História Rude ѧʟғѧ & Perverted ômєɢѧ - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Abo, Jikook, Jimin Ômega, Jungkook Alfa, Kookmin, Yaoi
Visualizações 208
Palavras 433
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Opa, tem + 1?
Só tem


Capítulo 11 - 1.1 He's not here!


Fanfic / Fanfiction Rude ѧʟғѧ & Perverted ômєɢѧ - Capítulo 11 - 1.1 He's not here!

jımıň poν 

Acordei caindo da cama após um pesadelo habitual, tentei acalmar-me e encarei a janela fechada. Que belo dia nublado, pra acordar caindo da sua cama.

Minha bunda doía muito pela queda. 

- Ai!

Era sábado, não tinha aula e se tivesse estaria 5 horas atrasado - graças a Deus. Balancei minha cauda e me espreguicei todo, seguindo pro banheiro e voltando depois todo molhado - um gato molhado - que.

Mesmo sendo um gatinho, Jimin curtia água. Não sei, era bom, mesmo que deixasse meu pelinho trabalhoso de secar e pentear. Em compensação, ficava bem quente, liso e macio.

O espelho ali na minha frente, me dando bom dia.

- Mas gente, Park Jimin é muito lindo. - Que bunda, wow. - Só que meu bumbum me parece grande demais...

Encarei o relógio no meu criado-mudo, ele era mais importante que minha nudez.

Pera... ONZE E MEIA DA MANHÃ?

Estando num Domingo, Jimin deveria acordar só depois de meio-dia, oras. Mas que droga! 

- Nyaa! Own, Jimin vai voltar a dormir. 

E foi o que fiz, apenas de calça - e blusa - moletom, agarrado com o Kookie.

"Jungkookie! ... Jungkook."

Seu nome está ecoando por toda minha mente, isso não para, não quer parar, meu corpo estremece e meu coração o chama...

Mas não tem ninguém em casa hoje... Jimin está sozinho.

Despertei completamente dando um grito e derrubando meu lençol, meu corpo parecendo em chamas, estava calor demais, tudo sufocante e doloroso demais, não estava aguentando e eu gemia, ou gritava.

- M-meu ci...o. - Senti um líquido quente e meio viscoso escorrer por entre minhas pernas e molhar toda minha calça, inclusive a cama e os outros lençóis. - Ah...

Havia um incômodo enorme no meio das pernas - esfregava as mesmas uma na outra em agonia, sofrendo com as dores e pontadas constantes no abdômen -, doía mais que tudo, Jimin não sabia o que fazer, estava fraco demais pra qualquer coisa e não conseguia ter um pensamento direito por causa da dor e das arfadas que me atrapalhavam.

- T-Tae... - Consegui alcançar embaixo da cama meu celular novo, conseguindo abrir meus contatos e ir no primeiro dos quatros ali salvos - "TaeTae". Mas, acabei indo em "Jungkook". Era uma merda, dava caixa postal. - AH!

O celular caiu e me encolhi na cama gemendo mais alto, mas que porra, por que havia de ficar daquele jeito?!

- Jeon Jungkook. - A voz ecoou do celular e o peguei. - Alô?!

- JJ-eongukk! - praticamente gemi seu nome.

- Jimin! Park, o quê qu-

- Kookie-aah, me ajude! A-ahn...Jungkook...

Se não fosse pelo gemido que involuntariamente escapou-me, suspiraria profundamente, por dor ou por alívio.

- Estou voltando praí.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...