História Same Old Love - Capítulo 4


Escrita por:

Visualizações 280
Palavras 700
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Esporte, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Romance e Novela
Avisos: Álcool
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente! Sério eu to felizona com os favoritos dessa fic! Novidades nesse capítulo 😳😳😳

Capítulo 4 - Capítulo 4


Fanfic / Fanfiction Same Old Love - Capítulo 4 - Capítulo 4

*Nathalie On*

 

Como combinado chamei Neuer e Kimmich para a entrevista, eles ao contrário de mim estavam bem mais calmos.

 - Ei! Nathalie, seja bem vinda ao time - disse Kimmich apertando minha mão 

 - obrigada! Rs - 

 

Os microfones já estavam prontos, chamei eles e dei os comandos, falando se não quisessem responder qualquer pergunta era só levantar a mão que eu interferiria; Fiz um sinal indicando o início da entrevista, que seria de 15 min; Os jogadores só poderiam falar sobre o último jogo e o da próxima semana, ou seja o da champions contra o PSG! A partidária seria em casa, mas todo jogo é de extrema importância quando falamos dessa competição.

 

Passaram se 15 min, monitorei tudo pelo tablet e não precisei interferir, posso dizer que minha primeira atuação como relação internacional do Bayern de Munique foi bem sucedida! 

O resto do dia no CT foi resumido em pré champions, tentei organizar e estudar sobre tudo que poderia acontecer. 

Quando estava saindo do trabalho, exausta, literalmente resolvo ir para um bar comemorar; O bar era relativamente perto de minha casa, era um ambiente de happy hour super legal, sempre que passava na frente via vários grupinhos de amigos conversando, e dando risada. Parecia um ambiente legal! 

Dito e feito, entrei no lugar era muito aconchegante, resolvi sentar no balcão e pedir uma pequena dose de vodka, enquanto o garçom estava preparando, dou uma olhada nas mensagens que tinha, eu era bem desapegada de celular, tinha poucas redes sociais, mas WhatsApp era algo que precisava ter, tanto para trabalho como para avisar minha mãe se estava bem ou aonde estava.

 - Ei! Não acredito que você é dessas! - uma voz conhecida me chama; Olho para o lado e vejo os olhos de Kimmich me encarando.

 - como assim, dessas?! - 

 - você não tem cara que sai do trabalho e vai para um bar... - 

 - Ué, porque não?! Não posso?! - O que ele estava achando que era para falar isso?! 

 - Claro que pode, só tem cara que é fraca para bebida.. - diz com um sorrisinho de canto de boca.

 - Eu?! Ata! Você não sabe o que está falando.. -

 - minha intuição nunca falha.. - isso realmente não podia estar acontecendo! Resolvi ir para um bar, comemorar e Joshua Kimmich aparece falando que, sou fraca para bebida;

 - se você está tão confiante, então vamos fazer um jogo?! 8 shots em menos de 1 minuto! - 

 - você tá brincando né?! - 

 - óbvio que não! - 

 - ok então! Só se você passar mal, não me responsabilizo por nada tá?! -

 - não precisa! - 

 

Se tem uma coisa que não é verdade é eu ser fraca para bebida, foram poucas as vezes que passei mal.. e olha tem q ter muito álcool. 

O garçom trouxe os 8 shots de vodka para cada um e um cronometro também, essas “competições” eram bem comuns na Europa, então os garçons sempre tinham algo para medir o tempo no bolso...

 - preparem-se... 1, 2 , 3 e vai! - 

 

Engoli aquilo como se fosse a última vez que poderia tomar alguma coisa. 

 - acabei! - gritei batendo na mesa

Ainda faltava 1 shot para Kimmich acabar, ou seja eu venci. 

Começamos a dar risada não entendo o motivo de toda a nossa rivalidade.

 - acredita na minha capacidade agora?! - digo entre risadas

 - você me enganou completamente - ele fala fazendo um biquinho 

 - então, agora como pessoas centradas e normais, e sem competição por favor , como você chegou aqui em Munique?! - 

 

Conto sobre a minha vida, falo sobre o episódio com Robert, mas obviamente sem mencionar o nome dele, comento sobre como era trabalhar em Londres e minha vida lá.. Ele também me conta mais sobre ele , sua adolescência e como vivia na capital da Baviera. Como era dia de semana resolvemos ir embora “cedo” pois amanhã seria dia de trabalho! 

Nos despedimos com um abraço.

 - Será q já posso te considerar minha amiga?! - kimmich diz

 - não duvidando mais de minha capacidade, pode - respondo rindo

Nos despedimos e vou para casa, agora sim, descansar!.


Notas Finais


* uma pequena correção, no capítulo 2 eu escrevi que a entrevista seria com Manuel Neuer e Thomas Müller, mas o certo seria Manuel Neuer e Kimmich!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...