História Sakura Haruno - Sempre ao meu lado. - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Kakashi Hatake, Karin, Naruto Uzumaki, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju, Yamato
Tags Drama, Kakasaku, Kakashi, Naruto, Romance, Sakura
Visualizações 276
Palavras 2.437
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Quanta coisa em um capítulo só...meu santo Neji...

Capítulo 11 - Shirou Haruno


Fanfic / Fanfiction Sakura Haruno - Sempre ao meu lado. - Capítulo 11 - Shirou Haruno

“07/05

    Kakashi seu filho da puta desgraçado,

   

    Como você ousa ir embora e me deixar aqui com essa barriga gigante? Eu não estou aguentando mais, eu quero que o Shirou saia de dentro de mim logo. Tsunade me dispensou esta semana, estou em casa com peitos gigantes cheios de leite sem fazer nada, já li três livros, atualizei todas as minhas séries e assisti os filmes que eu desejava, mas ainda estou com um tédio gigantesco...Por que??

    Estou com saudades, e isso me deixa brava, Yamato disse que eu estou assustado até as formigas. Falando em Yamato, ele terminou o quarto do nosso filho, ficou a coisinha mais fofa, todo decorado de verde e branco, com vários brinquedo. O armário ficou incrível, está cheio de roupinhas e máscaras que sua irmã fez questão de me dar, ela disse que é uma tradição os filhos de Hatake usarem máscaras, então eu acabei aceitando. Eu não sei o que faria sem sua irmã! AAAh tenho notícias incríveis. Quando você voltar, não será apenas papai, mas também titio! Yumi está muito feliz, e eu compartilho desta alegria pois os dois primos serão criados juntos.

    Bom, estou indo me encontrar com Hinata e Ino! Te conto tudo depois.

                Com amor, Sakura.”

 

    Ino e Hinata me convidaram para almoçar com elas em um restaurante de esquina muito bonito que havia inaugurado mês passado. Vejo elas sentadas em uma mesa ao lado da janela que tinha uma vista linda para a rua, vou até lá.

    -Meu deus testa de marquise, Shirou está gigante, se continuar assim você vai acabar explodindo. - Ino diz se levantando para eu poder me sentar ao seu lado.

    -Cala a boca porca. Oi Hinata! - Hinata da um sorriso.

    -Você está linda Sakura, eu acho lindo o fato das mulheres darem vida ao mundo!

    -Pode ser lindo, mas é exaustivo. Estou sempre com fome ou sono. - Digo bocejando.

    -Não deve ser tão ruim assim, você já está de licença e o bebê ainda nem nasceu. - Diz Ino. - Você fica o dia inteiro em…

    -SAKURA!! - Hinata grita e se joga em cima de mim me empurrando para longe no momento em que um carro entra pela janela e para bem em cima da onde eu estava sentada. - Você está bem? Como está Shirou?

    -Eu estou bem, que olhos de águia Hinata… AAAIIH…- Olho para baixo e vejo minha roupa toda molhada. - Não, não está na hora.

    -Ino, o Shirou está nascendo, anda logo, você é a médica aqui. - Ino que por pouco não foi atingida estava olhando como o motorista estava. Com o grito de Hinata ela veio correndo me ver.

    -Isso não é bom. Você está de 7 meses? Está muito cedo. ALGUÉM LIGA PARA UMA AMBULÂNCIA IMEDIATAMENTE! Terá que ser cesariana. Hinata chama Yamato e Yumi, são eles que vão está com você né? - Ela disse isso tudo em uma velocidade impressionante. As contrações não paravam, e cada vez vinha mais rápido. Em um intervalo de 10 minutos a ambulância chegou e logo estávamos a caminho do hospital.

    -LIGA, PARA O YAMATO! - Gritei no meio de uma contração.

    -Já liguei, ele está a caminho. - Disse Hinata. - Vamos sakura respira fundo. - Hinata parecia está mais nervosa do que eu, e por algum motivo isso me acalmou.

    -É você que precisa respirar. - Eu estava com as pernas abertas e Ino estava olhando minha vagina. - Como está a situação aí em baixo?

    -Vai ser cesárea, não está dilatado.

    -Que pena, eu queria que fosse….AAAH DESGRAÇA DE ACIDENTE. - Gritei sentindo mais uma contração.

    Assim que eu cheguei no hospital fui recebida por algumas enfermeiras e médicos, todos amigos que estavam ansiosos para conhecer Shirou.

    -Você consegue Sakura!

    -O pequeno está chegando!

    -Força, vai doer mais você é uma mulher forte. - Eu apenas balançava a cabeça em concordância.

    Ino e Hinata ficaram na sala de espera, e algumas enfermeiras me leva para uma sala de cirurgia.

    -O que aconteceu? Não está muito cedo? - Era Yumi, ela, Yamato e Tsunade estavam na sala vestido roupas parecidas com as dos cirurgiões. Em cesariana costuma ficar apenas um acompanhante com a mulher, mas como era o neto da chefe que estava nascendo essa regra não estava sendo aplicada.

    -Aconteceu um acidente, Hinata me empurrou para eu não ser atropelada. - Digo já em cima da maca. - Tsunade, eles estão gravando?

    -Sim querida, Kakashi verá tudo quando voltar.

    -Obrigada. - Izumi, uma das enfermeiras que eu mais gosto me avisou que eu seria anestesiada, eu concordo e tudo fica preto.

 

    “08/05

    Kakashi,

 

    Shirou nasceu ontem, aconteceu um acidente e a bolsa acabou rompendo, eu ainda não o vi, na verdade eu acabei de acordar, sonhei que você estava aqui, e segurava nosso filho no colo, brincava de aviãozinho e eu olhava vocês rindo, você me olhar e sorri. Agora estou pensando, será que isso será apenas um sonho, ou você irá voltar para mim? Talvez aquela carta que você me deixou, me falando para encontrar uma outra pessoa, se aplique a você também, talvez você não se lembre mais de mim, pois agora está com uma mulher que luta jiu jitsu e anda com uma arma de fogo na cintura. Talvez ela tenha 1,70 de altura e está sempre com um rabo de cavalo alto prendendo seus cabelos loiros...ok, eu acho que eu ainda estou sobre o efeito da anestesia. Mesmo se isso acontecer, Shirou será sempre o seu filho, e eu nunca vou impedi-lo de te ver.

    Vou ir ver Shirou, adeus Kakashi.

                        Com amor, Sakura.”

 

    “09/05

 

    Kakashi,

 

    ele é a sua cara! Tudo bem que ele não está bem formado, e está todo enrugado, e que o nariz e a boca é igual os meus, mas os olhos são de cores diferente, um é verde e o outro é castanho avermelhado. O cabelo não dá para saber, pois ele ainda não tem nem um único fio. Não vejo a hora de pega lo no colo, por ter nascido prematuro eu ainda não consegui segurar ele, mas a Midori, a médica que cuida do Shirou disse que em pouco tempo eu poderei amamenta lo!

        Com amor, Sakura.”

 

        *Quebra de tempo de um ano e meio*

 

    -Yamato, você pegou a bolsa do Shirou? - Grito para o meu irmão que já estava apertando o botão do elevador.

    -Sim! Não se esqueça do Shirou de novo, não adianta nada levar a bolsa se você esquecer da criança.

    -Eu já disse que ele é igual o Kakashi, desaparece e aparece do nada, nem sei quando foi que ele aprendeu a andar. - Digo trancando a porta do apartamento com meu pequeno Shirou no colo. Como ele estava grande, seus cabelos cinza era todo bagunçado e Yumi conseguiu me convencer de colocar aquela bendita máscara nele, ele era a cara do pai, isso eu não posso negar, as únicas coisas que ele puxou de mim foi a boca e o nariz, mas eles estavam escondidos por baixo da máscara…

    -Casa titi? - Meu pequeno me pergunta.

    -Sim, adivinha quem vai está lá. - Ele pensa por um minuto.

    -Num sei.

    -A vovó Tsunade! - Digo entrando no elevador. Ele bate palma, e eu consigo ver um sorriso por baixo da máscara. - Ela voltou da viagem, e disse que te trouxe um presente.

    -Você gosta de presente Shinou? - Yamato pergunta. O pequeno balança a cabeça em concordância. Assim que a porta do elevador se abre e vamos até o meu carro...na verdade o carro do Kakashi. - É o aniversário da Yumi, mas quem ganha presente é o Shirou. - Meu irmão diz fazendo cosquinha no sobrinho e pegando ele no colo para coloca lo na cadeirinha do lado de trás do carro.

    Em dez minutos estávamos na frente da linda casa de Yumi e Itachi. Yamato sai do carro com a bolsa e o presente, eu vou até o lado de trás e pego Shirou no colo.

    -No chão mamã.

    -Tem certeza? Você não vai cair?

    -Não. - Então eu coloco ele no chão e pego sua mão. Yamato já está na porta apertando a campainha. Shirou tropeça no pequeno degrau e cai.

    -Eu sabia que você ia cair. Viu, machucou sua perna. - Escuto a porta se abrir. Shirou se levanta e olha para cima com a mão esticada. Vejo um sapato masculino se aproximando. - Itachi, ele...Ka...kashi.

 

   *Kakashi on*

 

    É hora do almoço do dia 01/10, aniversário de Yumi, ou seja, meu aniversário. Saio do aeroporto com Yuina, uma das atiradoras que estava na missão comigo.

    - Bom, acho que vou para casa. - Ela diz.

    -Não, você vai para a casa da minha irmã, hoje é o aniversário dela, e eu sou o presente. - Ela ri da minha piada.

    -Tudo bem, mas só um pouquinho. - Pegamos um táxi e eu dou o endereço. Eu tinha apenas uma pequena mala, e Yuina uma mochila, então não precisamos colocar nada no porta malas. Logo chegamos na bela casa de minha irmã.

    -Não vejo a hora de ver a cara dela! - Pago o taxista e vou até a porta, aperto a campainha e um minuto depois Itachi abre a porta. Ele fecha os olhos e me olha de novo.

    -Querida, eu venci a aposta. - Ele grita sem tirar os olhos de mim.

    -Qual delas? - Yumi grita de algum lugar da casa.

    -A mais alta. Parece que vamos para o Hawaii nas férias. - Fez silêncio por dois minutos, escuto alguém correndo pela casa, e Yumi aparece no final do corredor. Ela me olha, corre até mim e me dá uma grande e gloriosa voadora na cara que me faz cair.

    -Calma…- Tento dizer, mas sou interrompido.

    -Seu estúpido, passou de dois anos. E por que está aqui e não com Sakura? - Ela diz me olhando de cima. - Você é um…

    -Querida, ele está com uma garota. - Ela olha para Yuina, ergue uma sobrancelha e diz:

    -Quem é você?

    -Sou Yuina Shinaku. Fui parceira do Kakashi. - Ela se apresenta.

    -Entendo. Pode entrar, sinta se em casa. Por que não me disse que ia trazer uma amiga? - Ela me olhar com olhos cheios de julgamento. Itachi me ajuda a levantar.

    -Como foi que eu dividi o útero da minha mãe com isso? - Meu cunhado ri e então entramos. Descubro que tenho uma sobrinha linda de quase um ano chamada Mei, fico apaixonado por ela, e não quero mais soltar, mas acabo deixando ela no berço.

Yumi estava preparando um almoço, e com o passar do tempo as pessoas foi chegando. Algumas velhos amigos como Asuma, Gai e Naruto, eu não fazia a menor ideia de como Yumi conhecia eles, e nem como ficaram tão próximos. Alguns ex companheiros da delegacia, Neji, Shikamaru e Tenten, e mais alguns conhecidos. Todos me olhavam como se quisessem falar algo que não podia. Então a campainha toca mais uma vez.

    -Kakashi, maninho lindo do meu coração! Abre a porta por favor!

    -Agora você vem com essa de maninho, né? - Digo indo até a porta. Escuto um choro infantil do outro lado.

    -Eu sabia que você ia cair. Viu, machucou sua perna. - Abro a porta e vejo Yamato, ele fica sem reação, não fala um “a”. Ele chega para o lado e vejo Sakura agachada, vou em sua direção e...era um bebê com a minha cara? A criança me olha e estica os braços. - Itachi, ele...Ka…Kakashi.

    -Ele...é…? - Olho para ela faz que sim com a cabeça e vejo lágrimas em seus olhos e um sorriso na boca.

    -Mamã, ele é o cala da foto? - O garotinho diz, mas como estava chorando e não sabia falar corretamente, eu tive dificuldade em entender.

    -Sim, querido. É o moço da foto.

    -É papa? - Sakura apenas concorda com a cabeça.

    -Ele tem quantos anos?

    -Um ano e seis meses.

    Eu me agacho e fico na altura do garoto.

    -Qual o seu nome?

    -Shirou Haruno Hatake. - Ele fala por trás da pequena máscara.

    -E você sabe quem eu sou?

-Kakashi, o papa. - Lágrimas começam a sair por meus olhos. Eu não acredito que eu tenho um filho! Eu pego ele no colo e olho seus olhos, um era verde como os da Sakura, e o outro era castanho avermelhado.

-Sakura, eu sinto muito, eu queria tanto está aqui, em cada momento…

 

*Sakura On*

 

-Kashi, você que um pouco de peixe? Eu te dou um pedaço do meu! - Uma mulher de aproximadamente 1,70 de altura, com um rabo de cavalo prendendo seus cabelos loiros aparece na porta com um prato. - Oi! Eu sou Yuina, uma amiga muito próxima do Kakashi, não é mesmo Kashi? - Ela diz a última frase piscando o olho para Kakashi. - Eu não sabia que você tinha um irmãozinho Kashi.

    -Ele não é o meu irmão.

    Yuina me olha e depois olha para Kakashi.

    -Ela é a Sakura? A famosa Sakura?

    -Sim.

    -Bom, prazer em conhece lá. É melhor eu ir, já vi que você não é uma desculpa para ele não dormir comigo. - Com isso ela entrega o prato para Yamato que estava observando tudo da porta e vai embora.

    -Yamato, poderia nos dar licença? - Kakashi pede. Então meu irmão entra.

    -Aquela mulher queria dormir com você? E como assim “uma amiga muito próxima”? Que mulher…- Ele tira a máscara, e me puxa para um beijo, com Shirou entre nós. Foi o melhor beijo da minha vida, ele era cheio de amor e saudade. - Eu senti tanta saudade.

    -Não mais que eu. - Escutamos um clic, então olhamos para trás e lá está Tsunade com uma câmera na mão, preparada para tirar uma foto.

    -Vamos, continuem. Precisamos registrar esse reencontro.

    -Mãe! Você estragou o momento. - Gritou Yumi que estava olhando por cima de uma cerca.

    -Vocês duas vão para dentro agora! - Kakashi fala grosso.

    -Tudo bem…- Tsunade se aproxima e pega Shirou. - Vem meu pequeno, deixa o papai e a mamãe namorar.

    -Não sei como eu aguentei ficar tanto tempo sem vocês. Minha mãe, minha irmã e minha noiva.

-Então quer dizer que eu ainda sou a sua noiva? E aquela carta dizendo para mim encontrar outra pessoa? Bom eu encontrei, e por sinal estou muito feliz com ele.

-Ele não vai ligar de compartilhar a mãe dele comigo.

-E se eu não quiser mais casar?

-Bom...Sakura Haruno, você aceita se casar comigo? - Ele me pede de joelhos. - E formar uma bela família, eu, você e Shirou?

 


Notas Finais


A fic esta quase acabando pessoal, falta apenas mais um capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...