História Saint Seiya-The Legendary Holy War - INTERATIVA - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias Saint Seiya
Personagens Abel, Aiacos de Garuda, Apolo, Ártemis, Hades, Hypnos, Kagaho de Benu, Lune de Balron, Minos de Grifon, Myu de Papillon, Pandora, Personagens Originais, Poseidon, Radamanthys de Wyvern, Saturno, Thanatos, Violate de Behemoth (Estrela Celeste da Solidão)
Tags Cavaleiros Do Zodiaco, Interativa, Saint Seiya
Visualizações 11
Palavras 1.598
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi, depois de dez mil anos esta fic volta a ser atualizada (desculpem, foi um mês muito complicado)
Sinto que os leitores abandonaram esta fic, provavelmente pelos meus atrasos, se não abandonaram comentem para eu saber

Capítulo 41 - Aliado inesperado? Os Irmãos Guerreiros


Fanfic / Fanfiction Saint Seiya-The Legendary Holy War - INTERATIVA - Capítulo 41 - Aliado inesperado? Os Irmãos Guerreiros

Asgard (Floresta Celestial)

Em Asgard, num local conhecido pelos habitantes como floresta celestial, Boraug de Centauro e Jailson de Unicórnio caminhavam tranquilamente

Boraug: Tsc, com a merda destas árvores que emanam cosmo é impossível sentir inimigos

Jailson: Os habitantes daquele vilarejo advertiram-nos para não vir por aqui

Boraug: Tretas, como se existisse mesmo um monstro nesta floresta, agora um guerreiro deus talvez exista

Boraug e Jailson caminham durante algumas centenas de metros até chegarem a uma clareira onde existia um templo gigantesco

Servo1: Ah! Finalmente chegaram, acompanhem-me por favor

Confusos, Boraug e Jailson seguem o servo que os conduz através de diversos corredores do templo

Servo1: O meu mestre tem esperado por vocês, ele previu a vossa chegada

Boraug: Mestre? Por acaso não seria um dos guerreiros deuses, pois não?

Servo1: Mas é claro que é, o meu mestre é o senhor Umboni de Hræsvelgr

Boraug: Uma armadilha! Prepare-se para morrer

Umboni: Por que está tanto barulho aqui? Que se passa?

Boraug: Miserável, atrair os oponentes para uma armadilha assim, morra! Fotia Roufihtra (Turbilhão de Chamas, Boraug usa a fricção do ar sobre seus braços para criar uma grande tempestade de fogo que cobre seu corpo, em seguida com seus punhos Boraug propulsiona a tempestade que adquire a forma de um gigantesco pilar flamejante, forte o suficiente para destruir e queimar o oponente por completo)

Umboni: Tsc, usar uma técnica dessas aqui dentro, Yem (Yr ou Arco, Umboni evoca anjos armados de escudos e espadas, capazes de atacar diretamente o inimigo ou a técnica que este lance)

As chamas de Boraug são facilmente neutralizadas pelo golpe de Umboni

Umboni: Acalme-se Boraug de Centauro, não sou um inimigo

Jailson: Como não? Você serve a Odin que quer tomar a terra de Atena

Umboni: Eu não sirvo ninguém, apenas faço o que desejo, eu vivo neste santuário isolado para impedir que seja visitado por pessoas indesejadas

Boraug: Fale o que quer connosco de uma vez

Umboni: Ter uma conversa e dar um conselho a cada um de voz, mas para isso precisam confiar e mim, juro pela minha honra de guerreiro que não vos acontecerá qualquer mal

Boraug: Tudo bem, acho que podemos confiar, mas ao mínimo deslize acabo com você

Umboni: Hahaha! Faz muitas eras que um mortal não ousa falar assim para mim

Jailson: Mortal? Muitas eras? Como assim?

Umboni: Eu fui um mortal abençoado por Búri, o primeiro dos deuses que me agraciou com imortalidade e poderes de ver o futuro, e tudo isto porque uma vez protegi o seu neto Odin de um ataque fatal de Loki, perdendo eu a minha vida, mas fui ressuscitado e agora sou imortal, tudo porque salvei um deus, mesmo sem saber quem ele era

Boraug: Uau, então você tem….

Umboni: Muitos séculos, sim, já perdi a conta de quantos anos eu vivi, mas em breve irei desaparecer

Boraug: Mas se és imortal

Umboni: Estive durante todos estes séculos a treinar para atingir a Suprema Virtude, estou prestes a consegui-lo, quando isso ocorrer subirei a Valhalla como um deus e deixarei este mundo, mas antes preciso falar com ambos, sigam-me

Boraug e Jailson seguem Umboni para uma sala, quando os guerreiros entram, a porta fecha-se, deixando-os sós com o imortal

 

 

Zaine, Ana e Erick chegaram ao palácio Valhalla através da passagem no vulcão, e seguiam por um corredor que acabou numa arena de batalha

Zaine: 50 moedas em como aparece um guerreiro deus

Erick: Não aposto

Os cavaleiros aguardam uns momentos e dois guerreiros aparecem no centro da arena

Svitlo: Finalmente chegaram, sou Svitlo de Mizar a Estrela Zeta, guerreiro deus de Elite

Skygge: E eu sou Skygge de Alcor, guerreiro deus de Elite também

Zaine: Dois guerreiros deuses? Então se acabarmos com vocês só restará confrontar Odin

Skygge: Não é bem assim, ainda falta Alberich de Megrez

Erick: Como? Nós sabemos que Dubhe está desaparecido, assim seriam oito guerreiros deuses

Svitlo: O meu irmão Skygge é uma sombra minha! Assim como a sua estrela Alcor forma uma sombra da beleza da minha estrela de Mizar! Não permitiremos que ninguém passe por aqui

Ana: Não mesmo? Zaine, vá na frente, eu e Erick cuidamos destes idiotas

Skygge: Não ouviu o que o meu irmão disse amazona? Nenhum de vocês passará daqui

Zaine: Ana…Erick… Não morram! Quanto a vocês… SAIAM DO CAMINHO, GALAXIAN EXPLOSION (EXPLOSÃO GALÁTICA)

Svitlo e Skygge afastam-se do caminho para não serem atingidos pelo golpe de Zaine que pulveriza a parede atrás dos guerreiros revelando a saída

Skygge: O Cavaleiro de Gêmeos escapou

Svitlo: Alberich tratará dele, nós devemos concentrar-nos em matar estes dois

Ana: OS vossos amiguinhos disseram isso aos outros cavaleiros, mas morreram todos

Skygge: Não nos confunda com esses incompetentes, o nosso poder é muito maior que o deles, nós os dois possuímos poder para derrotar qualquer um

Erick: O problema é que lutaram com dois oponentes

Svitlo: Apenas um pequeno detalhe

Erick (murmurando): Ana, fique na retaguarda e dá-me cobertura, os meus golpes funcionam melhor ao perto

Ana: Entendido

Skygge: Já se despediram? Porque nenhum de vocês sairá daqui vivo

Erick: Veremos!

Svitlo: Você pretende lutar sozinho contra nós dois? Quanta presunção, vamos irmão, Viking Tiger Claw (Garras do Tigre Negro, Movimentando-se agilmente, Svitlo se lança sobre seu oponente para lhe acertar golpes de garras com suas unhas afiadas de sua armadura que produzem à seu inimigo terriveis feridas em todo o corpo. Seus golpes são executados a velocidade da luz e é acompanhado de um ar frio que cobre as feridas infligidas à vítima com uma fina camada de gelo)

Skygge: Shadow Viking Tiger Claw (Garras do Tigre das Sombras, Assim como Svitlo, Skygge se lança sobre seu oponente para lhe acertar golpes de garras com suas unhas afiadas de sua armadura que produzem à seu inimigo terríveis feridas em todo o corpo. Essa é uma versão mais rápida e potente das Garras do Tigre Negro de Svitlo)

Ana: Não se atrevam, Rozan Shoryu Há (Cólera do Dragão)

Erick: Excalibur (Excalibur)

Os guerreiros deuses de elite esquivam-se facilmente dos golpes lançados pelos guerreiros de Atena e infligem cortes profundos nos braços e pernas de Erick, nas zonas que não estavam cobertas pela armadura

Erick: Arg, que velocidade, mas eu também sou muito veloz

Erick parte para cima dos guerreiros deuses numa intensa troca de socos e chutes, defendendo perfeitamente os golpes de ambos e inclusive conseguindo atingi-los algumas vezes

Svitlo: Uma velocidade e força impressionantes, a sua Excalibur não tem tanta velocidade

Erick: Tsc, eu sou o cavaleiro mais poderoso do santuário no que respeita a combate corpo-a-corpo, nem mesmo Bonfim de Touro me supera, isto porque sou muito mais veloz do que ele

Skygge: Mas não nos vencerá apenas com golpes desses, e é muito fácil esquivarmo-nos da sua Excalibur, o que irás fazer, cavaleiro de ouro?´

Erick: Não se enganem, esse ataque foi apenas para testar a velocidade máxima de ambos, agora que já a conheço, não preciso segurar-me mais, Ana ataque com tudo! Excalibur (Excalibur)

Ana: Rozan Hyaku Ryu Há (Cólera dos Cem Dragões)

Os guerreiros deuses conseguem esquivar-se do golpe de Erick, mas são atingidos pela técnica de Ana, que lhes trinca um pouco as Robes

Svitlo: Entendo, a garota luta melhor a longa distância, nesse caso teremos de acabar com ela primeiro, Viking Tiger Claw (Garras do Tigre Negro)

Skygge: Shadow Viking Tiger Claw (Garras do Tigre das Sombras)

Os guerreiros deuses atacam Ana, esquivando-se de Erick, que tenta detê-los sem sucesso e atacam a amazona que utiliza os seus escudos dourados, localizados nos braços para se defender, porém os guerreiros deuses conseguem cortar os escudos facilmente, e em seguida ficam envolvidos por auras negras

Ana: Os meus escudos estão praticamente destruídos, como é possível?

Svitlo (voz macabra): Amazona de Ouro, não pensas que esses escudos resistiriam ao poder de um deus, pois não?

Erick: Como assim deus, vocês não passam de humanos

Skygge (vm): Estas cascas são apenas humanos sim, mas eu que os controlo sou um deus, e muito poderoso

Ana: Se és assim tão poderoso porque precisas deles?

Svitlo (vm): Ainda não possuo poder suficiente para materializar o meu corpo físico, mas já consigo controlar estes dois idiotas, preparem-se para morrer com este golpe, Death Shadow (Sombra da Morte, com este golpe, Svitlo e Skygge possuídos concentram toda a energia negra num raio de poder que reduz TUDO no seu caminho a pó)

Skygge(vm): Morram, huahuahua, Death Shadow (Sombra da Morte)

Ana: Eleve-se ao extremo máximo meu cosmo, Rozan Senryuu-há (Cólera dos Mil Dragões, Evolução da técnica mais poderosa da Constelação de Dragão. Ana com a mesma posição do Cólera do Dragão e o Cólera dos Cem Dragões, Libera toda a sua energia concentrada, criando assim uma onda de choque devastadora centenas de vezes superior ao Cólera dos Cem Dragões que avança, destruindo e consumindo tudo ao seu alcance)

Erick: O meu melhor golpe, Shin Excalibur (Verdadeira Excalibur, este golpe é idêntico à Excalibur, no entanto a onda de energia cortante é branca e possui um poder centenas de vezes maior, porém tal golpe debilita muito o cavaleiro que o lançar)

O embate estre os dois golpes gera uma gigantesca explosão que envolve os quatro guerreiros, quando a luz da explosão cessa, os corpos de Skygge e Svitlo estão completamente carbonizados, Erick e Ana estavam longe de ambos com algumas queimaduras e as armaduras destruídas

Ana: Haha, se não fossem as armaduras de ouro estaríamos mortos

Erick: Sim, mas vamos ficar inúteis por algum tempo, os meus músculos estão quase rasgados

Ana: Os meus também, precisamos de algum tempo para recuperar, espero que Zaine consiga sozinho


Notas Finais


Até ao prox cap, se é que alguém lê esta fic ainda


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...