História Saikuuro - I love you! - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Alan Ferreira (EDGE), Felipe Z. "Felps", Gabriel "MrPoladoful", Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Matheus Neves "Pk Regular Game", Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes, Rodrigo "Saiko" Ximenes, Ronaldo De Azevedo "Gato Galáctico", Thiago Elias "Calango", Zelune
Personagens Alan Ferreira, Felps, Matheus Neves, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange, Rafael "Guaxinim" Montes, Thiago Elias "Calango"
Tags Saiko, Saikuuro, Sycaro, Sycro, Ycro
Visualizações 369
Palavras 640
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


preparem
o
coração
7w7

Capítulo 11 - Eu também te amo


Safira nos fez contar detalhe por detalhe do que havia acontecido. Claro que não tocamos na parte do beijo , mas , fora isso , falamos tudo.

Ela ficou puta. Dizia que iria matar "essa vagabunda". Ycro se assustou quando ela gritou e saiu pisando forte até seu quarto , me deixando sozinho com Ycro.

— Eita — Murmurei.

— Você acha que ela vai fazer alguma coisa com a Skii? — Ycro perguntou , me olhando disfarçadamente.

— Eu tenho certeza — Respondi rápido.

Ficamos em silêncio por um momento , até que eu olhei a hora no meu celular.

— SENHOR — Falei — , JÁ É MEIA NOITE.

— JÁ?! — Ycro soltou uma risada baixa.

— JÁ — Confirmei.

“Já está tarde para ir para casa...”  , Pensei.

— Você...hm... — Ycro colocou a mão na nuca , com as orelhas e as bochechas rosadas , QUE FOFO! — , você pode...dormir...aqui... — Completou

Olhei para ele. Agora EU estava com as bochechas vermelhas.

— Meus pais não estão em casa e Safira...Safira não ligaria — Continuou ele.

Balancei a cabeça , aceitando , com um pequeno sorriso 

— Certo.


01:33...


Neste exato momento Ycro está dormindo feito anjo , e eu me peguei observando ele ao invés de estar tentando dormir.

Que caralhos , Rodrigo. Vai dormir , era tudo que minha mente dizia para mim.

Mas eu não conseguia.

Ele é tão calmo dormindo...

Ah , aliás , estamos dividindo a mesma cama já que Ycro dorme numa cama de casal e eu não queria dormir no quarto dos pais dele.

Não me entenda errado , mas eu queria dormir na mesma cama que ele.

Safira dorme no quarto no fim do corredor , enquanto o do Ycro é no começo do corredor.

Me despertei de meus pensamentos quantos Ycro se remexeu na cama , se aproximando mais de mim.

Aquilo já estava me deixando vermelho.

Eu sou maior que Ycro , e quando ele se aproximou de mim , sua cabeça ficou encostada em meu peito. Foi , claramente , uma cena de filme romântico , só que na vida real mesmo. Ele estava encolhido e parecia estar com frio , mesmo que estivesse tapado com um lençol e , por cima dele , uma coberta de pelo.

Tão fofo....

Quase me esqueci que tenho que dormir.

Passei meu braço em volta dele , o abraçando e encostei meu queixo em sua cabeça. Fechei os olhos e tentei dormir , sem muito sucesso.


[ . . . ]


15 minutos se passaram e eu não consegui dormir.

E me despertei de vez quando ouvi Ycro sussurrando.

— Saiko...

— Sim? — Perguntei.

— Ainda está acordado? — Ele me olhou coçando os olhos.

— Infelizmente — Desviei o olhar. QUE CRIATURA FOFA MANO.

Ele soltou uma risada baixa , que logo foi interrompida por um murmúrio de vergonha ao perceber que eu estava abraçando ele.

— É-É... — Ele me olhava , sonolento e tímido.

— Vai dormir , vai — Murmurei.

— Ain — Ele fez bico.

— Para com esse bico , antes que eu te beije.

Ele continuou fazendo bico.

— Idiota — Sussurrei.

Fiz uma careta e segurei o rosto dele , logo lhe beijei. Beijei mesmo , não foi um selinho. E ele retribuiu , o que , realmente , me deixou satisfeito.

Quando separei meu rosto do dele , percebi que , assim como eu , ele estava vermelho. Muito vermelho.

— Não achei que fosse realmente me beijar... — Ele sussurrou depois de um tempo.

“Posso fazer mais do que isso” , pensei , mas fiquei quieto.

— Saiko... — Ele chamou.

— O que?

...Eu te amo

Fiquei parado com essa fala. Eu não esperava isso.

— Vai dormir — Murmurei novamente.

Logo após umas risadas dele , ele assentiu e me abraçou de volta. 

— Boa noite , Saiko — Sussurrou.

— Boa noite — Lhe dei um beijo na cabeça e fechei os olhos , mas minha mente me obrigada e xingava , o que me fez responder : — Eu também te amo...


Notas Finais


ONNNNNW QUE FOFOS
EU SHIPPO TANTO
~
me desculpem a demora
eu ando meio ocupada , tanto que todas as fanfics estão paradas
aliás...
a tal "surpresa que eu estava preparando já está pronta , e eu irei sim postar no yt ^^
ent , é nois
bye sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...