1. Spirit Fanfics >
  2. Sa-ru-hi-ko - Misaru >
  3. Capítulo 1

História Sa-ru-hi-ko - Misaru - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Hi, guys.
Estou passando aqui para avisar um coisinhaaaa!
Eu não pretendo me comprometer com essa história. Estou criando ela somente para ver a minha capacidade na escrita, então está sendo um tipo de exercício para mim.

Beijos de luz

Capítulo 1 - Capítulo 1


                 ~ Ponto de vista: Saruhiko ~


Olhei para a parede branca do hospital novamente, respirei fundo mais uma vez e chequei o horário, eram exatamente 10:47 da manhã. Já me encontrava inquieto no assento em que pousava, remexendo a minha perna direita inúmeras vezes na intenção de aliviar a tensão que exalava pelo meu corpo. Eu realmente estava desesperado pela resposta do médico em relação aos meus exames.

_ Bom dia! Como se sente? - disse a enfermeira olhando para mim enquanto apoiava uma bandeja com água e medicamentos na mesa perto da maca.

_ Minha cabeça dói e sinto um pouco de tontura .

Ao ouvir isso, a enfermeira, delicadamente, mediu a minha temperatura e entregou-me uma pílula junto a um copo d'água. Tomei a pílula e todo o conteúdo do copo.

Bom, ultimamente eu me encontrava mais indisposto que o normal, com muitas tonturas e falta de ar, passei mal por uma semana inteira, repousei constantemente pois não tinha condições de manter o meu trabalho em dia na circunstância que eu estava e ainda estou. Fui obrigado pelo meu rei a fazer uma bateria de exames, na qual ele tem me acompanhado diariamente em cada uma das seções, indo me buscar pela parte da manhã e me levando de volta até a minha casa após as consultas. Vem me auxiliando até mesmo em questões alimentares, já que não possuo disposição o suficiente para ir até o mercado e estocar comida em meu lar. Hoje, ele também veio comigo, porém, está dentro da sala do médico esperando saber a minha situação, e eu, bom, eu estou sentado numa maca após ter passado mal dentro da sala do dr.

_ A tontura já passou? - a enfermeira que se encontrava na sala me perguntou recolhendo o copo d’água que tinha disposto para mim há alguns minutos atrás.

_ Sim, estou melhor. Obrigado. - respondi enquanto ajeitava a minha postura.

_ Certo. Se necessitar de algo pressione o botão ao lado da maca

A enfermeira se retirou da sala junto com um suspiro meu. Me sentia assustado como uma criança, esperando a pior resposta possível vindo do médico. Fechei os meus olhos e encostei minha cabeça na parede, tentando me acalmar e me preparar para o resultado final. Depois de 6 minutos na mesma posição ouvi o meu nome ser chamado 

_ Fushimi Saruhiko – um homem de jaleco branco adentrou na sala com uma pracheta em mãos olhando diretamente para mim _ está melhor?

_ Sim, tomei alguns analgésico. Obrigado. - respondi ao descer da maca - então, qual é a minha situação, dr? - perguntei aflito.

Uma angústia crescia dentro de mim enquanto esperava pela resposta, e por uma fração de segundos percebi o olhar vazio e perdido do meu rei direcionado ao nada, ele ainda se encontrava sentando na sala do senhor de meia idade. Ao perceber o meu olhar sobre si, regulou sua postura e reposicionou os seus óculos no rosto, levantando, então, do assento que estava e caminhando até mim. Eu fiquei um pouco estático, porque de certa forma já imaginava que não viria algo bom, e mesmo tendo ideia da possibilidade, não queria acreditar que a minha saúde estava em risco.

_Sr. Fushimi, o resultado final da pilha de exames feita determinou anemia - ao dizer isso o médico me direcionou um olhar de compaixão, como se estivesse tentando, de certa forma, me consolar - estamos programando uma série de tratamentos necessários para reverter a situação 

Eu estava desestabilizado, senti minha pressão baixar, e parei de compreender as falas do doutor a partir da palavra "anemia" ser proferida pela boca dele. Olhei para Munakata a fim de receber uma afirmação, pois ainda estava desacreditado, esse, porém, que ao receber a minha atenção desviou o olhar para o chão, não sabendo como agir em tal situação, pois parecia desolado, como se sofresse tanto quanto eu pela recém notícia dada. 


Notas Finais


é isso, né.
Até mais, pessoal!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...