1. Spirit Fanfics >
  2. Saga Pós-Guerra: A História do Herói Caído. >
  3. Saga Pós-Guerra: Capítulo 16: A queda de Kumogakure!

História Saga Pós-Guerra: A História do Herói Caído. - Capítulo 16


Escrita por:


Capítulo 16 - Saga Pós-Guerra: Capítulo 16: A queda de Kumogakure!


Fanfic / Fanfiction Saga Pós-Guerra: A História do Herói Caído. - Capítulo 16 - Saga Pós-Guerra: Capítulo 16: A queda de Kumogakure!

O dia já havia chegado em Konoha, eram 7 horas da manhã e Kakashi estava reunido com alguns ninjas de sua Vila, a noite passada foi muito exaustiva para o Hatake já que o inesperado por ocorreu. Os ninjas na presentes na sala eram Rock Lee, Tenten, Kiba e Shinji.

-Rock Lee: Hokage-sama, é verdade que o Naruto desertou? - Questionou de maneira séria olhando para o Hokage que se surpreendeu, normalmente Lee era animado e meio inconsequente mas agora estava sério e direto.

Kakashi desviou seu olhar para o chão, como diria que o herói da grande guerra desertou? Não poderia fazer isso, afinal Naruto era um precioso aluno. Sim um precioso aluno à qual ele desconfiou nos últimos meses, vendo a tristeza do Hokage estampada em seu olhar Shinji tomou a frente.

-Shinji: Lee-san é verdade, tentamos impedir mas o Naruto-san saiu de Konoha ontem a noite. - Respondeu em um tom calmo porém triste com tal ocorrido.

-Rock Lee: Droga! - Exclamou fechando os punhos com força.

-Tenten: Talvez prendê-lo não tenha sido a melhor escolha, devíamos ter conversado melhor sobre o assunto do Killer Bee. - Comentou olhando para o chão, estava triste com essa descoberta. 

-Kiba: Está enganada Tenten, o Naruto errou e ele tinha que pagar por esse erro. Todos aqui sabem o quanto ele mudou nos últimos anos, ele até parou de se importar com a Vila!  - Exclamou olhando para Lee e Tenten que se calaram, Kiba estava certo.

-Shinji: Kiba-kun entendo seu ponto de vista, mas não podemos simplesmente culpar o Naruto-san. Por que não o encontramos e questionamos seus motivos? - Perguntou de maneira calma com um sorriso gentil no rosto.

Kiba soltou um simples "Tsc", Rock Lee sorriu e Tenten apenas assentiu.

-Kakashi: Não acho que ele vá voltar, ele levou tudo da casa dos pais dele e da casa que ele e Ino tinham comprado. Mesmo assim, vocês poderiam ir atrás dele? Quero que falem com ele de frente e esclareçam o porque disso tudo, eu não confiei nele por isso não tenho o direito de falar com ele. - Comentou em um tom de decepção consigo mesmo, afinal ele abandonou um amigo e agora era pior do que Lixo como Obito sempre lhe dizia.

-Rock Lee/Tenten/ Kiba: Nós iremos! - Exclamaram juntos, iriam falar com Naruto cara a cara.

-Shinji: Hokage-sama, creio que o Naruto esteja indo para Sunagakure. Posso me juntar a essa equipe de busca? - Perguntou calmamente e Kakashi assentiu com a cabeça.

-Kakashi: Shinji-kun, você fez muitas coisas e ganhou minha confiança, por isso cuide das coisas dessa vez. - Falou seriamente e o azulado apenas assentiu com a cabeça.

-Kakashi: Partam imediatamente, com a velocidade atual dele o Naruto já deve estar em Sunagakure. - Falou seriamente e todos assentiram sumindo em um Shushin no Jutsu.

Kakashi girou sua cadeira olhando para a janela atrás de sua mesa, um olhar preocupado se instaurou na face do Rokudaime Hokage. 

-Kakashi(pensando): Espero que o Raikage estenda as circunstâncias do Naruto, Sasuke está investigando as coisas mas sinto que esse é motivo suficiente para o cabeça quente do Ay começar outra guerra, por favor seja rápido Sasuke. - Concluiu enquanto uma gota de suor escorreu por sua face/máscara.

Em Sunagakure:

Os ninjas estavam reunidos na muralha defensiva da aldeia, aquela era a última linha de defesa deles contra os 140 Berserkes enviados pelo inimigo, tudo estava complicado na aldeia e Gaara sentia cada vez mais próxima a destruição de sua Vila.

De cima da muralha várias Kunais e Shurikens atingiam os inimigos que desferiram socos na gigantesca parede de rochas que protegia a aldeia, mas as lâminas eram inofensivas para os inimigos e não faziam nada.

-Nobu: Escutem bem! Coloquem papéis bomba nas Kunais, nas Shurikens adicionem Chakra. Até mesmo um arranhão conta como ferimento! - Ordenou para os ninjas de Sunagakure que ajudavam na defesa.

-HAI!! - Em um único e sonoro grito eles começaram a realizar o que a morena de olhos vermelhos lhes disse.

Diversas explosões ocorreram levantando uma pequena cortina de fumaça, mesmo com a cortina as Shurikens continuavam a ser arremessadas enquanto as Kunais com papéis bomba estavam sendo preparadas. Nobu se aproximou de Hinata que estava com seu Byakugan ativado.

-Nobu: Algum deles caiu? - Perguntou rapidamente fitando a cortina de fumaça.

-Hinata: Sim, apenas um mas ele realmente morreu e não se levantará mais. - Respondeu seriamente olhando os 139 inimigos restantes. 

-Nobu: Vocês ouviram. Continuem o ataque! Quero 4 ninjas do elemento vento comigo! - Proclamou com um sorriso discreto em seu rosto, apesar de difícil aquela estaca sendo uma ótima batalha.

-Hai! - Os ninjas novamente exclamaram.

Os 4 ninjas requisitados por Nobu se aproximaram da morena ficando ao lado direito dela.

-Nobu: Usem um ninjutsu de Fūton para fortalecer meu Katon, coloquem todo o Chakra de vocês e não hesitem. Certo? - Questionou seriamente e os 3 homens e uma Kunoichi assentiram positivamente.

Nobu fez uma rápida sequência de 7 selos de mão e moldou o Chakra em seus pulmões, aquele seria um poderoso e cansativo Ninjutsu.

-Nobu: Katon: Goryuuka no Jutsu! (Estilo Fogo: Técnica do Grande Dragão de Fogo). - De sua boca a morena disparou um poderoso projétil que se moldou na cabeça de um Dragão de Fogo, o projétil era muito grande e iria atingir todos os inimigos.

Com um simples olhar para os ninjas Nobu pediu pelo suporte deles, os 4 juntaram as mãos usando o mesmo Jutsu em uma bela sincronia.

-Fūton: Reppushou! (Estilo Vento: Palma do Vendaval). - Uma única corrente de ar se formou, mas ela era grande e muito poderosa. Essa corrente de ar circulou o jutsu de Nobu ocasionando uma poderosa explosão que atingiu todos os inimigos.

-Hinata: Impressionante! Você pegou todos eles. - Anunciou surpresa com seus olhos arregalados. 

-Nobu: Isso! Parece que.....treinar está dando....resultados. - Comentou respirando de maneira ofegante.

Os 4 ninjas que a ajudaram caíram desmaiados pela exaustão, sem ver nenhum movimento do inimigo os ninjas começaram a comemorar, mas 1 Berserke ainda estava vivo e com todas as suas forças ele saltou visando Nobu.

-Nobu: Dro-Droga! - Exclamou vendo o inimigo vir em sua direção.

-Ino: Seishin Mahī! (Paralisação Mental). - A voz de Ino ecoou e com isso o único inimigo restante ficou paralisado em pleno ar, em segundos ele começou a cair em direção ao chão mas uma rosada saltou na direção dele.

-Sakura: SHANARO!!! - Gritou atingindo o estômago do inimigo com força fazendo o mesmo cair no solo abrindo uma imensa cratera.

-Ino: VÁ DE NOVO, ELE AINDA NÃO MORREU!! - Gritou se esforçando para manter seu selo de mão e a paralisação.

-Sakura: É o seu fim! - Exclamou em pleno céu, usando sua perna direita Sakura atingiu o inimigo com seu pé direito fazendo a cratera se abrir e aprofundar ainda mais, o Berserke cuspiu um líquido roxo que Sakura presumiu ser o seu sangue e caiu morto.

Em um longo salto a rosada saiu da cratera pousando próxima a entrada de Sunagakure onde Yamato e Gaara a esperavam, o som de palmas foi ouvido e todos olharam para a cratera onde o último inimigo caiu.

Um homem de estatura mediana estava presente no local, ele era careca e tinha olhos amarelos. Sua idade aparentemente era por volta dos 40 anos, chutaram os ninjas presentes no local.

-Isso foi magnífico, meus mais sinceros parabéns. - Falou terminado suas palmas.

-Sakura: Quem é você?! - Perguntou sem a menor paciência ou delicadeza.

-Eu? Masami apenas isso, sou o 6° General da Ryūka e estou aqui para matar vocês. - Falou seriamente olhando para seus oponentes.

-Gaara: Sexto general? - Perguntou surpreso e apreensivo, aquele era um inimigo perigoso.

Masami sorriu discretamente, o homem fez um pequeno e curto movimento com seu pé esquerdo para a frente, repentinamente ele sugeriu na frente de Sakura desferindo um belo gancho de esquerda no queixo da Haruno.

-Masami: Menos 1. - Contou de maneira calma direcionando seu olhar para Yamato.

Sakura caiu em cima da muralha cuspindo muito sangue, Ino se aproximou dela começando a curar a Kunoichi de Konoha.

-Ino: O maxilar foi quebrado, por pouco ela não teve seu crânio destruído. - Analisou com seus olhos arregalados. 

Nobu se aproximou fazendo a guarda da Yamanaka para que nada a acertasse ou aproximasse.

-Yamato: Que força absurda. - Falou apreensivo após o cometário de Ino.

-Masami: De fato, no caminho obra cá destruí uma montanha com 2 golpes pois ela estava no meu caminho. - Falou calmamente surgindo na frente de Yamato após mover seu pé direito, ele ia atingir o estômago do Ninja com um tapa lateral, mas areia protegeu Yamato. 

-Gaara: Como o Kazekage eu irei te derrotar, prepare-se! - Exclamou usando sua areia contra o terrível inimigo.

Enquanto isso:

Kumogakure:

As pessoas se amontoaram na frente do prédio do Raikage, gritos de insatisfação ramo ouvidos a distância. Em sua sala Ay estava inconformado. 

-Ay: Como isso ocorreu? As dispensas estão vazias, nosso estoque de armas se foi e o Bee está morto. - Analisou bebendo um copo de vinho.

-Darui: Isso é culpa sua, por ter ficado no caminho da Ryūka. - Respondeu sorrindo largamente e assustando o Raikage que se afastou.

-Raikage: Maldito! Quem é você?! - Perguntou em um tom autoritário apontando para Darui, o Ninja explodiu em fumaça e no lugar dele Kuro o 5° General da Ryūka surgiu. 

-Kuro: Demorou demais para perguntar isso, em apenas 1 semana eu esvaziei suas dispensas, destruí seus estoques de armas e matei alguns jovens para enfurecer suas famílias. E você, não fez nada para me impedir.  - Falou sorrindo discretamente vendo a ira do Raikage.

Ay tentou envolver seu corpo em sua armadura de raios, mas ele caiu no chão seu corpo estava todo dormente e não conseguia manifestar seu Chakra. 

-Kuro: Por uma semana eu fiz tudo da maneira mais cuidadosa possível, te acompanhei nos treinos, andei pela vila como seu subordinado Darui fazia antes e até mesmo ajudei alguns Genins em seus treinos. Enquanto eu fazia isso e desviava sua atenção, meus 17 ninjas infiltrados destruíram seus armazéns e mataram os jovens promissores de sua aldeia. Planejei tudo com cautela. - Comentou sorrindo satisfeito com seu trabalho.

-Ay: Maldito! - Exclamou tentando se mover mas sem sucesso, Kuro se aproximou dele e colocou seu pé direito sobre a cabeça do Raikage caído.

-Kuro: Envenenamos seu vinho, agradeça por saber como morreu e o que ocorreu na sua vila. Dito tudo isso, morra.  - Sussurrou a última palavra friamente esmagando a cabeça do homem caído a seus pés.

Sangue e pedaços do crânio se Ay voaram pela sala, Kuro limpou seu pé e olhou para o céu através da janela do cômodo.

-Kuro: Killer Bee e Ay, ambos irmãos estão mortos graças ao Yuusha e a mim. Sieg-sama dominei Kumogakure como o prometido, aguardo ansiosamente pelo seu retorno. - Falou em um tom respeitoso e calmo.

A porta do cômodo foi aberta, por ela os 17 ninjas de Kuro entraram seu trabalho enfim estava completo, tudo estava em sala Neuwa devido lugar. 

-Ninja: Kuro-sama, Samui, Karui e Omoi foram eliminados junto a outros ninjas problemáticos. Agora só precisamos ganhar a confiança da população. - Relatou de maneira rápida e precisa. 

-Kuro: Já fizemos isso. O Raikage era um terrível ditador que matou seus próprios ninjas e deixou sua população com fome, e nós da Ryūka eliminamos esse ditador e ajudamos as pessoas. Agora vamos, temos muitos idiotas para enganar. - Com seu tom de voz sério e frio ele falou saindo da sala junto aos seus 17 subordinados.

Enfim Kumo havia caído e a Ryūka havia ganhado sua primeira grande batalha.

Sunagakure:

Masami estava parado respirando calmamente, o solo abaixo dele estava cheio de crateras e a muralha que protegia Sunagakure destruída, caídos aos pés do homem estavam Gaara e Yamato desmaiados em poças de sangue após serem brutalmente espancados.

Muitos ninjas estavam feridos e Ino usando todos os seus esforços tentava cuidar de todos já que Sakura estava desmaiada. Masami olhou tal desordem e com toda a sua frieza perguntou:

-Masami: Quem vai ser o próximo? - Seu tom era frio era sombrio, todos recuaram ao ouvir essa pergunta menos Ino e Nobu. 

-Masami: Vocês. - Falou se preparando para avançar. 

-Que tal eu? - Uma voz vinda de trás de Masami perguntou, o careca se virou e como resposta recebeu um punho em seu rosto.

Ele sentiu seus dentes quebrarem e seus ossos racharem, Masami voou para longe e no local onde ele estava outra pessoa se fazia presente. Ino e Nobu conheciam essa pessoa muito bem.

-Ino/Nobu: Naruto! - Exclamaram surpresa ao verem o loiro parado com seu Modo Sennin ativado.

Naruto sorriu para as duas e direcionou seu olhar para Masami, sua expressão era séria e calma mas ele estava meio irritado. 

-Naruto: Seu oponente chegou, espero que me ajude a extravasar um pouco....a raiva! - Exclamou pegando impulso no solo e avançando contra seu inimigo sem esperar o mesmo levantar.







Notas Finais


O quê acharam? Kumogakure enfim caiu e o Raikage morreu. Nobu está bem forte apesar de ter gastado muito Chakra. Konoha atrás do Naruto e ele em Sunagakure surrando outro general da Ryūka.

Espero que tenham gostado, até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...