História Blood and Shadows - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Yandere Simulator
Visualizações 7
Palavras 283
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Ecchi, Famí­lia, Ficção Adolescente, Luta, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Opa, olha quem resolveu aparecer ^^'
Sentiram minha falta? Ñ, né? Imaginei, mas ok kkk

Capítulo 1 - Prólogo: Sombras e Despedida


Fanfic / Fanfiction Blood and Shadows - Capítulo 1 - Prólogo: Sombras e Despedida

– Eles parecem estar se divertindo. – diz ele que observava atentamente as crianças inocentes e avulsas de qualquer “problema adulto".

– Sim... – o olhar dela se perdia, como se ela estivesse num mundo apenas dela.

– Não deveria estar feliz, então? – Os olhos dele se voltaram à moça ao seu lado.

– Eu estou! É só que... – Ela baixou a cabeça.

– Está preocupada. – Ela confirmou. – Isso não é comum vindo de você.

– Eu imagino, mas agora tenho uma família. Não irei colocá-la em risco!

– Calma, eu entendo. Mas estamos aqui pra te ajudar, estamos juntos sempre, lembra?

– Lembro...

– Eles ainda são pequenos, vamos aguardar um pouco mais e então resolveremos tudo isso. – Ele afagou as costas dela enquanto observava as crianças novamente.

É impressionante como sombras do passado podem ressurgir como os mais tenebrosos pesadelos, exatamente quando tudo parece melhor ao ponto de baixarmos a guarda. Eles querem destruir e esse é o momento perfeito.

[...]

~ 10 anos mais tarde ~

– Vocês têm mesmo que ir? – perguntou a menina crescida.

– Infelizmente sim, pequena...

– Vocês vão demorar mais, não é?

– É... – a mãe disse tristemente.

– Sentimos muito, filha.

– Tudo bem, sei que a culpa não é de vocês e já sei me virar. Tomem cuidado, certo? – a garota sorriu.

O sorriso fora retribuído e o pai se dirigiu ao carro em seguida, enquanto a mãe ficou parada, olhando sua garota.

– Você cresceu tanto... Parece que foi ontem que você estava correndo e brincando por esse Jardim, mesmo assim me vejo em você, sem emoções... Mas não será por muito tempo.

– O que... –

Antes de terminar a frase, a mãe selou sua testa e se despediu, deixando uma menina confusa para trás, tudo para o próprio bem dela.


Notas Finais


Nah, só um breve início (mas escrever pelo celular ñ é muito legal)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...