História S H I P P S - Capítulo 2


Escrita por: ~

Visualizações 27
Palavras 908
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ficção, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Eeeeita caraaaleoooo
NÃO ESCREVO FANFICS ESCREVO ROTEIROS PORNO, MDS

🔫👊💣

Capítulo 2 - TRAIÇÃO?


Fanfic / Fanfiction S H I P P S - Capítulo 2 - TRAIÇÃO?


(Pov.Laura)



[17:32]


Fomos expulsos da sorveteria, Milene estava chateada, e saiu correndo, Rafael ficou puto e saiu andando, mas não sabemos para onde, ele não disse nada


L— que merda… e agora?


F— Agora nada não tem que fazer - ele da os ombros


L— aaaaab maas perdi meu sorvete de açaaiií PORRAA - AGORA EU TO PUTASSA COLEGA


F— eu posso te dar algo melhor com sorvete de açaí - ele me encara e sorri


L— ata, tipo oque? 🌝 - pergunto com uma malícia que séria brincadeira


F— vem comigo e eu te mostro 🌚 - diz ele, me puxando para perto e me agarrando contra seu peito



Felps chamou um Uber, Assim que chegou, entramos no mesmo. O moreno abriu a porta e me jogou no banco de trás, em seguida ele se jogou em cima de mim e fechou a porta. O mesmo começou a me beijar, o motorista apenas focou na rua e nos ignorou

.

.

.

.


 =C O R T E     DE    T E M P O=



Chegamos ao que eu acredito ser a casa do felps, ele abriu a porta do carro , saiu e me estendeu a mão, segurei a mesma e desci do carro.

Logo, ele pagou o Uber e fomos nos agarrando até a porta, com as chaves que estavam em seu bolso, e abriu a mesma, em seguida fomos para o última porta do corredor, seu quarto era o mais do fundo.        Indo até o quarto do moreno, felps tira minha blusa, eu faço o mesmo e tiro a dele, jogando-as pelo corredor, ele me pressiona contra a parede e arranca meu sutiã

Entre chupões e beijos, chegamos a porta de seu quarto, ele abriu a mesma, sua cama era uma box casal, suas cortinas estavam meio abertas e tinha algumas roupas no chão


Felipe me pegou no colo e se jogou na cama junto comigo, o mesmo começou a beijar meu pescoço, mas isso me fazia cócegas, eu comecei a rir ele começou a rir comigo, então eu segurei seu pescoço e o beijei, um beijo intenso, um beijo excitante


O moreno se agarrou em minha cintura, colou meu corpo no dele, e pediu passagem com a língua, completamente perdida no desejo e entregue em seus braços eu permitir. Suas mãos deslizaram pelo meu corpo e apertaram meus peitos, as minhas apenas acariciavam seu cabelo, dando levea puxões de vez enquando, então eu me posicionei por cima dele, o deixei jogado na cama enquanto eu estava sentada um pouco abaixo de seu abdômen com as mãos segurando seus pulsos, comecei a rebolar minha cintura para frente e para trás, o moreno começo a gemer alto, e então sinto um certo relevo surgir em sua calça, foi quando a porta abriu rapidamente, e em frente a ela, havia uma garota parada



@— FELIPE, SEU ARROMBADO FILHO DA PUTA- ela pega a primeira coisa que ve, por sinal um copo de plástico, e arremessa no moreno- QUEM É ESSA VAGABUNDA??!


F— C-camla GABRIELA!


L— VAGABUNDA É A SUA MÃE, AQUELA PIRANHA— SAÍ DE CIMA DO FELPS, DESCI DA CAMA E PAREI EM FRENTE A TAL “GABRIELA”


@— OLHE LA COMO FALA COMIGO, PROSTITUTA DE QUINTA, QUANTO PAGOU POR ELA SR.ZAGETTI?? 15 REAIS??? - ela põe as mãos na cintura e me olha de cima a baixo


L— PROSTITUTA É MINHA MÃO NA SUA CARA, SUA..- DEI UM TAPA NA CARA DELA E EM SEGUIDA A PUXEI PELO CABELO


F— meu deeus


G—AAAAAAH CAPETA DESGRAÇADA DO CARALHO – ELA MORDE MEU BRAÇO, EU SOLTO SEUS CABELOS, ENTÃO DOU UMA BICUDA EM SEU JOELHO, ELA GRITA E CAI NO CHÃO




A garota estava caida, eu ia para cima dela, quando felps me pegou pela cintura, me colocou sobre seu ombro e correu para o banheiro


L— EEEIEI ME SOLTA!! AKELA DEMONIA TA FODIDA – eu grito, me debatendo


F— ela é minha namorada


L— e eu com isso??


F— e-eu sinto muito, mas eu amo ela - ele sussurra


L—ta, idai?


F— pera…vc.. N ta triste?


L— triste?? eu to é putassa!! Quem akela cadela pensa q é pra me morder - grito novamente, apontando para a porta


F— então.. Você não gosta de mim?


Ele me encara desanimado, e então percebo o por que de ele estar tão aflito (além do fato de ter sido flagrado, traindo a namorada)

  FELIPE REALMENTE GOSTAVA DE MIM

Em choque, eu não sabia o que pensar, ou como agir, nem o que dizer… Apenas abaixei minha cabeça com o rosto corado e corri para fora do banheiro, ignorando os chamados do moreno



Quase na porta, passo a mão em uma camisa de felps, q estava jogada na guarda do sofá e a visto. Minha mão já na maçaneta, pronta pra sair daqui, quando sinto puxarem meu cabelo novamente, Gabs puxava com força, eu me virei e com a outra mão ela começou a arranhar meu rosto.

Cortou a borda do meu lábio inferior, em um reflexo simples, dei um soco em seu rosto, a garota soltou meu cabelo e deu 2 passos pra trás, seu nariz sangrava


Apenas a olhei, enfurecida, ao fundo, vejo Felipe escorado na porta do banheiro, ele realmente não sabia quem ajudar, o olhar dele era tão confuso, me fazia sentir culpada

Então apenas coloquei a mecha de cabelo que estava caída em meu rosto para trás da orelha e sai correndo pela porta que havia atrás de mim










 C O N T I N U A . . . 


Notas Finais


Santu Jesus Cristinhu

DAI ME UM NOVO RIN PRA CONTINUAR FILTRANDO MINHAS INTENÇÕES
AIAI

Não esquece de comentaar woohul
02:44 FUI

Bye🍀Bye


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...