História Safe and Sound - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Cedrico Diggory, Fred Weasley, Gina Weasley, Gui Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Jorge Weasley, Lílian Evans, Lord Voldemort, Molly Weasley, Olívio Wood, Percy Weasley, Personagens Originais, Remo Lupin, Ronald Weasley, Severo Snape, Sirius Black, Tiago Potter, Viktor Krum
Tags Castelobruxo, Fred Weasley, Romance
Visualizações 245
Palavras 2.594
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Harem, Hentai, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


~ Morsmordre! ~

Capítulo 5 - Baile de Inverno


Fanfic / Fanfiction Safe and Sound - Capítulo 5 - Baile de Inverno

Uma pessoa que te força a ser quem você não quer.

Essa pessoa, não é digna do seu amor… Pelo menos era isso que Harriet pensava.

A garota saiu da sala de poções e bateu a porta com força logo começando a caminhar com passos firmes pelas masmorras até alcançar os corredores movimentados, logo abriu um pequeno sorriso afim de passar uma boa impressão enquanto caminhava pelo mar de alunos diferenciados que, só pelo olhar, Harriet pôde perceber que não eram alunos de Hogwarts. Provavelmente eram de Durmstrang e Beuxbatons, pelo menos foi o que entendeu de todas as coisas que o irmão havia dito. A garota suspirou pesadamente e logo foi surpreendida por uma mão que agarrou seu ombro, se virou para trás e abriu um sorriso ao se deparar com a pessoa havia lhe abordado.

- Me desculpe por ter te chamado para a aula - Disse a sua colega de quarto - Estamos em uma espécie de férias e essas foram aulas de reforço para os necessitados

- Sério? Ah mas não se preocupe! De qualquer forma serviu para que eu aprendesse algumas coisas - Respondeu mantendo o sorriso nos lábios

- A propósito, me chamo Angelina Johnson - Disse a morena erguendo a mão na direção de Harriet

- Harriet Potter - Respondeu apertando a mão da garota e arqueou a sobrancelha confusa por não receber uma expressão de surpresa

- Ah, eu… já sabia - Riu Angelina - Fred me contou

- Fred é? Entendi… - Disse Harriet um tanto pensativa

- Harriet! - A ruiva escutou seu nome sendo gritado e se virou na direção de onde vinha encontrando uma cacheada que havia simplesmente adorado - Ainda bem que te achei… você tem um minuto?

- Claro, Mione - Respondeu sorrindo - Até mais, Angeline.

Harriet seguiu Hermione que tomou a frente guiando-a até pelos corredores abertos e em seguida pulando uma mureta que dava nos longos terrenos de Hogwarts. As garotas se direcionaram até uma árvore e se sentaram no chão perto da mesma.

- E então? - Indagou Harriet

- Me pediram para te entregar isso - Disse a garota entregando um pedaço de pergaminho para Harriet que pegou-o confusa e abriu passando a ler o mesmo com curiosidade até rir - O que foi?

- Bom... é um convite para o baile

- Sério? - Indagou ela surpresa - De quem?

- Cedrico Diggory - Harriet respondeu olhando para Hermione que a encarava boquiaberta

- Uau… quando vocês se conheceram?

- Engraçado… nós nos conhecemos hoje mesmo. Pelo menos não irei sozinha ao baile - Respondeu sorridente

- Bem, não era só por isso que te chamei - Disse Hermione coçando a nuca - Você… pode me ajudar?

- Ficarei contente em fazer algo por você, o que é? - Disse Harriet piscando os olhos animada

~~

- Você tem certeza que está bom?… - Indagou Hermione pela milésima vez fazendo Harriet revirar os olhos

- Mas é claro que está! Seja quem for o seu par, ele vai ficar apaixonado! - Disse Harriet admirando Hermione - Só mais uma coisinha…

A garota se virou para a pequena mala aberta sobre a cama de Hermione e caçou o acessório que sabia estar em algum canto do mesmo

- Aha! - Harriet se virou para Hermione segurando em mãos um colar com um pingente de rosa, a garota se aproximou de Hermione ficando atrás da mesma e passou o colar pelo seu pescoço logo prendendo o mesmo

- I-isso é lindo… - Disse Hermione maravilhada

- Sim… é lindo. Pode ficar para você, combinou bastante.

- Obrigada Harriet… me sinto mais confiante tendo a ajuda de alguém - Disse a mais nova arrancando um sorriso da ruiva

- Agora é melhor eu ir me arrumar logo ou irei me atrasar!

Dito isso a garota se virou para a cama de Hermione jogando todas as suas coisas dentro da mala e fechando-a.

- Vejo você no baile - Disse antes de se dirigir até a porta e abrir a mesma logo saindo e caminhando pelo extenso corredor até alcançar a porta do seu quarto onde as suas colegas se arrumavam visivelmente nervosas - Olá meninas.

- Deixaram um pacote na sua cama para você - Disse Angelina sem dirigir seu olhar para Harriet pois estava mais focada em arrumar seu cabelo

Harriet arqueou a sobrancelha e se aproximou da sua cama abrindo os dosseis da mesma e encarando um pacote, a garota se sentou na cama e pegou o pacote rasgando o mesmo e tirando primeiramente o papel

Aproveite o baile, e não apronte!

Remus

A garota abriu um pequeno sorrisinho e terminou de rasgar o pacote tirando de dentro do mesmo um longo vestido vermelho puxado para o vinho, havia uma abertura em sua coxa que ia provavelmente até o tornozelo. Harriet abriu um sorriso satisfeita ao perceber que seu padrinho entendia bem o seu gosto.

Se levantou da cama deixando o vestido esticado sobre a cama e se abaixou puxando o malão debaixo da mesma onde estavam todos os seus pertences já que não havia arrumado no armário, abriu o mesmo e caçou pelo salto que tinha em mente pois sabia que o mesmo ficaria simplesmente perfeito com o vestido. Ela sabia que estaria completamente fora dos padrões para o baile mas uma simples desculpa de que não sabia poderia dar um jeito.

Harriet colocou o salto alto vermelho aveludado sobre a cama e puxou a malinha que havia sobre a sua cama, procurou por um tempo até encontrar uma caixa verde e encarou-o por um tempo até, enfim, abrir. A garota deixou a caixinha aberta sobre a cama e espalhou as maquiagens sobre a mesma.

Harriet pegou sua toalha, caminhou calmamente até o banheiro e começou a se despir, colocou sua roupa dentro do cesto e adentrou na cabine do chuveiro pendurando a toalha no mármore. Ligou o chuveiro sentindo a água morna arrepiar sua pele e deu um sorrisinho prazeroso, Harriet amava bailes e principalmente, amava chamar a atenção quando chegava.

Tomou seu banho sem pressa tomando o devido cuidado para não molhar seu cabelo que já havia sido lavado e ela preferia que ficasse seco para fazer o que pretendia.

Desligou o chuveiro puxando a toalha e se secando logo saindo enrolada na mesma e se encarando no espelho, Harriet saiu do banheiro percebendo que o mesmo já estava vazio e suspirou aliviada enquanto soltava a toalha deixando-a deslizar pelo seu corpo até atingir o chão. Vestiu a lingerie que havia colocado sobre a cama e puxou uma cadeira até a frente do espelho se sentando na mesma, pegou a sua varinha na escrivaninha ao lado e passou a ondular seu longo cabelo ruivo cuidadosamente.

Harriet sorriu ao se olhar no espelho realmente admirada com o resultado, havia ficado mais bonita do que imaginava. Terminou de passar o gloss avermelhado nos lábios e se permitiu piscar para si mesma, estava linda.

O vestido havia caído perfeitamente em seu corpo, sua coxa a mostra havia lhe dado um charme maduro e ela agradeceu aos deuses por ter malhado insistentemente enquanto estudava no CasteloBruxo. O salto havia deixado-a alguns centímetros mais alta, mas não o suficiente para abalar o ego do seu companheiro

Suspirou pesadamente observando  a caixinha verde sobre a cama e guardou-a novamente na mala. Não seria capaz de usar aquilo mesmo que quisesse.

Harriet deu uma pequena voltinha em frente ao espelho e se distraiu enquanto se observava, suas amigas se sentiriam orgulhosas dela…

Fora interrompida por batidas insistentes em sua porta e revirou os olhos caminhando calmamente até a mesma e abrindo logo se deparando com Hermione que estava com a cabeça abaixada observando o próprio corpo mas levantou-a assim que percebeu a porta sendo aberta.

Hermione encarou-a boquiaberta elevando ainda mais o ego de Harriet que deu uma voltinha mantendo um sorriso em seus lábios.

- Você está incrível! - Disse ela maravilhada

- Eu sei! - Respondeu rindo

- Mas você sabe que não se encaixa com o tema do baile, não é? - Indagou arqueando a sobrancelha

- Ninguém precisa saber que eu sei - Harriet piscou para Hermione que riu - Vamos?

- Vamos sim! A sala comunal já está praticamente vazia, exceto pelos menores que não tem permissão para participar do baile - Disse Hermione enquanto começava a caminhar pelo corredor sendo seguida por Harriet que fechou a porta e andou apressadamente

- Ou seja… nossos companheiros nos aguardam - Disse Harriet rindo e sendo acompanhada por Hermione.

Juntas elas saíram da sala comunal e passaram a caminhar apressadas pelos corredores descendo rapidamente as escadas, torcendo para que não mudassem de rumo com elas.

- Tudo bem… - Disse Hermione suspirando nervosamente.

Ambas estavam atrás de uma pilastra ao lado da escada, viraram o rosto fitando o salão onde ocorria o baile, o mesmo já estava cheio de alunos e professores.

Harriet e Hermione se entreolharam e, mesmo nervosa, Harriet sorriu para Hermione encorajando-a e pegou em sua mão. Hermione lhe dirigiu um sorriso tímido e juntas saíram de trás da pilastra ficando no topo da mesma, paradas.

Em questão de segundos todos os olhares estavam voltados para elas, tanto para Hermione que estava belíssima quanto para Harriet que estava fora do padrão e, claro, belíssima.

Hermione soltou a mão de Harriet lhe dirigindo um último olhar e passou a descer as escadas, havia somente um garoto no fim da escada e Harriet imaginou que seria o par de Hermione. A garota abriu um sorrisinho tentando não demonstrar sua surpresa. Aquele era Viktor Krum, provavelmente Hermione teria seu nome citado em especulações por um longo tempo.

Harriet suspirou e desviou seu olhar para o salão caçando o seu par em meio a tantos alunos, logo o moreno se aproximou da escada um tanto desajeitado fazendo com que a garota solte uma risadinha.

Logo a mesma começou a descer as escadas lentamente e, não pode evitar de desviar seu olhar para um certo ruivo a encarava boquiaberto, Harriet tentou controlar o sorriso que insistia em se fazer presente, mas logo a insistência sumiu ao perceber quem era sua acompanhante. Voltou seu olhar para Cedrico que a aguardava no final da escada e alcançou-o segurando em sua mão que estava erguida na direção dela.

- Você está belíssima… - Disse Cedrico dando um de seus sorrisos galanteadores para Harriet que devolveu-o da mesma forma

- Você também está incrível. - Respondeu sorrindo

Juntos eles caminharam até uma mesa onde haviam diversos tipos de alimentos, Harriet se aproximou rapidamente das cerejas e pegou uma delas mordendo e saboreando-a, cerejas eram simplesmente maravilhosas… só não superavam os morangos. Harriet sorriu animada ao avistar os morangos e pegou alguns comendo-os rapidamente enquanto Cedrico estava de costas. A garota engoliu com dificuldade pelo susto que havia levado quando sentiu alguém tocar seu ombro, se virou rapidamente encontrando Fred que ria do seu estado.

Harriet socou o próprio peito e tossiu logo revirando os olhos e cruzando os braços enquanto encarava o ruivo.

- Você está completamente fora dos padrões… - Disse ele rindo enquanto pegava uma cereja e experimentava

- Sei disso - Respondeu ela simplesmente enquanto se escorava na mesa

- Você quer… - Começou Fred mas logo fora interrompido por Cedrico

- Vamos dançar? Os participantes do torneio que iniciam - Disse o moreno sorrindo para Harriet que abriu um sorrisinho e aceitou a sua mão se afastando com ele até o meio da pista de dança atraindo o olhar das pessoas que os observavam.

Logo a música mudou e Cedrico deslizou sua mão até a cintura de Harriet que sorriu tentando não demonstrar seu nervosismo.

- Olha… não sou muito boa dançando - Sussurrou ela tentando não olhar para aqueles que os encaravam esperançosos

- Eu também não - Respondeu ele rindo e arrancando uma risada de Harriet.

Assim que a música lenta se iniciou eles começaram a dançar se esforçando para seguir o ritmo, aos poucos os outros participantes foram se aproximando com seus companheiros e começaram a dançar. Vez ou outra alguns casais se esbarravam mas isso não era um real problema.

Logo estavam a maioria dos casais dançando calmamente, rodopios para lá e para cá, até que tudo começou a se tornar entediante de uma forma inexplicável. Harriet parou de dançar e suspirou.

- Olha... isso tá muito chato! - Reclamou ela - Bem que poderia tocar uma música mais animada… - Sorriu marotamente mas logo fora interrompida de seu diálogo quando o corpo de Cedrico fora empurrado para trás e em seu lugar surgiu um ruivo alto e realmente belo.

Harriet tentou manter uma expressão séria no rosto e cruzou os braços mas logo Fred agarrou seus braços colocando-os ao redor do seu pescoço enquanto apoiava os seus na cintura de Harriet.

- O que quer, Weasley? - Indagou ela franzindo a sobrancelha

- Oras… dançar uma música… - Antes que pudesse terminar sua fala, a música foi trocada e Harriet arregalou seus olhos se separando de Fred - lenta…

Começara a tocar Do The Hippogriff d'As Esquisitonas e Harriet caçou o irmão com os olhos até encontrá-lo sentado em um banco ao lado de Ron, ambos visivelmente desanimados.

Harriet correu até eles puxando os dois pelas mãos e os mesmos lhe dirigiram um olhar confuso, a garota sorriu e levou-os até a pista logo começando a dançar. Ron e Harry se entreolharam confusos e começaram a rir pelos passos de dança da ruiva. Os dois começaram a dançar com passos estranhos ao redor da ruiva e algumas pessoas pararam para observá-los enquanto outras se aproximavam e começavam a dançar seguindo o ritmo da música.

Can you dance like a Hippogriff?

( Você consegue dançar como um hipogrifo? )

Flyin' off from a cliff

( Atirando-se de um penhasco )

Swooping down to the ground

( Precipitando-se sobre o chão )

Around, and around, and around, and around

( Voando em círculos por todo lugar )

Hermione logo se aproximou com Viktor que observava a cena um tanto confuso, Harriet se aproximou de Hermione puxando-a pela mão e juntas elas começaram a dançar animadamente rindo alto.

Harriet estava se divertindo absurdamente, suas amigas eram apaixonadas pelas Esquisitonas pois era a música que nunca faltava em uma festa. 

A garota soltou a mão de Hermione e aproveitou a distração do restante do pessoal para sair escondida do salão, Harriet desviou da escada e rumou até uma porta saindo pela mesma e alcançando o corredor. As lágrimas começavam a borrar a sua visão e ela fungava vez ou outra, levantou o seu vestido para que não pisasse no mesmo e passou a correr o mais rápido que podia mesmo usando salto.

Os corredores abertos pareciam se tornar íngremes a cada passo que ela dava, sentia como se fosse morrer sufocada pelas paredes a qualquer momento. Harriet pulou a mureta e passou a andar pelos terrenos de Hogwarts vez ou outra tropeçando por conta do salto que não era o melhor para andar no gramado.

Estava doendo… tudo estava doendo de uma forma inexplicável e ela não sabia como lidar. Manter um sorriso no rosto nunca fora tão difícil, simplesmente insistia pela chance de passar um momento sozinha com seus pensamentos para que pudesse se permitir de chorar. Ela precisava daquilo tanto quanto precisava de alguém para desabafar.

Mas não havia ninguém… era o que pensava.

Harriet sentia que havia sido atirada para uma outra realidade, um lugar que não pertence e a fazia se sentir deslocada. Pensava que seu lugar não era ali, em Hogwarts. Seu lugar era onde estavam seus amigos… ela até mesmo chegou a pensar que o fato de estar ao lado do seu irmão seria o suficiente, mas não, não era o suficiente.

Laços sanguíneos nem sempre são mais intensos que os laços de amizade.

Não é questão da preferência, é questão do coração…



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...