1. Spirit Fanfics >
  2. Samurai Destiny >
  3. Começo de jornada

História Samurai Destiny - Capítulo 10


Escrita por:


Capítulo 10 - Começo de jornada



Martin: Hasuke, acordaaaaaa. Gritou

Hasuke: Aaaaaaa, eu estava sonhando com comida

Martin: Problema é seu, venha tomar café.

Me levanto, escovo os dentes e vou em direção a sala onde o povo estava reunido

Richard: Bom dia

Ozuki: Meu irmão, bom dia é o caralho dormi mal demais 

Iroshima: Bom dia pra você também Ozuki.

Hasuke: O que? Como o iroshima está cozinhando e está aqui na sala ao mesmo tempo?

Kenen: Idiota, esse maluco consegue fazer clones.

Guzman: Sim, as habilidades dele são incríveis.

O clone dele chega com o café da manhã e coloca em cima da mesa 

Iroshima: Espero que gostem.

Sasha: A comida do Iroshima e Guzman são as melhores da casa! Disse de boca cheia.

Richard: Eu prefiro a do Malkia, com todo respeito.

Hasuke: Malkia?

Richard: Sim, ele saiu pra uma missão vai fazer 8 meses.

Hasuke: Porque tanto tempo assim?

Kenen: Suspeitamos de uma organização criminosa pior que os Genjis, talvez eles sejam responsáveis por ter espalhado o vírus pelo mundo.

Guzman: Sim, porém recebemos a informação do corvo dele semana passada, o corvo dizia que ele está bem e tem informações importantes.

Hasuke: Ele parece ser interessante só por ter um corvo.

Richard: Ele é o Samurai negro...

Hasuke: Samurai negro?

Sasha: Não sabemos explicar, desde a aniquilação da humanidade, Malkia despertou uma criatura maligna dentro dele, ele é capaz de controlar basicamente qualquer morto.

Kenen: Eu odeio admitir, mas ele é incrível.

Martin: Ele é um oponente digno, eu gostaria de tampar na porrada um dia com ele, espero que ele esteja bem.

Guzman: Vamos encerrar o assunto e começar nossa missão de verdade.

Richard: Certo.

Guzman: Eu irei proteger nossa base enquanto vocês estão fora, irei falar a seguir as duplas:

Todos ficam em silêncio e escutam Guzman.

Guzman: 

1: Richard e Kenen.

Richard: * Além de abandonar Hasuke, irei ficar com alguém que não gosta de mim... * pensou.

Kenen: Humpft, só pode estar brincando.

Guzman: Não se meta Kenen, essa é sua equipe.

Guzman: 2: Iroshima e Sasha.

Equipe 3: Ozuki e Hasuke 

Hasuke: * Vou ficar com o samurai das agulhas totalmente estranho? * Pensou

Ozuki: * Se ele tentar me atrapalhar em algo, irei furar ele todinho. * Pensou.

Guzman: Não temos mais membros presentes, os outros ainda estão em missão, portanto Martin ficará sozinho nessa jornada.

Martin: Não se preocupem, estou disposto a matar qualquer um na base na porrada.

Kenen: Acho importante lembrar que ninguém liga pra você.

Martin: O que você disse seu muleque?

Richard: Calma meninas, concentrem na missão.

Guzman: Quero que vocês passem na cidade de sobreviventes perto de Itagure, lá tem mercados e podem comprar coisas importantes pra suas viagens.

Hasuke: Uma cidade de sobreviventes que nunca ouvi falar?

Ozuki: Pelo que eu entendi você nunca nem saiu daquele bosque.

Richard: Pega leve com ele Ozuki.

Guzman: Está na hora, vão.

Todos pegam seus equipamentos e saem da casa

Guzman: Pessoal, tomem cuidado, vocês não sabem o que te espera lá fora.

Martin: Não se preocupe comigo, sou quase imortal.

Iroshima: Deixarei um clone aqui Guzman, ele vai te ajudar.

Guzman: Agradeço, Iroshima.

Richard: Martin se você morrer não irei te perdoar nunca.

Sasha: Se algum de vocês morrerem, eu mato de novo!

Hasuke: Vocês realmente se amam em.

Ozuki: Vamos Hasuke, não temos tempo.

Guzman: Boa sorte pessoal, tragam Kenjetsu de volta.

Os membros chegam na cidade.

Porteiro: Se certifiquem, quem são vocês? 

Ozuki puxa suas agulhas e mostra pro porteiro.

Ozuki: Não interessa, abra logo.

Porteiro 2: Não está vendo que são os heróis da nação? Os grandiosos samurais!

Porteiro: Realmente, peço desculpas! 

O porteiro abaixou o portão, que ficava em uma muralha.

Hasuke: Você precisa se controlar mais Ozuki.

Ozuki: Na próxima vez que você dizer pra eu me controlar, eu te mato, disse Ozuki em um tom nervoso.

Kenen: Por mais que ele mereça, não mate o filho do nosso samurai ainda.

Martin: Vamos meninas, deixa as brigas pra depois.

A cidade toda recebe muito bem os samurais e gritam seus nomes...

- Richard o braboooo!

- É o filho de Inuzuke?

- Cadê a Kunan?

- Onde está Malkiaaaaa?

- Venham, tomem frutas frescas de graça.

Richard: Vamos nos separar aqui, espero encontrar todos vocês vivos novamente.

Sasha: Boa sorte pessoal.

Cada um segue pra um lado, compram o necessário e seguem em busca de Kenjetsu.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...