História Sadomasochism and Masochism (Marlix) - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Got7, Stray Kids
Personagens BamBam, Bang Chan, Han Ji-sung, Hwang Hyun-jin, Jackson, JB, Jinyoung, Kim Seung-min, Kim Woo-jin, Lee Felix, Lee Min-ho, Mark, Personagens Originais, Seo Chang-bin, Yang Jeong-in, Youngjae, Yugyeom
Visualizações 13
Palavras 1.162
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção Adolescente, Fluffy, Hentai, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Capitulo 1


Fanfic / Fanfiction Sadomasochism and Masochism (Marlix) - Capítulo 2 - Capitulo 1

Talkin' in my sleep at night, makin' myself crazy

Out of my mind, out of my mind

Wrote it down and read it out, hopin' it would save me

Too many times, too many times

My love, he makes me feel like nobody else, nobody else

But my love, he doesn't love me, so I tell myself, I tell myself

One: Don't pick up the phone

You know he's only callin' 'cause he's drunk and alone

Two: Don't let him in

You'll have to kick him out again

Three: Don't be his friend

You know you're gonna wake up in his bed in the morning

And if you're under him, you ain't gettin' over him

New rules ~ Dua lipa

 

Mark Tuan on pov's 

Advocacia Park's Sexta feira dia 09/05/2017

 

Às vezes fazer o que gostamos pode deixar mais divertido mas enjoa rotina algo que sempre irei evitar e a rotina, algo chato e muito banal..... Olhar todos de terno ao meu redor e fazer a mesma coisa todo dia algo cansativo, mas tem dia que muda deixando as coisas divertidas como sair com os amigos ou tentando ajudar alguém aqui mesmo no trabalho.

Faz anos que me formei como melhor da turma nos Estados Unidos onde nasci e agora estou na Coréia a alguns anos já, vivendo confesso que no começo me senti deslocado mas aos poucos vamos nos acostumando com o novo países, costumes e outros que a gente enfrenta quando saímos do local de conforto. Olho YugYeom que falava mas não presto muita atenção ele meio que falava bastante era animado algo como uma balada hoje a noite de sexta mas estava tão distraído que ele deve ter percebi porque parou de falar me olhando.

- Ainda no mundo da lua por causa do ex ficante ou sub? - Ele me olhava curioso e eu ri de forma leve

- Sabe melhor que ninguém que não é nada demais apenas foi para tirar o estresse - estávamos sentados em meu escritório da grande empresa dos park’s ele foi uns dos meus primeiros amigos compartilhamos muitas coisas em comum , foi amizade de cara nos dois mas ele se irritava fácil por isso apenas respirei fundo - podíamos ir numa balada de bdsm dessa vez assim te apresento já que está tão curioso e dou uma coleira para você assim fica mais calmo- digo sabendo que ele ia se distrair com isso enquanto enterro qualquer sentimento no peito me contento em ser pelo amigos sem mágoas de ambas partes. 

- Coleira? - O mesmo me olha curioso de forma fofa quase inocente e sorri começando a explicar

- A coleira ajuda a um domme, dom , senhor nomes que usam para chamar um dominador a entender que aquele submisso está em compromisso com alguém como se fosse uma aliança ou contrato mas aqueles que recebem a coleira estão deixando o domme cuidar dele de acordo dos limites que o mesmo tem, por exemplo se o sub disser não ao masoquismo o domme tem respeitar - procuro palavras simples para explicar a ele com sentido o suficiente 

- não acha melhor me explicar mais sobre isso antes de irmos ? - Sorri de modo calmo para ele não ficar nervoso e assenti com a cabeça me arrumando na cadeira meio que colocando minha pose de domme 

- tudo bem mas deixe as perguntas pro final okay? - pego uma batata do lanche que tinha espalhado pela mesa de cor escura enquanto mesmo estava confortável na cadeira e me olhando ao ver que o mesmo prestava atenção começo a explicar

- Sei que sabe o básico por isso irei apenas aprofundar, bom sou flex como sabe então fui tanto domme quanto sub, dominador é aquele que vai ser o ativo da relação normalmente antes tem que ter ambos consentimentos para ter qualquer coisa, um dominador deve acima de tudo colocar o prazer de seu submisso na frente do seu ele se excita tendo controle absoluto sobre o sub mas não é tão assustador como parece em primeiro lugar tem a safeword - dou uma pausa para ele entender e continuo - a safeword é uma palavra que o sub escolhe para quando quiser parar ou avisar o dominador e o dominador deve para imediatamente , mas tem que ser algo que não deixe eles excitado como avião - ouvi ele rir e ri junto tinha somente nos ali então não tínhamos vergonha de falar ali - continuando tem o Os termos top, bottom e switch são comumente utilizados para descrever os papéis durante determinada atividade BDSM. Top é a pessoa que está aplicando a ação durante a prática BDSM, como bater ou amarrar. Bottom é a pessoa que está recebendo a ação durante a prática BDSM, como apanhar ou ser amarrado. Switch é um termo utilizado para descrever pessoas que gostam de exercer tanto o papel top quanto o papel bottom e/ou tanto o papel dominante quanto o papel submisso nas práticas BDSM. Há diversas maneiras de ser um switch. A pessoa pode alternar de top para bottom durante alguma prática sexual ou pode mudar de papel dependendo da prática que está sendo executada ou dependendo do parceiro. Alguns switches podem sempre serem dominantes com determinado parceiro e podem sempre serem submissos com outro parceiro. Pode acontecer também de um switch sempre preferir estar como top em determinada prática, mas sempre preferir estar como bottom em outra prática. Há pessoas que preferem variar de top para bottom conforme está o seu humor no dia, conforme seu parceiro está agindo, entre diversos outros motivos. Top e bottom não devem ser confundidos com dominante e submisso. O que define o dominante e o submisso é o jogo de poder, enquanto o que define top e bottom é apenas a execução de determinada ação. Pessoas dominantes têm autoridade sobre os submissos, elas comandam o relacionamento e possuem o poder da situação, pessoas que estão como top não necessariamente têm autoridade sobre as pessoas que estão como bottom. Apesar de não ser muito comum, é possível a pessoa ser dominante e bottom ao mesmo tempo ou submissa e top ao mesmo tempo. Um bom exemplo disso é se a pessoa dominante ordenar que o submisso aplique algum tipo de dor nela, portanto, nesse caso a pessoa dominante estará sendo dominante e bottom simultaneamente e o submisso dela estará como top ao aplicar a dor. -Olho para o mesmo depois de respirar um pouco depois continuo - por agora isso basta para saber o básico.

- tenho nenhuma dúvida por agora markinhos - O mesmo termina de comer a borda da pizza que pedimos levanto pegando minhas

- bora então ir se arrumar ja que alguém demora anos para se arrumar né - Sorri com a indireta pro yug e ele suspirou indo comigo enquanto me  chamou de apressado , a gente sempre podia brigar que depois estávamos juntos depois brincando ou até mesmo conversando sobre nada.

 

 


Notas Finais


Desculpa a demora tenho muitas coisas para fazer acabo sem criatividade e tempo

sorry os erros e ate


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...