História Rua Itaewon - Vhope - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Personagens Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Jhope, Jung Hoseok, Kim Taehyung, Kpop, Lemon, Novela, Romance, Sexo, Taehope, Vhope, Yaoi
Visualizações 224
Palavras 1.988
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Slash, Yaoi (Gay)
Avisos: Homossexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


O Hoseok vai começar a chamar o Taehyung de ‘Irmão bonito’, então se virem esse nome, é Hoseok falando dele.

Capítulo 4 - O hóspede mais importuno do mundo.


>Sou Bonito: Ei, irmão bonito, você está aí?

>Amor 123: Oi, o “Bonito” está aqui.

>Sou Bonito: Você me lisonjeia. Você é mais bonito que eu.

>Amor 123: ...

>Sou Bonito: Eu tenho uma pergunta.

>Amor 123: Fale.

>Sou Bonito: Da última vez, eu fui aí da última vez.

>Amor 123: Mm.

>Sou Bonito: Você sabe quem eu sou?

>Amor 123: Sei. Da última vez você veio com as duas chinchilas fêmeas.

>Sou Bonito: ... É, esse sou eu.

>Amor 123: Agora, você vai dizer que quer comprar alguns materiais para as chinchilas?

>Sou Bonito: Não! Tem alguns petiscos de presente que você deu da última vez.

>Amor 123: Então?

>Sou Bonito: Você pode acasalar comigo?

>Amor 123: ...

Dizer que essa pessoa tinha hipóxia cerebral congênita, não era uma mentira. Taehyung tinha certeza que essa frase havia se provado verdadeira ao conhecer Hoseok. De fato, falar também é uma arte, não é necessário que duas pessoas estejam frente a frente, somente digitando a mensagem em forma escrita é suficiente para mostrar completamente o traço característico de uma pessoa. As pessoas que usam discurso eufemístico tendem a ser elegantes e discretas, pessoas que usam muitos emoticons em suas mensagens geralmente são vazias por dentro, pessoas que vão direto ao ponto tendem a ser mais compreensivas, e o tipo de pessoas... que fazem as outras quererem bater nelas tendem a ter uma estrutura cerebral sem igual.

Quem iria perguntar “Você pode acasalar comigo”?

Você poderia pelo menos ter dito: Você poderia me ajudar a acasalar minhas chinchilas?

Se você e eu, dois homens, pudéssemos acasalar, aquelas chinchilas fêmeas também seriam capazes de gerar um filhote.

Hoseok ainda continuou fazendo perguntas no Messenger, Taehyung fez uma careta e, então, abriu a agenda de contatos dos clientes. Tal coisa, obviamente, não podia ser “dita” no Messenger porque não ficaria claro e deixaria ele irritado.

Hoseok estava de cócoras em sua cadeira, a mão brincando com a chinchila, os olhos encarando intensamente a tela quando, de repente, o telefone tocou alto.

Quem diabos está ligando? Ligando em um momento tão ruim.

— Alô? — Hoseok respondeu a ligação com um tom de irritação; ele vinha ponderando há quase um mês já, ele pensava que era rude deixar suas duas preciosas chinchilas viverem uma vida solitária até a velhice. Pensando bastante nisso, ele de repente lembrou da última vez quando Taehyung mostrou a ele a chinchila macho, ele parecia forte e ativo também, muito compatível, então ele estava pensando em acasalar suas chinchilas com a de Taehyung.

— Alô? Sr. Jung?

— Sim, sou eu. Quem é?

— Sou Kim Taehyung.

— Taehyung quem?

Segurando o telefone, Taehyung repentinamente sentiu como se tivessem lhe feito uma pergunta muito difícil, era como se alguém perguntasse a ele sobre quem veio primeiro, a galinha ou o ovo? Será que esse cara nem mesmo havia dado uma olhada em seu cartão de visita? Sob uma raiva furiosa, Taehyung decidiu fazer Hoseok se sentir envergonhado:

— Você não queria acasalar comigo?

— Ah! Ah, ah, é você. Certo, certo, certo, eu quero mesmo acasalar com você, sim!

Taehyung riu alegremente para si mesmo, ele não podia acreditar que era tão fácil assim tirar vantagem da boca desse cara sem ter que pagar.

— Por que você está rindo? Estou falando sério aqui. Eu realmente quero acasalar com você! — Hoseok ficou perplexo.

Taehyung não podia mais rir, mesmo o sentimento de querer zombar dele já se fora há tempos, ao invés disso, sua brincadeira saiu pela culatra e ele se sentiu envergonhado.

— Estou te dizendo — Hoseok conversava no telefone enquanto brincava com sua chinchila. — Da última vez você me mostrou uma chinchila macho com um órgão masculino completo, ele não é muito novo, certo? Ele já acasalou antes? Por quanto?

— Sim... Suas chinchilas, por favor, adicione a palavra ‘chinchila” nisso!

— Ah... — Hoseok ficou aturdido por um curto momento e, então, bateu em sua cabeça. — Ah! Sim, sim, entendi agora, há há há... Mas você ainda não entendeu?

Eu até gosto que você só ria disso, Taehyung olhou para o teto para se acalmar.

— Eu não sou aquelas duas chinchilas, eu só acho que, sem um parceiro, essas duas serão muito solitárias, então eu de repente pensei na sua chinchila, entende...

— Eu não sei, isso é bem complicado de dizer, vai depender da atitude de Long Long.

— Hã? Você tem que discutir com sua namorada?

Taehyung queria jogar seu telefone, para ser honesto, ele se arrependia de ter feito essa ligação. Tudo bem, seu Marciano idiota, eu vou te mandar em uma viagem gratuita para seu planeta Marte!

— Alô? Alô? Você está com sinal ruim?

— Long Long é minha chinchila.

— Ah! Então o que você quer dizer com atitude? Você não pode só colocá-las juntas na mesma gaiola?

— Se nós colocarmos você e uma mulher juntos em um quarto, você faria sexo com ela? — Taehyung encarou rancorosamente direto à sua frente, fazendo o cachorrinho na gaiola dentro de seu alcance de visão ter um arrepio percorrendo pelo corpo.

— Ela é atraente? Com peitos grandes?

— .....

— Na verdade, não faz tanta diferença, não sou tão exigente.

— ......

— Alô? Alô? Ei, por que você não está falando?

                         ***

Hoseok mais uma vez entrou no pet shop do nº10 da rua Itaewon com uma grande gaiola em mãos, e ele estava bem na hora, 6 da tarde, a hora que Taehyung iria comer seu jantar; além disso, Hoseok teve um encontro cara-a-cara com a entregadora.

Taehyung olhou para cima e viu Hoseok, seus nervos “pularam” um pouco e, então, se juntaram em uma bagunça.

— Irmão bonito, você deveria comprar um telefone novo, o que você tem agora deve ter algum problema técnico. Primeiro, ele tem recepção ruim, e agora até o seu tom de discagem tem um problema? — Hoseok colocou a gaiola sobre o balcão do caixa, enxugando as gotas de suor de sua testa.

Tudo bem, esse idiota veio mesmo para a minha toca, eu vou ver que tipo de truque ele tem na manga.

— Elas estão no cio delas? — Taehyung tentou mostrar seu melhor sorriso.

— O que é cio?

— ......

— Isso... não pode acontecer a qualquer momento?

— Esse é você.

— Ah, você quer dizer que, para machos, qualquer momento é bom, mas para as fêmeas não?

— .......

— Irmão bonito, você está de mau humor? Por que você não está falando muito hoje?

— Ainda posso falar — Taehyung engoliu isso, se confortando.

— Você teve uma briga com sua namorada? Deixe-me dizer, não fique muito preocupado com esse assunto, garotas são fáceis de persuadir...

— Vamos falar das suas chinchilas — Taehyung apertou firme um copo.

— As chinchilas podem esperar. Vamos falar do seu assunto, sabe, você está com uma expressão muito amarga... Apesar de nós não sabermos muito um do outro, nós dois somos homens, está tudo bem trocar alguma experiência pessoal um com o outro.

— Eu não tenho namorada!

— Ah nossa, olhe só sua idade, por que você está ficando envergonhado? Você não é um estudante do fundamental.

— O período de cio das chinchilas geralmente são de 28 a 35 dias cada ciclo, cada vez ele vai durar quatro dias; elas vão secretar um fluido ceroso branco que mal pode ser notado porque elas sempre comem, por isso você deve prestar bastante atenção — Taehyung decidiu ir direto ao assunto.

— Comem? — a atenção de Hoseok finalmente foi chamada. — Isso não é imundo?

— .... Esse é o hábito físico delas.

— Ah. Isso...

— As suas chinchilas produziram esse tipo de fluido?

— Eu não prestei atenção.

— Quanto ao parceiro, que raça você quer?

— Eu vi a sua, você é muito bom, ah, não, quero dizer sua chinchila, há há há...

Taehyung franziu ligeiramente as sobrancelhas. — Obrigado... Esse assunto não pode ser decidido por você, primeiro, vamos deixar eles se familiarizarem.

— Como você pode deixar eles se familiarizarem? Você tem que preparar para eles uma gaiola temática de amor?

— Posso perguntar... Você trabalha no que?

— Ah, certo, eu ainda não me apresentei, há há há... Eu sou escritor de novela.

Taehyung não pensou que Hoseok seria capaz de responder a pergunta dele. Mas, depois de ouvir que ele era um escritor, ele não podia evitar de começar a especular: — Código de honra de artistas marciais?

— Não — Hoseok riu, observando Taehyung usar um petisco de batata branca para atrair ‘Bolinho’ para fora. Esse nome foi dado a ela quando Hoseok pensou que ela fosse macho, a outra é chamada Pequena Folha.

— Fantasia?

— Não — vendo que Bolinho foi colocado em outra gaiola, Hoseok não podia evitar de perguntar: — O que tem isso?

— Deixe ela e Long Long verem um ao outro em gaiolas diferentes por enquanto, para que eles se familiarizem um com o outro.

— Ah.

— Mítico?

— Hein?

— Você não disse que escreve novelas míticas? — esses eram os três gêneros de novela que Taehyung podia pensar com base nas características de Hoseok.

— Eu escrevo novela literária.

Taehyung havia acabado de pegar a Pequena Folha, mas ele quase a jogou instantaneamente no chão por causa do choque.

— Eu não pareço com um, certo... há há há... meus amigos também dizem isso!

— Eles tem toda razão.

Pequena Folha foi colocada perto de outra chinchila.

— Assim deve estar bom. Vamos esperar e ver como elas reagem umas com as outras.

— Ah, de quanto tempo é a espera?

— Não é mesmo para cada caso, pode levar algum tempo, agora é só o passo preliminar de deixar elas se familiarizarem, espere por mais alguns dias para ver se elas têm algum sentimento mútuo, então nós podemos aproximá-las.

— Ah? Então onde eu fico? — Hoseok encarou com olhos arregalados para Taehyung.

— O que você disse? — Taehyung teve que pedir para ele repetir porque ele pensou que tinha ouvido mal alguma coisa. 

— Estou dizendo que elas só podem se aproximar um cm por dia, então o que eu devo fazer?

— Como assim?

— Eu não posso ficar longe delas!

— .......

— Mas, se eu levar sua chinchila, ela... elas não me reconhecem, mas...

— Obviamente elas ficam aqui, você vai para casa.

— Bolinho! Pequena Folha!

— O que??

— Ah, essa se chama Bolinho e aquela é a Pequena Folha.

— ......

Hoseok ficou ansioso pensando naquilo por um longo tempo e, finalmente, ele rangeu os dentes e fechou os olhos. — Pela felicidade da Bolinho e da Pequena Folha, eu vou aguentar isso! Que tal eu vir visitá-las todos os dias por volta desta hora?

— Essa hora?

— Sim, eu geralmente acordo às 3 da tarde, então brinco com elas por um tempo, janto às 18h, então começo a escrever à noite.

— Então você vai começar a vir aqui a partir das 15h?

— Não precisa, eu devo estar aqui às 18h, então eu posso caminhar de volta depois de ter uma boa refeição. Eu tenho que começar a me exercitar mais!

— ......

— Hoje você também pediu uma refeição para mim? Como você sabia que eu viria a essa hora? Ah, é carne de porco assada, meu preferido...

— Eu... — Taehyung queria realmente gritar alto; a marmita de Hai Hong da última vez também havia sido comida por esse idiota. A garota deu um sorriso desamparado e disse: — Tudo bem, estou de dieta.

— Está ficando frio, vamos comer juntos.

— Eu....

— Ah certo, quanto custa para acasalar chinchilas? Eu devo pagar agora?

— Não, tudo bem. Nós não cobramos custo adicional por isso, mas nós cobramos pela hospitalidade se você vai deixá-las aqui.

— Ah, quanto por dia?

— 30.

— Ok, eu vou fazer o depósito para os primeiros dias.

— Você pode pagar depois.

— Ok! Sobre o dinheiro da refeição... Eu pago por isso depois também?

— ......

— Irmão Bonito, não precisa se sentir envergonhado, até mesmo parentes de sangue precisam ser claros quando é relacionado a dinheiro. Ah certo, eu não deveria estar comendo tanta comida gordurosa, minha barriga...

— Hein?

— Olha! — então Hoseok levantou sua camisa. — Vê, meus músculos abdominais já sumiram, eu preciso colocar em dia meus exercícios!

O sino-dos-ventos na porta soou quando Miss Lee, uma cliente regular, entrou na loja com seu pomerânia e testemunhou Hoseok expondo sua barriga nua para Taehyung. Essa era uma visão bem estranha.

Que desgraça...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...