História Run Devil Boy (Vmin) - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Visualizações 69
Palavras 641
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oioioi

Capítulo 14 - Precisamos ir embora


Fanfic / Fanfiction Run Devil Boy (Vmin) - Capítulo 14 - Precisamos ir embora


Taehyung afastou seus lábios dos meus. Ainda não abri os olhos, não consegui. Senti medo de abrir os olhos e ser tudo um sonho, já que dificilmente Taehyung tomaria a iniciativa. 


- Tae... - sussurrei. 


- Abre os olhos, Jimin. - mandou com a voz um pouco rouca. - Olha para mim.


Fiz o que o mesmo mandou, me deparando com seus olhos negros penetrando minha alma. Pude notar um leve sorriso em seus lábios, como se quisesse me passar confiança, como se quissesse dizer que está tudo bem.


- Eu me sinto tão insuficiente... Eu não quero mais sofrer por você. 


- Não diga isso. Minha vontade é cuidar de você, te dar todo o carinho e amor que merece. Mas eu sou todo errado, Jimin. Eu tenho medo que se machuque por minha causa. Mas ao mesmo tempo eu não quero te perder.


Eu sentia a verdade nas palavras de Taehyung. Era de total trasnparência tudo o que ele havia dito. Selei nossos lábios novamente. Várias vezes, beijei todo o seu rosto lindo. Cada cantinho. Desde os seus olhinhos até sua boca.


- Kim Taehyung, eu te amo. E quero que saiba, que ficarei ao seu lado independente de qualquer coisa. Caralho, você não tem noção do tamanho do meu amor por você... É tão enorme, que mesmo depois de tudo que fez comigo, eu continuo te amando. Continuo insistindo. Continuo aqui, para você.


- Eu não te mereço... Você é tão precioso, e eu tão babaca. Hoje eu percebi que posso te perder para outro a qualquer momento.


Isso me deixou surpreso e alegre de certa forma. Esse garoto mexe muito comigo. Não sei ao certo o que estava acontecendo, mas eu não queria que esse momento chegasse ao fim. 


- Eu quero ficar do teu lado Taehyung. - beijei seu rosto novamente. - Me permita...












Taehyung já estava no décimo sono, enquanto eu arrumava minhas roupas, já que voltaremos para casa durante a manhã seguinte. Os garotos haviam chego há alguns minutos atrás, todos bêbados e eufóricos.


Eu e Taehyung conversamos - nos beijamos - muito, posso dizer que nos acertamos. Mas eu não posso dizer como será nos próximos dias. Não sei se ele vai mudar de idéia quando acordar.


É fato que não conseguirei esquecer a forma como ele me beijou. Sentir seus lábios é com certeza meu esporte favorito. Olhei para o mesmo, ele fica extremamente lindo enquanto dorme. Seus cabelos bagunçadinhos, meu Deus, eu amo tanto esse homem.








Acordei por conta da inquietude do mais alto ao meu lado. Taehyung estava muito inquieto, pude perceber que o mesmo ainda estava dormindo. Ele estava um pouco suado, será que estava tendo um sonho ruim?


- Jimin... - o mesmo gemeu meu nome.


Meu Deus ele tava tendo um sonho ruim, comigo! Fiquei atento. E novamente, ele gemeu meu nome. Isso acabou me causando um arrepio e um borbulho no estômago. 


- Taehyung?... tá tudo bem? - o garoto continuou dormindo.


Fui em sua direção e dei beijinhos em sua bochecha. Senti sua mão tocar em minha cintura, me causando um leve arrepio. 


- Jimin... eu...


- O que?


- Eu preciso de você... acho melhor ir embora desse quarto. - sua voz estava tão rouca, tão perto do meu ouvido que estava me excitando. - Antes que eu acabe com você. 


Senti sua ereção tocar em minha coxa, Taehyung estava coberto apenas pelos lençóis. Assim pude perceber que ele havia tido, talvez, um sonho erótico. Comigo.


- E se eu não quiser sair desse quarto?... - perguntei manhoso.


Beijei seu pescoço, desci para sua clavícula, beijei seu peito nu até chegar em sua barriga extremamente gostosa. Taehyung estava com os olhos fechados e um pouco ofegante.


Puxei um pouco o lençol, e vi a barrinha de sua cueca. Isso estava me excitanto tanto. Taehyung estava tão entregue.


Estava. Até um ser bater na porta e estragar o clima.



Yoongi: Meninos, acordem, precisamos ir embora.



Notas Finais


Yoongi impediu o Jimin de assoprar a flauta do Tae :c Isso não se faz

Como ficariam no lugar do Jimin? Jajsjhshs


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...