1. Spirit Fanfics >
  2. Safe Haven >
  3. Epilogue ONE

História Safe Haven - Capítulo 27


Escrita por: e fourth


Notas do Autor


oiii

boa leitura amores <333

TEASER DE SAFE HAVEN: https://www.youtube.com/watch?v=m2d9OQky04o

NOVA FANFIC HENDALL: https://www.spiritfanfiction.com/historia/company-19650369

Capítulo 27 - Epilogue ONE


Fanfic / Fanfiction Safe Haven - Capítulo 27 - Epilogue ONE

2 ANOS DEPOIS

"Hoje é o grande dia." Hailey deu um gritinho animado, enquanto observava a amiga terminar de se arrumar para o grande evento que Harry estava dando.

"Eu estou maluca!" Kendall resmungou, terminando de colocar seus brincos e sapatos. Ela colocou um longo e sofisticado vestido verde. A sua nova cor favorita. Nos últimos anos, havia deixado seus cabelos crescerem. Agora ele estava longo e tinha umas ondas nas pontas.  "Literalmente, Hails!"

"Ele tem seus motivos." Hailey que agora era uma Bieber, rebateu a amiga. Hailey conseguiu, finalmente, decidir e acreditar em seu coração quando aceitou a se casar com Justin. Ela havia encontrado seu amor verdadeiro também.

Fazia semanas que Harry tinha um projeto totalmente secreto que Kendall desconhecia. Ela implorava todos os dias para o marido dizer o que estava fazendo e o mesmo apenas ria dizendo que ela iria saber em breve.

O dia era finalmente hoje.

"Não acredito que ele escondeu algo assim de mim por semanas!" Kendall andava de um lado para o outro. Sua ansiedade infelizmente estava dando sinais mais fortes nos últimos meses, mas ela tentava o máximo ter um controle. 

"E ele conseguiu." Hailey riu debochadamente. Era fofo e estranho o nervosismo da amiga por algo tão bobo.

"Por que você sabe mais do que a mulher dele?" Kendall grunhiu irritada. 

"Porque somos melhores amigos também."

Porque era a mais pura verdade. Os amigos de Kendall consequentemente viraram os de Harry e eles se davam bem juntos. Era realmente uma espécie de família agora.

Há dois anos e meio atrás, a vida das duas mudaram de uma maneira completa. Kendall era uma modelo bem hard core e Hailey a acompanhava nas suas loucuras. Elas aprontavam tanto e mesmo assim sempre se divertiam.

Mas quando Kendall passou dos limites e seu pai teve que interferir a jogando para longe de seu lugar favorito, ela pensava no quanto ficou furiosa e irritada com a situação.

Lembrava-se totalmente do dia que pisou em Cradville, com sua tia lhe dando ordens e regras, coisas que ela não estava nem afim de fazer. De como queria ir embora no mesmo instante. Lembra do fato de ficar sem sinal e como "precisava" urgentemente falar com as "amigas" que ela achava que tinha.

Esbarrar com Harry, de todas as pessoas que ela conhecia, era um golpe do destino. Ela acreditava nisso agora.

Harry, seu amigo de infância Ed, Harry Edward Styles.

E agora, depois dele reclamar de seus sapatos e roupas, ele era o seu marido.

Era um golpe do destino literalmente.

Mas era um golpe que ela ama ter a cada segundo de sua vida.

Ela o amava, cada dia mais, cada dia de uma maneira diferente e ainda mais forte. E ela estava agradecida de ser recíproco.

"Eu duvido que a surpresa dele vai superar a minha." Kendall murmurou sozinha, como se fosse um segredo. Nem Hailey sabia do que ela estava falando. 


 

O fato que ela estava ridiculamente e totalmente enganada sobre o que seu marido estava aprontando era de certa forma engraçado. Ela errou em todos as coisas que pensou.

Quando Harry decidiu ficar na Califórnia, ele correu atrás do seu verdadeiro sonho. Ser um fotógrafo famoso e renomado.

Ele trabalhou duro para dar tudo certo. Ele fez vários cursos especializados em fotografia, terminou a faculdade e agora se sentia pronto para abrir sua própria galeria de fotos.

Kendall só não esperava pelo o que ela estava vendo com seus próprios olhos assim que pisou na galeria.

A primeira exposição oficial de Harry como fotógrafo foi sobre ela.

Havia várias fotos dela espalhadas em cada canto do lugar. Literalmente em cada canto.

Havia fotos de diversos momentos. Fotos dela rindo, fotos dela dormindo, fotos dela desfilando ou fazendo capa para alguma revista.

Fotos dela com Sophie, fotos dela com Kylie, fotos dela com Gemma e Liam, fotos dela com seu pai e Valerie, com sua mãe, fotos dela com Hailey, Fai e Justin.

E o principal, foto deles dois juntos. Da época que eram crianças até algumas atuais.

Fotos do casamento mais perfeito que aconteceu de acordo com a Vogue na última revista publicada.

As pessoas e a mídia os adoravam juntos.

Eram os novos Angelina Jolie e Brad Pitt para o público.

Quando Kendall recuperou os álbuns de fotos de sua mãe, Harry pode ter sorrateiramente pego algumas "emprestadas" para melhorias.

Algumas fotos haviam colagens. As fotos atuais misturadas com as antigas.

Era isso que ele ficava fazendo escondido no quarto de hóspedes?

Colagens.

Pinturas.

Dela.

Deles.

Do amor deles.

Ele era perfeito.

Em tudo.

Ele era a pessoa mais talentosa que existia no mundo de Kendall.

Kendall sentiu seus olhos ficarem encharcados de lágrimas rapidamente. Sim, ela ia chorar muito pelo que estava vendo e não se importava com a maquiagem impecável que estava usando.

"A maquiagem!" Hailey sussurrou em seu ouvido, quando notou que alguns paparazzis aproveitaram o seu momento vulnerável para tirar fotos dela.

"Eu não me importo." Kendall sussurrou de volta. Ela não conseguia tirar os olhos das fotos. Era cada uma mais perfeita, mais delicada, mais surreal. Sentiu seu coração acelerar tão forte. Ela o amava mais do que poderia contar. "É... tudo tão perfeito. Meu deus, eu preciso encontrar ele!"

Kendall começou a procurar pela galeria algum vislumbre de seu marido perfeito, mas não estava conseguindo achá-lo. A galeria estava bem cheia mesmo sendo aberta apenas para convidados. Ela sentia tanto orgulho do homem que ele se tornou, da figura importante e da influência que ele causava no ramo. Ele merecia cada um daqueles elogios, cada uma das boas críticas. Ele merecia as melhores coisas possíveis.

"Me procurando, esposa?"

A voz dele.

Mesmo com anos juntos, sua voz rouca a deixava mole cada vez que ele falava com ela. Ela virou-se rapidamente e deu de cara com seu amor verdadeiro. Harry ficava cada dia mais lindo também. Ele mexia tanto no cabelo que ela não sabia definir qual fase ele era mais bonito para ela. Nos últimos meses, ele decidiu que usaria barba por um tempo e estava num tamanho relativamente bom. Ou seja, lindo demais com aquela aparência de mais velho. O seu terno preto juntamente com sapatos pretos o deixava tão elegante e ainda mais... gostoso.

"Eu amei, H." Jenner, ou melhor dizendo, Styles andou em direção ao seu marido e deu um beijo apaixonado em seus lábios.

Flashes, flashes e mais flashes.

Eram tudo o que podiam sentir com a exibição que eles estavam fazendo.

Depois de algum tempo juntos morando na Califórnia, eles pararam de se importar com os paparazzis. Afinal, infelizmente, eles sempre estariam atrás deles.

Então, se pesquisassem o nome dos dois na internet, iam encontrar tanta coisa...

"Você gostou mesmo, Ken?" Harry perguntava incerto. Ele trabalhou tanto tempo para a sua primeira exposição de arte que estava com dúvidas. Em seu ramo, ele tinha que ser o melhor. Independente.

"Eu amei, babe." Ela respondeu com um sorriso estupidamente feliz e apaixonado em seu rosto. "Você é tão talentoso. Eu tenho tanto orgulho de você!"

"E eu de você." Harry segurou firmemente a cintura de Kendall e depositou mais um beijo em seus lábios. Ele realmente sentia orgulho da mulher que ela se tornou. A carreira de Kendall apenas crescia cada vez mais. Atualmente, ela foi considerada uma das modelos mais bem pagas do mundo. Ela fazia mais capas de várias revistas importantes, recebia prêmios, ajudava sempre em tantas causas sociais importantes e o melhor de tudo... era a mulher dele.

Quando a pediu em casamento, ele foi totalmente impulsivo. Claro, ele era uma pessoa ansiosa demais para guardar aquele pedido preso por muito tempo. Numa conversa de jantar, onde eles comiam pão recheado com vinho, ele simplesmente pediu.

"Case-se comigo."

Não era necessário flores, velas, restaurante chique, serenata... nada disso.

Ele pensava que sim. Até perceber que nada mais é especial de estar ao lado dela. Em qualquer momento era um momento especial para pedir. E em um dos jantares de terça dos dois, ele fez o pedido. Simplesmente saiu de sua boca.

Ele ficou irritado consigo mesmo durante trinta segundos.

Até ver o sorriso de Kendall em seus lábios avermelhados. Aquele grande e largo sorriso apaixonado que ela sempre lhe dava.

"Eu sempre direi sim a você."

Eles sorriam um para o outro e transaram durante a noite toda com juras de amor eterno. Um relacionamento não é perfeito, eles tinham algumas brigas bobas ou algumas bem sérias, mas estavam dispostos sempre a apoiar um ao outro, evoluir e compartilhar mudanças necessárias. Eles se apoiavam e se amavam. E aquilo seria para sempre.

"Você é minha musa inspiradora." Harry sussurrou em seu ouvido após o final do beijo. Ele riu fraco e em seus olhos tinham lágrimas não derramadas. Kendall sorriu e estava da mesma forma. "Se você não tivesse ido para Cradville, eu provavelmente estaria perdido até hoje. Com sua ajuda e apoio, eu tenho algo meu. Algo próprio. Que dei o meu melhor para conseguir. Então, tinha que ser você a primeira exposição. Sempre será você."

"Eu te amo tanto." Kendall murmurou apenas para ele escutar. "Sem você, eu também estaria perdida demais. Encontrei uma força que não acreditava existir em mim por sua causa. Você me fez repensar nas minhas atitudes, me fez ser alguém melhor e hoje estamos aqui juntos. Casados. É louco e maravilhoso."

"Para sempre." Harry a olhava com tanto amor e carinho. Ele tinha certeza que queria ficar com ela por toda a sua vida.

Ficaram assim por algum tempo. Abraçados e apenas os dois observando as fotos, algumas pessoas cumprimentavam Harry e elogiaram o seu ótimo trabalho. Harry sendo uma figura pública para valer assustava um pouco Kendall, mas até o momento ele estava se saindo bem. Parecia que ele nasceu para os holofotes e não tinha ideia disso.

"Eu tenho uma surpresa também." Kendall puxou Harry para um lugar mais reservado da galeria. Se ela tinha que falar sobre isso, tinha que ser agora. Era o momento certo para fazer. Tinha certeza disso.

"O que é?" Harry perguntou ansiosamente. Ele amava surpresas.

Kendall abriu a bolsa pequena e tirou uma foto de onde havia guardado. Era uma polaroid.

Era uma polaroid de um ultrassom onde estava escrito por ela mesma com sua letra sofisticada. Papais Styles.

Ela queria tanto contar para alguém sobre aquilo que nem entendeu que conseguiu esconder da mesma forma que Harry escondia sobre a exposição. Ela precisava ter certeza que era verdade e estava tudo bem antes de anunciar para ele e todas as pessoas que amavam.

"Você está grávida." A voz de Harry estava tão baixa e rouca. Lágrimas caiam ferozmente por todo o seu rosto bonito. Ele passava os dedos pela polaroid, desacreditado com a revelação de sua esposa. Ele se sentia tão feliz naquele momento.

"Sim!" Kendall não estava para trás com seu choro baixo e emocionado por tudo que estava acontecendo. Ela se sentia tão feliz e abençoada. Sua maquiagem tinha ido para o espaço. Mas isso era o de menos. O importante era ser feliz com o homem que amava e construir um futuro ainda mais feliz.

"Eu achei que já estava completo..." Harry começou a dizer, engolindo o choro. "Mas isso aqui foi o melhor presente que eu já recebi em toda a minha vida. Eu te amo tanto, Kenny. Obrigado por estar comigo. Sempre vai ser nós. Agora três."

Eles se beijaram, riram, choraram tudo ao mesmo tempo. Estavam curtindo o momento deles.

A felicidade deles.

Que tinha tudo para ser ainda maior.

Harry ainda tinha os braços ao redor da cintura da Kendall, agora ambos com os rostos limpos de lágrimas.

"Obrigado." Harry estava se sentindo desnorteado. Ele era uma pessoa feliz. Ele estava totalmente e inteiramente completo agora.

"Obrigada." A morena repetiu o gesto. Porque ambos deveriam agradecer por até hoje lutar pelo amor deles.

"Aí está vocês!" Sophie soltou um gritinho animado. A garotinha daqui a poucos anos não poderia ser mais considerada uma garotinha. Cada dia ficava mais esperta e ainda mais falante. Agora tinha 6 anos, onde estava na fase de amar ter diversos livros infantis relacionados a heroínas de quadrinhos. Ela simplesmente amava isso.

Sophie, Gemma, Liam, Hailey, Justin, Fai, Kylie, Josh, Valerie e Patrick entraram na área reservada da galeria. Onde somente eles poderiam entrar. A grande e estranha família de Harry.

Desde a audiência de Sophie, aos poucos, a relação dele e da Gemma com Patrick havia tido uma mudança considerável. Eles não eram tão próximos assim, porque a confiança parecia nunca mais renascer, mas estavam trabalhando para funcionar como uma família. Patrick o ajudava ocasionalmente com coisas para o seu trabalho. Aliás, graças a ele, Harry havia conseguido fazer sua galeria na área principal da Califórnia.

"O que você está segurando?" Sophie perguntou curiosa para Harry. Ele a abraçou e começou a descrever o que aquela foto representava. Ela olhava a foto totalmente confusa.

Gemma, Hailey e Kylie na mesma hora perceberam e começaram a se emocionar, encarando aquela cena. Kendall ria e chorava vendo as amigas e também consideradas como irmãs para ela chorando junto. Era um momento clichê, emocionante e feliz demais para se importar com isso.

Era felicidade.

"Você escondeu de mim!" Hailey resmungou e deu um abraço forte na amiga. "Estou feliz por você, Ken."

"Eu queria ter certeza! Só pude confirmar hoje mais cedo."

"Eu espero que seja uma menina." Gemma murmurou no meio ao abraço, fazendo Kendall rir.

"Eu não me importo com isso." Kendall deu de ombros. Porque realmente nesse momento, o mais importante era vir com saúde. Já amava a pessoinha que crescia dentro dela. Com certeza nem ela nem Harry, pensavam nisso agora. Um passo de cada vez.

"Eu estou tão feliz por vocês. Você merece!" Kylie foi a última a abraçar e desejar as melhores coisas possíveis. Meses atrás, Kylie decidiu morar na Califórnia. Ela precisava de um rumo em sua vida, precisava dar algum sentido e sair de Cradville. Ela ajuda Kendall com algumas coisas da sua carreira e descobriu a paixão pela maquiagem e o ramo que aquilo poderia levá-la do jeito certo com um estudo apropriado. Estava feliz, se sentia bem e tinha alguns encontros ocasionais de vez em quando. No momento certo, teria seu príncipe como Kendall tinha o dela.

Ela acreditava fielmente nisso.

Josh abraçou a filha apertado e em seus olhos tinha algumas lágrimas também. Ele ia ser avô com quarenta e sete anos, pelo amor de Deus!

"Estou orgulhoso de você." Josh disse para a filha, que agradeceu logo em seguida. A relação deles dois era totalmente diferente de dois anos atrás. Era tão engraçado como tudo mudou e Kendall não poderia pensar em nada melhor. Valerie também tinha algumas lágrimas nos olhos e deu um abraço apertado em Kendall. Nesse tempo, a relação delas ficou bastante sólida. Elas se apoiavam e respeitavam. Josh planejava pedi-la em casamento no Natal.

"Eu vou ser tia? Mas eu só tenho seis anos!" Sophie resmungou, quando entendeu o que realmente estava acontecendo. Seu rosto tinha um semblante de puro horror. O que fez as pessoas presentes rirem pelo seu aborrecimento instantâneo.  

"Sim, você vai." Harry ria alto do comentário de Sophie, limpando as lágrimas que tinha em seu rosto. Sua família e seus amigos eram a coisa mais importante para ele. Agora ele seria pai.

Teria muito mais desafios, mais felicidade, mais vontade de viver cada segundo daquilo. Ele olhou para onde Kendall estava, conversando e rindo com suas amigas/irmãs, totalmente animada com o que o futuro aguardava para eles dois. Seu coração transbordava amor. Ele ia aproveitar cada segundo daquilo.

A vida era realmente bela. 


Notas Finais


gente, vcs gostaram????!!! não me aguentei e decidi postar logo!!

algumas coisas obviamente vocês não entenderam... do nada coloquei o justin e o fai na história, mas eu tenho uma explicação!!! HAHAHAHAHAHA

VOU REESCREVER SAFE HAVEN assim que terminar de postar os capítulos EXTRAS. repararam que no nome do capítulo está epílogo um?

vou acrescentar algumas coisas que deixei passar batido, mudar outras.. minha escrita evoluiu bastante e eu preciso deixar a fic 100% boa!

então, eu farei mais um epílogo, dois ou três. ainda não decidi..... antes de tudo, o epílogo que eu planejei desde o início pra SH foi assim! exatamente desse jeitinho que eu escrevi e tô tão feliz que finalmente postei para vcs depois de quatro anos! espero que tenham gostado de verdade!! e eu estou aceitando ideias para os epílogos, então bora comentar o que vcs querem hein!!!

o que aconteceu nesses dois anos???? pq eles estão casados já? cadê a parte do casamento?????

calma!!!! vai ter um epílogo somente com o casamento, outros com ************

chega de spoilers rsrsrsrs

por favor, comentem muito!! vai ajudar bastante o engajamento de SH!!! espero que todos vcs estejam bem! tomando todas as medidas necessárias nesse caos que estamos vivendo. usem máscara, álcool em gel e evitem aglomerações, se puderem!

beijinhos, até o próximo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...