1. Spirit Fanfics >
  2. Sangue Negro - Yoonmin >
  3. Capítulo Oito

História Sangue Negro - Yoonmin - Capítulo 8


Escrita por:


Capítulo 8 - Capítulo Oito


Jimin estava com o coração acelerado no peito quando saiu do terraço do castelo voltando a andar em direção ao seu quarto. Suas roupas estavam molhadas e ele precisava trocar, com certeza Sana brigaria com ele por ter estragado sua obra de arte. Mas ele estava anestesiado. Por um lado as palavras do marido em sua cabeça, a porta sendo aberta, a confiança que ele estava dizendo que tinha nele... do outro as palavras do rei Lee Taemin.

"Você sabe que agorinha vai morrer, não sabe? Ele vai se cansar, como foi com todos os outros"

"Se vier comigo vou te proteger, tenho feiticeiros poderosos ao meu lado, podemos remover sua ligação com o Rei Min, e você irá sobreviver, estou te dando uma alternativa de vida."

"Te dou ate o final do baile pra se decidir"

Jimin se sentia meio tonto quando se sentou na cadeira em frente sua penteadeira, vendo seus cabelos molhados. Ele não queria ir embora, não queria deixar Yoongi, mas tambem não queria morrer, e o Rei Lee parecia saber um modo de remover a marca... e se ele fosse somente pra fazer a remoção e então voltasse? E se falasse isso pra Yoongi? Seria uma saida para os dois, 

- Sua cabeça está cheia de pensamentos errados ômega - ele ouviu a mesma voz que o fez desmaiar no outro dia, mas não havia reflexo no espelho. Se virou com tudo para trás pra encontrar a feição da mesma elfa com os cabelos loiros e o corpo brilhante, ela flutuava, assim como seus fios ao redor de sua cabeça, os olhos eram brancos completamente, sem íris, e ele já estava enfeitiçado - Você precisa deixar entrar, deixe entrar.

E então apagou.

🧛‍♂️

Yoongi estava sentado no trono observando tudo. Jungkook e Taehyung dançavam juntos no salão e pareciam diferentes, o rei sorriu ao pensar, finalmente estavam libertos de si mesmo. Ele se sentia culpado por beber do sangue de um ômega marcado, e se sentia aliviado de não ter que fazer isso mais já que agora tinha um ômega exclusivo para si com um sangue que o deixava com água na boca apenas de lembrar do gosto. Se ele tivesse batimento cardiaco certamente ele estaria acelerado agora pensando na conversa que teve com o marido. Apresentar Holly foi de longe seu maior ato de confiança, e esperava que Jimin tivesse entendido essa parte.

- Onde está o pequeno ômega? - Seokjin falou com sua voz melódica sentado ao lado de Yoongi no trono.

- Foi trocar de roupa, pegamos chuva no terraço, mas por mim ele nem viria - disse com a voz firme em um sussurro quase inaudível, sabia que o elfo ouviria.

Seokjin riu - Lee Taemin parece a vontade demais, não acha?

- Ele ta tramando alguma coisa - disse convicto, bebendo um gole de whisky de seu corpo. Yoongi olhava o salão com os olhos semicerrados, e de repente colocou a mão na marca em sua nuca. - Merda...

- Jimin? - Yoongi assentiu - Deve apenas estar nervoso - o elfo disse com toda a tranquilidade, mas Yoongi não se acalmou, a marca pulsava em sua nuca e não ajudava nada o fato de que o ômega não aparecia. Já havia se passado quase duas horas e nada. Jimin não demorava tanto assim pra se arrumar, ainda mais com suas amas.

- Eu vou ver onde ele ta - disse se levantando no mesmo momento em que Lee Taemin surgiu a sua frente.

- Ora ora rei Min - fez uma curta reverência - Fazia tempo que não dava um baile como esse, nem no seu último casamento aconteceu.

Yoongi sorriu sem dentes da forma mais irônica possível - Fico feliz que esteja apreciando Taemin.

Já Taemin sorriu aberto, jogando os cabelos loiros para trás - Ah, certamente está impecável, mas sabe o que mais eu apreciei? Seu novo ômega. - ele disse a última parte com a voz mais grave e alta, autoritária. O salão inteiro parou, era o Rei Lee Taemin falando agora e tinham que respeitar.

Yoongi se encheu de fúria, mesmo sabendo que aquilo aconteceria - Como você próprio disse Taemin, ele é meu ômega. - disse enfatizando o "meu" e também falando com sua voz de Rei.

O outro rei alfa deu uma risada baixa - Acho que podemos negociar isso, não podemos? 

- Meu marido não está em negociação.

- Ah, vamos lá Min, você nunca se apegou a um cônjuge não é verdade? - ele olhou para os súditos no salão que concordaram - Levar seu ômega comigo evitaria muita coisa, muitas situações das quais estamos fugindo há anos.

Yoongi desceu alguns degraus, esfregando a nuca que ainda queimava - Está me dizendo que quer negociar meu marido em troca de não me atacar?

Taemin sorriu aberto - Exatamente isso. Você não arriscaria seu povo por causa de um marido que vai abandonar daqui a pouco não é? 

Yoongi desceu outro degrau, ficando cara a cara com o outro rei - Meu marido não esta em negociação. E eu agradeceria se deixasse meu castelo agora Taemin, lembre-se que ainda esta no meu reino, e eu posso te atacar e esquecer todos os nossos acordos.

- Lide com a ira de seu povo quando meu exercito invadir suas muralhas Min, tenho certeza que não irão gostar que uma guerra comece por causa de um simples ômega que não vai durar nem cem anos.

- Sai daqui, agora Taemin. - disse duro, as pessoas no salão o observando. Taemin apenas sorriu, chamando as três pessoas que o acompanhavam, e saiu com sua longa capa vermelha sorrindo para quem o via.

A música voltou a tocar e Yoongi ainda sentia sua nuca arder enquanto saía do salão e ia correndo até o quarto do marido. Seokjin o seguia com uma calma irritante. Ele e Yoongi eram completos opostos e talvez por isso se davam tão bem. O elfo era calmo, e um dos motivos era porque sabia de coisas que iam além do entendimento do vampiro. Já Yoongi era acostumado a resolver tudo na força bruta de seu braço, com intimidação e com o poder que tinha. Era acostumado com o combate, em não levar desaforo ou guarda-los, não sabia lidar calmamente com a ameaça que Taemin fez.

Abriu a porta do quarto com um aceno de mão mas não encontrou o marido ali, apenas sua capa molhada caída no chão e um vaso quebrado no mesmo lugar. 

- Tem cheiro de elfo aqui Seokjin. - ele disse entredentes.

- Tem mesmo - o líder dos elfos disse - Mas não é dos nossos majestade.

- Ele o levou, enquanto me ameaça o levou, levou Jimin. - disse respirando fundo mesmo que não precisasse. Suas mãos se fecharam em punho e ele arrancou o laço do pescoço enquanto pensava no que iria fazer.

- Se acalme majestade...

- Me acalmar? Jimin é indefeso! Sabe-se lá o que vão fazer com ele lá! Tudo por causa de um reino estúpido! 

- Duas coisas majestade. Não acredito que Jimin seja indefeso. E reino estúpido? Ele não era sua vida ate alguns momentos atrás?

- Jimin é minha vida Seokjin, preciso traze-lo de volta - disse pegando uma peça de roupa do ômega que estava jogada na cama.

O elfo sorriu - Eu tenho um plano, mas você vai precisar de paciência, e confiar no pequeno ômega também. 

Yoongi o olhou, tentando confiar nele, que mantinha aquele olhar que sabia de mais coisas que ele mesmo. Talvez até já soubesse do iria acontecer. Era dificil, o que Yoongi mais queria era sair correndo atrás de Taemin, mas sabendo como ele era, já estaria longe com seu marido, e nada ajudava a marca pulsando em sua nuca o avisando que Jimin estava longe dele e em perigo.

Talvez pudesse usar Holly e ir voando até o outro reino, mas algo na feição de Seokjin o dizia para esperar. 

E o elfo nunca tinha falhado com ele, não era agora que iria falhar, não é mesmo?



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...