1. Spirit Fanfics >
  2. Sabbath Bloody Sabbath >
  3. Prólogo

História Sabbath Bloody Sabbath - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Hello Droogies :3

Aqui está mais uma fic pra vocês mrus amores, espero que gostem
Tentei fazer algo totalmente diferente das anteriores para vocês, com uma escrita diferente das que normalmente faço, então aqui está
A fic está praticamente pronta e será postada semanalmente (até minhas aulas voltarem :'((
Já avisando, é uma long fic, é totalmente baseada em programas policiais (Criminal Minds, Hawaii Five O, CSI, Super Máquina e outros)
A intenção não é romantizar o suicídio ou homicídio
Dito isso, aqui o primeiro capítulo, não esqueçam de dar um feedback se estiverem gostando e se quiserem continuação
Enfim, aqui está, boa leitura !

Capítulo 1 - Prólogo


(...)


Dave estava tentando fazer Kiko se render, mas não estava tendo sucesso. Ambos portavam armas e canivetes, mas não queriam usar, apenas em último caso. Mas seu adversário de olhos escuros parecia querer dificultar a situação. Então Lars, pensando em outra estratégia, toma a frente da situação. Mas em vão, pois Kiko era leal apenas a si mesmo, nunca iria se entregar, muito menos ser altruísta.

 

– Kiko, você precisa aceitar que acabou! – Disse Lars, ao mesmo tempo, retirando uma lâmina fixa de ponta dupla do bolso de sua jaqueta de couro, o apontando na direção de Kiko, fazendo menção de atacar – Pare agora, ou... – Foi cortado antes de terminar sua ameaça.

– Ou o que? Você irá me matar? – Kiko tinha uma MP7 apontada para eles – Trouxe uma faca para uma briga de armas? Patético – Adorava debochar, mesmo que sua vida estivesse em perigo e, nunca perdia sua pose. Convencido, confiante em si mesmo.

– Não, com aquela – Lars também tinha alguns truques na manga. Mal as palavras saíram de sua boca, atirou–se ao chão, abrindo espaço para Dave, que estava pronto com um HK417 apontado para Kiko. um ótimo plano de distração e com ótima execução.

 

Imediatamente, sem dar tempo para seu inimigo se defender, começou a atirar, obrigando seu alvo a fazer a única coisa que era prudente a se fazer no momento, jogar–se ao chão, procurando por proteção, arrastando–se para trás de um barril enferrujado, no qual a tinta azul royal ainda se desmanchava. Sem que ele percebesse, Dave estava dando cobertura para Lars se aproximar, preparando seu ataque. Infelizmente, Kiko era previsível, e acabou por se levantar no momento errado, levando um tiro em seu ombro esquerdo, o fazendo se inclinar para o lado e soltar um grunido de dor.

 

Certamente ele não estava preparado para esta batalha. E, aproveitando–se da situação, Dave, que outrora largará seu rifle, impulsionou seu corpo para cima de seu rival, fazendo com que ambos caíssem, e deferissem poucos golpes um no outro. Kiko parecia querer desistir, mas acabou por lembrar–se de um canivete que levava ao bolso. Aproveitou um dos intervalos dos socos que recebia – dados apenas para que seu agressor pegasse impulso, consequentemente mais força – e, num movimento rápido, sacou–o e cortou–lhe o braço, obrigando Dave a sair de cima de si, focado em sua recente dor, soltando um grito rouco.

 

Kiko não podia perder tempo, mas estava agora, focado em Ulrich. Este agora permanecia em pé, com sua lâmina fixa em mãos, pronto para o atacar. Ambos os três estavam prontos para atacarem, mas não contavam com o que aconteceu a seguir..



(...)



Notas Finais


Nos vemos semana que vem 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...