1. Spirit Fanfics >
  2. Saint Seiya - Saga da Lua. >
  3. Capítulo 14 - Dúvidas a serem esclarecidas

História Saint Seiya - Saga da Lua. - Capítulo 16


Escrita por:


Notas do Autor


Olaaaaaaaaaaaa! Boa leitura

Capítulo 16 - Capítulo 14 - Dúvidas a serem esclarecidas


Fanfic / Fanfiction Saint Seiya - Saga da Lua. - Capítulo 16 - Capítulo 14 - Dúvidas a serem esclarecidas

Santuário - Grécia

Atena andava de um lado para o outro. As Saintias a observavam sem entender, confusas.

Já no salão de reuniões do Grande Mestre, os 24 Cavaleiros de Ouro estavam discutindo sobre como voltaram a vida, entre outras coisas. Estavam distraídos, até que Atena apareceu abrindo as portas duplas, e detrás dela, estavam suas Saintias.

(Pelo que parece, Ártemis não foi a única a entrar com estilo.)

- Precisamos fazer alguma coisa. - Saori falava enquanto caminhava até eles. As Saintias a seguiam no seu trajeto. - Eu sinto que algo vai acontecer.

- Todo mundo sente isso, minha Senhora. - Shiryu respondeu.

- Mas o que eu sinto é algo pior. Vocês voltaram a vida e a Ártemis Mitológica se matou há 7 anos, segundo os relatos de Calisto. Eu contei a vocês.

- Mas Allegra tem 22 anos segundo os relatos de Calisto, minha Senhora. - Shun indagou.

- É daí que podemos formular teorias. Se Ártemis se matou faz apenas 7 anos, então Allegra era apenas uma menina antes. Zeus deve ter dito a ela que receberia uma reencarnação humana, e não que já tinha. O que nos faz pensar que ela é apenas um receptáculo. - Milo captou o que Atena queria dizer.

- Duvido muito. A alma pode ter se juntado por completo com ela. - Shun retrucou.

- Mas Poseidon, Hades e Éris possuiram receptáculos. E suas almas deixaram os corpos escolhidos. Poseidon tomou o de Julian Solo, Éris tomou o da jovem Eire e mais tarde o de Kyoko, e Hades tomou o do Cavaleiro Shun de Virgem. Mas depois suas almas tiveram que abandoná-los, assim sendo derrotados. Poseidon voltou para a Ânfora de Atena, Éris voltou para a maçã e Hades foi derrotado nos Elíseos. - Seiya o respondeu. - Então, Allegra é sim um receptáculo, não uma reencarnação.

- Por isso que sinto que algo vai acontecer. A Ártemis verdadeira não veio a despertar. - Saori concluiu a linha de pensamento. - Ou seja, Zeus pode usá-la como quiser. Por isso, Allegra teve aqueles delírios. Zeus usou do corpo dela para invocar as almas dos 18 Cavaleiros. E vocês estão aqui. Agora.

Todos ficaram calados. Até sentirem um cosmo explodir; era Allegra ceifando o exército que destruiu seu Templo. Tudo estremeceu, e Saori caiu no chão. As Saintias tentaram socorrê-la, mas apenas um deles não sentia os tremores. E debaixo de sua roupa, tatuagens começaram a brilhar. Zeus estava o controlando para matar Atena.

Com uma voz macabra, o Cavaleiro de Libra falou:

- Atena. Eu vou te matar.

***

Allegra estava orgulhosa do seu trabalho. Agora Zeus sabia do que ela era capaz. Resolveu ir a seu Templo primeiro. No caminho para o Templo da Lua, ela meditava como iria reconstruir tudo.

Quando chegou, os portões estavam escancarados. Zeus quebrou a barreira que ela tinha colocado.

Caindo de joelhos, começou a chorar. Suas preciosas Satélites se foram. Sua amiga e General também. Ela amava cada uma delas. Ao ver o pranto da deusa, Lethya se aproximou, chorando também.

Lethya a abraçou, chorando também.

- Nós vamos conseguir, Allegra.

- Nós vamos.

Se apoiando no báculo para se levantar, as duas se ergueram. E quando se viraram, Calisto, Diana e Antíope sorriam para elas. As três pareciam cansadas, mas felizes.

A deusa Ártemis foi correndo até elas, e Lethya abraçou Calisto. Allegra e Diana se cumprimentaram e Antíope respondeu com um aceno de cabeça. A General de Themyscira falou, interrompendo o momento:

- Precisamos ir falar com Atena.

Allegra disse que iria também, e as cinco foram juntas. Aquilo era recomeço. As Satélites mortas seriam honradas. E teriam sua vingança.

***

Santuário - Grécia

Os tremores passaram. E quando Atena levantou o olhar, Dohko de Libra a agarrou pelo pescoço, enforcando-a. As tatuagens brilhavam até as pontas de seus dedos, e seus olhos ficaram flamejantes.

Shiryu o puxou, e Kiki teleportou Saori para longe. Mas não adiantou nada. Unhas enormes brotaram de suas mãos e ele começou a arranhar todos. Foi o tempo suficiente para Allegra e as outras mulheres irem correndo em alta velocidade.

- Mestre, pare! - Shiryu tentou contê-lo. Mas os cabelos castanhos-avermelhados se tornaram prateados, e ele adquiriu uma força além do comum para um cavaleiro.

Arremessou todos que tentavam proteger Atena longe. Quando ele enfim iria cortar sua garganta, a pendurando no alto pelo braço, uma voz soou autoritária:

- Solte Atena. E saia do corpo dele, agora!

Dohko caiu desacordado no chão, soltando Atena que caiu também. E suas mãos voltaram ao normal. A dona daquela voz era Ártemis, que estava acompanhada por suas Generais e duas mulheres desconhecidas.

Alguns ainda se levantavam do tremor. Outros por causa da luta com Dohko. Atena teve uma dor no pulso, que estava vermelho.

Shiryu e Shion acolhiam Dohko, mas ninguém tirava os olhos das cinco mulheres. Atena se levantou indo ao encontro da irmã.

- Allegra.

- Saori. Precisamos conversar.

- Eu sei. Você também precisa esclarecer algumas coisas.

Allegra parecia não entender. Mas Atena precisava saber a verdade, independente de qual fosse.

Precisavam montar aquele quebra-cabeça. 

Reencarnação ou Receptáculo?


Notas Finais


Olha sóóóóóóó! No próximo capítulo, saberemos melhor a origem de Allegra Kneell, a Ártemis. Até breve.

Que as constelações os guiem💖💖💖💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...