1. Spirit Fanfics >
  2. Sasori And Deidara >
  3. Paixão

História Sasori And Deidara - Capítulo 3


Escrita por:


Capítulo 3 - Paixão


Assim que abriu os olhos Deidara notou a ausência de suas roupas e que estava abraçado a um ruivo, tentando não fazer movimentos bruscos ele saiu dos braços de Sasori, colocou sua box, e foi para a sala, pegou o celular e mandou uma mensagem para seus amigos. 

“ Eu estou bem, não se preocupem comigo” 

Hidan: Vê se não se atrasa pra mudança sua mãe me ligou e eu disse que você estava dormindo ainda. 

Itachi: Você mandou sua localização, mas desligou o celular... eu me preocupei. 

Deidara: Foi mal, eu tive uma ótima noite, porém foi bem complicada, explicarei pessoalmente mais tarde, estarei em casa assim que resolver umas coisas aqui.” 

Itachi: beleza, vamos esperar você no chalé, assim que sair daí venha direto, por que assim chegamos todos juntos na sua casa. 

Hidan: E não venha muito tarde. 

Deidara riu para a tela do celular e ficou ali sentado no sofá encarando a parede, logo escutou os passos de Sasori. 

Deidara: Eu te acordei? 

Sasori: Não, mas achei que estaria sozinho em casa quando não vi ninguém na cama. 

Deidara ficou com o rosto ruborizado, e sorriu sem graça. 

Sasori: Vem, vamos pra cozinha, vou te fazer um café da manhã. 

Deidara segurou a mão de Sasori e o acompanhou, ficou sentado com os braços escorados na mesa, olhando o ruivo a sua frente usando uma camiseta preta muito larga e uma box, ele olhava e admirava ver o quanto Sasori era habilidoso naquilo que fazia. 

Deidara: Você trabalha com o que exatamente? 

Sasori: Com raiva, fome, sono... mas fora isso ser segurança de uma boate é suave. 

Deidara: Você... era o segurança da boate em que estávamos? 

Sasori: Sim, ontem era minha folga, mas eu fui pra me distrair. 

Deidara: Quem no mundo com a saúde mental em dia, faz uma visita ao trabalho? 

Sasori: Bom, era minha folga, mas de um modo geral quando vou lá fora do meu trabalho, e eles me pedem pra fazer alguma coisa eu ganho em dobro por isso, então é bom ir e fingir que está empolgado com a situação toda. 

Deidara: E eu acho que estraguei sua noite... 

Sasori: Pare de falar isso Deidara, não estragou nada, ontem eu já tinha feito o que me pediram fora do horário e estava de saída quando te vi. 

Deidara: De qualquer forma, você imaginou uma coisa e aconteceu outra bem diferente. 

Sasori: Esqueça isso, pegue!. 

Sasori passou para Deidara um prato com torradas e uma panqueca, em seguida uma tigela com cereal e por fim o café. 

Deidara: Obrigado... 

Sasori se sentou ao lado do loiro e ficaram um pouco em silencio enquanto comiam, até Deidara comentar algo. 

Deidara: Nunca mais eu vou beber... Meu estomago está todo doendo... 

Sasori: Você termina seu café da manhã e eu acredito que tenho um remédio pra isso. 

Deidara que já era mimado, estava se sentindo mais mimado ainda pelo ruivo. 

Perto das dez da manhã quando acabaram o café, Deidara olhou um pouco triste para Sasori. 

Deidara: Obrigado, por ter tido todo cuidado e preocupação comigo... mesmo eu não merecendo muito... 

Sasori: Vai me passar seu número, ou acabamos isso que começamos aqui? 

Deidara entrega o celular para Sasori. 

Sasori pegou o aparelho, salvou seu número nele e mandou uma mensagem com o número do deidara para seu WhatsApp. 

Sasori: feito, mas eu vou esperar que me chame, se não chamar eu vou entender, e olha, se a gente não ficar futuramente, quero te dizer que eu gostei muito de te conhecer, mas que você é um garoto irresponsável, queria mesmo ir pra cama com um desconhecido? 

Deidara: Eu... 

Sasori: Só tome mais cuidado quando for sair Deidara, e tenta não se meter em confusão. 

Deidara: tudo bem, é... minhas roupas eu acho que preciso delas pra voltar pra casa... 

Sasori: Eu lavei ontem e já devem estar secas, espere ai vou buscar pra você. 

Sasori foi até a lavanderia pegou as roupas e as entregou para Deidara, e ele olhando aqueles olhos meio lacrimejados disse: 

Sasori: Não me olhe assim, a gente se divertiu ontem, quer tomar um banho... comigo? 

Deidara concordou com a cabeça sem dizer nada, e segurou nas mãos de Sasori. 

Eles ficaram perdidos entre beijos e caricias ousadas naquele banheiro por longos minutos, quando saíram, Deidara e Sasori se vestiram e seguiram para o lado de fora da casa, depois enquanto aguardava o taxi, Sasori ficou ao seu lado segurando a sua mão, Deidara não queria ir, mas teria que se despedir. 

E sem se importar com ninguém a volta deles, eles se beijam e se despedem quando Deidara estava entrando no taxi. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...