História Sad world - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais
Visualizações 18
Palavras 1.551
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção Adolescente, Violência
Avisos: Drogas, Insinuação de sexo, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oioioi, o Cell tá bogando hj

Se manifestem, digam oq pensam sobre a fic

Capítulo 4 - Internato?


Fanfic / Fanfiction Sad world - Capítulo 4 - Internato?


Agora eu tô realmente sozinha, com ninguém, sem família, eu por mim mesma

Peguei tudo que tinha trazido,  trouxe pouca coisa quando fugi mas acho q dá pra sobreviver, compro algumas casas e moletons lá, talvez uma ou dois shorts, não me importo com beleza exterior afinal, vou acabar nem comprando tanta coisa, no mínimo 5 peças, no máximo 10

____________________________

Vim rápido pra casa, não pra pegar roupas ___mas talvez pegue algumas por preguiça de quando chegar lá ir comprar___, fui pra pegar as passagens, na verdade a passagem pq colocar no plural?

Não compramos casa pra ficar por lá, procurei internatos no momento que fiquei na casa escondida, procurei pelo telefone mesmo ___ia procurar pelo que? O computador inexistente?

O voo é amanhã de manhã, eu me matriculei pelo celular na escola, tive que informar sobre meus pais, eu paguei com o cartão do meu pai, com o dinheiro que me liberaram. Me informaram que funciona assim: eles tem um vasto terreno, esse terreno se divide em blocos, o A, B, C e D ___vou saber o meu quando chegar lá___, em cada bloco tem 3 turmas dos três anos, tem o refeitório, a blibioteca, o pátio, os armários, tudo isso no prédio escolar, o prédio dos dormitórios é interligado com o escolar, nele tem os quartos que são como mini apartamentos ___isso pelo fato da escola ser muito cheia e precisarem de espaço___, os "apartamentos" são mistos, pode namorar menos nas salas de aula e no ambiente escolar onde tem professores e representantes, tem um campo e uma quadra fechada para esportes, esses são para todos os alunos de todos os blocos, lembro só disso

Oq eu tô mais focada é: não fazer amigos, não me envolver, eu não vou mas machocado ninguém, as pessoas vão se machucar quando souberem sobre mim e vão se machucar quando outras pessoas souberem sobre elas. Não vou me aproximar, vou ser fria, fechada, sem coração, aliás eu perdi toda minha família e estou me tornando isso q descrevi sem nem precisar me esforçar 

___________________________

Estava no avião já, havia arrumado tudo também, vou chegar lá, falo com a diretoria, pego o número do meu bloco é sala, pego a chave do meu armário, descubro qual meu apartamento é pronto! Não preciso saber quem são meus colegas de apartamento

No avião estava pensando em como eu não me abalei com a morte da minha "tia", a considerava como tia mas não gostava dela por algum motivo, mas ao mesmo tempo de todas aquelas pessoas daquela família que aos poucos morreram por serem velhos ela era a que eu mais considerava, não queria descepicionala, não entendi e ainda não entendo oq eu sentia por aquela família, era como se eu gostasse e odiasse eles ao mesmo tempo

__________________________

Cheguei

Estava de frente aquele prédio, correção, aqueles prédios* 

Estava com uma calça jeans, uma blusa branca grande que batia quase na minha coxa, um moletom cinza grande também com o capuz e um tênis

Tinha no total oito prédios enormes, tinha um muro com uma placa a frente escrito "UKI" ___deve ser a sigla da escola___ do lado tinha um urso ___um mascote talvez?

Entrei, conversei na recepção e depois me deixaram entrar

Uauuu é enorme, vou me perder aq dentro, me deram um mapa, tente seguido devagar

"É no bloco A" falei baixo só pra mim escutar, só pra me guiar

"Direita... Esquerda... Esquerda... Aí!" Enquanto estava fazendo minha rota bati num garoto, ele era alto, cabelos marrons, lábios finos como o nariz e olhos bem fofos

"Desculpa" pedio me ajudando a levantar "nova por aq?"

"Sim" eu acho que vou perguntar, mas minha timidez parece segurar  as palavras na minha boca o mais forte possível

"Precisa de ajuda?" OBRIGADA, aí até parece que leu meis pensamentos, moço tu não sabe o quanto eu te agradeço por perguntar "aliás meu nome é kyun"

"Hmm, me chamo Valentina"

"Estrangeira?" Fiz sim com a cabeça "percebi por não ter..." O interrompi, já sabia oq iria falar

"O padrão coreano?" Disse já ficando com raiva, não tenho o 'padrao coreano, não tenho o 'padrao brasileiro, não tenho padrão de porra nenhuma

"Não" rio um pouco, não vi a graça, cadê ela? " Foi por sua maneira embolada de falar o coreano e também não está com o uniforme" ops, exagerei um pouco ___não em relação as palavras, afinal não falei quase nada, foi os pensamentos em relação ao kyun? Acho q é esse o nome

"Hm, onde é a sala da diretoria?" Não gosto de conversar e não quero fazer amigos

"Ah, é aqui" apontou a uma porta, aliás ao olhar pelo corredor, eu acho q passei nesse mesmo corredor umas três vezes 

"Hm" não disse obrigada, não quero que se aproximem de mim. Não quero que achem que vou ser legal e gentil, vou ser assim. Não quero machucar mais ninguém

Bati na porta três vezes e uma voz me mandou entrar

"Bem vinda, aqui está seu formulário, aí está os seus horários, seu quarto, seu armário, salas e tudo mais" me entregou uma pasta bem bonita "separei as suas coisas, aq está suas chaves, a azul é a do armário do colégio, a verde do apartamento e a vermeilha do vestiário, vá lá é no bloco C, lá em baixo na recepção tem um vestiário, o feminino, tem os armários, no seu tem seis uniformes" me entregou o molhinho de chaves a qual já sei que vou perder "Ah, suas aulas começam daq a dois dias, vou deixar você conhecer a cidade e se adaptar" ela tá achando que eu vou sair da minha cama? Kkkk

"Obrigada" tenho que ser gentil com a diretora ué. 

Sai rumo ao bloco C. deixaram minhas malas lá em baixo na entrada do prédio com o moço, foram ver qual meu bloco e apartamento pra deixar lá

Passei por um campinho e tinha vários alunos jogando, percebi que não estavam de Uniforme

Entrei no bloco C e vi duas portas no canto, tinha o semblante feminino e masculino, entrei no feminino e sentei num banquinho que tinha pra verificar o número do meu armário, era 53, tentei abrir com a azul é não abriu, Ah porque esqueci qual a cor da chave. Verde, não. É a vermelha, certo. O uniforme era só uma blusa branca, tinha vários estilos, tinha uma grande como a que eu estou vestindo, uma polo, uma de malha, com mangas, sem, vi tudo isso enquanto estava andando até aq. Tinha uma blusa de malha que era colada e uma grande ___vou só usar essa, talvez compre outra por precaução___, tinha um short de educação física preto a qual já odieie por ser curto, uma blusa que acho q também é de educação física que também odiei por ser colada, não é tão colada, mas ainda não gostei e um moletom que era americano, eu amei o moletom, era bem bonito por sinal, eu não vi ninguém com esse moletom, enfim, não ligo. Coloquei as roupas do uniforme e o moletom minha mochila e deixei a roupa de E.F lá

Aproveitei o banco do vestiário e fui ver qual meu bloco

Eu sou do bloco B

Vou em direção o bloco B. Em cada prédio tem uma letra escrita, dá pra saber qual bloco é qual. Sento novamente, só q agora num banco do corredor, vou ver meu apartamento, humm 53 também, nossa, tem algo de errado com esse número

Vou pro prédio dos quartos que era ligado ao prédio escolar, procuro o apartamento e vejo que ele está no 5° andar. 

Hum, deixaram minhas malas  na porta do mesmo, ótimo. Abri a porta testando todas as chaves e vi uma garota no sofá da mini sala, ela logo me vou e ignorou a televisão

"Oi, eu sou a Im SunMi, mas pode me chamar de Sun, sou uma de seus colegas de apartamento" diz numa felicidade que me dá nojo. 'um de seus interessante, tem mais dessas pessoas alegres

"Hm, sou Lee Valentina" falei com a mínima importância, acho q ela percebeu, obrigada

"Ehh, bom, vou te explicar como funciona aq tá bom?" Ela quer que eu seja aquelas alunas do primário que responde as professoras, não gostei da felicidade dela "ehh, tem mais cinco pessoas que moram aqui, é eu, você, a chae, e a Lee de meninas e tem o tae, o Jimin e o suga de meninos. Aq tem três quartos ent depois resolvemos como vai ficar, temos uma regra de convivência que vai melhorar ainda mais com você morando aqui, mas depois acertamos também" ela falou empolgada por estar explicando algo a alguém que não sabe eu acho

"Hum"

"AHH, demonstra mas felicidade" ela é bem sem vergonha né, nem me conhece "vc não fala nada e fica com essa cara de emburrada" 

"Eu sou assim, mas onde eu coloco essas malas?" Apontei pras duas malas

"Vai chegar mais depois?"

"Q? Não, tá tudo aq" não entendi oq ela quis falar

"SÓ ISSO?!" 

"é só isso, olha eu não te conheço, tu não me conhece, não age como se fossemos amigas pq n quero criar amizades" ela fechou a cara, cadê a sem vergonhice tá com vergonha, aff. Eu tô cansada ent eu fico assim, eu não gritei, nem alterei a voz

"Ehh, onde eu possi dormir?" Perguntei calma, ignorando completamente oq acabei de falar

"Ah, eu vou arrumar um quarto alí e depois vemos como separamos" saiu, eu não vou esperar, vou dormir no sofá

Acho q tô pegando pesado pra um primeiro dia


Notas Finais


É duas horas, nossa

Boa/bom noite/dia/tarde


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...