História Sangue negro : atualizado - Capítulo 33


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Hentai, Romance
Visualizações 16
Palavras 1.286
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ecchi, Fantasia, Ficção, Ficção Adolescente, Ficção Científica, Harem, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Seinen, Shounen, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 33 - 2 meses



Zaatar finalmente sentiu o tempo passar dois meses se passaram e Saji ainda estava deitada na cama, seus cabelos cairam e começaram a crescer novamente, só que tão escuros quanto os seus

 
Zaatar cuidou dela todo este tempo, ela sentia muita fome, fome suficiente para literalmente comer 1 moeda de ouro por semana somente com comida

 
Nesses dois meses ele frequentemente foi visitado por Felicia, e ela realmente conseguiu ajudar zaatar a  melhorar com o  violino, enquanto eles começaram a ter uma relação mais competitiva do que amistosa, mas no final sempre acabava a onde ambos se entrelaçavam 


Felicia parecia mais feliz nesses dias, ela finalmente recomeçou a estudar sua linhagem que ela tinha parado por conta do tédio e ela começou a adquirir um gosto estranho por lanças e armaduras Zaatar não entendia como os vampiros lutavam então ele não perguntou muito, tudo que ele sabia é que ela estava lentamente mudando sua aparência e se tornando mais forte fisicamente

  
Esse tempo todo ele passou estimulando a estátua, que com o  tempo estava se tornando mais parecido com um ser vivo, tinha vezes em que ele saia de perto da estátua e quando virava para trás se deparavam com ela parada nas suas costas


O que é desnecessário dizer que é assustador e um pouco perturbador 


As runas de terceiro circulo estavam mais confortáveis e não estavam doendo mais, o que possibilitou ele ter um entendimento maior sobre elas fazendo seu progresso em rune finalmente sair do gargalo e começar a caminhar novamente

 
Zaatar começou a ter uma relação amistosa com Evans, ele pareciam pai e filho as vezes e as vezes pareciam inimigos em um campo de batalha descutindo por coisas inúteis

 
Ele era um bom professor, seu bralin melhorou muito já que evans conseguia falar a língua e ele finalmente começou a aprender o vocal, ao mesmo tempo evans começou a ensinar a ele anmag e várias linguas nas horas vagas


Os dois iriam para a cadeia da cidade de Elois frequentemente e tratavam o lugar como um mercado, eles olhavam para os presos como se fossem frutas ou carne a venda, eles ate pesavam as vezes, e beliscavam a pele para ter uma ideia do que estavam lidando, e a raça do humano

 
Mas a maior mudança foi no mundo do pesadelo, a árvore era maior agora e tinha tufos de folhas negras, o tronco era inteiramente vermelho, e Sakura parecia estar um pouco maior com pequena mudança físicas


Hoje não foi diferente, ele entrou no mundo do pesadelo e a primeira coisa que viu foi sakura o esperando 


(Sakura) Você finalmente veio, os corpos que você jogou no rio da avareza deram um fruto

 
Ela corria em círculos em volta dele animadamente enquanto cantava uma musica feliz


(Zaatar) Mostre

 
(Sakura) Venha ... venha~

 
Enquanto saltitava suas pequenas mãos puxavam com força zaatar, que se aproximou da pequena árvore que era to tamanho de uma porta, e tinha a espessura de um braço 


(Sajura) aqui


Ela apontou para uma pequena fruta que estava pendurada na ponta de um dos galhos internos da árvore, ela estava bem esconda ali e emitia um brilho Roxo 


Zaatar olhou para o fruto e colocou a mão para tentar ver seu conteúdo, era outra maçã, só que desta vez Roxa e bem pequena, se olha-se bem poderia ser visto algo parecido com células minúsculas lado a lado, zaatar lembrou da escola da terra quando viu essa fruta, 

  
(zaatar) O que é essa fruta?


(Sakura) hehe essa fruta vai aumentar a purificação do sangue antigo em suas veias sem te dar uma linhagem, ela é praticamente a concentração de sangue antigo de todos os corpos que você jogou, porem o sangue foi purificado pela árvore e teve seus parasitas e escórias removidos 


(Zaatar) Eles tinham sangue antigo?

 
(Sakura) Quase nenhum, eles tinham muito pouco e muito diluido, era quase nulo, compare com uma gota em um oceano, essa fruta é de baixo grau, se você trouxe-se alimentos melhores, eles seriam convertidos em frutas melhores mas você só trás vermes insignificantes 


(Zaatar) E o que eu vou ganhar comendo isto?

 
(Sakura) Os humanos podem desenvolver magia por conta do sangue antigo em suas veias, a maioria dos corpos são compostos por impurezas em seus genes, parasitas, erros no DNA, o sangue antigo corrige isto

 
Zaatar confiava nessa fada estranha, ela não mentiu ate agora então por que ela iria mentir agora? ele perguntou para evans sobre isto de sangue antigo, e tudo que evans falou é que apenas a realeza tem conhecimento sobre isso, e que tudo é guardado em sete chaves, quando ele perguntou sobre a realeza zaatar falou novamente aquela maldita frase

 
Zaatar pegou a maçã e comeu, ela era literalmente do tamanho da ponta de um dedo 


(Zaatar) Isso é o máximo que ela cresce?


(Sakura) essas sim, olhe para ali

 
Ela apontou para outro galho, e quando zaatar seguiu seu dedo ele viu um pequeno feijão verde 


(Sakura) Aquela esta verde ainda, e precisa de mais alguns corpos

 
Zaatar iria falar mas sentiu suas pernas perderem as forças quando ele caiu no chão, enquanto sua barriga roncava e ele começo a sentir seu corpo inteiro respirando, perdendo a consciência e ficando naquele estado 


Quando ele recuperou a consciência ele estava todo cagado, literalmente, uma merda escura e fedida tinha saído do seu corpo  e ela sujou toda sua calça, era uma quantidade absurda de merda e ele sentiu uma pequena vontade de cometer suicídio

 
Ele olhou para Sakura que estava timidamente escondida atrás da árvore fingindo que não tinha nada a ver com isto e falou

 
(Zaatar) O que ouve?


(Sakura) Her eu esqueci de avisar, depois de comer, a sujeira dentro do seu corpo é expelida, você esta por 12 horas expelindo isto, esqueci de informar que o corpo inicialmente fica deste jeito, não se preocupe não se preocupe, não olhe assim para mim, eu vou limpar ... eu limpo, sem pom pom, sem pom pom 

 
Zaatar se levantou lentamente enquanto Sakura andava para trás protegendo sua cabeça 


(Zaatar) Venha .. vou dar o pom pom 


(Sakura) Não.. o pom pom não... eu já pedi desculpas


(Zaatar) Se eu for atrás de você e te pegar vai ser dois pom pom

 
A pequena fada olhou para Zaatar com as bochechas gordas e uma cara de birra enquanto cruzava os braços para o lado e se aproximava dele com a cabeça baixa 


Sakura tinha dois pequenos chifres na cabeça, bem pequeninos, sempre que zaatar fazia cafune na sua cabeça ela ficava toda agoniada


(Sakura) Te~ te~ te~~ hii ~~para ~para ~tudo bem ... tudo bem ...paara ~


Depois de muito tempo quando ele descontou a raiva que estava no seu coração ele deu um beijo na bochecha de sakura e saiu do mundo dos pesadelos


E correu diréto para o banheiro

 -------
Olhando para a agua que estava ficando cada vez mais suja zaatar olhou para cima, o canal com saji estava o mesmo, ele sentia que ela estava com dores devido a linhagem, mas estranhamente feliz, Zaatar olhou para o lado, a estátua da luxuria como sempre estava por perto, como um fantasma ressentido o seguindo, ate que estranhamente ele observou seus olhos fixos mudarem abruptamente para ele com raiva, enquanto um pequeno sorriso se formava no seu rosto antes fixo com a boca aberta 


(Zaatar) Não me olhe assim, eu só sai por algumas horas, porque não entra aqui dentro comigo hm?


A estátua Lentamente se moveu, era como se alguma coisa restringi-se sua existência, depois de longos 20 minutos onde zaatar estava terminando seu banho ela ficou nas suas cotas 


(Zaatar) Jaja vou fazer carinho, não se preocupe não precisa me olhar com olhos molhados assim
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...