História Sasuke Uchiha: O melhor devasso que você conhece. - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Visualizações 24
Palavras 865
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Ficção Adolescente, Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Eu vou postar o próximo cap já já

Capítulo 2 - A manhã seguinte


Fanfic / Fanfiction Sasuke Uchiha: O melhor devasso que você conhece. - Capítulo 2 - A manhã seguinte


            Tokyo - Japão 

                                      8:30hrs


Sakura on

Com todo cuidado consigo tirar sua mão que protegia meu seio, mas sua perna agora descansa sobre a minha e eu não quero acordá-lo. Não posso. Sempre encontrei diferentes tipos de mulheres seminuas na cozinha nas manhãs após suas noites com ele, e se tem uma coisa que pude perceber de padrão nelas, é a beleza. As mulheres com quem o Sasuke costuma sair são lindas, lindas não são praticamente modelos. Não faço ideia de onde ele as acha, mas ele não pode de jeito nenhum acordar e dar de cara comigo! Descabelada, remelenta e inchada. Ele não pode me ver assim! Não mesmo! Sem chances! Preciso pensar em algo rápido.

 Consigo tirar minha perna de debaixo da sua. Nunca pensei que seria uma mulher dessas que acorda mais cedo do que o cara, para se ajeitar e estar bem aos olhos dele quando ele os abrir, mas aqui estou eu, bolando todo um plano para impressioná-lo quando ele acordar e olhar para mim. Meu plano é bem simples. Eu só preciso lavar o rosto e ajeitar meu cabelo volumoso, talvez passar um gloss e então volto para a cama e o acordo e aí... Bem, não sei exatamente o que acontece depois do aí, mas estou mais do que disposta a descobrir. Meu corpo quase todo está livre do dele, exceto por sua cabeça que está enterrada em meu pescoço e não quero de jeito nenhum acordá-lo. Com todo cuidado, conto até três e me afasto um pouco, sua cabeça cai, recostando-se ao meu ombro. Então conto de novo e me afasto mais um pouco, livrando-me de seu contato mais que gostoso. Ele resmunga e se mexe, fico parada feito estátua e prendo a respiração, mas ele não acorda. Estou bem perto do chão, já que ele está quase atravessado na cama, então só preciso me arrastar até a beirada e cair levemente no tapete como uma lady. E depois, poderei correr até o banheiro. Quando alcanço a beirada da cama, ele resmunga e se mexe, e sua perna pousa de novo sobre a minha me prendendo. Tenho todo o trabalho de tirar sua perna sem acordá-lo, mas acontece que no processo acabo embolando a coberta que cobre sua bunda para baixo, em nossos pés. Mas, pelo menos nossos pés não estão mais se tocando. Jogo meu ombro para fora da cama, pretendendo cair de lado no carpete, mas claro que não seria eu se algo não desse errado. Meu pé fica preso na coberta embolada e caio de cabeça igual jaca podre até consigo impedir que eu quebre a cabeça no chão com os braços, mas agora estou com metade do corpo para fora da cama, e a outra metade...

— Bom dia, baby — Sasuke fala com a voz rouca de sono pouco antes de me acertar um tapa na bunda.

Puts!

— Eu não estou nua com a bunda aberta diante da sua cara, estou? Ele ri alto e planta as duas mãos na minha bunda, provocando-me.

— Ah baby, você está! Acordar com você é a coisa mais excitante do mundo, podes crê. Tento me enfiar debaixo da cama como uma minhoca em um buraco, mas ele é mais rápido e me puxa pela cintura, jogando-me de costas na cama e caindo sobre mim em seguida. Aqueles ônix tem o tom mais escuro ( se possível ) de quando está com sono e um sorriso relaxado descansa em seu rosto enquanto me avalia. Ah, Sasuke, pare de me olhar assim!
— Você está bem? — pergunta acariciando levemente meus seios.
— S-sim. Sim! Bem!
— E onde estava indo? Você ia fugir? Nego com a cabeça, mas não tenho força para responder, porque sua boca toma meu seio, num beijo matinal delicioso. Em seguida, ele acaricia meu rosto e olha em meus olhos de um jeito que nunca o vi me olhar. Posso dizer que esse Sasuke manhã seguinte pós sexo é um novo Sasuke, um lado que eu não conhecia, mas que estou adorando! Mal posso acreditar que ele consegue ficar ainda mais lindo do que é normalmente. Isso é um absurdo!

— Saky, minha Saky. A noite de ontem foi... 

O barulho ensurdecedor da campainha corta o que ele ia dizer e resmungo como uma garotinha. Ele me pede um segundo e levanta-se, só então reparo seu pau ereto. Engulo em seco e ele sorri daquele jeito sexy dele antes de cobri-lo com um short e ir abrir a porta. Seja quem for vai ser recebido por um cara deliciosamente lindo, com a barraca armada. Espero que ele volte. Mas como está demorando, penso que pode ser alguma coisa importante e me levanto. Jogo seu blusão rapidamente e não avisto minha calcinha. Deve estar no banheiro. Então abro a porta e vou verificar quem poderia nos visitar tão cedo, e puts!
— Puts! Puts!
Tento dar meia volta e correr para o quarto para me jogar da janela, mas minha mãe me vê e já solta o grito:

— Sakura Haruno, venha aqui agora mesmo!
Não é possível! Que pessoa normal perde a virgindade e acorda com uma visita da mãe na manhã seguinte?


Notas Finais


Obrigada por lerem até aqui❤
XOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...