1. Spirit Fanfics >
  2. Ruína da mascara humana >
  3. Os casos de morte

História Ruína da mascara humana - Capítulo 4


Escrita por: e DarkPantherTV


Notas do Autor


essa parte aqui é pesada
.
.
.
.
mas eu já avisei antes que essa historia não seria flores né

Capítulo 4 - Os casos de morte


Coreia do sul– Gwangju / 12:47 A.M / 12 de Agosto de @027

 

 

Minha irmã...ela...ela...morreu…

 

 

Eu estou em seu funeral, todos de minha família estão de preto e eu sou a única que estou com uma roupa casual...eu acho que não caio a ficha para mim que ela se foi...encontraram o corpo dela na estrada da escola com a boca cheia de sangue, o intestino explodido e o coração perfurado...foi aquele cara não foi? Foi ele qual era seu nome? Eu não me lembro…

 

Filha- sinto meu pai me abraçar. - vamos?

 

A policia ainda não sabe oque aconteceu...mas...eu sei uma pessoa que sabe oque aconteceu...Depois do funeral eu peguei minha bicicleta e foi para casa de Hanzel, talvez eu esteja desesperada mas mesmo assim eu vou consultar com ela para saber oque aconteceu exatamente, quando chego na casa dela nem preciso bater na porta ela já abre para mim.

 

Vem cá, eu achei uma coisa aqui. - Hanzel pede para eu entrar e assim eu faço deixando a minha bicicleta de qualquer jeito e entro na casa dela, é uma casa normal nada de extravagante. Ela fecha a porta depois que eu passei e começou a falar... - você o caso 107? - ela pega minha mão e leva me forçando a entrar em seu quarto, lá eu vejo um mural...com muita coisa...

 

.

.

.

.

Brasil – Araraquara / ??:?? / 23 de fevereiro de @020

 

 

Um grupo de adolescentes que sumiram na zona sul de São Paulo em Araraquara, o total 4, seus nomes são:

 

Yara Silva. 17 anos

Brenda Matinhos. 14 anos

Breno Solsa. 16 anos

Guilherme Martelo. 16 anos

 

A ultima vez que foram vistos vivos foi em um prédio na rua. @#!%¨$#@! de [email protected]$$#@! numero 107 . Seus corpos foram encontrados separados.

 

Yara teve seu corpo queimado e cortado, estimasse que enquanto ela queimava cortaram ela para jogar limão e fazer sua dor mais forte. Da para ver que ela lutou pois em sua boca viram um pedaço de corda e de um dedo que não era dela.

 

Brenda esquartejada, suas pernas ainda não foram encontradas. Seus olhos foram arrancados junto com sua língua.

 

Breno, cranio esmagado por um taco no total ele sofreu com 8 golpes, suas mãos foram cortadas e colocadas em um saco plástico.

 

Guilherme, sua garganta tem sinais de sufocamento mas isso não foi causa da morte a causa foi por 43 facadas espalhadas pelo seu corpo todo. O agressor não deu facadas em pontos vitais só em pontos que tem um pouco de chance de vida.

 

.

.

.

.

 

Porque...porque você tem essas cenas de crime no seu quarto? - eu to chocada tem foto dos cadáveres e foto deles vivos, oque a Hanzel queria tendo isso no seu quarto?

 

Eu gosto de casos não solucionados, principalmente se for um como esse e da sua irmã.- isso me irritou.

 

Minha irmã não é para sua diversão!!! tenha respeito porra. - eu agarro a argola de sua camisa e quase dou um soco nela.

 

Oque eu estou querendo dizer é que, esse caso e o caso de sua irmã são parecidos, e aquele cara que conversou com ela antes dela morrer...eu realmente acho que ele é uma pessoa que eu to procurando a um tempo. - oque ela quer dizer com isso. Solto a argola de sua camisa.

 

Ela passa por mim vai até sua escrivaninha e pega 3 papeis.

 

Eu to procurando ele pois ele tinha desaparecido a mais de 30 anos. - ela vira um dos papeis e mostra a foto dele...eu lembrei o nome dele é Emarâ...ou é ele ou é um cara muito parecido..

 

.

.

.

.

 

Tailândia – Hat Tai / 04:20 P.M / 01 de Junho de @997

 

 

Um adolescente desapareceu depois de colocar sua casa em chamas matando seus irmãos e pais, o garoto ainda está desaparecido, antes dele ir embora ele pegou dinheiro de sua família em um caixa eletrônico o estimado é que ele tenha pegado mais de 37 mil em dinheiro vivo e colocado tudo em algumas malas que ele pegou antes de colocar a casa em chamas.

 

Seu nome é #$&¨#@ &¨%@ (imagem) se acharem ou verem ele ligue para policia imediatamente.

 

.

.

.

.

 

Porque não da para ver o nome dele? - eu pergunto enquanto ela vira o papel para ver.

 

Eu também não sei, todas as versões estão assim.- ela fica encarando a folha que tinha me mostrado mas eu queria saber sobre as outras 2.

 

Ei, oque são essas outras 2? - pergunto com muita duvida.

 

A...esses aqui? - ela me mostra...da para ler nada praticamente.

 

Eu encontrei numa lixeira, agora está mais detonado mas é um caso no Brasil, é sobre transfobia um garoto foi espancado até a morte, ele tentou reagir mas não bateu em nenhum dos agressores...ele realmente só queria sair dali...- ela encara o papel que me mostrou com uma cara de irritada.

 

Tinha o nome? Quer dizer dava para ver? - pergunto ainda mais curiosa.

 

Tinha seu nome era…

 

 

 

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Tecoara! Espera poxa! - ha~ porque esse cara corre rápido assim?

 

A desculpa! - ele para de correr, ele poderia ter feito isso antes né! Fiquei andando lado a lado com o cinzento (sim apelidei o Emarâ assim)...esse cara não fala nada dai fica um clima estranho.

 

Aqui é uma cidade bem bonita, tem grafites lindos para todos os lados o asfalto é bem feito e tem até bastante gente andando nessa cidade...esse lugar me da paz de alguma maneira...mas tirando isso o Teco não para de me dar chocolate ele fica falando que é muito bom mas não se compara com uma tal de paçoca...eu nem sei oque é isso…OQUE SERIA UMA PAÇOCA?

 

Estamos andando pela cidade a bastante tempo, mas não to reclamando esse lugar é realmente bonito bem agradável aos olhos e as musicas que tem aovivo são muito boas mas tipo muito mesmo aqui parece ser o paraíso...pera será que é???? não não os garotos já falaram mil vezes para mim que não é que aqui é a Ruína...mas oque caralhos é a ruínas?

 

Chegamos!!!!!! - Teco aponta para uma cafeteria, que de longe dá para sentir o cheiro de pão saindo do forno, isso enche minha boca de água. O primeiro a entrar é o cinzento depois eu e por ultimo o Teco, ele é bem gente boa.

 

Hum quem é essa? - eu tiro a minha atenção dos pães que só queria comer pois o cheiro tava muito bom. Mas de canto de olho uma mulher e logo atrás dela uma adolescente.

 

Essa? (chi) essa é a Amur...Amur esse é o Charada. -ele aponta para a ...quer dizer o homem, ele realmente parece uma mulher. - e essa atrás dele é a …

 

Minha chuchuuuuuuuuuu. - Teco se arremessa no colo dela, ela não o segura fazendo ele cair com tudo no chão COM TUDO.

 

Amalia...- o cinzento parece irritado. - custa segurar meu irmão?

 

Ele é grudento de mais… - Teco se levanta do chão rápidamente e abraça a …. a …. Amelia certo? É a namorada dele?

 

( Amelia: Nariz Adunco combina com seu rosto, olhos azul claro, pele branca...bem branca, cabelo prezo em um rabo de cavo cor um castanho mel. Ela tá usando umas roupas de padeira e ela é mais alta que o Teco fica até fofo.)

Ei garota. - ela chama minha atenção. - esse aqui tem dona procura outro. - ela trás o Teco para mais próximo, da para ver na cara dele que ele tá amando isso...não sei se posso rir vai que ela me entende mal…

 

Deu deu quero briga aqui dentro não. - o homem estende a mão para mim. - Sou o Charada prazer!

 

 

 

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

O outro papel e o ultimo é sobre um caso sobre um assassino chamado Charada...ele meio que incentivou as pessoas a se matarem na frente dele...uma de suas vitimas era uma adolescente que não tem identificação, mas oque parece ele tentou salvar ela no ultimo momento mas os dois acabaram morrendo juntos por um… - ela segura o vomito, deve ter a foto deles mortos. - triturador… - ela realmente tá se esforçando para não vomitar da para ver.

 

Se esse caso foi solucionado porque você guarda esses papeis? - minha curiosidade tá bem forte agora.

 

Porque...esse cara o Charada não tem registro de nascimento em nenhum pais...ele tinha uma identificação mas...era de um pais chamado Ruínas. - ela começa a ler um texto que tem na folha.

 

Ruínas? - um flash de memoria vem para mim. - o livro que minha irmã estava lendo… Tinha Ruína no nome…

 

Então Chae, eu sei que você pode não acreditar mas eu acho que todos esses casos e mais alguns que eu guardo no sotam...são consequências de entrar em um mundo paralelo...quem descobrir mais sobre morre...- pera porque ela veio falar isso para mim? Ela vem e entrega uma chave para mim. - essa chave é da minha casa, quando eu morrer use tudo que eu descobrir para saber onde sua irmã foi ok…

 

O silencio que ficou instalado por longos 2 minutos foi quebrado um um despertador, era 15:27 eu tinha que voltar para casa, eu me despeço de Hanzel, não sei como não roubaram minha bicicleta mais ela ainda está ali e como está ali aproveito e vou para casa com ela…

 

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

.

 On: Hanzel

(Coloque essa musica para entrar no clima https://youtu.be/49FB9hhoO6c )

Quando eu vejo que ela se afastou o suficiente para não ouvir eu vou para o sotam, me agacho vou até uma caixa e pego um diário que estava escrito na capa “GRUPO 107”…

 

Eu vou morrer...mas eu vou saber quem é você Pantera- tem outro objeto nessa caixa e é um revolver eu miro na minha cabeça e puxo o gatilho...depois do preto eu ouso uma voz…

 

Se ela te pegar com isso sabe oque ela vai fazer né? - eu abro meu olhos, e estou onde eu tinha planejado estar. Uma casa estilo torre muito alta, cheio de livros e relógios, os moveis são feitos de couro pele humana.

 

Tem uma pessoa em pé usando terno seus dentes são amarelos seus olhos são inteiro amarelo, com a pupila vermelha, seu cabelo é jogado para trás com um gel. Usa um terno amarelo com vermelho seus sapatos...estão encharcados com sangue.

 

Oi Coruja. - eu sorrio

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...