História Run To You - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias DAY6
Personagens Sungjin, Wonpil
Tags Day6, Quase Suicidio, Sungpil
Visualizações 24
Palavras 709
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Fluffy, Slash
Avisos: Homossexualidade, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


I din't know... Só vai, é a minha maior fic do Day6 até agora, e não é 100% bad -qq

Capítulo 1 - Estou fugindo de você


Eu ainda me lembro quando eu escrevi aquele bilhete perguntando se você gostava daquela garota da nossa sala, e você respondeu que sim, você gostava, e muito dela.

E isso foi uma surpresa para mim, tanto por eu notar, e tanto por você admitir que alguém estava finalmente mexendo com você. Estava mexendo da forma que eu sempre quis mexer.

Mas eu apenas era a droga do seu melhor amigo.

E as coisas não pararam por aí, claro que não, o destino sempre gostou de brincar comigo, e meu tolo coração caía nessas tentações. Foi em um dia nublado, eu estava lendo na biblioteca, mas entre as estantes, já que eu queria focar um momento sozinho, um momento longe de você, e longe de todo aquele falatório sobre a menina perfeita.

Mas adivinha, você foi atrás de mim, mas acabou se perdendo mais uma vez no belo rosto de sua paixão secreta, que convenhamos, nem era mais tão secreta assim, Park.

E depois que ela foi embora, você magicamente notou que eu estava ali, como se a facha que cobre seus olhos, não passasse de mera bobagem minha, então eu lhe perguntei, se você queria fazer ela feliz – porque você não era do tipo que ligava para o sentimento dos outros, ou ao menos notava eles – e você respondeu que sim, queria, e queria muito, então eu notei que meu tempo com você estava chegando ao fim.

Por que afinal de contas, quem não se apaixonaria por você, se até eu consegui esse desastre?

Mas então eu comecei a me afastar, porque eu tinha que parar de me machucar, e eu comecei a sair com algumas pessoas, comecei a lhe ver poucas vezes, até que achasse que meu coração não lhe pertencia mais.

Então eu conheci DoWoon, era apenas um ano mais novo que eu, mas era um garoto realmente bom, e que fazia eu lhe esquecer com uma facilidade invejável, e quando notei, eu estava dizendo que o amava, estávamos pensando em até namorar.

Mas então você veio atrás de mim mais vezes, DoWoon começou a ficar desconfiado, e consequentemente violento, as coisas fugiram do controle, e eu sempre parava para pensar no dia que você pegou um papel qualquer e escreveu nele se eu estava com ciúmes, e me arrependo até hoje de ter respondido que sim, talvez, se eu só ficasse ao seu lado não teria conhecido DoWoon, não teria entrado naquela relação, DoWoon não teria terminado comigo dizendo ser tudo minha culpa, e talvez, eu não acabasse em cima desse telhado.

De qualquer forma, obrigada por tudo, SungJin.

 

Com amor, WonPil.

 

 

|><|

 

 

A respiração do moreno estava ofegante, subia os degraus de forma atrapalhada, e quando seu corpo se chocou contra a porta do telhado, um forte estrondo pode ser ouvido, e logo o corpo ajoelhado de SungJin pode ser visto por WonPil que estava já em pé, atrás da barra baixa de proteção que havia em uma parte baixa do telhado.

 – Por... Por favor, não... Não faz isso... – Seu tom de voz era trêmulo e ofegante, tanto pelo choque, quanto pela corrida feita anteriormente.

WonPil já estava emocionado, não esperava ver o Park ali, não conseguia acreditar naquilo, mas talvez estivesse tão maravilhado, que acabou descendo do parapeito.

 – Não faz isso com você, não faz isso comigo... Não faz isso com nós. – O mais velho se levantou e foi ate o mais baixo, o abraçando por seus ombros, e até amassando um pouco mais a carta contra as costas de WonPil em um abraço forte.

 – Eu não aguento... Eu ouvi dizer que se eu fizer isso eu posso ser feliz. – SungJin segurou o mais novo pelos ombros, surpreso pelas lágrimas.

 – E quanto a mim? Eu só consigo ser feliz com você! – WonPil franziu seu cenho e negou com sua cabeça em um manear rápido, tentando se afastar sem sucesso, já que logo estava sendo abraçado novamente. – Eu demorei para notar isso, okay? Mas eu não posso ficar sem suas piadas ruins e velhas.

WonPil chegou a rir, e rodeou a cintura do mais alto com seus braços, aceitando o abraço.

 – Eu vou estar aqui sempre que você precisar... Só não me deixa nesse mundo de loucos sem você, a minha dose diária de lucidez.


Notas Finais


https://www.youtube.com/watch?v=E9fRrWft80A

Link do FMV que deu a base da inspiração, e é muito bom!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...