1. Spirit Fanfics >
  2. Running Wild >
  3. Cap 12- Contratos

História Running Wild - Capítulo 12


Escrita por:


Notas do Autor


Como eu tive que ligar o computador hoje e sei que a partir de amanhã n vou ter tempo pra nada decidi antecipar o capítulo dessa semana pra vocês, espero que gostem. Boa leitura

Capítulo 12 - Cap 12- Contratos


 Cap 12 – Contratos

 

Nada demais ocorreu naquele fim de semana de diferente na boate e já era segunda feira. De manhã bem cedo Yunho recebeu uma mensagem de texto do comprador confirmando a assinatura do contrato de compra e venda pra tarde.

À Tarde Yunho estava muito empolgado, ele não acreditava que tinha conseguido vender aquela loja que ele tanto odiava. Tomou um banho e decidiu se arrumar pra almoçar e encontrar o seu salvador. O seu visual lhe dava um ar mais sério e profissional. Não poderia aparecer perante o comprador de camiseta , bermuda e tênis então pegou uma calça social que não usava há séculos e uma camiseta social , ele se sentia formal demais, mas sabia que esse esforço era necessário. Ele havia decidido vender a Bikes and Rides para investir no seu sonho.

Chegando no lugar marcado pras transações, o advogado que representava a empresa compradora já estava lhe esperando com os papéis na mão. Yunho leu e releu umas 3 vezes o contrato pra evitar qualquer dúvida e reclamações posteriores. Quando se deu por convencido , pegou uma caneta que havia levado e o negócio por fim estava feito. Assim que todos assinaram, Yunho recebeu uma notificação no seu celular de seu banco avisando que o dinheiro combinado havia sido transferido automaticamente pra sua conta. Agora sim, ele estava feliz e comemoraria com todos que estão fazendo o seu sonho se tornar possível , sem contar que poderia realizar os pedidos feitos por todos da boate na reunião.

Ainda sentado no local de encontro pediu um café e um bolo de chocolate pra comer, enquanto avisava Yeosang que tudo havia dado certo e que ele estaria liberado agora pra contratar quem ele quisesse pro clube. Sem contar que agora ele poderia reservar uma mesa no seu bar favorito pra organizar um mega encontro pra todos da Running Wild.

Yun: Yeo, fechei o negócio. Já estou com o dinheiro na conta , você está livre pra contratar mais seguranças e mais alguém pro bar. E outra coisa, se achar algum dançarino ...pode contratar também. Mas te peço pra que se for pra começar a trabalhar essa semana , que seja a partir de sexta.

Yeosang demorou um pouco a responder, porque na hora estava tentando cozinhar algo pro almoço . Estava muito feliz porque seu amigo realmente estava empenhado a resolver os seus problemas, mas ele não entendeu a última frase da mensagem. Por que só a partir de sexta?

Yeo: Ai, que bom. Vou perguntar aos meninos se eles conhecem alguém pra pelo menos ajudar o hyung no bar e pra segurança. Os dançarinos , podemos arranjar pra outra semana, depois da noite temática. Você sabe que preparar shows desse tipo vai exigir muito tempo dos meninos , então nesse caso sem pressa. Mas por que só a partir de sexta?

Yun: Porque fecharei a boate quinta.

Yeo: O QUE? VOCÊ BEBEU YUNHO? VOCÊ SABE QUE SE PARARMOS NA QUINTA , VAMOS PERDER DINHEIRO E NÃO PODEMOS…

Yun: Dá pra parar de digitar com CAPS e me deixar explicar?

Yeo: Que seja uma boa explicação.

Yun: Ok. Você sabe que os dias em que mais faturamos são sexta e sábado , certo?

Yeo… Hum, continua.

Yun: Então, sábado já teremos a Secret Desire Night, certo? Nesse dia a boate vai estar cheia. Sem contar que ainda não conseguimos o que foi pedido na reunião. Ganharemos mais um dia de tempo para contratar gente nova e também poderemos comemorar.

Yeo: Hum, ok. Isso até faz mais sentido. Mas a gente vai comemorar lá mesmo? Como faríamos ? E se os meninos quiserem ensaiar pra sábado?

Yun: Bom, na verdade poderíamos ir naquele bar que gostávamos há uns 3 anos atrás, o Leprechaun pub. Estava querendo fazer reserva pra todos nós (sim estou incluindo os irmãos Choi, Mingi e o namorado lá do Hwa hyung). Sem contar que acho que os garotos também merecem uma folga. Ah, e em relação aos ensaios eles podem ir ensaiar antes de irmos pro bar e até mesmo abriríamos sexta e sábado mais cedo só pra eles , obviamente. O que acha?

Yeo: Bom, era uma boa. Faz tempo que não saímos pra curtir como um grupo. Vou avisar aos meninos , quando fizer a reserva da mesa , me avisa que eu mando o endereço pra eles.

Yun: Ok. Pode deixar.

Yeosang não poderia negar que ele ultimamente estava viciado em trabalho e não gostava nada de perder um dia de lucro no clube. Porém ele sabia que Yunho tinha razão, Eles não saiam há muito tempo todos juntos e queria também que os novos integrantes do grupo não se sentissem deslocados . Sabia que sábado seria um dia puxado por causa da ideia meio doida de Yun fazer uma noite especial, mas que no fim tudo daria certo.

Por isso assim que acabou de conversar um pouco com o maluco do seu amigo, ele mandou uma mensagem pra todos que atualmente faziam parte do seu grupo com a informação de que a Running Wild na quinta-feira estaria fechada e que era OBRIGATÓRIO a presença de todos, SEM EXCEÇÃO, no endereço que Yunho lhe mandaria mais tarde. Na verdade Yeosang aproveitou também pra perguntar por mensagem pra Jongho , se ele conhecia alguém que também poderia trabalhar de segurança lá, já que o mesmo era aluno de educação física. Achou que o maknae não lhe responderia ou se respondesse seria de maneira negativa, o que não aconteceu. Jongho assim que lera as mensagens do gerente lhe respondeu na mesma hora.

J: Boa tarde hyung, eu e San estaremos lá , só não esquece de passar o endereço depois. E sobre a sua pergunta… Sim, eu conheço dois Sunbaes que tem interesse em arranjar um trabalho. Posso falar com eles, durante uma matéria básica que temos juntos. Se eles se interessarem , posso passar o contato deles pra você. Tudo bem assim?

Y: Ah claro Jongho sem problemas, eu espero. Obrigado. Mas assim que souber me avisa, não esquece , por favor.

J: Eu nunca esqueço de você. Pode deixar.

Yeosang ficou corado. Não sabia se achava fofo o mais novo querer lhe ajudar ou se lia a frase com duplo sentido. Se bem que ele nunca havia falado nada que o entregasse então era mais fácil acreditar na hipótese de Jongho ter dito aquilo com inocência e apenas com vontade de facilitar o seu trabalho.

Depois da troca de mensagens, Yeosang decidiu tirar um sono da beleza, como gostava de chamar. Como a loja de bicicletas havia sido vendido agora oficialmente ele tinha um tempo bom pra descansar.

Quando acordou viu que havia recebido mensagens do caçula, dizendo que havia falado com os sunbaes e que eles realmente ficaram interessados. Ainda havia lhe mandado o contato dos mesmos pra que pudessem conversar.

Yeosang olhou no relógio e viu que eram por volta as 19:30 , ficou na dúvida se ligava pra eles naquela hora ou se era muito tarde e deixaria pro dia seguinte. Acabou optando por ligar na hora, porque era possível que eles tivessem aula o dia todo no dia posterior .

Assim que falou com os possíveis novos seguranças, conseguiu marcar de encontrá-los numa cafeteria perto da faculdade , no intervalo de aula dos mesmos.

No dia seguinte, Yeosang acordou um pouco mais cedo que o costume, tomou um banho, se arrumou e foi direto pra faculdade dos meninos.

Chegando na cafeteria pediu apenas um americano e ficou esperando o primeiro estudante aparecer. Assim que o menino saiu da sala de aula, mandou uma mensagem pro mais velho lhe indicando como estava vestido e perguntando como o mesmo estava. Eles não se conheciam e precisavam se identificar. Isso era o óbvio a se fazer.

Yeosang decidiu mandar uma mensagem pro segundo garoto que chegaria um pouco mais tarde lhe dando essas informações.

Assim que Sang olhou pra porta, viu um menino mais ou menos da sua altura, mas extremamente forte. Ele era só músculos, quase um fisioculturista. Apenas o olhando Yeo sabia que com certeza o garoto tinha grandes chances de trabalhar na Running Wild. Depois de conversarem por pouco tempo , Yeosang decidiu o contratar. Hoseok seria um dos novos seguranças.

Um pouco depois dele ter saído o outro candidato a vaga chegou. Não que Hoseok e ele estivessem concorrendo, porque quanto mais segurança melhor. Esse homem era alto e bem atlético . Também era possível se ver alguns músculos, não tantos quanto o do primeiro, contudo Yeosang iria fazer o mesmo que fez anteriormente.

Papo vai, papo vem, Yeosang descobriu que ele se chamava Yukhei, mas que todos o chamavam de Lucas por ser um nome mais fácil de pronunciar, que ele era chinês e que fazia educação física porque amava esportes. Ficou encantado com a facilidade de comunicação do mesmo e o contratou na hora assim como havia feito com Hoseok. Agora só lhe faltava encontrar um bartender com mania de limpeza.

Ao sair do café , enquanto andava, Sang perdeu o medo e mandou uma mensagem ao maknae, informando que havia contratado os homens que ele havia indicado e perguntando se eles poderiam quem sabe almoçar juntos. A resposta do mais novo não demorou muito a chegar . Ele havia concordado em almoçar algo rápido com o mais velho porque não queria ficar de vela com o irmão e Wooyoung , que depois que souberam que estudavam no mesmo prédio não se desgrudavam. Depois de travar o seu celular sorrindo, Yeosang decidiu andar um pouco pela universidade pra conhecê-la apenas pra esperar o mais novo sair das suas aulas.

Enquanto andava , estudava todos lugares, ele não sabia que aquela universidade poderia ser tão grande. A faculdade em que se formara em administração era 10x menor que essa. Por estar distraído acabou esbarrando num menino um pouco mais baixo de si que deixou cair um bando de papéis. Quando o mais velho chegou mais perto pra ajudar a arrumar a bagunça feita, percebeu que não eram apenas meros materiais O menino estava carregando alguns currículos.

Y: Ei menino, isso é seu ?

K: Sim, desculpa pela trombada, eu tô com muitas coisas na cabeça atualmente.

Y: Sem problemas. Aliás , me perdoe pela falta de educação meu nome é Yeosang.

K:- Prazer , Kihyun.

Y: Você por acaso está procurando emprego? É que eu vi sem querer seus papéis e me desculpe se eu tiver sendo intrometido

K: Não se preocupe . E sim, eu ia começar a procurar emprego hoje.

Y:- Sério? Você não tem ideia do quanto você está com sorte . Podemos sentar ali naquele banco e conversar…?

K: Eu sou comprometido. - Respondeu meio desconfiado

Y:- Não , não é nesse sentido. Desculpe se me expressei mal. Eu quero te oferecer um trabalho, mas podemos sentar ali? - Disse Yeosang envergonhado apontando pra um banco que havia perto.

K: Claro! - Respondeu Kihyun com os olhos arregalados.

Assim que se sentaram Yeosang começou a explicar as coisas e fazer as perguntas de sempre , a cada pergunta que Kihyun respondia de forma positiva , Sang sentia que ele seria perfeito pra trabalhar com Seonghwa no bar.

Y: Então , tem interesse de trabalhar como bartender na boate? Já aviso que o meu hyung é meio maníaco por limpeza.- Falou rindo

K: Sério? Que bom que não sou o único que gosta de organização! Mas só tem um problema. Eu não entendo nada de álcool e muito menos sei fazer drinks.

Y: Não se preocupe , vou falar com o hyung pra te ensinar passo a passo. Vou abrir o clube amanha cedo e peço pro Seonghwa te ensinar tudo que for necessário , ok?

K:- Jura? Não vai ser muito trabalho?

Y: Não se preocupe com isso. Você aprende rápido, Hwa é um ótimo professor!

K:- Então se é assim tudo bem.

Y: Ótimo. Me dá seu número que assim que o Seonghwa concordar eu te passo o endereço e marco o horário que você deve aparecer por lá.  

 Kihyun passou o seu telefone . Ele estava muito feliz, era perceptível em seu rosto, agora com um emprego seria mais fácil ter dinheiro pra se realizar seu sonho : Se casar com seu noivo , Changkyun.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...