1. Spirit Fanfics >
  2. Safe and Sound >
  3. V. no way out

História Safe and Sound - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


eai

Capítulo 5 - V. no way out


Fanfic / Fanfiction Safe and Sound - Capítulo 5 - V. no way out

O clima tenso era palpável, todos se olhavam sem saber exatamente o que fazer. A insegurança se instalava, um sentimento de impotência que todos já sentiram antes voltava e cada vez mais forte. Dessa vez ninguém sabia o que fazer.

Eu não sabia o que fazer.

Beth esbarrou em mim quando foi até a mãe dela, já uma errante, que estava na minha frente caída, e se ajoelhou aos prantos.

E em um piscar de olhos a mãe de Beth agarrou ela pelos braços e começou a grunhir tentando dar uma mordida na garota, assustada, a menina começou a gritar fazendo com que todos nós fossemos a ajudar.

Eu puxei o braço da errante para tentar contê-la, com cuidado para não fazê-la me arranhar e arranhar Beth, mas sem muito sucesso já que eu não tinha forças o suficiente.

— Vamos! Puxem ela! — Rick gritou enquanto ele e Glenn puxava a loira para trás.

O grunhido foi ficando cada vez mais alto quando T-Dog começou a chutar o rosto da errante pra para-la, também sem sucesso. Andrea quando viu todo o esforço para tirar Beth de perto da mãe morta, pegou uma foice e acertou na cabeça da errante silenciando o grunhido.

O corpo putrefato caiu em cima de mim, fazendo com que eu empurrasse ela rapidamente para o lado. A náusea bateu fortemente causando a ansia de vômito que segurei para não vomitar em cima da mãe da menina.

— Você tá bem? — Rick me ajudou a levantar.

— Sim. — respondi rapidamente e me afastei respirando fundo.

Todos caminharam em direção a casa, tentando ficar longe de todos aqueles corpos o mais rápido possível. Eu fiquei logo atrás ao lado de Glenn que apenas observava junto comigo a discussão em nossa frente.

— Nós saímos por essas matas em procura da garota e ela estava aqui o tempo todo... — Shane exclamou. — E você sabia! — gritou com Hershel.

— Eu não sabia. — bradou. — Nos deixe em paz!

— Ei, Shane, para com isso cara. — Rick o tentou segurar.

— Isso é mentira! — ignorou o melhor amigo. — Acho que todos vocês sabiam.

— Nós não sabiamos. — Maggie gritou sem paciência.

— Ótis pôs aquelas pessoas lá antes de morrer. — Hershel explicou quando chegou na porta da casa.

— E você espera que eu acredite nisso? — Shane riu de escárnio. — O que acha que eu sou?

— Querem todos se acalmar? — o xerife se colocou na frente de ambos. — Por favor.

— Não me interessa no que você acredita. — Hershel debateu ignorando Rick.

Sem nenhuma vontade de participar daquela confusão, eu me afastei de todos indo em direção das cabanas. Me sentei em um tronco de árvore e observei a arma que eu segurava até então. Até então era a coisa mais interessante a se fazer, muito melhor do que ficar com a cabeça latejando por causa dos gritos do Shane.

Meus pensamentos foram quebrados quando vi Carol, ainda chorosa, ir em direção ao trailer, com o Daryl no seu alcanço resmungando algo. Ao contrário de Carol, ele lançou um olhar rápido em minha direção, e o quebrou quando viu que eu retribui. Ambos entraram no trailer e depois disso eu ouvi só o silêncio.

Lori e Carl conversavam baixo sentados no chão do outro lado, o garoto parecia lamentar pela perda e Lori o consolava.

Tudo parecia cada vez mais melancólico. Porém, mais tranquilo do que minutos antes.

Claro até Shane dar meia volta, e andar em direção ao celeiro novamente com Rick logo atrás.

Lori pareceu ver a confusão voltar e se aproximou rapidamente de mim.

— Florence, você pode levar o Carl para dentro, por favor? — perguntou com o menino atrás dela.

— E eu tenho cara de babá? — a olhei sem expressão e ela bufou.

Vi que eles iriam enterrar os corpos, então como eu tinha um coração igual a uma manteiga derretida, mudei de opinião, e o chamei para que o menino não participasse mais de tudo aquilo.

— Ok, vem guri. — o puxei e ele me seguiu meio a contragosto.

— Ei, você deixou isso cair. — Rick colocou o chapéu de cowboy em Carl, e foi até o grupo que cercava os inúmeros errantes caídos.

━━━✦━━━

— Não interessa o que eu fazia antes, Carl. — resmunguei sentada nos degraus da casa dos Greene.

Carl estava a uns dez minutos enchendo o meu saco para eu contar a minha vida antes do apocalipse. E sem muito sucesso, é claro.

— Poxa, você é chata igual ao Daryl.

— Nossa, você me deixou magoada agora... — fiz bico.

— Sério?

— Sério... — dei uma pausa dramática. — Porque todos sabem que eu sou muito mais chata. — dei de ombros.

— Eu te odeio. — ele resmungou.

— AI MEU DEUS BETH!

Um grito dentro da casa fez eu me levantar rapidamente e entrar correndo, Glenn e Maggie estavam subindo os degraus, Beth estava no colo do coreano desacordada, Carl vinha atrás de mim, assustado com o grito repentino.

Glenn colocou ela em uma cama, e eu me aproximei junto com Maggie.

— O que ela tem? — perguntei.

— Deve ter entrado em estado de choque. — Maggie respondeu preocupada.

— Cadê o Hershel? — Carl perguntou atrás de mim.

— Em lugar nenhum, já procuramos ele em todos os lugares. — foi Glenn que respondeu, parecia preocupado com o sumiço repentino.

— O melhor é deixar ela descansar. — eu disse. — Minha mãe tinha crise de pânico, e entrava em choque várias vezes.

— Eu sei. — Maggie assentiu. — Obrigada pela preocupação.

— Vem Carl. — puxei o menino.

Ficamos em silêncio nos minutos que seguiram.

— Você não vai me contar mesmo?

Grunhi irritada.

— Você não vai ficar quieto mesmo?

— Só se me contar. — ele respondeu rapidamente. — Não tem nada para fazer, então me conta um pouco da sua história.

Ele sempre tinha uma resposta na ponta da língua.

— Porra, que menino chato do caralho. — bem na hora que eu resmunguei a Lori entrou junto com o Rick e Shane na sala.

— Eu pedi para tomar conta dele, e não ensinar novos palavrões. — Lori exclamou puxando Carl para ficar ao seu lado.

Maggie, Glenn e os dois policiais começaram a conversar baixinho do outro lado da sala, ignorando totalmente eu e Lori.

— Ensinar palavrões é um bônus, você deveria se sentir agradecida. — eu dei de ombros me afastando.

━━━✦━━━

— Você quer ir? — Glenn chegou de supetão me fazendo assustar.

— Tá louco? — resmunguei. — Ir a onde? — perguntei enquanto comia o resto da maçã.

— Eu e Rick vamos procurar o Hershel, você quer ir? — refez a pergunta.

— Com certeza! — exclamei. — Qualquer coisa é melhor do que ficar aqui nesse clima de enterro. 

Andamos até o carro onde Rick nos aguardava. Lori estava do lado de fora conversando com o xerife. Eles se despediram brevemente quando nos viu chegando.

Nós dois entramos dentro do carro, Glenn na frente e eu atrás.

— Estão prontos?


Notas Finais


pra quem não sabe, essa história também é postada no wattpad... lá tem uns graphics, vão dar uma olhadinha sz
https://www.wattpad.com/story/182746775-safe-and-sound-%E3%80%A4-the-walking-dead


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...