1. Spirit Fanfics >
  2. Sakura >
  3. Sangue - One KakaSaku

História Sakura - Capítulo 6


Escrita por: Athan_Y

Notas do Autor


Oie meus tomates, eu sou a Isabella! 🌷

A oneshot vai ser KakaSaku, claro né?

Obs — 🍷

• Essa fanfic já havia sido publicada por mim em outra conta.

• Leva na zueira, poxa!

Idades — 🍷

• Kakashi : 30 anos
• Sakura : 22 anos


Explicações — 🍷

• O excesso de açúcar em uma dieta pode levar à diabetes, mas antes disso, a problemas circulatórios, oculares, deficiência de cicatrização, perda de sensibilidade nas extremidades e lesões em órgãos, como rins e cérebro, olhos (retina)

Capítulo 6 - Sangue - One KakaSaku


Fanfic / Fanfiction Sakura - Capítulo 6 - Sangue - One KakaSaku

Era inverno, não havia sol algum lá fora, a neve caía lentamente sobre o chão. Uma das estações favoritas para a Senju. Sabia que nessa época do ano raramente iria ao trabalho, pois ficava doente com facilidade, o ideal era ficar em sua casa, onde poderia aproveitar o aquecedor, suas cobertas quentinhas, atualizar as séries que deixou de lado. 


Estava cansada de ficar naquela sala enorme, Sakura estava tensa e com muita dor de cabeça. Tinha certeza que não era sua função decorar a sala de reuniões, mas não havia mais ninguém ali para fazer essa parte, estava tão cansada que assim que chegasse em casa, dormiria 


Respirou profundamente, podia sentir o cheiro das flores de cor rubi que havia colocado em cima da enorme mesa de vídeo que estava no centro da sala. Sakura sorriu se sentando em uma das cadeiras, seu olhar estava fixo naquelas flores. 


Sua cabeça estava piorando, a dor ficando mais forte e a tontura estava mais frequentemente. Ela sofria de muito açúcar no sangue, e infelizmente naquele dia havia esquecido de ir ao médico para tomar seu remédio. 


— Senhorita Senju ? – Ouviu a voz baixa de Kakashi próxima do seu ouvido, sentiu um arrepio quente correr entre seu corpo – Você está bem? 


— Estou um pouco tonta, senhor Hatake – Levantou-se da cadeira ajeitando a saia que havia ficado amassada – acho que deve ser um mal estar passageiro. 


— Acho melhor ir para casa, você passou o dia inteiro aqui hoje – Aproximou-se dela lentamente, suas mãos pousaram na cintura da moça a ajudando a se sentar novamente – esta pálida... 


— Muito açúcar no sangue – disse de uma vez sentindo o corpo amolecer. Kakashi a encarou por longos segundos e então pegou do bolso um canivete pequeno 


— Eu sofro de algo parecido – segurou a mão de Sakura virando para olhar o pulso – tenho pouco açúcar no sangue – ela não se mexeu e ele considerou isso como uma confirmação no que estava fazendo. Usou o canivete para fazer um pequeno corto no pulso da moça, e lentamente se aproximou passando a língua pelo sangue que escorria, mesmo baixo consegiu ouvir um gemido dela, o que o deixou alegre 


 





















A Senju arfou alto sentindo o ar de seu pulmão sumindo, podia sentir as mãos de Kakashi apertando seu seio por cima da linda blusa de cor vermelha, mas logo foi calada por um beijo necessitado e voraz do mesmo. O gosto metálico de seu sangue ainda estava presente em sua boca, era uma mistura doce e azeda tão gostosa que fazia ela sentir sua vagina formiga . 


A grande sala de reuniões agora presenciava o amor selvagem entre um homem por uma mulher de cabelos cor de rosa. Seus corpos se remexiam e se tocavam de forma desesperada em busca de algum alívio para o tesão imenso que sentiam em seus corpos. 


Sakura se encontrava sentada na grande mesa de vidro, seu corpo estava pegando fogo, sua pele queimava, ardia e implorava por contato. O Hatake deslizou as mãos pelas curvas Incríveis da Senju, como se pudesse saber o quanto ela desejava isso, suas mãos apertaram a carne macia dela com firmeza, parou somente quando alcançou a intimidade molhada da parceira. 


O homem passou um de seus dedos pela vagina encharcada da rosada, deu um pequeno sorriso ao ouvir o gemido da mesma implorando por ele, sentia seu membro pulsar em sua calça, que chega doía, incomodava mas ele precisava esperar.


 Rasgou o tecido fino que ela usava a penetrando com dois dedos, ia fundo e rápido com movimentos agressivos. Sakura jogou sua cabeça para trás deitando seu pequeno corpo na mesa, o prazer que sentia era enorme, sua mente estava confusa e não conseguia raciocinar nada direito. 


A Senju estava alucinada de prazer, seus olhos fixados em Kakashi, que por sua vez apenas admirava a beleza de Sakura se contorcendo de prazer na mesa de reuniões. A pequena garota sorriu tendo uma brilhante ideia, levou suas mãos macias até a barra da calça do platinado de olhos negros, desceu a mesma devagar vendo-o a comer com os olhos. Sakura passou a língua pelos lábios devagar, logo os mordendo ao ver a ereção de seu chefe, quase teve um organasmo ao se imaginar chupando cada centímetro daquele homem 


A calça de Kakashi se encontrava no chão, junto à cueca. Sakura estava com uma de suas mãos o masturbando na mesma velocidade que ele a penetrava. O casal gemia loucamente de prazer, simplesmente não conseguiam conter o prazer no corpo, precisavam deixar claro o quanto estavam bem com o contado. Kakashi sorriu de lado beijando o pescoço branco da garota, mordia, chupava, lambia delicadamente, podia sentir a mão da rosada puxar seu cabelo com firmeza. 


— Sakura…. Isso, amor — jogou a cabeça para trás fechando os olhos, os movimentos da rosada estavam mais rápidos, mais selvagens assim como os dedos dele dentro dela. 


— Kakashi… Kakashi, Ahh — Sakura inclinou seu corpo um pouco para cima, a língua do platinado percorria cada centímetro do seu pequeno corpo, era quente, macia e ágil a levando ao delírio extremo 


— Oh, baby. Olhe pra mim, você é minha — Kakashi gemeu baixo beijando a coxa da garota, onde mordeu de leve fazendo-a gemer alto seu nome 


Sua língua deslizou até a intimidade da mesma chupando até a última gotinha do orgasmo que ela fazia chegado. Sorriu de satisfação, queria mais dela, precisava de mais e por Deus, ela faria de tudo para tê-la somente para ela naquele maldito momento. Seu lado possessivo estava amando a forma que a garota gritava por ele, chamava e implorava para ser dele rapidamente. 


A língua macia do homem lambia e chupava o clitóris inchado da sua secretária, seus dedos ainda a penetraram mas agora seus movimentos eram sincronizados com os movimentos da língua. Ele sentia o orgasmo dela mais próximo e então se afastou virando a mesma de forma bruta na mesa, estava louco de tesão e precisava dela, do gosto dela. 


Sakura agora estava de bruços, Kakashi prendeu as mãos da sua garota atrás de suas costas, a deixando sem formas de se mexer. Sem parar com as provocações quentes, a blusa e saia foram parar no chão da sala. Ele passou a ponta de seu nariz pelas coxas da garota, que agora estavam vermelhas pelos apertos que ele havia dado. A língua do platinado a penetrou lentamente sugando todo o líquido que escorria pelas pernas dela, fazendo Sakura gritar de prazer 


— Calma, amor… Você está gemendo alto demais — A voz de Kakashi estava rouca, ouvir os gemidos de Sakura estavam enlouquecendo ele de prazer 


— Me fode….Kakashi — Ela revirava os olhos de prazer, sua voz estava alta e manhosa, levando o chefe a loucura 


— Eu cuido disso, você irá focar em mim agora, amor — O Hatake segurou o queixo da rosada firmemente, fazendo-a encarar seus olhos negros cheios de luxúria. Ele moveu o dedo indicador em círculos lentos pela cabecinha rosada e molhada com seu pré-gozo, segurou a base e aproximou-se da boca saliente e macia de Sakura — Oh, Sakura… Isso, chupa bem gostoso 


Gemeu alto ao sentir que a boca quente de Sakura engoliu seu pau sem demora, indo bem fundo em sua cavidade. A rosada queria muito tocá-lo, sentir suas mãos o apertando com firmeza, mas suas mãos estavam presas por ele. Kakashi gemeu arrastado chamando o nome da garota, levou suas mãos para o cabelo da mesma o puxando com firmeza, jogou sua cabeça para trás sentindo a sensação maravilhosa de ser chupado por ela 


Sentiu suas pernas fraquejarem, podia ver estrelas dançando à sua frente, a corrente elétrica passando por suas veias. 



Gemeu alto ao se deliciar com o gozo de Kakashi em sua boca, ele estava ofegante, seus cabelos estavam grudados na testa, uma visão linda para a rosada





















— Você só vai sair daqui quanto eu mandar, Sakura — Kakashi a invadiu sem delongas, segurou os fios rosados com força controlando os movimentos. Kakashi ainda se movimentava com brutalidade no canal da garota, puxou os cabelos dela com força a trazendo para ele, sua mão agora se encontrava batendo na nádega dela, batia, batia se batia com força arrancando gemidos deliciosos de Sakura. O suor escorria lentamente em seus corpos, apenas o barulho dos gemidos eram ouvidos. 


Kakashi gemeu arrastado ao sentir seu gozo preencher a garota, ela revirou os olhos ao sentir o líquido quente a invadindo, a sensação era ótima, queria mais. Mas estava cansada o suficiente para continuar, teria que terminar a brincadeira em casa 





















 







Notas Finais


Essa foi só um hot.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...