1. Spirit Fanfics >
  2. Sabotage >
  3. Capítulo 10 - Adore You

História Sabotage - Capítulo 10


Escrita por:


Notas do Autor


i'm back...


Treasure - Bruno Mars
Adore You - Harry Styles


Playlist: https://open.spotify.com/playlist/3TRh84ClawwMEWy1RAjR3A?si=9L3SW0RFQyOyrcUVDVedsw

Capítulo 10 - Capítulo 10 - Adore You


Fanfic / Fanfiction Sabotage - Capítulo 10 - Capítulo 10 - Adore You

Beau


Tudo bem, eu havia me precipitado em dizer aquelas palavras e estava disposto a pedir perdão. Acontece que Edythe sequer me deu uma chance de me desculpar por deixa-la desconfortável com meu elogio. Ela não precisava ter saído correndo, precisava?
   Outra parte de mim pensava que a despedida dela significava que ela gostaria de me ver amanhã, mas eu achava que era bobagem. O que uma mulher daquela iria querer com um cara como eu?
       Refleti um bom tempo enquanto dirigia pra casa. Charlie e Bella ficariam mais algum tempo no hospital esperando o resultado do raio-x, então decidi voltar mais cedo em casa.
    Quando cheguei, tomei um banho bem demorado e me vesti rapidamente. Já que não havia ninguém em casa, liguei minha caixa de som e desci para fazer o jantar.
    Enquanto cozinhava o nosso tradicional arroz com bife e batatas, não pude evitar de fazer uma dancinha ao ouvir Treasure do Bruno Mars começar a tocar.


"Menina bonita, você deveria estar sorrindo

Uma garota como você nunca deve     parecer tão triste

Você é tudo que eu vejo em meus sonhos

 Eu não diria isso para você se não fosse verdade

Tesouro, é isso que você é

Querida você é minha estrela dourada  

Você sabe que pode fazer meu desejo se tornar realidade

Se você me deixar valorizar você."

 
   Por um segundo, pensei no quanto eu gostaria de dizer aquilo tudo para Edythe mas briguei comigo no mesmo momento. Por que diabos eu estava pensando essas coisas sobre ela? Eu nunca havia pensado assim sobre nenhuma menina. A não ser que eu estivesse começando a gost....

     "Merda!" Não acredito que eu havia chegado a essa conclusão. Quer dizer, não seria impossível isso acontecer, Edythe era uma menina linda mas eu não estaria atraído por ela apenas por causa disso. Edy instigava minha curiosidade, ela tinha seu jeito misterioso. A forma como ela mudava e era tão inconstante de um jeito que eu nunca poderia prever suas intenções. A maneira como era lindo o seu pequeno sorriso de lado, ela realmente me fascinava.

   E assim que eu concluí que havia me apaixonado por Edythe Cullen, eu queimei minha mão esquerda na panela. Nada de novo sob a luz do sol.
   Exatamente após eu terminar de servir a mesa, Charlie e Bella chegaram. Ambos aparentavam estar extremamente cansados. Charlie subiu para um banho rápido e Bella já havia começado a comer.
  
       "Então, tudo tranquilo com sua cabeça?" Eu tentei distraí-la.

"Certíssimo, nenhum parafuso fora do lugar." Bells disse com um sorriso brincalhão.

"Disso eu dúvido." Sussurrei baixinho mas alto o suficiente para que ela pudesse ouvir.

"Beaufort! Se eu não estivesse tão cansada, eu juro que você apanharia agora mesmo." E eu gargalhei.


Esperei que Bella e Charlie terminassem de comer e lavei a louça. Quando cheguei no meu quarto, uma das novas músicas do Harry Styles, Adore You começou a tocar.


"Eu fico tão perdido nos seus olhos

Você acreditaria nisso?

Você não precisa dizer que me ama

Você não precisa dizer nada

Você não precisa dizer que é minha

Amor

Eu andaria no fogo por você

Apenas me deixe te adorar

Como se fosse a única coisa que eu faria na vida."


     Era isso. Eu decidi que continuaria próximo de Edythe. Não me importava se isso fosse me machucar. Eu sabia que ela jamais iria querer algo comigo mas poderia apenas ser seu amigo, poderia simplesmente adora-la enquanto estivesse do seu lado. Era meio bobo e masoquista, eu sei, mas se eu não pudesse ser algo a mais, gostaria de ser apenas seu amigo até que eu superasse o que estava começando a sentir.
  Não sei o exato momento em que dormi mas ao começar a sentir uma queimação em minha mão, acordei.
  Já era de manhã cedo e eu notei o quanto aquela queimadura havia piorado. Eu não conseguiria fazer muitas coisas com uma mão só e meu tempo era curto. Então, decidi acordar Bella.
  
        "Bella, você se sente bem o suficiente para ir a aula hoje?" Eu disse após bater duas vezes em sua porta.


Não obtive nenhuma resposta mas me surpreendi ao ver a porta sendo aberta e notar que Bella já se encontrava arrumada.


"A princesinha demorou a acordar hoje foi?" Ela debochou.

"Ha-Ha, não boba. Você pode fazer o café enquanto faço um curativo pra minha queimadura?" Perguntei.

"Tudo bem, mas anda logo." Carinhosa como sempre.


Passei rapidamente uma pomada e uma faixa em minha mão e decidi tomar um remédio para a dor. Eu não havia reparado ontem mas aquilo deixaria uma bela cicatriz na palma de minha mão.
    Mesmo com apenas um braço funcionando direito hoje, eu fui dirigindo Bessie porque Bella não deveria fazer tanto esforço.
      Assim que estacionei, fui surpreendido por duas pessoas ao redor da nossa caminhonete. Bella simplesmente desceu e saiu caminhando deixando Edward para trás.


"Bom dia Beau. Bella, espere um pouco." E saiu andando atrás dela.

"Bom dia...pra vocês." Eu sussurrei para Edythe.

"Dia Beau." Espera, ela não estava com raiva de mim? Não havia fugido de mim ontem??


Com minha mão boa fui fechar a porta da caminhonete mas deixei minha chave cair numa poça de água.


"Droga!" Sequer me abaixei e Edythe já havia me estendido uma mão com a chave. "Você precisa parar de demonstrar sua velocidade se quer que eu acredite na sua história Edythe." Então peguei a chave.


Ela baixou o olhar como se tivesse sido pega, mas ao ver minha mão, ela voltou a olhar em meus olhos.


"Que habilidade é essa que os Swan's possuem de se machucarem com tanta frequência?" Parecia mais preocupada do que curiosa.

"Ham, eu não sei, deve ser da nossa genética. Hey Edythe, você não estava com raiva de mim? Eu queria me desculpar se por algum acaso eu te deixei desconfortável ontem." Eu precisava aliviar minha culpa.


Ela passou a me olhar curiosa e novamente nos encaramos por um tempo. Então o sinal tocou e como ela provavelmente não iria me perdoar, eu fui andando em direção a nossa aula de geografia.
    Edythe não parecia ter problema algum em acompanhar meus grandes passos.


"Você entendeu errado Beau. Eu não fiquei nem um pouco chateada, sinceramente eu gostei. Eu tive que sair de lá naquela hora porque tinha medo do que poderia causar a você." Ela me olhava preocupada?

"E o que de tão ruim você poderia fazer Edythe, me matar?" Eu brinquei mas ela parecia bem séria.

"Exatamente Beau. Se você fosse mais esperto, não gostaria de ser meu amigo."

"Hum, deixe-me pensar. Normalmente costumam dizer que eu sou bem lerdo, então não, eu ainda quero estar próximo a você Edy." Eu disse antes de passarmos pela porta.


 Ela não estava nenhum pouco triste pela minha resposta, pelo contrário, exibia um sorriso tão lindo que fez meu coração bater tão rápido que achei que pudesse ter um ataque cardíaco.
Quando nos sentamos, ela ainda sorria mas se sentou na beirada da mesa.


"Beau, bom dia. Sabe, eu estava pensando se você gostaria de ir ao baile comigo. Você aceita?" McKayla apareceu do nada e eu me assustei. Eu não dançava nem um pouco. Então inventei uma desculpa.

"Muito obrigado mesmo McKayla mas eu não estou disponível." Eu disse e assim que vi seu rosto me senti tão mal." Eu preciso muito encontrar com um amigo em Seattle nesse dia e infelizmente não posso adiar."

Sua feição melhorou um pouco. Até que eu ouvi uma breve risada de Edythe ao meu lado. Não olhei, mas McKayla fez isso por mim.


"Tem que ser exatamente nesse dia? Fico me perguntando se sua resposta mudaria se outra pessoa tivesse te convidado." Eu entendi o que ela quis dizer.

"Seria não. Realmente não estarei em Forks no dia do baile, mas acho que você deveria chamar Jeremy, tenho certeza que ele gosta de você e adoraria ser chamado." Beleza, agora eu seria alguma espécie de cúpido.

"Obrigada pela dica, irei pensar sobre isso." Ela não parecia nem um pouco feliz.

 

 O baile seria daqui a poucas semanas e dessa vez a intenção era que as meninas convidassem primeiro. Não era obrigatório, mas elas pareciam estar bem empolgadas com isso. O dia hoje seria longo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...