História Sakamaki: Shinsedai - Capítulo 51


Escrita por:

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki, Azusa Mukami, Kanato Sakamaki, Kou Mukami, Laito Sakamaki, Personagens Originais, Reiji Sakamaki, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Tougo Sakamaki "Karlheinz"
Tags Abuso, Ayato Sakamaki, Diabolik Lovers, Escravo, Kanato Sakamaki, Laito Sakamaki, Nova Geração, Reiji Sakamaki, Sakamaki, Sangue, Shounen Ai, Shuu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Suspense, Vampiros
Visualizações 48
Palavras 2.414
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Mistério, Romance e Novela, Shonen-Ai, Suspense, Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sadomasoquismo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Nas notas finais, há o futuro de cada um deles. Gostaria de agradecer a todas 240 pessoas (e as que virão), por acompanhar a minha história e tirar um tempo para lê-la. Quando pensei não estar boa, vocês vieram e me apoiaram nos comentários. Eu já teria acabado esta história no capítulo trinta se não fosse por vocês. Curti cada minuto ao criar esta história, e os dias que eu dormia as quatro hora da manhã só fazendo os capítulos valeu a pena. Espero que curtam e obrigada por tudo até agora. Fiz o máximo possível pra se aproximar do real. Eu quis fazer um casamento normal, acho que os dois merecem isso, e não um com todas as coisas de um casamento homossexual (creio que seja diferente). Perdoe se não se aproximou muito, fiz o possível. Esta aventura infelizmente acabou, mas espero que todos saíam daqui satisfeitos. Beijos desta autora maluca <3

Até um dia!
Futuramente, os capítulos irão passar por revisão.

Capítulo 51 - Capítulo Cinquenta e Um: Pétalas Brancas


Fanfic / Fanfiction Sakamaki: Shinsedai - Capítulo 51 - Capítulo Cinquenta e Um: Pétalas Brancas



I|I Narradora: ON I|I

 

 

Uma igreja especial, que é a preferida de casais famosos, foi mais que difícil conseguir reservar um dia para o casamento, mas cá estamos, o dia especial chegou após dois meses de preparação.


A parede, chão e teto são totalmente brancos, e as janelas também passam a impressão quando na verdade é o brilho exagerado causado por tanta limpeza. O tapete vermelho, da entrada até ao altar, destacava a cor vermelha, o sinônimo de amor para alguns. As janelas em estilo arco ficavam na lateral, mas a atrás do altar tinha um formato de retângulo.


Os assentos de madeira sofisticada ficam na horizontal, com arranjos de flores cor de rosas, verdes e um laço vermelho no final, colados em cada ponta dos assentos. Não faltou um arranjo também no balcão do altar, junto com a cruz da igreja.


Na entrada, uma porta branca enorme, porém fácil de mover, com decorações azuis e madeira. ''Eu quero algo fácil de abrir, porém quero que seja belo'' !  Ele (Hoshino) não pode esperar em saber qual tipo de barulho a porta vai fazer ao abri-la. Alto como as do coração?
 

 

 

 


[sala de espera do noivo (Hoshino)]

 

— Karlheinz: Falta dez minutos... Como está? — Karlheinz foi o escolhido por Hoshino para leva-lo ao altar, como o pai.  Ele estava observando a mulher dar os retoques finais no terno branco do Hoshino, com uma flor azul no bolso do casaco. Ele tinha se tornado um rapaz extremamente belo.  O terno combinava com a pele pálida e olhos que ganharam uma cor avermelhada, misturando o verde de antes.


— Hoshino: O spa de ontem me manteve calmo. Eu recebi apoio e palavras lindas de todos vocês, por isso eu sinto que posso andar por aquele tapete sem tropeçar. — Ele desceu do mini altar após estar com o look pronto. O cabelo estava impecável, como o brinco, que estava usando apenas um par na orelha esquerda, porque a outra estava com o Yasu. O cabelo foi penteado e jogado para o lado direito.


Karlheinz estava vestindo um terno cinza, ele escolheu esta cor por achar que o cinza é o ''pai'' do branco, a mesma relação dele com o Hoshino. Enfim, ele tomou cuidado pra não ser mais elegante que os noivos.


— Hoshino: Karlheinz. Muito obrigado! — Ele se sentou no chão, para se curvar.
— Karlheinz: N-Não faça isso! Vai sujar seu terno! — Hoshino gritou que não importava, que essa é a única coisa que pode fazer agora.


— Hoshino: Até que eu conheça a morte, eu serei eternamente grato ao senhor! 


— Karlheinz: Pode se levantar, Hoshino. Eu fico feliz que eu tenha ajudado você. Agora não estrague mais o seu terno e nem chore. Deixe isso para as brigas de casal ou quando ver seu filho se formar. Obrigado por deixar que eu fique ao seu lado na hora de te levar ao altar. — Ele deu um abraço forte, não queria deixar seu bebê ser tomado.


— Karlheinz: Você é um vampiro de dezessete anos, o primeiro noivo desta geração, e um vencedor. À todos que eu contar sua história, com certeza não esquecerão de você. Agora vá! Dê uma passadinha no banheiro antes, mas nada de ver o noivo ainda, viu?


O casamento passou das expectativas de todos. Perfeição é o que descreve este casamento, onde as pessoas contratadas são famosas pelo trabalho que fazem e por nunca conseguirem contrata-las por causa do preço. Nada vai dar errado, mesmo que queiram. Até as pessoas que não tem muita intimidade com os noivos, sabem o amor que um sente pelo outro, que este casamento não é como os outros. Existe um amor verdadeiro, sem interesses, sem conversa fiada.


 

 


[Enquanto isso, no quarto ao lado...]

 

 

A diferença do terno do Yasu é a flor, que é verde. Esperança e serenidade. 


— Yasu: Está tudo pronto, certo? Falta quantos minutos pra eu ir no altar? Todos já chegaram, né? Vou ver quantas caras feias por lá? — Ele estava pegando leve por hoje ser um dia especial, mas também como estava conversando com a Yui e Kanato... Por aqui, a parte onde os pais e filhos se abraçam e sente saudades já acabou, pelo menos é o que Yasu acha. Eles estavam se contendo, não queria pressionar mais o seu filho. Eles são os únicos que sabem o quão nervoso Yasu ficou de ontem pra hoje, ninguém dormiu.


— Kanato: Não tropeça, não me mata de vergonha. Vamos, Yui. — Ele estava indo lá pra baixo, a primeira fileira está reservada para ele.


— Yui: Calma, amor. — Ela parou de andar perto da saída, deu uma última olhada em seu filho e disse: ''obrigada por ser meu filho''. A vida, felizmente, tem que seguir, e eles apenas estão seguindo a deles. Mas como pai e mãe, parece que um pedaço do seu mundo está sendo tirado de você, quando na verdade está se expandindo.


 

 


[salão]

 

Esperando a hora, os convidados estavam conversando entre eles, alguns para saber sobre os noivos, e outros para saber se tem comida.


— Mai: Eu disse que não queria vir com esse vestido! Eu estou me sentindo muito gorda! — Mai, uma mulher loira, pele branca, com um vestido azul brilhante, foi convidada por participar do grupo ''pais e mães''.


— Shuu: Não da pra se comportar como um mulher? Não era pra você estar aqui. — Shuu só não é mais duro com sua esposa, porque não consegue, pois ela é mais masculina que ele. Ela insistiu em querer vir de terno feito para mulheres, e Shuu passou bocados pra botar juízo na mente dela. Mas ela também o ajuda, como o ajudou a escolher o terno, que é laranja, um tipo de roupa fora de seu costume. 

 


— Emi: Você pega muito no pé dela. — Emi, a mulher do Ayato, estava arrumando o cabelo de Mai, que também é sua melhor amiga.
— Ayato: Pare de falar com ele! — Deu um puxão no braço dela, para ela soltar a Mai. 


— Emi: Você é muito possessivo, Ayato! 


Emi é uma donzela de cabelo longo, olhos esmeraldas e, julgando pela aparência, é fácil de controlar. Ayato acreditou nisso quando a conquistou, mas acabou que foi conquistado primeiro.

— Subaru: Estão falando muito alto! Estamos na primeira fileira! Eu estou pouco me fodendo, na verdade, mas você são os únicos conversando alto! — Subaru reclamou ao lado de sua esposa, Kasumi.


— Laito: É só porque seu filhinho está ali como padrinho?
— Subaru: Não me dirija a palavra, seu filho da puta.


— Laito: Puta mesmo! — Batia no joelho ao mesmo tempo que ria.


— Kasumi: Parem! Estamos TODOS ansiosos! Os filhos de todos foram escolhidos para serem padrinhos! FILHO, VOCÊ ESTÁ LINDO!
Natsuki se virou de costas, com vergonha dos gritos da mãe, ainda mais o elogiando. Os ternos dos padrinhos são um branco-azul clarinho, sapatos brancos e gravata branca.

— Ayaka: Você também está lindo, filho! — A esposa do Laito gritou mais forte pra não perder uma competição onde só existe na mente dela e da Kasumi.


Com os padrinhos em seu lugar, Yasu entrou de braços dados com a Yui à sua esquerda. Ele estava tranquilo e sorrindo de alguma conversa que estava tendo com a mãe. Eles pararam um pouco para os fotógrafos tirarem fotos, e voltaram a andar. A sua mãe ficou ao lado direito do altar, junto com ele, aguardando a chegada do seu esposo. Enquanto isso, apreciava a música, as palmas e animação do pessoal. 

 

 

 

 


Cinco minutos depois...



 

O padre abriu sua bíblia no altar, beijou a cruz e, em seus pensamentos, abençoou esta igreja e as pessoas. Os fotógrafos entraram em suas posições, focando suas câmeras na passarela, pois as pessoas iam se levantando conforme a porta se abria e a música tradicional de casamento começava.


Um anjo pareceu ter aberto as portas do céu. Karlheinz ficou completamente apagado perto da beleza e da existência do Hoshino, que se tornou um vampiro importante. Ele segurava na mão direita o buquê, o mesmo buquê que ganhou de presente do Yasu, há dois meses antes. Ele deslizava lentamente pelo tapete, mas as chamas ardiam dentro dele. Seus braços estavam ligeiramente afastados do corpo, ele estava sorrindo para todos, tímido e pensando ''Não cai, não cai''.


Hoshino estava equilibrado com a música, movimentos das mãos do maestro e flash das fotos. Yasu, emocionado e tendo a alma renovada, repleto de sentimentos bons, esperava logo à frente Ele subiu no altar com o Yasu e ficaram com as mãos dadas.
 

 

 

 


Depois de alguns minutos de frases emocionantes e tradicionais...

 


— Padre: Hoshino, Yasu, que antes eram companheiros, namorados, amigos... Agora, darão o próximo passo para uma nova fase de suas vidas. Hoshino, é de livre e espontânea vontade que aceita o Yasu como seu esposo? — Hoshino respondeu Sim.  


— Padre: Yasu, é de livre e espontânea vontade que você aceita o Hoshino como seu esposo? — Respondeu Sim. Sendo assim, por favor, dêem-se as mãos para receber os votos de amor. 


— Padre: À vontade.

— Padre: Então, por favor. Repitam depois de mim:
— Padre: Yasu-san.


— Eu, Yasu, recebo a ti, Hoshino, como meu legitimo marido. Prometo ser fiel, amar-te e respeitar-te. — Yasu se tornou bem serio enquanto repetia os votos — Na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na pobreza, por todos os dias da nossa vida. — Eles cortaram a parte ''até que a morte nos separe'', para não trazer azar. Agora é a vez do Hoshino de falar.

 


— Padre: Algo que queira adicionar?


— Yasu: Estar com você é o propósito da minha vida. Eu nunca vou deixar você ir embora. Eu te amarei por milhões de anos, por gerações e gerações. 


— Padre: Hoshino-san.


— Eu, Hoshino, recebo a ti, Yasu, como meu legitimo marido. Prometo ser fiel, amar-te e r-r-r-espeitar-te. — Ele gaguejou, e Yasu alisou seu cabelo para ele ficar calmo. Os convidados aplaudiram um pouco.  — Na alegria e na tristeza, na saúde e na doença, na riqueza e na 
pobreza, por todos os dias da nossa vida. 


— Padre: Algo a adicionar?


— Hoshino: O carinho que eu recebo de você nos trouxe até à este altar. Se eu respiro, é por você. Tudo é por você. Quero mostrar ao mundo que você é o meu esposo.
 

 

 


[aliança]

— Padre: Yasu, Hoshino. Ao olhar para as alianças, quero que lembrem-se de que é uma das provas que vocês nunca mais ficarão sozinhos, que o par desta aliança pertence a quem compartilhas suas preciosas vida. Ela é um símbolo de compromisso.


- Padre: Por favor, a troca de alianças.


- Yasu: Hoshino, eu te dou esta aliança como sinal de que escolhi você para ser meu esposo e meu melhor amigo. Receba-a e saiba que eu te amo. — Colocou a aliança. 


- Hoshino: Yasu, eu te dou esta aliança como sinal de que escolhi você para ser meu esposo e meu melhor amigo. Receba-a e saiba que eu te amo. — Colocou a aliança.




 


''Pode beijar o noivo''
A multidão se emocionou e aplaudiu os noivos apaixonados









E então, Yasu e Hoshino foram para o lado de fora tirar fotos na parte externa da igreja também. Em seguida, foi a vez do Dj aparecer no salão de festa!


— ???: Amigo de qual noivo você é? — As pessoas importantes da mansão e trabalho do Karlheinz também foram para o casamento, e tentam tirar o máximo de informações de pessoas, que para eles parecem bobas. Tudo para saber qualquer coisa dos noivos. 


— Nagisa: Do Hoshino! E o senhor? — Nagisa estava se soltando aos poucos, deixando seus pés serem levados pela batida legal da música. Todos dançando, daqui a pouco ele vai se juntar também. 


— ???: Fui convidado do Karlheinz, que foi pelo noivo Hoshino também. O que você é dele? — O homem de terno caro, esbanjava dinheiro, mostrando suas joias e relógios em ambos os braços. 


— Eu sou o melhor amigo do Hoshino. 
— ???: Entendo. Não quer levantar? Aproveitar a dança? — Ele estendeu a mão, Nagisa a pegou apenas por educação.


— ???: Sabe, Nagisa-kun. É muito tedioso ir a um casamento sem acompanhante, apenas com amigos de trabalho. Quer me acompanhar durante este tempo? Podemos trocar um papo e, quem sabe, nos conhecermos melhor. — Ele acariciou as mãos do jovem.


— Nagisa: Desculpa, eu já sou comprometido. 
— ???: Não vejo problema. Eu só quero a sua... Amizade. 
— Riki: Quem é esse ossan (velhote pra caralho)?

 

 

 

 

 

 


[hora do corte do bolo]


Todos se reuniram em frente ao altar, pois a hora de jogar o buquê finalmente chegou. Está quase na hora do casamento acabar. A cerimônia, a festa, o jantar, mais DJ, todos aproveitaram cada segundo, se divertiram e não deixaram arrependimentos para trás. Agora, o Dj anuncia e pede para que os solteiros ''cheguem mais'' para pegar o buquê. 

— Hoshino: Todos estão prontos? Eu vou jogar! — Os solteirões e solteironas balançavam suas mãos como uns loucos. Os comprometidos assistiam de longe, até alguns padrinhos estão querendo.


— Um... — Se virou. — Dois... — Subiu devagar o buquê. — Três! — Jogou e quando ouviu o barulho de todos, se virou pra ver quem foi o sortudo(a).
— ???: Eu peguei... — Um rapaz foi quem agarrou o buquê.


— DJ: Parabéns, menino! Qual é o seu nome? Fala pra todos! Pode fazer inveja mesmo! — As palhaçadas do DJ são as melhores.
— Eit: O meu nome é Eit.


O garoto realmente tinha uma aparência jovem. No máximo tinha uns quatorze anos. Olhos pretos, sendo que a franja do cabelo cobria o esquerdo. 

 

 

 

 

 

 


[quebra de tempo]
[indo embora]

 


Os noivos saíram primeiro da igreja, receberam um banho de flash ao se beijarem na entrada da igreja. As pessoas, vindo logo atrás, jogavam arroz e pétalas brancas. Os pais e convidados dos noivos esperaram a oportunidade para abraça-los rapidamente, pois a carruagem (limousine) branca estava a espera, de portas abertas.


Eles irão para uma casa que Karlheinz comprou, que não era usada ainda, não tinha nada, era apenas por ter, mas agora arrumada e decorada, se tornou a casa do casal. Fica longe de todos, mas é de se valer a pena. 

 


— Hoshino: Y-Yasu! — Yasu o colocou nos braços. 


O pessoal gritava ao redor, gritava e apitava com apitos. 
Entretanto, em um lugar mais afastado, há um convidado que não estava lá para chorar, muito menos gritar de felicidades. Ele queria observar tudo de longe, porque ao se aproximar, teve vontade de transformar a felicidade em algo que gente do seu tipo acha que é realmente a verdadeira ''felicidade''

 

 


— ???: Tudo bem em deixar seu irmão ir? Não vai deixa-lo saber que é você? 
— Eit: O irmão dele é Tomori Ain, e morreu naquele dia. Agora, eu sou Eit. 







 


Notas Finais


Esposas dos Sakamakis mostradas: http://prntscr.com/kgcxio
''Eit'': http://prntscr.com/kgd25n


| | | |

Futuro (Cinco anos depois):
Natsuki:

Natsuki se casou com Chise, porém não revelou que é vampiro e nem pretende revelar.
Ele teve dois filhos com ela, um casal, se tornando assim o segundo noivo da família Sakamaki, da nova geração. Sua relação com Satoru melhorou, são amigos agora.

http://prntscr.com/kgcxs2

Shuura: Shuura assumiu o relacionamento que tinha com Seiji e enfrentou alguns preconceitos de seu pai e pai do Seiji, mas viram que não puderam fazer nada e permitiram, não foi fácil como o do Yasu e Hoshino. Eles ainda estão namorando, mas não pensam em se casar. Shuura pensa em se tornar pianista, como seu pai.

Seiji:

Ele foi contratado pelo seu próprio pai para ajudar em laboratórios particular do Karlheinz. Ele é quem manda na mansão Sakamaki, tanto nessa quanto em outra com uma nova família, uma tarefa importante. Ele também consegue sorrir mais agora, se libertando das brigas e um pouco de sua arrogância com coisas que tinha preconceito.

Satoru:

Ainda procura o amor da sua vida, pois sabe que as que tem em volta só querem o seu dinheiro ou beleza. Ele está fazendo faculdade.

Riki:

Ainda namora com o Nagisa. A banda dele continua firme como sempre, mas um dos integrantes está viajando, então estão um mês sem música nova. O motivo é bem particular. O namoro deles já foi aprovado pela família do Nagisa, que simpaticou com a carinha do Riki. Ele não deixou escondido, falou para as fãs que está namorando, mas não com um garoto. Ele vai surpreender Nagisa com também um pedido de casamento logo logo

Yasu & Hoshino:

Vivem em harmonia em sua casa. Estão pensando em finalmente adotarem dois filhos para ocupar os dois quartos reserva. Kanato passou a gostar mais do Hoshino, a trata-lo bem, tanto que comprou passagem para o Havai, para eles.
Eles se lembram todos os dia do casamento. O novo filho da Yui (Yuliy) adora o Hoshino, não consegue passar um dia sem pedir pra falar com ele no telefone, está se tornando um vampirinho esperto. O relacionamento nunca foi tão firme!





Muito obrigada!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...