1. Spirit Fanfics >
  2. Saint Seiya, um novo universo >
  3. Se soubesse tinha feito antes

História Saint Seiya, um novo universo - Capítulo 5


Escrita por:


Notas do Autor


Pqp hj eu tava com o fogo do inferno né possível kkkkkkk

Capítulo 5 - Se soubesse tinha feito antes


Fanfic / Fanfiction Saint Seiya, um novo universo - Capítulo 5 - Se soubesse tinha feito antes

Mais um dia se iniciava no Santuário e por incrível que pareça, dessa vez eu tinha acordado muito disposto. Minha energia estava transbordando e eu precisava gastá-la. Tomei um banho, comi umas frutas, vesti minha armadura e saí da Casa de Leão, indo em direção a parte mais baixa do santuário, onde eu treinava com meu irmão Aioros e nosso amigo Shura. Esperei por um bom tempo lá, mas já estava ficando impaciente.

Aioria: Cadê aquele dois, hein? Já estão muito atrasados pro treinamento. Ah foda-se, vou procurar aqueles folgados.

Comecei a subir as doze casas, em cada uma eu perguntava se tinham visto eles, mas os cavaleiros não sabiam informar onde estavam. Até que eu cheguei na Casa de Libra.

Aioria: Bom dia mestre Dohko, o senhor sabe onde meu irmão e Shura estão?

Dohko: Bom dia Aioria, hehehe aqueles dois pareciam bem fogosos quando os vi hoje.

Estranhei a risada de Dohko, mas me lembrei de um detalhe, a Casa de Libra era conhecida como o motel do santuário, então era natural que ele desse uma risada tão maliciosa.

Aioria: Mas então mestre, onde eles estão?

Dohko: Eles alugaram um de meus quartos, eu te ajudo a procurá-los se quiser.

Aioria: obrigado mestre Dohko, mas não há necessidade.

Me despedi de Dohko e adentrei sua casa, observando cada canto daquele lugar.

Aioria: Caralho, essa casa é grande mesmo, agora em que quarto que eles estão?

Comecei a ouvi uns barulhos estranhos vindo de um dos quartos, me aproximei e pude perceber que na verdade eram gemidos, não de dor e sim de prazer. Acredite, um punheteiro feito eu, que vivia observando escondido as Amazonas tomando banho, sabia muito bem diferenciar os dois tipos de gemido. Me aproximei do quarto, afastando um pouco a fina cortina que o cobria, e me espantei com o que vi.

Shura: Vai Aioros, mais forte, quero sentir cada centímetro do seu pau em mim.

Aiolos: hehehe Shura, vou fazer você delirar de prazer.

Eles estavam transando, agora tava explicado não tinham indo treinar, precisavam saciar seu fogo antes. Acabei ficando duro observando aquilo e pensei.

Aioria: Mas que porra é essa, porque meu pau tá duro sendo que eu tô vendo meu próprio irmão ali ? Foda-se também, agora preciso apagar esse incêndio que se iniciou em mim.

Tirei com cuidado a parte de baixo da minha armadura para evitar que eles me escutassem e comecei a acariciar meu membro, que estava duro feito pedra.

Shura: Ai- Aioros... ahh...

Aioros: Shura... nhhh

Estava tão excitante tudo aquilo, eu queria tanto estar participando. Já não me importava se era meu irmão que estava ali, eu só queria fuder com eles. Estava salivando de desejo. Eu estava perto de gozar então minhas pernas estavam começando a fraquejar. Acabei sem querer escorregando e caindo para frente.

Aioria: NÃOOO !!!

Acabei batendo minha cabeça no chão sem querer enquanto continuava segurando meu pau.

Aioria: Isso doeu...

Aioros e Shura: AIORIA !!??

Eles gritaram meu nome, eu fiquei extremamente envergonhado na hora.

Shura: o que você estava fazendo aqui?

Aioros: você ficou nos observando esse tempo todo?

Aioria: me perdoem, é que vocês não apareceram no treinamento, então resolvi começar a procurá-los. Mestre Dohko disse que vocês estavam em um dos quartos daqui então...

Aioros: Então você nos achou e ficou nos observando fuder enquanto se mastubava né irmãozinho.

O semblante de Aioros e Shura tinha mudado, de uma fúria, a um desejo pervertido.

Aioria: Sim, foi isso que aconteceu, me desculpem, eu não queria fazer isso, mas ver vocês dois nesse estado era tão excitante que eu não poderia ficar só olhando...

Os dois reparam no meu membro, que ainda se mantia ereto.

Aioros: Bem, mesmo assim vamos ter que te castigar Aioria, não é mesmo Shura?

Shura: Exatamente, você vai sentir o poder da Excalibur, Aioria.

Eu estava assustado, o que eles fariam comigo?. Foi então que Aioros me pegou nos braços e me jogou em cima da cama.

Aioria: O que farão comigo?

Aioros: Calma Aioria, vai ser bem melhor se você relaxar, prometo que vai ser bom.

Shura: Cadê toda aquela coragem digna de um cavaleiro de Leão hein Aioria?

Ele tinha razão, eu era conhecido como o mais corajoso, afinal todos de Leão são assim. Não havia necessidade de sentir medo de algo que eu sabia que seria prazeroso. Então fechei os olhos e respirei fundo. Comecei a tirar minha armadura.

Aioria: Então... vamos?

Aioros: É assim que eu gosto, irmãozinho

Shura: Vamos despertar a selvageria desse Leão, Aioros.

Dizendo isso, Shura se aproximou do meu pau, começando a lamber e a chupar toda a minha extensão, enquanto Aioros, lambia meus mamilos enquanto se mastubava.

Aioria: ahh... nhhh... caralho, isso é tão bom.

Eles nao precisavam concordar com palavras, só pelos seus olhares eu já sabia que eles também estavam gostando.

Aioria: S-Shura, você chupa... nhh... tão bem.

Aioros: hehehe, parece que você está realmente delirando de prazer né Aioria.

Shura: faço questão de aumentar ainda mais seu prazer, leonino.

Shura lambeu dois dedos e os enfiou na minha entrada, fazendo movimentos de vai e vem procurando minha próstata, enquanto fazia garganta profunda no meu pau.

Aioria: SHURA !!!

Ele entendeu minha mensagem, começando a intensificar suas entocadas naquele ponto.

Aioros: awn irmãozinho, você fica ainda mais gostoso quando está delirando.

Aioria: nhhh... hehehe vejo um pau querendo atenção aqui.

Comecei a masturbar Aioros, ele tinha um pau tão grande, maior que o meu com certeza.

Aioros: porra Aioria, você tá realmente fogoso hj né...

Aioros se aproximou, selando nossos lábios com um beijo quente e fraternal, nossas línguas se encontraram deixando tudo ainda mais excitante. O beijo abafava nossos gemidos de prazer.

Aioria: ahhh, Shuraa... Aioroooos...

Eu gozei, mas não foi como sempre era, foi bem mais prazeroso.

Shura: hmmm... glup... ahhh, leite de Leão é bom demais.

Aioros: agora que você está mais relaxado vamos sair do aquecimento. Vamos ver se você aguenta o pau de um sagitariano meu irmãozinho.

Maldito, cada vez que ele falava aquilo, eu fervia de tesão, ele falava de uma maneira tão pervertida que nao pude evitar, fiquei duro novamente.

Shura: Caralho Aioria, quanta energia hein.

Eles se posicionaram, Aioros atrás de mim e Shura em cima do meu pau. Eles eram tão gostosos, aqueles corpos sarados me excitavam demais.

Aioros: Preparado Shura?

Shura: Estou mais do que pronto, preparado Aioria?

Aioria: Sempre estive pronto.

Dei pra eles meu sorriso mais malicioso, e ele retribuiram da msm forma. Shura enfiou meu pau em sua entrada com cuidado enquanto Aioros começava a me fuder com aquela grande extensão.

Shura: ahh Aioria, seu pau é tão grande, mas deve está bem sensível já que acabou de gozar, hehehe isso vai ser bem intenso.

Aioros: puta que pariu, Aioria, seu interior é tão quente e úmido, e ao mesmo tempo tão apertado.

Aioria: Parem de me torturar, Aioros, comece logo a me fuder e Shura, comece a rebolar e quicar por favor.

Aioros: Como desejar, irmãozinho.

Shura: Seja feita a sua vontade, leonino.

E começamos a festa, Aioros ia aumentando a velocidade de suas entocadas enquanto Shura quicava em cima do meu pau, tudo que eu estava imaginando antes estava acontecendo nesse momento.

Aioria: Isso galera, me castiguem por eu ter feito o que não devia, eu mereço isso e aguentarei o que for, ahhh... nnhh...

Eu não sabia nem o que estava dizendo mais por conta do prazer. Nós estávamos fervendo de tesão.

Aioros: Sua bunda é tão gostosa Aioria, se eu soubesse disso teria te fodido há mais tempo.

Shura: Você está me arregaçando Aioria, que pauzão que você têm hein leonino.

Aioria: Vamos rapazes, se derramem em mim. Me lambuzem com seu leite.

Todos estávamos gemendo e com a respiração profunda e pesada, até que sinto que vou gozar, então aperto minha entrada, devorando ainda mais o pau do meu irmão enquanto Shura também aperta ao redor do meu membro.

Aioria: Eu não...

Shura: aguento...

Aioros: mais...

Gozamos em sequência, sentia todo o meu interior sendo preenchido pelo leite do Aiolos enquanto eu preenchia o interior do Shura, que por sua vez melou todo o meu abdômen.

Aioros: ahhh... isso foi tão bom...

Shura: concordo totalmente nhh...

Aioria: foi muito bom mesmo, mas eu ainda quero mais.

Aioros: hehehe, esse é meu irmão.

Aioria: que tal você ser o passivo dessa vez hein Aioros?

Aioros ficou um pouco pensativo, mas logo respondeu.

Aioros: tudo bem, quero ver se minha entrada aguenta o pau de vocês.

Nós todos nos posicionamos novamente, Aioros se deitou enquanto Shura ficava em cima dele, e eu estava atrás do meu irmão, sentindo meu pau latejar na entrada dele.

Aioria: Preparados Aioros e Shura?

Aioros e Shura: estamos prontos.

Aioria: pois bem, vamos continuar o que paramos.

Eu enfiei cuidadosamente meu membro na entrada do meu irmão, enquanto ele começava a lamber a entrada do Shura.

Aiolos: Aioria, não tenha pena, eu posso aguentar sua extensão tranquilamente.

Shura: Eu não seria tão confiante assim se fosse você Aiolos, hehehe.

Aioria: Se é assim que você quer então toma.

Dei uma entocada selvagem, escutando um gemido do meu irmão, e comecei a fuder aquele lugar que eu fantasiava quando não podia olhar as Amazonas. Shura já estava com sua "Excalibur" empunhada, então comecei a masturbá-lo, ele estava delirando, então o puxei para um beijo quente e erótico, lambendo sua língua e mordendo seus lábios. Por sua vez ele começou a acariciar o membro de Aioros. Aquilo tudo era o paraíso, um momento que eu não queria que tivesse fim. Perdemos a noção de tempo enquanto estávamos lá. Fuder a três era muito mais gostoso que uma simples punheta. Gozamos tanto que eu perdi a conta. Nos final do dia, o cansaço veio com tudo, nos fazendo agarrar no sono. Eu dormi ali mesmo com os dois, Aioros nos abraçava enquanto dormíamos com uma das mãos em seu peito.

No dia seguinte, todos nós estávamos sem condições para treinar, toda nossa força e energia tinha sido sido drenada no dia anterior. Passado alguns dias, nós voltamos à Casa de Libra.

Aioros: Iae mestre Dohko, algum quarto disponível?

Dohko: Bem vindos de volta, tem vários ainda, e olha quem temos aqui.

Dohko falou isso olhando em minha direção.

Shura: Pois é mestre, Aioria quis nos acompanhar dessa vez, hehehe.

Aioria: sabe como é né mestre, a "Flecha de Sagitário" e a "Excalibur" são boas demais para serem experimentadas só uma vez, hehehe.

Todos rimos nesse momento, logo após Dohko nos indicou onde estavam os quartos e fomos até um.

Aioros: Então galera estão preparados?

Shura: Estou mais que pronto.

Dei um sorriso malicioso e disse.

Aioria: Eu nasci pronto.

Fim


Notas Finais


éh isto galerinha, tomara que tenham gostado dessa putaria na Casa de Libra hehehe, quem diria que esse Leão podia ser tão selvagem né kkkkkk,enfim... aguardem pelo prox cap que talvez não vá demorar, abraço de costas e xau.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...