História Salém - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Personagens Personagens Originais
Tags Salém | As
Visualizações 9
Palavras 373
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Magia, Sobrenatural
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas do Autor


Para Belatriz, o dia de seu aniversário era um dia comum como todos os outros. Porém esse aniversário seria diferente, nesse aniversário ela descobriria coisas que sua mãe não foi capaz de dize-la. As coisas começam a ficar cada vez mais estranhas entre ela e o garoto misterioso.

Capítulo 5 - Calafrios


Fanfic / Fanfiction Salém - Capítulo 5 - Calafrios

31 de outubro

Belatriz acordou como qualquer outro dia. Desceu e tinha uma Belo banquete na mesa de vidro que ela sempre lembrava de seu avô falecido a muito tempo na cidade de Rosewood.

(Belatriz) mais oque é isso mãe?

(Pretrinna) UE, hoje é seu aniversário, certo? Ah, parabéns minha filha.

Fui abraçada fortemente pela minha mãe, que hoje parecia mais pálida do que jamais visto. 

Comemos e então fui para tv. Minha mãe se aproximava e se punha a sentar ao meu lado.

(Petrinna) quer saber oque houve como você durante esses dias?

(Belatriz) pode dizer..

(Petrinna) lembra aquele dia que você estava no banho e seu cabelo mudou de cor? Então, bruxas quando estão com certos sentimentos, seus cabelos demostram isso. Aquele dia você estava triste, e o seu cabelo ficou preto, muito preto.. é assim com todas as bruxas.

(Belatriz) mais por que você me diz isso só agora mãe? Oque vou dizer prós meus amigos?

(Petrinna) já tens amigos??

(Belatriz) não... Mais...um dia eu vou ter. Certo?

(Petrinna) Claro!

Havia chegado pela primeira vez uma carta. E era para mim. Estava escrito:

" De : Will

Para : Belatriz

Então hoje é o seu dia né meu amor. Quanta falta você faz aqui em Rosewood. Seu amigos querem notícias de você! Principalmente eu. Como você está? Essa cidade é legal? Tem algum filho da puta te magoando por aí? Me fala que eu vou correndo! Só queria te parabenizar e te dizer que te amo muito!

                                    Ass: Will, seu                                                             grande amor "

 - Quanta saudade! - falo dando um suspiro e chorando - 

Minha mãe perguntou do que se tratava e só disse que era carta de um dos meus amigos. Ela não gosta nem um pouco do Will.

-------------------------------------------------------

Fui para escola um pouco mais cedo pois minha mãe iria ir para cidade. 

Quando cheguei lá estava ele. Aquele garoto novato que eu não sabia o nome, ele estava cada vez mais misterioso. Com aqueles olhos verdes e sua pele pálida. Venho uma imagem na minha cabeça, eu estava beijando-o até que ele foi para o meu pescoço e me deu uma mordida. Eu comecei a sangrar e sangrar muito. tudo ficou preto. quando me deparei ele estava olhando para mim e eu para ele. Oque diabos aconteceu ali? Será que ele é.... Um..... VAMPIRO!!!!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...