História RWBY: Rosas no deserto de sangue (PAUSADA) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias RWBY
Personagens Blake Belladonna, Ruby Rose, Weiss Schnee, Yang Xiao Long
Tags Blake Belladonna, Bumblebee, Ruby Rose, Rwby, Weiss Schnee, Whiterose, Yang Xiao Long
Visualizações 107
Palavras 1.774
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Ficção, Luta, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Violência, Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aqui estamos nós de novo o/
Dessa vez um pouco maior e um pouco mais focado em diálogos.
Explicando o por que do que aconteceu com a Ruby e Weiss no primeiro capitulo e já abrindo a "historia principal" nas linhas pequenas.
Obrigado ao pessoal que leu o primeiro capitulo e espero que curtam esse também.
PODE TER SPOILER OU NÃO XD

Capítulo 2 - RWBY: Lagrimas de prata


Fanfic / Fanfiction RWBY: Rosas no deserto de sangue (PAUSADA) - Capítulo 2 - RWBY: Lagrimas de prata

"Ruby, por quanto tempo eu apaguei?" Foi a primeira coisa com consciência que Weiss pode pensar nos últimos dias. "Meu corpo está pesado demais...que coisa irritante"

- Weiss! - A voz que dissera seu nome não era alta mas, ainda assim, era como se cada letra da palavra fosse um soco direto em seus ouvidos. Não aguentando mais, se sentou, fazendo uma força que surpreendeu até ela mesma. Ao abrir os olhos lentamente viu um rosto familiar.

WEISS:  "R-Ruby fala baixo...minha cabeça vai explodir"

YANG:   "YUP, ela está bem! Bem vinda de volta Ice Queen"

BLAKE: "Bem? Ela te confundiu com a Ruby. E olha como o rosto dela está vermelho" - Ao ouvir isso e perceber o que disse, Weiss esqueceu completamente a dor em sua cabeça e se concentrou em cobrir o rosto o quanto antes. Yang e Blake não conseguiram segurar as risadas e o alivio por Weiss ter acordado

YANG: "Como se sente Weiss? Tudo bem?"

WEISS: "Sinto como se tivesse passado o dia montada em um Nevermore mas fora isso, me sinto ótima. O que houve comigo? Onde estamos?"

YANG: "Vai com calma, estamos no Hunter Hospital em Heaven. Você ficou apagada por quase três dias"

WEISS: " Três dias!?"

BLAKE: " Parece que o semblante de Jaune, alem de curar ferimentos pode amplificar a "alma" do outros mas isso causa muito desgaste ao seu corpo. Normalmente você só iria se sentir cansada mas, como você estava quase morta quando ele a curou os efeitos foram muito piores"

WEISS: "Bom...Não posso reclamar já que minha outra opção era estar morta"  -  "MORTA" Por que essa palavra parecia tão assustadora de repente? Ela não temia por sua vida, mas ainda assim sentiu um arrepio insuportável e antes que percebesse estava tremendo enquanto segurava suas pernas em um abraço.

WEISS: "C-cade a Ruby?"
   ...
   ...

Silencio...Yang e Blake apenas se mantiveram em silencio e com isso os batimentos de Weiss começaram a acelerar. Estava perto de enlouquecer antes do silencio ser quebrado alguns segundos depois.

YANG: "Ela...ainda não acordou" - Weiss pode notar que Yang falou baixo demais e ao olhar pra ela pode ver uma lagrima se formando em seus olhos. Blake repara tambem e poem seu braço ao redor de Yang querendo conforta-la o máximo possível.

BLAKE: "Vou chamar o Oscar, assim Ozpin vai explicar o que está acontecendo"

YANG:  " Eu vou com você"

WEISS: "Sim, por favor"

Blake e Yang tiveram a sensação de que Weiss nem as ouviu e apenas concordou. Estava em piloto automático enquanto tentava, sem sucesso, entender tudo que aconteceu. As duas se retiraram do quarto e retornaram poucos minutos depois, juntas do garoto Oscar bebendo uma xícara de café, que havia trocado de lugar com Ozpin.

OZPIN: "Srta. Schnee, é ótimo ver que está acordada e bem"

WEISS : "..."

OZPIN: "...Entendo que esteja preocupada com Srta. Rose mas, as informações que posso lhe passar não seriam nada confortantes"

WEISS: " PARA DE PERDER TEMPO E FALA LOGO O QUE HOUVE COM A RUBY!"

BLAKE: "Wei-" - Blake foi impedida de falar por Ozpin que demonstrava um raro olhar de preocupado com o rosto de Oscar.

OZPIN: "Está tudo tudo bem Srta. Belladonna, ela tem toda razão e direito de ficar nervosa. Poderiam me deixar a sós com Weiss"

BLAKE: "Mas..." - E dessa vez foi Yang que a interrompeu.

YANG:  "Vem Blake, vamos dar uma olhada no pessoal da JNPR" - Yang segurava  a manga de Blake com a cabeça baixa, ela queria sair dali, não queria ter que ouvir o que vinha a seguir. Blake sentiu algo quebrando ao olhar para Yang e sem dizer uma palavra mais, a acompanhou  novamente para fora do quarto deixando Ozpin e Weiss sozinhos.

WEISS:  "Já contou para elas?"

OZPIN:  " Sim, Oscar acordou a algum tempo e já tive a oportunidade de lhes contar sobre os Olhos de Prata de Ruby"

WEISS:  "O-olhos de Prata?"

OZPIN:  " Antes de continuarmos precisa entender que as quatro damas e as relíquias não são as únicas lendas reais Srta. Schnee. Nas raras vezes que uma pessoa com olhos prateados aparece, grandes coisas estão destinadas a acontecer sejam elas, boas ou ruins. Mesmo depois de centenas de anos, consegui muita pouca informação sobre esses olhos mas, o que temos no momento pode ser tudo que precisamos para explicar a situação da Srta. Rose"

WEISS:  "Diga-me" - Weiss não piscava enquanto encarava o rosto do garoto enquanto ele bebia um gole de café de sua xícara.

OZPIN:  "Até agora descobri que os olhos prateados tem até três habilidades. Primeiro: a capacidade de eliminar Grimm em uma certa área, o que o torna uma boa "arma" contra as criaturas de Grimm, como a Srta. já deve ter presenciado durante o ataque à Beacon." - Era algo que Weiss não queria se lembrar e expressou isso com uma leva cara de raiva.

OZPIN  "Segundo: Ele é a capaz de reduzir os poderes das Damas das quatro estações ou recupera-los. Se olharmos para prós e contras dessa habilidade ela seria considerada "neutra" para nós" - Ozpin repara que Weiss começou a entender aonde ele quer chegar com essa história de prós e contras. A raiva dela se torna cada vez mais aparente mesmo sem dizer uma unica palavra.

OZPIN:  " E a ultima e talvez a mais perigosa habilidade desses olhos...são a capacidade de selar temporariamente o semblante das pessoas. Entende o que isso quer dizer Srta. Schn-" - O som da voz de Ozpin parou completamente após levar um tapa,que fez o jovem derrubar a xícara de café.

WEISS: " RUBY NÃO É UMA ARMA QUE VOCÊ PODE USAR COMO BEM ENTENDER!" - Ozpin deixou de falar por um momento para recolher os restos da xícara que se quebrou ao entrar em contato com o chão.

OZPIN: " É uma pena que tenha entendido isso assim, Srta Schnee. Não vou dar desculpas sobre o assunto e a deixarei pensar como quiser." - Após terminar de recolher a porcelana no chão o garoto estava pra se retirar mas parou ao ser chamado.

WEISS:  " E o que nisso tudo tem relação ao estado da Ruby?"

OZPIN:  " Na luta em Mistral, Ruby estava para utilizar o selamento de semblante mas foi impedida por Emerald. Uma habilidade dessas vem com muitos efeitos colaterais e eles podem ficar até piores se as mesmas não forem utilizadas corretamente. O que nos leva ao estado atual da Srta. Rose" - Novamente as palavras sumiram da mente de Weiss, parecia estar virando um costume muito ruim para ela.

OZPIN:  "Algo mais que queira saber, Srta. Schnee?"
"...."

WEISS:  "Por que está protegendo o Ozpin, Oscar?" - O jovem deu um pulo no lugar, derrubando novamente a porcelana no chão. E com um leve sorriso tímido no rosto se virou para Weiss.

OSCAR: "haha...fui descoberto." - Weiss não aguentou ao ver o rosto do garoto que estava totalmente corado e soltou uma risada que a aliviou , pelo menos um pouco, do peso das informações que acabara de receber.

WEISS: "Haha pode deixar, eu entendi tudo que disseram" - O garoto deu mais um sorriso tímido e fez uma cara de quem se lebrou de algo.

OSCAR: "Ah, e Srta Schnee, Ozpin me pediu para avisar que sua irmã, Winter, deve chegar aqui em breve"

WEISS:  "Winter está vindo para Heaven?? Eu pensei que Ironwood tivesse fechado as fronteiras de Atlas"

OSCAR:  "Parece que ele soube do ocorrido em Mistral e convenceu o Conselho e abrir temporariamente as fronteiras entre Atlas e Heaven. E eles não sabem nada sobre Ozpin já ter reencarnado então por favor não mencione isso a Winter nem a Ironwood se ele chegar a vir pessoalmente."

 WEISS:   " Ughh, não estou com forças para discutir agora então tudo bem, não vou falar nada"

OSCAR:  " Obrigado Srta. Schnee, agora com licença tenho que limpar essa bagunça" - Weiss riu novamente enquanto Oscar saia do quarto.

"Que silencio..." Parecia que horas tinham passado mas não foram nem trinta minutos de conversa."Já consigo me mexer melhor, acho que vou dar uma olhada na Ruby". Weiss se levantou, seu corpo ainda estava pesado porem depois do tapa que deu em Oscar parece ter recuperado um pouco de sua força..."tenho que me desculpar com ele depois".

Weiss passou de fininho pelos corredores do hospital para não ser pega por uma enfermeira ou medico que estivesse passando. Era difícil, por ainda estar de dia estavam em quase todos os lugares, mas nada que uma Hunter não pudesse lidar. Levou pouco mais que 5 minutos para achar o quarto de Ruby e diante da porta estavam Yang e Blake, Weiss se escondeu com medo de elas chamarem alguém para manda-la de volta por quarto antes de ver Ruby.

BLAKE:  "Yang, você tem que comer algo, faz dois dias que não come nada"

YANG:   "Estou bem, estou sem fome"

BLAKE:  "Olha morrer de fome não vai faze-la acordar"

YANG:   "CALA A BOCA BLAKE, COMO SE VOCÊ SOUBESSE O QUE É MELHOR PARA QUALQUER UM! Você some do nada e agora está tentando me dar lição?" - Yang nem tentou se controlar dessa vez, choro e raiva simplesmente tomaram conta dela tão rápido que começou a transbordar.

BLAKE:   "Eu não darei desculpas sobre isso, eu fugi e deixei vocês, você perdeu se braço por minha culpa! Eu mereço o que quer que faça comigo" - Com os olhos vermelhos brilhando, em um momento Blake só pode ver algo que parecia um flash amarelo e em seguida não podia mais se mexer, estava presa entre os braços de Yang que lhe abraçava com todas as suas forças.

YANG:  "NÃO QUERO ISSO SUA IDIOTA! Ruby está inconsciente e pode não acordar mais por causa desses malditos olhos e você pode desaparecer sem avisar e nunca mais voltar! EU NÃO AGUENTO MAIS ISSO BLAKE! NÃO AGUENTARIA ME SENTIR SOZINHA DE NOVO"

BLAKE: "...YANG! Eu não vou a lugar nenhum e logo a Ruby vai acordar, não vamos te deixar sozinha, EU TE PROMETO!" - Lagrimas caem lentamente dos olhos de Blake, tentando convencer a si mesma que acabou de dizer, lagrimas que nunca imaginou derramar por alguém. As duas continuaram com o abraço até sentir que suas preocupações seriam aliviadas, mesmo que por pouco tempo.

Weiss que esperava as duas saírem para ela visitar Ruby em particular mas, depois de ver aquela cena decidiu deixar isso para outra hora enquanto voltava para seu quarto com um sorriso coberto de lagrimas.
           " Ruby, é melhor que não preocupe ainda mais a Yang, uma pessoa maravilhosa como essa não deveria ter que passar por isso" . 
 


Notas Finais


COM QUEM EU ME DESCULPO DESSA VEZ?
o que acharam da ideia dos olhos de prata? forçado? bom? pirei?
Dependendo de como se sair esse capitulo vou fazer uma pausa de alguns dias para aprender bem a "como não matar o português" e caso qualquer coisa eu aviso no meu perfil.
No próximo cap pode ter Qrow e Winter XD

Ps: Vou ficar sem postar por uns dias, quero estudar pra entrar em uma faculdade sem complicação e então não atrapalhar as postagens de novos capítulos. Espero que entendam e obrigado bye o/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...