História Russian Roulette - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Cara Delevingne, Daniel Craig, Julianne Moore, Justin Bieber, Margot Robbie
Personagens Cara Delevingne, Daniel Craig, Julianne Moore, Justin Bieber, Margot Robbie
Tags Cara Delevingne, Daniel Craig, Drama, Julienne Moore, Justin Bieber, Margot Hobbie, Tortura, Violencia
Visualizações 11
Palavras 614
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


O capítulo é todo hot tá gente?
Boa leitura, espero que gostem.

Capítulo 4 - Sex


Fanfic / Fanfiction Russian Roulette - Capítulo 4 - Sex

Angel POV

 

 

   Eu acordei com o guarda Jason empurrando a bandeja do café da manhã por de baixo das grades, ele me observou levantar e ir pegar a bandeja e depois começou a se afastar. 

_ Fica! _Falei sem pensar e ele me olhou com dúvida mas se escorou na grade me observando. Eu sorri e comecei a comer. Ao terminar empurrei a bandeja por debaixo da grade e senti suas mãos em meu cabelo, o olhei sorrindo e ele retribuiu. 

   Ele olhou em volta um pouco tenso e abriu a grade entrando na cela, me levantei do chão ficando de frente para ele e em questão de segundos ele segurou meus cabelos e me beijando luxuosamente. Sua mão esquerda percorria meu corpo enquanto a direita segurava meu cabelo. 

   Me segurei em suas roupas quando ele começou a me empurrar em direção a parede, ele me prensou ali me deixando sem nenhuma escapatória. Cortei o beijo para pegar um pouco de ar e ele estourou os botões do meu macacão com violência, afastou minha regata e apertou meus seios com força me fazendo arfar, eu podia sentir seu membro me roçando. 

   Ele me puxou me forçando a entrelaçar minha pernas em sua cintura e eu senti todo meu corpo tremer, me jogou com certa violência na cama e puxou fora meu macacão com uma habilidade contestável, senti minha calcinha se romper e ao olhar para ele me deparei com seu sorriso ao olhar minha buceta. Ele me olhou e passou dois dedos por toda ela, eu não conseguia tirar meus olhos dele então ele levantou seus dedos fazendo meu líquido formar uma liga com a intenção de me mostrar o quão molhada eu estava. 

   Seus dedos percorriam iam de norte a sul, de leste a oeste mas eu estava ficando impaciente, a demora me irritava e digamos que eu até gostava de ser submissa mas não conseguia por muito tempo. O empurrei com meu pé me levantando e tirei minha regata, fui até ele e desafivelei seu cinto de trabalho com a intenção de o deixar mais confortável, o empurrei novamente mas dessa vez para a cama e o fiz se deitar. 

  Subi em cima colocando minha buceta em sua cara e a esfregando ali, ele segurou meu quadril com as mãos e sorriu, passou a língua por toda a ela me provocando. Segurei seu cabelo com força o obrigando a fazer o que eu quisesse e ele entendeu o recado. Ele sugou me clitóris com força me fazendo arfar e jogar minha cabeça pra trás, ele tirou uma de suas mãos de meu quadril e a levou até minha buceta e eu senti seus dois dedos me penetrando, arfei novamente soltando um leve gemido, seus dedos iam e voltavam e sua língua fazia movimentos circulares em meu clitóris. Meu corpo tremeu, segurei seu cabelo com mais força e tentei me forçar ainda mais em seu rosto, ele era violento e eu podia sentir seus dedos ir e voltar com força. 

   Parei por um segundo e o encarei, peguei sua mãos a tirando de dentro de mim coloquei ela do lado da minha e fiz sinal de vem com meus dedos o mostrando que movimento eu queria e ele sorriu, penetrou seus dedos fez o movimento e eu sorri sua língua voltou ao meu clitóris e eu relaxei esperando meu gozo vir, não demorou e eu senti todo meu útero começar a se contorcer, ele percebeu e seus movimentos ficaram mais fortes e violentos eu me contorci e senti meu útero se comprimir me fazendo tremer e sentir o prazer do ápice me dominar deixando meu corpo fraco. 

   Mas agora é a vez dele...

 


Notas Finais


Eu poderia ter feito a cena hot completa mas eu realmente não quero que vocês leiam a fanfic focando em sexo, essa cena por mais idiota que pareça vai ser muito importante futuramente.


A fanfic não é movida a comentários mas, pra quem escreve é realmente muito ruim não ter uma opinião então comentem mesmo que seja só um “continua” ok ?

Dessa vez vou voltar mais cedo, sexta feira trago o próximo capítulo que está muuuuuito boom kkk beijos Terrinhas, até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...