1. Spirit Fanfics >
  2. RUA 127 (noart) >
  3. Capítulo 8: Quem diria

História RUA 127 (noart) - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Capítulo 8: Quem diria


NOAH URREA HIDALGO


- Noahhhhhh, acorda!- Hina me chamava enquanto eu ainda durmia.-Tá vendo aí, Any, ele não se acorda de jeito nenhum- ela falava para Any que estava ao seu lado observando a Hina tentar me acorda.

- O que será que aconteceu para ele ainda está durmindo desse jeito??-Any perguntava para Hina que não respondeu nada- Estranho ele sempre se acorda mais cedo que todos.

- Talvez seja só o cansaso de ontem- Hina falava para Any tentando responder a pergunta da amiga.

- É pode ser, mas ele já deveria estar acostumado como isso.- Any fala.

- Será que dá para vocês duas calarem a boca!?- falo dando um susto nas duas.

- Ainda bem que se acordou bela dormecida, já estava mais do que na hora- Any fala se sentando em meu colchão de papelão.

- Sai ,Any, eu quero durmi!-falo gritando com ela.

- Vamos lá, Noah, já está na hora de se levantar, se lembra que hoje o lamar vem aqui?-ela me pergunta.

- Claro que eu me lembro, agora dá para sair do meu colchão- falo arrogante.

- É claro que não, você tem que se levantar para resolver as coisas para depois que nos aceitarmos a proposta de Lamar, não ter mais nada para resolver aqui- Any fala me chacoalhando para eu me levantar.

- Está bem- falo me levantando visto que ela tinha razão.

- Hina, por favor vai falar pro resto do pessual que esse bobão já acordou.- Any fala se virando para Hina que estava detrás dela.

- Certo- Hina fala e logo depois sai do beco.

- O que aconteceu para você ter se acordado depois da gente??- Any pergunta curiosa.

-Ahhh, é uma longa história, depois eu te conto, agora vamos falar com o pessual.

-O.k, mas depois eu quero saber de tudo.

- Certo, depois eu te falo detalhe por detalhe- falo rindo.

- Isso mesmo- ela fala saindo do meu colchão.

Após saímos do beco fomos em direção a praça que todos estavam. Eu sei que vocês devem estar me achando um porco por eu não ter tomado banho, mas eu não sei se vocês sabem nos moradores de ruas não temos chuveiro nem nada disso, e Glória a Deus que eu e meus colegas temos a sorte de ter uma amiga dona de uma lanchonete da rua 127 que nos deixa usar o banheiro da lanchonete uma vez por semana, e isso quer dizer eu e meus amigos só tomamos banho uma vez por semana, e isso é com certeza melhor que nada, porque eu conheço vários outros mendigos que não tem essa sorte, que é basicamente insuportável fica no mesmo ambiente com eles por causa do mal cheiro e em relação a escova a boca, eu e todos meus amigos temos um escova de dente própia e uma pasta de dente para todos, que nos compramos com o dinheiro dos roubos que nos fazemos, mas ontem infelizmente a pasta de dente acabou e esquecemos de comprar ela, já que estávamos planejando o roubo da sede dos Legião.

- Bom dia,galera!- falei chegando perto do pessual, mas percebi que a minha irmã não estava lá.

- Bom dia!-todos falam em coro.

- Iai, Noah, nós iremos mesmo aceitar a proposta do Lamar??- Bailey me pergunta e logo todos me olharam curiosos.

- Claro que vamos, uma proposta dessas não acontece todo dia- falo respondendo e logo todos ficam entusiasmados.

- Eu ainda não consigo acreditar que você vai mesmo aceitar, logo você que desconfia de tudo- Krystian fala.

- Eu disse que eu vou aceitar e não que confio.-eu disse esclarecendo.

- Claro- Krystian fala sarcástico.

- Espera aí, deixa eu ver se eu entendi, você vai aceitar a proposta mesmo não confiando muito?- Bailey questiona chegando perto de mim.

- Isso mesmo- eu falo e ao mesmo tempo tampando meu nariz por sentir o bafo de Bailey- Pelo que eu estou vendo ninguém comprou a pasta de dente, não é?

- Ainda não- todos me respondem ao mesmo tempo e rindo.

- Desculpa, man- Bailey fala rindo batendo nas minhas costas e eu rio junto.

- Vocês sabem aonde está a Sabi?- pergunto.

- Eu vi ela saindo hoje cedo lá do beco, todos vocês ainda estavam durmindo  e eu também, mas só que me acordei, porque ela fez barulho mexendo no papelão dela que parecia que ela estava procurando algo e como eu estava com muito sono voltei a durmi sem mesmo pergunta o que ela estava fazendo ou aonde iria- Shivani falou.

- Nossa que esquisito, ela é sempre uma da últimas a se acorda- Bailey fala.

- Pois é- Hina fala concordando com Bailey.

- Realmente eu percebi que ela estava muito esquisita nessas últimas semanas, principalmente ontem com o nosso roubo sendo executado-Krystian fala.

- Eu não acho que ela esteja esquisita, talvez ela tenha acordado para fazer alguma coisa importante ou sla- Any fala discordando do pessual.

Eu sinceramente concordo com o que o pessual disse, a Sabina está muito esquisita nesses últimos dias, me parece que ela está escondendo alguma coisa de mim e eu tenho certeza que a Any sabe de alguma coisa, mas porque ela não me contaria já que não tem nenhum motivo para a Sabi está me escondendo algo. Ou será que teria???
Claro que não, sempre contamos as coisa um pro outro, então não teria para que eu me questionar se ela me contaria ou não.

- Quem vai comprar a pasta de dente?- Any perguntou mudando de assunto.

- Eu que não vou, eu já fui acorda o Noah de manhã e a vez de vocês fazerem alguma coisa-Hina fala.

- Mas não acordou, tanto que teve que vim até aqui chama a Any para ir te ajudar, maninha- Krystian fala com a irmã- Então não valeu.- termina bagunçando o cabelo da irmã.

- Claro que valeu, só por eu já ter me levantado para tentar acorda ele ja é alguma coisa e a próxima vez que você bagunça meu cabelo de novo pode se considera um pessoa sem bolas- Hina fala raivosa e no final ameaçando o irmão com um canivete.

-Está bem, maninha- Krystian diz levantando as mões para cima em sinal de rendição- Mas só me responda quem te ensinou isso para você?- ele termina olhando para todos com os olhos arregalados.

- Não posso revelar minha fontes- Hina fala e logo todos riem.

- Do que vocês estão rindo?- Sabina perguntou alto enquanto caminhava em nossa direção.

- Só da Hina e suas fontes misteriosas-Bailey fala rindo dando uma piscada para a Hina.

- Ahhhh, então foi você seu miserável, agora viu no que você transformou a minha doce e bela maninha- Krystian falava com o Bailey apontando para Hina e todos nós riamos da cena, por enquanto que Krystian dava um sermão em Bailey e a Any, Hina e Shivani conversavam entre si, eu fui falar com a Sabina que no momento havia indo para o beco.

- Ei, você está com algum problema que queira me contar?- perguntei a minha irmã que estava distraída com alguma coisa.

- Acho que não -ela falou baixinho-Mas... por que da pergunta?

- Por que segundo o pessual você acordou muito cedo hoje.

- E por acaso tem algum problema eu acorda cedo??-ela pergunta incrédula.

- Na verdade sim, você sempre é a última acorda de todos nos- falei rindo e ela também começou a rir.

- Está bem- ela fala ainda rindo.

- Mas por que você acordou cedo hoje?-pergunto curioso.

- Bem eu não tava mais com sono e decidi me levantar e aproveitei para comprar isto- ela falou me mostrando a pasta de dente que havia comprado.

- Ainda bem que você comprou, eu não estava mais aguentando o bafo do Bailey- falo rindo abraçando-a e ela também rir retribuindo meu abraço e nesse tempo nem percebemos que Any estava lá nos observando.

- Eu também quero uma abraço- Any fala com voz de choro.

- Ahhh, vem cá, Any- Sabina fala e logo Any vem correndo nos abraçar.

Eu já disse que eu amo essas duas, na verdade eu amo todos meus amigos e não sei o que seria sem eles ao meu lado.

*******************************************

Depois que sai do beco fui direto escovar meus dentes e depois comecei a resolver algumas coisas que estavam pendentes antes da nossa partida. Quando terminei de resolver tudo já estava de tarde, então eu e meus amigos nos juntamos e fomos para a praça para espera do Lamar chegar. Depois de alguns minutos vimos dois carros pretos estacionarem na praça e num deles vimos Lamar sair e vindo em nossa direção.

- Boa tarde,pessual! O que vocês decidiram?- Lamar pegunta.

- Depois de muito tempo descutindo sobre o assunto...- minto- Eu e a galera decidimos aceitar sua proposta.- falo e todos assentem.

- Sabia que vocês iriam fazer a coisa certa- Lamar fala piscando- Vamos?-ele pergunta.

- Vamos- todos falamos juntos.

Fomos em direção aos carros e nos dividimos, ficando em um carro eu, Lamar, Sabina, Any e o motorista e no outro Hina ,Shivani, Krystian, Bailey e o outro motorista.

- Aonde vamos morar?- Any pergunta entusiasmada para Lamar que está no banco do passageiro ao lado do motorista.

- No momento vocês iram ficar na casa do patrão, até comprarmos uma casa fixa para vocês todos, já que não tivemos muito tempo para procurar-Lamar fala.

- E como é essa casa do seu patrão?-Any pergunta.

- Vocês veram quando chergamos-Lamar fala deixando um suspense e Any bufa.

Durante o caminho para a nossa "moradia" temporária, todos nós ficamos calados, principalmente Sabina que desde que entramos no carro ela não deu nenhum piu.

Quando o carro parou eu estava tão pensativo em relação a minha irmã que nem me deparei que estava na frente da mansão daquele garota que me disse que faria de tudo para nunca mais me ver, mas pelo que eu estou vendo as coisa não vão sair bem do jeito que ela planejava, não é mesmo?

Já estou vendo que eu vou gostar bastante de ficar esse tempo nessa casa.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...