História Rumores - Jung Hoseok - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope
Tags Bangtan Boys, Bts, Colegial, J-hope, Jung Hoseok
Visualizações 165
Palavras 1.510
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção, Ficção Adolescente, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - "O mais novo rumor da escola." - único


Fanfic / Fanfiction Rumores - Jung Hoseok - Capítulo 1 - "O mais novo rumor da escola." - único

Meu nome estava sendo comentado em todo o colégio há dias. O motivo era claro, Jung Hoseok e eu havíamos nós tornado o foco principal da nova fofoca que circulava pelos corredores. E pior, por algo que nem era verdade.

— Sabe quem espalhou esses rumores? - escutei a voz do Hoseok atrás de mim.

Saímos da sala que ocorria a reunião com os representantes de turma. Mais um dia sentindo vários olhares sobre nós. Mais um dia tendo que aguentar provocações por um rumor falso.

— Não, e se soubesse já teria tomado minhas providências. Espalharam mentiras sobre mim. - suspirei irritada com a situação.

— Sobre nós. - ele me corrigiu.

— Essas pessoas são maldosas. - desabafei, indo na direção oposta ao fluxo de alunos das outras salas. Conseguia ouvir risadinhas maldosas sendo direcionadas a nós dois. 

— É tão sério assim ter o meu nome envolvido com o seu? - percebi incômodo na voz dele. — Afinal, sou eu que namoro a azarada. - ele começou a rir um pouco.

— Não tem graça. - parei de andar o encarando séria ao viramos em outro corredor.

— Espera, você realmente não gosta de mim? - Hoseok aproveitou o momento e se aproximou colocando os braços lado a lado do meu corpo, me deixando sem saída. Literalmente sem escolha.

Olhei para os lados, o corredor estava vazio. Respirei mais aliviada, não queria que mais boatos se espalhassem sobre a gente. Voltei o olhar para ele, que me olhava atentamente.

Hoseok era considerado popular na escola inteira. Tinha um grande número de admiradores e era conhecido por dançar e fazer rap em competições extracurriculares. Por outro lado, eu era conhecida por errar a jogada decisiva que levaria o time de vôlei do colégio ganhar o campeonato juvenil, apesar de ser uma fama ruim que não desejei ter, ela estava rotulada em mim, toda a escola ainda lembrava da minha catástrofe, eu era considerada a garota mais azarada do colegial. O único ponto em comum entre a gente era sermos representantes de turma. 

— Não vou entrar para listinha de "garotas apaixonadas por Jung Hoseok" você é um chato. - menti, eu já estava nessa lista, havia me apaixonado por Jung Popular Dançarino Rapper Hoseok, respirei devagar controlando minha irritação comigo mesma. Ele estava sendo muito insistente para saber minha posição sobre a nova fofoca envolvendo nossos nomes com um possivel relacionamento, algo que eu nem cogitava acontecer.

Minhas palavras não o afetaram de maneira alguma ou o Jung apenas ignorou o que eu havia lhe falado. Sua reação foi simplesmente se aproximar mais, aproximando nossos rostos, como se fosse iniciar um beijo.

— Já falei que isso não tem graça, Hoseok. - o empurrei com toda minha força e sai em passos rápidos dali.

Meu coração batia tão rápido que estava duvidando de como eu ainda estava de pé. Aquele garoto mexia com todas as minhas emoções. Rapidamente recolhi meu material na sala e sai da escola.

Queria não ficar afetada com a situação. Queria descobri quem havia espalhado aquela mentira envolvendo nossos nomes para toda a escola. Brincar com os sentimentos de alguém era cruel, terrivelmente cruel. Admito que era fraca em relação ao ruivo que deixei falando sozinho no corredor e isso era o que mais doía, ele parecia não se importar com a situação, diferente de mim. Segurei as lágrimas enquanto andava pelo corredor vazio e respirei fundo. Não iria chorar, não adiantaria.

★ミ dias depois

Prendi meu cabelo em um rabo de cavalo alto, notando o olhar ponderado de Hoseok sobre mim. Desviei minha atenção para as anotações novamente e senti ele se aproximar vagarosamente, o olhei. 

— Não fique mostrando sua nuca dessa forma, esse é um ponto fraco de alguns garotos, aliás... coloque o cabelo em frente ao rosto. Assim. - ele murmurou soltando meu cabelo, fazendo as mechas caírem sobre os meus ombros. Em seguida, cobriu meu rosto com meu próprio cabelo, me despenteando inteira.

— Hey! - tentei me esquivar, segurando seus braços.

— Agora está melhor, não irá atrair a atenção de ninguém. - afirmou saindo da sala. — Principalmente dos outros garotos. - falou ao cruzar a porta.

Fiquei um tempo paralisada sem saber ao certo o que tinha acabado de acontecer. Em seguida, arrumei meu cabelo e sai da sala olhando em volta. Ele não estava mais no corredor.

Tínhamos que terminar as anotações do cronograma estudantil, era uma tarefa obrigatória dos representantes, por esse motivo ficamos depois das aulas, quando grande parte dos outros alunos haviam ido embora, ficando apenas quem tinham aulas extracurriculares em clubes distintos.

Jung Hoseok pensava que eu iria fazer aquelas entediantes anotações sozinha? De jeito nenhum, não mesmo. Eramos representantes de sala juntos, tínhamos que dividir as tarefas igualmente. Fui atrás dele, a principio já suspeitava aonde ele poderia ter ido. Até a saída da escola era uma das opções, porém estava contrariada, pois ele havia deixado seus matérias na sala.

Contudo, ao chegar perto do fim do corredor senti meu corpo ser puxado. Poucos segundos após, percebi que era o Hoseok e estavamos muito próximos. Naquele momento o ruivinho invadia meu espaço pessoal mais uma vez.

Tentei me afastar, porém ele segurou minha cintura limitando meus movimentos. 

— E se eu te dizer que talvez seja minha culpa estarem falando sobre a gente. - proferiu me deixando imóvel pela surpresa.

— V-Você? Você começou essa mentira? - o olhei sentindo lágrimas imundarem meus olhos, mesmo com o passar dos dias, ainda era um assunto delicado para mim, fazia tempo que rumores maldosos se espalhavam com meu nome envolvido, dessa vez não segurei o choro. 

Hoseok havia espalhado aquela mentira? Logo ele, o garoto ao qual estava apaixonada. O garoto que pensei que era a vítima da situação igual a mim.

— Talvez alguém tenha ouvido minha conversa com o Yoongi. - explicou, mas eu não entendia mais nada, Hoseok percebeu minha confusão interior e continuou. — Eu contei ao Yoongi que estava gostando de você, foi apenas uma conversa normal entre amigos e do nada virou essa bola de neve gigante. Essa mentira que estavamos namorando.

Demorou poucos segundos para os meus pensamentos clarearem. O Hoseok também era vitima da situação. Não tinha sido exatamente ele. Alguém tinha escutado a conversa dos dois garotos e espalhado para a escola inteira.

Suas palavras ecoavam pela minha mente de modo repetitivo. Por um momento, de uma forma indireta ele havia se declarado para mim. Ali, no corredor, segurando minha cintura de jeito afetivo demais.

— Me solta, por favor. - pedi e ele fez.  

Me afastei um pouco e enxuguei as lágrimas que haviam caído com a manga do meu moletom do uniforme. Não sabia o que falar.

— Eu gosto de você, Dahye. Você gosta de mim? - refez a pergunta de dias atrás.

Permaneci em silencio.

— Se falar que gosta, podemos transformar esses rumores em verdadeiros, porque eu realmente quero que seja minha namorada. - continuou.

Engoli em seco sentindo meu rosto corar e minha garganta secar. Além dos meus batimentos cardíacos se alterarem intensamente.

Sim, eu gosto muito de você, Jung Hoseok.

Porém não foram exatamente essas palavras que pronunciei.

— Tem certeza que quer se envolver comigo, a garota responsável pela derrota da escola no campeonato por causa de uma jogada errada? Isso pode afetar sua reputação. - minha voz estava baixa enquanto mantive meu olhar baixo, encarando o suéter do uniforme escolar dele.

— Mais do que estou envolvido? Não me importo com o que essas pessoas maldosas falam sobre a gente, quero namorar com você, Dahye. Esses rumores de certa forma serviram para eu finalmente ter coragem de falar que gosto de você e não vejo nenhum mal nisso. - falou como se um peso fosse tirado dos seus ombros, conseguia ver um leve sorriso dominar seus lábios.

Sorri junto confirmando. Ele franziu as sobrancelhas sem entender minha reação.

— Eu também gosto de você, Hoseok-ah. Gosto muito.

Aquele ruivinho realmente mexia com minhas emoções, a mesma mão que enxuguei minhas lágrimas minutos antes agora usava para cobrir um sorriso tímido. Ele me olhava fixo e cobri meu rosto. Que momento constrangedor.

Repentinamente ele me puxou para um abraço, escondi meu rosto perto do pescoço dele aproveitando para sentir seu perfume incomparável, sentia o coração dele pulsar rápido igual ao meu. 

Ouvi alguém pigarrear e olhamos para o lado vendo três garotas presenciar toda a cena. Nós afastamos um do outro por reflexo e nós curvamos levemente, se desculpando pela cena "intima" no corredor.

No entanto elas não reclamaram, apenas voltaram a andar passando por nós em passos rápidos. Olhei para o Hoseok quando elas se afastaram e rimos juntos. Risos sonoros.

Hoseok suavizou a risada e sorriu na minha direção. Eu juro que nem o Sol era capaz de competir com o brilho daquele sorriso.  

— Agora tem motivos para falarem de nós! - falou pegando minha mão, balançando nossos braços de um lado para o outro de forma adorável enquanto voltávamos para a sala, para terminar as terríveis anotações -agora não mais entediantes por causa da companhia do Hoseok- meu namorado por um rumor que se tornou real.


Notas Finais


Lembrando que vocês poderão me encontrar também no wattpad (user: seokas), posto fanfics por lá. É isso amorzinhos, até mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...