História Safe Harbor - Fillie - Capítulo 21


Escrita por:

Postado
Categorias Stranger Things
Tags Fillie, Finn Wolfhard, Mileven, Millie Bobby Brown
Visualizações 342
Palavras 892
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hi strangers! Eu sei que ficou pequeniníssimo mas tive que parar por aqui.
Espero que gostem e façam uma boa leitura!

Capítulo 21 - Não se aproxime de mim


Millie’s Point Of View

– Oi Mills

– R-Romeo? – Gaguejei assustada e ele sorriu. – Fica longe de mim – Intimei quando fez menção de se aproximar.

– Foi bom te encontrar aqui, senti tanto a sua falta

– Claro. 

– Fiquei sabendo que você vai se casar. Ora Millie, pensei que fossem apenas grandes amiguinhos – As palavras escorriam de sua boca carregando sarcasmo.

– Éramos mesmo. E você não tem nada a ver com isso. – Respondi ríspida e olhei para os lados, notando que não tinha ninguém ali.

– Será que haveria casamento se houvesse uma traição? 

– Finn nunca me trairia. Ele me ama e é fiel. Ao contrário de uns e outros – Respondi sentindo asco.

– Mas talvez a noivinha dele o fizesse. – Me olhou de cima até embaixo e sorriu logo em seguida. 

– Nunca! 

– Será mesmo? – Segurou minha cintura e senti um certo arrepio com seu toque, todavia fiz-me de indiferente.

– Me larga.

– Você não quer que eu te largue, Millster.

– Não me chame assim. E sim, eu quero. E se você não me soltar agora eu vou gritar – Respondi convicta.

– Garanto que vai, baby. Assim como fazia antes – Disse de uma maneira que faria qualquer vadia prostrar-se aos seus pés. Avançou contra minha boca, a qual tentei o máximo que pude me controlar para que ficasse fechada, mesmo que alguma parte de mim não queria que ficasse. Suas mãos desceram pela lateral do meu corpo até minhas coxas apertando-as. Por mais que tivesse uma pequena porcentagem de mim reagindo positivamente aquilo, logo me dei conta de tudo o que tinha acontecido, do que eu estava fazendo e de quem ele era e o que fizera. E o pior de tudo: Romeo estava me beijando sem o meu consentimento. Aquilo era assédio.

– Me solta! 

Quando percebi que não iria adiantar, comecei a socar seu peito, o que não durou muito já que imobilizou meus braços. As lágrimas nasceram instantaneamente dos meus olhos como da ultima vez.

– Por favor, para! -– Pedi entre soluços e foi quando ele começou a beijar meu pescoço dando chupões. Minhas costas colidiram na parede. – Romeo, por favor, me solta – Eu estava entrando em pânico. – Por favor – Implorei chorando – Não faz isso comigo, por favor!

E a cena repetiu-se. O loiro fora separado de mim com um soco violento.

– O QUÊ VOCÊ PENSA QUE TÁ FAZENDO AGARRANDO A MINHA GAROTA SEU FILHO DA PUTA?! – Berrou totalmente enraivecido. Beckham  nem se moveu. Apenas encarou Finn com ódio.  – RESPONDE PORRA! PERDEU A LÍNGUA? 

– Sua namoradinha quase a arrancou. Não me lembrava do quanto ela é selvagem. Essa boquinha faz maravilhas, se é que me entende – Ele respondeu e Wolfhard acertou outro soco em seu olho e um chute na boca do estômago que de tão forte assustei com Romeo cuspindo sangue.

– Finn para! – Porém ele não me dera ouvidos e continuou batendo nele que não levantou uma vez a mão para se defender. Porra!

O moreno se preparou para outro golpe.

– FINN! – Dessa vez eu gritei. Ele quase ignorou-me mas acabou desistindo, e puxou o loiro pela gola.

– Se você tocar nela de novo eu acabo com a tua vida – Ameaçou-o com os dentes cerrados e em seguida jogou-o no chão, que com dificuldade levantou e saiu dali.

– Você ta bem? – Veio até mim e colocou uma mecha do meu cabelo atrás da orelha e acariciou meu rosto. Balancei a cabeça assentindo – Ele te machucou? – Assenti mais uma vez 

– Vem cá – Ele colocou minha cabeça contra seu peito e beijou o topo, molhei sua camisa com minhas lágrimas enquanto ele me abraçava e afagava meus cabelos. Sentia que meu corpo ainda estava tomado pelo desespero.

Ele me afastou com cautela e enxugou meu rosto com os polegares.

– Vamos embora daqui – Concordei com a cabeça e ele guiou-me até a saída da boate. – Toma – Ele me entregou as chaves de sua Range Rover prata. – Me espere dentro do carro, eu já volto.

Destravei o alarme e entrei no banco do carona. Encostei minha cabeça na janela e soltei um longo suspiro, comprimindo os olhos e deixando mais lágrimas se libertarem.

Xinguei-me de todos os nomes possíveis. Romeo Beckham é uma pessoa suja. Não acredito que um dia fui capaz de confiar meu amor a ele, não acredito que por tantas noites deixei-me ser tocada por ele.

Traição é um das piores coisas que existem, porque sempre vem de alguém que você ama. É um muro sólido que desaba, uma fortaleza que é destruída, uma confiança que nunca se restaura.

Percebi a porta do lado do motorista ser aberta e passei as costas das mãos no rosto afastando o choro e meus pensamentos. Estiquei a chave em sua direção antes que ele pedisse. Wolfhard colocou a mesma na ignição e saímos dali em silêncio.

– Finnie...

– Sim? – Olhou-me de relance e voltou sua atenção para o trânsito

– Sadie e Caleb?

– Expliquei a situação e eles vão de Uber – Encolhi-me no banco – Mills, tá tudo bem.

– Eu quero ir pra casa da minha mãe

– Tem certeza?

– Sim – Finn dobrou a esquina assim que o sinal abriu.

Ficamos em silêncio o caminho todo. Chegando “em casa” minha mãe se assustou comigo ali àquela hora da manhã. Acabei contando todo o ocorrido e ela ficou totalmente perplexa, nunca imaginaria aquilo de Romeo. Ela me prometeu segredo perante meu pai e ficou me fazendo companhia em meu antigo quarto até eu cair no sono.


Notas Finais


Tadinha da Mills :( E olha que não estou nem me referindo à esse capítulo.....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...