1. Spirit Fanfics >
  2. Running home to you Lumaya >
  3. Capítulo Único

História Running home to you Lumaya - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Capítulo Único


Bem... oi, eu me chamo Luna Hidalgo e daqui algumas horas irei me casar com Maya May – vulgo o amor da minha vida – e então irei ser Luna Hidalgo May, vocês não sabem o quanto eu estou ansiosa para isso, mas bem não é sobre isso que vim falar aqui. A minha historia com a Maya é tão clichê que se eu mesma não tivesse vivido ela eu não acreditaria que era real, bem a uns quatro ou cinco anos eu e Maya nós odiávamos – muito mesmo, que éramos capazes nos matar se me deixassem com ela a sós – e em questão de tempo e de diversos empurrõezinhos do Noah, eu e ela fomos deixando ódio de lado até outro sentimento tomar o lugar, mas talvez essa seja historia para outro hora... Pois hoje irei volta alguns meses atrás e contar quando eu tomei a melhor decisão da minha vida e a pedi em casamento vamos lá...

Bem tudo rolou na sexta feira, 12 de junho de 2020...



Já fazia semanas que eu estava tentando pensar em algo especial para pedir a Maya em casamento, mas nada que eu pensava parecia ser o bastante eu só queria fazer um pedido incrível que tirasse o folego dela e demonstrasse o tanto que eu a amo.

Rolo para o lado da cama e pego a caixinha de veludo vermelha que estava ali em cima do criado mudo, ali nela continha uma aliança de noivado que era a mesma que meu pai pediu a minha mãe em casamento. Soltei um suspiro e guardei a caixinha dentro da gaveta e dei play na serie, no exato momento o Barry começa a cantar e eu era completamente rendida por aquele momento já que era quando o Barry pedia a Iris em casamento, eu sempre falava para minhas amigas e para a Sabina que só aceitaria casar com alguém se a pessoa cantasse essa musica para mim na hora do pedido, e foi nessa hora que um me deu um clique na cabeça e eu soube como iria pedir a Maya em casamento, sei que ela nunca havia se interessado em ver a serie comigo – coisa que eu acho um grande absurdo – mas essa musica era algo mais do que uma coisa de serie, ela havia marcado um dia muito importante para nós duas, exatamente a uns três anos atrás bem no dia namorados quando ela resolveu que seria uma boa ideia nos duas passemos aquela noite conversando – e olha que a gente ainda não ia muito com a cara uma da outra – e desde então toda vez que ouço "Running home to you" eu sempre lembro daquele dia e mais especificamente dela, seus traços, seu sorriso, então acho que não existia forma mais bonita de pedir a Maya em casamento do que com aquela musica, eu não precisava fazer um pedido grandioso não, mas sim algo que significasse e com certeza esse pedido seria algo que a marcaria de qualquer forma.

Em um pulo levanto da cama e vou até o banheiro, aonde tomo meu banho e me arrumo, desço para a sala e pego meu celular em cima do sofá e mando mensagem para a Maya pedindo para assim que ela estivesse chegando ela me mandasse uma mensagem avisando, vou para a cozinha para checar se a lasanha estava pronta, eu estava um pouco nervosa já que era a primeira vez que fazia lasanha, mas assim que abro e vejo que a lasanha estava bonita eu suspiro aliviada e desligo o forno.

Vou para a sala aonde uma sensação de deja-vu toma conta de mim ao me lembra da primeira vez que estive ali para fechar o negocio, eu estava tão nervosa quanto hoje, mas naquele dia era para saber qual seria a reação da Maya ao chegar no loft que seria nossa lar e agora o nervosismo era para saber se ela aceitaria casar comigo.

Ops... voltei aqui, sabe pensado aqui é muito engraçado como o destino funciona, há alguns anos eu não gostaria de ver a Maya nem pintada de ouro na minha frente e ai eu e ela estávamos morando juntas já e eu estava prestes a pedir ela em casamento, nós duas passamos por tanta coisa junta que é difícil imaginar minha vida sem ela mano. Como qualquer casal a gente brigou algumas vezes afinal somos muito diferentes mas isso nos deixou mais fortes.

Meu celular toca indicando que chegou mensagem e eu nem preciso ver para saber que era a Maya, pois o contato dela era o único com o toque diferente, corro para a cozinha aonde arrumo a mesa do jantar, apago todas as luzes e me sento no sofá apenas esperando ela chegar
 

Ai gente você não fazem ideai de como meu coração estava nesse momento, eu queria morrer de tanto nervosismo, mas ai depois de uns trinta minutos da mensagem, ela chegou.
 

Ouço o barulho de chaves, a porta se abrir e em seguida fechar, o barulho de passos vindo em minha direção e finalmente a Maya entra no meu campo de visão – ela estava tão linda, na verdade ela sempre estava linda, mas hoje em especifico ela estava linda com aquele coque bagunçado e o sorriso, okay eu sou completamente rendida nela – então dou um sorriso, eu estava tão quieta que ela não havia me visto aperto o play no instrumental da musica e me levanto indo em direção dela sorrindo, meu coração estava acelerado e vejo ela me olhar sem intende nada vejo que ela ia perguntar e então faço um sinal para que ela continue em silencio.

Can't say how the days will unfold

Can't change what the future may hold

But i want you in it, every hour, every minute.

Sorrio e seguro na mão da Maya, levo até meus lábios e dou um beijo vejo o sorriso nós lábios dela aumentar e solto um suspiro enquanto cantava me segurando para não beija-la naquele momento.

This world can race by far too fast

Hard to see while its all flying past

But its clear now, when you're standing here now

I am meant to be wherever you are next to me

Ainda segurando sua a mão dela levo-a ate a frente da janela aonde a luz da lua entrava – esta ali em frente ali me fazia lembra de dia importantes para mim e para Maya, já que certa forma a Lua cheia sempre estava presente – então eu a abraço por trás e ela se arrepia quando deixo um beijo em seu pescoço.

All I want to do is

Come running home to you

Come running home to you

And all my life I promise to

Keep running home to you

Keep running home to you

Solto meus braços do redor dela e a viro fazendo ela ficar de frente para a mim, vejo seus olhos marejarem quando começo a cantar olhando em seus olhos e levo minha mão até a bochecha dela enxugando as lagrimas que haviam escapado, em seu rosto tinha um belo sorriso grande – sinceramente eu amo de mais esse sorriso – oque me fez sorri também.

And I could see it right from the start

Right from the start

That you would be, be my light in the dark

Light in the dark

You gave me no other choice but to love you

E com esse ultimo verso eu termino de cantar e ainda a olhando respiro fundo tomando toda a coragem do mundo para fazer a coisa que eu mais desejava.

— Oque você vai fazer?

Ela me pergunta e era possível ver a curiosidade em seu olhar mas nada respondo a ela. Fico alguns segundos em um completo silencio antes de começar a falar.

— Sabe hoje mais cedo eu estava pensando em como o mundo é estranho, a alguns anos atrás a gente se odiava mais do que qualquer coisa que era capaz da gente se matar se deixassem a gente no mesmo cômodo, mas nesse mesmo dia a três anos atrás as coisas começaram a mudar quando nos duas resolvemos passar a noite juntas conversando para não ficar sozinha no dia dos namorados e acordamos de conchinha, desde aquele dia eu já te amava mais que tudo só não tinha certeza de tal sentimento que ficava escondido atrás de todo ódio. — Sorrio e vejo algumas lagrimas começarem a escorrer do rosto dela, levo minha mão ate o rosto dela e as enxugo com todo carinho e ali mantenho minha mão acariciando a bochecha dela — Aquela noite no corredor após sair do quarto da Sina em que a gente se beijou me fez perceber o quanto eu te amava e não sabia, o quanto aquele ódio era fachada para um amor gigante. Mais para uma garota de quatorze anos aquilo foi um susto enorme e eu resolvi ignorar.

Esta ali me abrindo para ela e dizendo tudo que eu sentia era um pouco difícil para mim, já que nunca fui de falar oque sentia, mas bem quando se tratava da Maya eu sempre fazia um esforço.

— Sabe eu me lembro de que naquela vez no píer você me disse essas exatas palavras "existe uma linha tênue entre o amor e o ódio e eu ainda vou te fazer acreditar nisso, Hidalgo..." e você conseguiu sim provar as suas palavras, você virou meu mundo de ponta cabeça Maya May, passamos por tantas coisas juntas você esteve comigo nos meus momentos mais importantes e me mostrou o verdadeiro significado do amor verdadeiro que se falam em contos de fadas.

— você tinha e tem esse direito de ter me deixado assim, hidalgo. eu sabia que um dia você iria acabar se apaixonando por mim. — Ela fala me interrompendo com um tom convencido me arrancando uma risada escandalosa antes de volta a falar.

— Maya May você é mais que minha namorada é a também a minha melhor amiga, mas com o tempo muda e os sentimentos também, ter você como minha namorada já não me basta mais pois meu amor por você aumenta cada dia mais

Ajoelho-me na frente dela e o choro dela se intensifica, com certeza ela já havia percebido oque eu ia fazer, a mão dela começa tremer, talvez fosse uma mistura de nervosismo e felicidade igual eu sentia.

— Por isso que eu estou aqui em frente da lua cheia pedindo que você, Maya May aceite se casar comigo, pois você é totalmente dona do meu coração. — Retiro a caixinha de veludo vermelha do bolso da minha jaqueta e abro revelando uma aliança dourada com os desejos de lua e sol pelo anel e um lindo diamante bem no meio da aliança.

Meu coração estava completamente disparado, eu a olhava cheia de expectativa esperando a sua resposta, minha mão tremia e se ela demorasse mais um pouco eu poderia ter um ataque cardíaco ali mesmo.

— No caso a lua que pediu o sol em casamento, e como o sol ama muito a lua, ele disse sim! Então, sim, Luna Hidalgo. Eu aceito me casar com você.

Meus olhos enchem de lagrima quando ela aceita e com a ajuda dela eu me levanto do chão, sem espera por um momento se quer eu a puxo pela cintura juntando nossos lábios em um beijo calmo que logo eu separo para poder por a aliança em seu dedo.

— eu não acho que consigo fazer um discurso que chegue aos pés do seu, mas sabia que eu te amo por todo meu infinito, mi Luna.

Dou um sorriso enorme com oque ela fala e coloco a aliança em seu dedo enquanto sussurro um "Eu te amo mucho, mi sol", ela coloca a mão na boca para não grita e eu dou uma risadinha e então ela me puxa para mais perto dela juntando nossos lábios em um beijo cheio de carinho.

Infelizmente a historia acabou por aqui, mas olha eu tenho que admitir que na hora do pedido eu fiquei receosa com a reação da Maya, e também tive um grande medo de levar um "não" mas eu amo tanto ela que valeu o risco. Ver as reações da Maya enquanto eu cantava foi a coisa mais linda de se ver, eu queria ter gravado para postar mais só de saber que sempre vai esta gravado na minha memoria eu fico mega feliz, ver ela se arrepiar ao meu toque e até mesmo ver algumas lagrimas caírem enquanto cantava foi incrível, na verdade tudo nela é perfeito. Para mim quando ela disse sim foi o melhor momento da minha vida, acho que só vai ser substituído quando ela disser sim daqui... ops galera estou atrasada, eu tenho que ir estou dez minutos atrasada para o melhor momento da minha vida, quem sabe um dia eu volte aqui para contar a vocês a minha historia completa com a Maya ou então contar como foi.. bem hoje né.




 


 


Notas Finais


Eai guys, essa fanfic foi inspirada em um casal de txt no caso Luna Hidalgo e Maya May que eu e a minha amiga Livia (livoyo) temos, esse casal é muito importante para mim e vim aqui escrever esse oneshot foi a melhor coisa que eu fiz.

Olha na oneshot a Luna e a Maya tem 19 anos e no txt elas tem 17\18.

Eu queria muito agradecer a Naty (streisand) que foi ela que me ajudou com o pedido de casamento no txt, alem é claro de fazer o Noah que sempre da uns empurrõezinhos para que Lumaya ficasse juntas e também agradecer a Livia que aguenta meus surtos e os da Luna quando ela ta de Maya.

Lumaya me deu mais do que o melhor casal que eu já fiz nesse universo de txt, mas também uma das minhas melhores amigas virtuais, valeu luna e maya por ter posto a Livia em minha vida e esse é um presente de três meses de amizade para a Livia


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...