando o Lamar "apresentou" ela e sua amiga para mim e o pessual.

- Bom gente essa é o novo lar temporário de vocês e estás são a Heyoon...-ele diz apontando para a garota baixinha melada de tinta que estava abraçado-o, que o mesmo não parecia se importa mas logo ela desfaz o abraço.

- Oi, vai ser um prazer conhecer vocês, caso precisem de alguma ajudar e só me chamar- Heyoon fala entusiasmada e nos lança um sorriso gentil e acolhedor.

- E essa é a Si...-Lamar ia falando quando é interropido pela loira.

- Lamar, eu acho que eu sei muito bem me apresentar- a loira fala olhando para Lamar que revira os olhos- Oi, meu nome é Sina Deinert, mais podem me chamar de Sina.- ela fala docemente sorrindo olhando para todos nós.

S-I-N-A.
Esse é o nome dela.
SINA DEINERT.
É um nome bem esquisito eu diria, mais combina perfeitamente com ela.

- Já que vocês sabem quem é a Sina e a Heyoon, deixe me apresentar vocês a elas.- Lamar falou- Essa é Hina e seu irmão Krystian, esse é o Bailey, Shivanni, Any e a Sabina e seu irmão Noah- Lamar falava apontando para cada um de nós e quando a loira escutou o Lamar falar meu nome revirou os olhos.

- Me desculpem a pergunta, mas quanto tempo vocês iram ficar aqui?-Sina perguntou tentando não parecer mal educada.

- Sina, que falta de educação- Heyoon falou repreendendo a amiga.

- Foi mal, não é por mal e que eu fiquei bem curiosa.- Sina falou levantando os braços em sinal de rendição.

- Não tem nada, eu também estou bastante curiosa para saber quanto tempo iremos ficar aqui- Any fala brincando.

- Espera vocês também não sabem?-Heyoon pergunta incrédula.

- Na verdade não-Any fala rindo.

- Então eu acho que vai ser por bastante tempo- Heyoon fala animada- Teremos muito tempo para nos conhecemos, vai ser incrível!-Heyoon fala indo abraçar Any, mas logo percebe que ainda está suja de tinta.

- Eu acho melhor não- Any e Heyoon falam juntas, depois rindo.

- Mas o que aconteceu com vocês duas a final?- Lamar fala perguntando para Heyoon e Sina.

- Foi só um boba guerra de tinta- Sina fala rindo.

- Já sei que aproveitaram bastante está tarde- Lamar fala rindo junto a loira.

- Pessual, eu e a Sina vamos subindo para irmos tomar um banh, porque como vocês podem ver a nossa situação não está as das melhores-Heyoon fala rindo indo em direção as escadas junto com Sina.

- Até a hora do jantar - Sina fala se despedindo.

- Até- todos meus amigos e eu falamos juntos.

******************************************

Quando as duas já estão fora de nossa vista, Lamar continua a nós mostrar a casa e a cada cômodo percebia que a casa era maior do que eu imaginava, então quando ele foi nos mostrou aonde eram os quartos de cada um, todos foram para os seus para nos arrumamos para o jantar e quando sai do banheiro do "meu quarto" percebi que havia algumas roupas em cima da cama e eu optei por vesti um moletom preto, sem nada por baixo dele e uma calça preta folgada ( roupa da multimídia).

Ao sai do meu quarto e ir em direção a sala de jantar, percebi que não havia nínguem lá, certamente todos ainda estavam se arrumando, então fui dar uma volta pelo jardim da casa e ao chegar avistei a loira mais mimada que já conheci em toda minha vida sentada em um banco olhando para o céu, então decidi ir em sua direção.

- Sina, sina...sina- falo o nome dela várias chegando perto da mesma e sentando ao seu lado.

- Aahhh é você- ela fala triste.

- Claro que sou eu, quem mais seria-falo para ela- Por que estava esperando alguém?

- Sim, eu estava esperando alguém que não fosse você- ela fala ignorante.

- Claro que não esperava- falo colocando minha mão na testa- Você não esperava uma companhia tão maravilhosa como a minha- falo sarcástico.

- Nossa você não se cansar de ser metido nem por um minuto ,né garoto?!- pergunta raivosa.

- Não sou metido, apenas me destaco diante dos otários!

- Ata garoto- fala com ironía revirando os olhos.

- Agora que você já sabe meu nome, já pode parar de chamar de garoto.

- Eu prefiro garoto, mesmo.

- Sendo assim eu também vou te chamar de garota, sabe isso vai ser uma coisa só nossa- falo piscando para ela que me mostra o dedo do meio.

- O que você está fazendo aqui??-ela me pergunta calma olhando para o céu.

- Eu estava indo caminhar pelo jardim, quando eu avistei uma bela dama.

- E porque veio caminhar pelo Jardim??-ela fala ainda olhando para o céu.

- Oras e para que tanta pergunta??

- Você consegue ser chato até quando a pessoa tentar ser legal com você- ela fala bufando dessa vez transferindo o olhar para mim.

- Desculpa garota, mas eu só não entendi o porque de tanta pergunta-falo aumentando meu tom- Você estava pensado que eu estava procurando algo para roubar ?-pergunto indignado só de pensar que ela poderia estar pensando uma coisa dessa sobre mim.

- Claro que não, você acha mesmo que eu seria capaz de pensar isso de você?- ela me pergunta furiosa.

- Sim....não...quer dizer eu só pen...-eu falava nervoso quando ela me interrompeu.

- Sabe garoto, eu posso ser mimada, chata e ignorante na maioria das vezes, mas uma coisa que eu não sou é preconceituosa, não é porque você e seus amigos estavam vestindo aquelas roupas surradas e sujas que eu vou pensar uma coisa dessas de vocês, então agora me dá lincença que eu tenho mais o que fazer do que ficar discutindo com um garoto insuportável - fala exaltada se levantado do banco e saindo em direção a entrada da casa, me deixando sozinho sem poder falar nada.



Nossa eu sou muito idiota mesmo, porque eu tinha que fala aquilo mesmo, hein?!
Claro eu sei que eu e meus amigos robamos e tals, mas só quando era realmente preciso e na maioria das vezes nós roubavamos outras gangue e por as pessoas não saberem disso a maioria nós discriminavam e nós tratavam mal, e mesmo assim eu não tinha o direito de ter pensado que ela estaria me discriminando, sendo que a mesma nem parece saber que eu e meus amigos somos de uma gangue.
Sou muito Burro.
Sou muito idiota.
Ou melhor eu sou um:
UM IDIOTA BURRO.
Eu não sei se ela foi muito dramática ou se eu que estou sendo, mas isso não importa agora, só estou realmente muito arrenpendido de ter pensado aquilo dela. Eu estou me sentido meio sujo, mas isso não é porque eu magoei especificamente Sina, certo? Eu acho que ficaria assim com qualquer pessoa, certo?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...