História Sangrando Bosta - Capítulo 15


Escrita por:

Visualizações 11
Palavras 337
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fantasia, Ficção, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Policial, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Sobrenatural, Steampunk, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Loucura, loucura no Caldeirão do Huck.

Capítulo 15 - Loucura


Fanfic / Fanfiction Sangrando Bosta - Capítulo 15 - Loucura

Sharkinhos caminhava tranquilamente na rua, até um homem parar na sua frente.

Sharkinhos: -Luciano Huck?

Luciano Huck: -Claro meu amigo!

Sharkinhos: -Eu não sou seu amigo.

Luciano Huck: -Tudo bem, então vamos aproveitar que você está na loucura do caldeirão, para dizer que você está convidado para participar da nova versão da série Lost.

Sharkinhos: -E o que é que eu tenho a ver com essa série?

Luciano Huck: -Bem você está perdido no amor certo?

Sharkinhos: -NÃO!!!

Luciano Huck: -É que eu ouvi você falando sozinho, logo presumi que você estava louco, e então também presumi que estava louco por amor.

Sharkinhos: -Isso não faz o menor sentido, e eu não estava falando sozinho!

Luciano Huck: -Caramba mais que loucura no caldeirão.

Sharkinhão: -Você tem problema?

Luciano Huck: -Loucura, loucura, loucura!

Sharkinhos: -Chega.

Sharkinhos empurra Luciano para o meio da rua, para a sorte de Luciano o sinal estava vermelho.

???: -Parado ai.

Sharkinhos: -Quem é você caralho?

???: -Eu sou apenas um segurança de shopping, porém pode me chamar de Paul Blart.

Sharkinhos: -Que seja.

Paul Blart: -Você fez eu deixar meu posto no shopping para te empedir de fazer alguma besteira.

Luciano Huck: -Não prenda ele, a audiência de "Perdidão" depende dele.

Paul Blart: -Perdidão, a nova série da Globo?

Luciano Huck: -Essa mesmo!

Paul Blart: -Nossa eu juro que não vou perder um capítulo!

Luciano Huck: -É assim que se fala, agora algema e coloca ele no porta-malas do meu carro.

Paul Blart: -Sim senhor Luciano!

Paul então algema Sharkinhos e o arrasta pela cauda até o carro.

Sharkinhos: -Sabe que eu posso simplesmente me levantar e matar você e o narigudo ali né?

Paul Blart: -Cala a sua boca, se você fosse capaz de fazer isso eu não já teria chegado na metade do caminho.

Sharkinhos: -Eu não tenho nada para fazer e estou com vontade de ver aonde isso vai dar.

Paul Blart: -Já mandei você calar a boca.

Sharkinhos: -Quer saber, já chega!

Sharkinhos fecha o porta-malas do carro, ele fica preso dentro, porém os braços e a cabeça de Paul também.

Luciano Huck: -Minha nossa, você acha que era realmente necessário matar este pobre homem?

Sharkinhos: -Acho!!!

Luciano Huck: -Bom tanto faz, vamos nessa!

CONTINUA...


Notas Finais


O mundo precisa jogar mais o jogo-da-velha.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...