História SASUNARU - I can't take my eyes off you - Capítulo 8


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Jiraiya, Kakashi Hatake, Karin, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Neji Hyuuga, Rock Lee, Sai, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Suigetsu Hozuki, Tsunade Senju
Tags Colegial, Narusasu, Naruto, Sasunaru, Uchiha, Uzumaki, Yaoi
Visualizações 175
Palavras 1.633
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishounen, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Ficção Adolescente, Hentai, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay), Yuri (Lésbica)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Self Inserction, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Ooiiiii tudo bem? ^^



Minha amiga está escrevendo uma fanfic BNHA - Tododeku (yaoi) MT BOAAAAA (-///-) Vou deixar o link nas notas finais :p

Capítulo 8 - Capítulo 8



O que foi esse final de semana? Parecia um sonho.

Para ser exato, foi mesmo.

Não me resta nada , já estava chegando perto do horário de sair de casa. Faço minha higiene pessoal e tomo café da manhã.

Espero que termine logo as semanas de prova, isso sempre me deixa tenso e de cabeça quente.

Como de costume, fui devagar para o colégio.

-NARUTO !!! – Viro o rosto para trás e encontro Kiba correndo até eu.

-Oi Kiba ! – Gesticulo. Fiz como Sasuke pediu, fiquei afastado, sem abraçar.

- Fez as lições? - O moreno segura meu ombro , colando com o seu.

-F-fiz...- Encolho.

- O que foi Naru? – Passamos pelos portões – Sempre ficamos assim...

- Kiba...- Jogo o olhar para um canto aleatório e encontro Sasuke. Pude sentir meu corpo gelar por inteiro. Ficou visível a carranca que havia feito.

-Já chega. – Tiro de cima e recomponho-me.

- Naruto ! – Parto por correr.

Os dois pareciam estar numa gerar de olhares, ridículos.

Nessa de correr feito louco, acabo esbarrando em alguém.

- Desculpe ! – Escuto soar uma voz calma e baixa.

- D-desculpe eu...- Levanto e bato as mãos na roupa, tirando qualquer sujeira.

Estendo uma das mãos á ele.O jeito que juntava os livros, parecia preocupado.

- Novato? – Sorrio de lado.

- Sim, cheguei hoje. – Agarra minha mão e sobe. -De qual sala você é?

- Eu? 3°A...

-Sério? Eu também! - Os cabelos dele eram incrivelmente parecidos com o da minha mãe.

-Então vamos lá – Sorrio.

Caminhamos até a Sala, não havia muita gente.Sento no meu lugar, e ele na carteira da frente, até porque Hinata não havia chego. Não conversamos muito, mas já pude saber seu nome, Gaara.

- Bom dia Naruto.- Termino de gargalhar e olho ao lado, vendo Sasuke se acomodar.

- Bom dia.- Volto o olhar à Gaara.

Os olhos dele são tão profundos, o jeito de olhar lembra o de Sasuke.

-Sentem – se ! – A professora entra e todos obedecem.

Ao longo da aula, troquei algumas palavras com Gaara, mas nada que contruisse um diálogo.

- Naruto, pode ajudar? – Se vira em minha direção.

- Claro ! – Fizemos os exercícios juntos, ele é muito inteligente.

A próxima aula é educação física. SÓ O QUE FALTAVA.

Houve a troca de professores, entrando o treinador.

Ele explica como teremos que jogar e nos manda para quadra.Tivemos que jogar justo o esporte que sou ruim, basquete. As meninas jogaram em outra quadra, e nós aqui.Separaram os times , ficando número exato de jogadores para cada time.

Fiquei no time oposto de Sasuke.

Enquanto jogávamos, fui empurrado, chutado e levado diversas cutuveladas.Tudo isso dos amigos dele. Bando de idiotas que não tem o que fazer.

Meu corpo já estava todo dolorido.

Depois que acabou , a maioria dos rapazes foi para o banheiro do ginásio.

-Naruto , está tudo bem? – Um dos garotos sorria falsamente.

-Sim.- Ignoro as risadas.

Caminho até um dos diversos chuveiros e tomo uma ducha, assim que termino, enrolo a toalha em volta da cintura. Volto até os armários, onde ficava os uniformes limpos. Nesse percurso, encontrei vários garotos da sala rindo e gabando á si mesmos por ter o “pau” maior que o outro.

Idiota que é idiota, tem que fazer piadas idiotas e sem noção.

Procuro um lugar afastado para me vestir sem tantos olhares .

Acabo por entrar no banheiro novamente.

Quero ir embora, estou com tanta dor no braço...parece que ficará roxo.

Escuto alguém entrar, então termino de vestir minha calça.

- Hmf...- Revirou o olhar ao ver Sasuke.

- Da próxima vez, se vista dentro do chuveiro. – Ele cruza meu caminho e fica do outro lado.

- Não – rosno

- O que? – Ele agarra meu pulso e cola nossos peitorais nus.

-Me solta ! -puxo de volta.

Visto a camiseta e saio do local o mais rápido possível.

- Bela bunda ! – Grita um rapaz.

- O que? - sinto um tapa ser trasferido em mim, para ser expecifico, NO MEU BUMBUM.Sigo com o olhar o infeliz. O cara era alto demais, ele volta com alguns amigos, mas antes pisca pra mim e sorri . Fico parado assistindo a cena,porque não intendi.Só tem gente ridícula nessa escola.

- Tudo bem? – Gaara aparece atrás de mim.

- S-sim...- Escondo o rosto com alguns fios de cabelo .Voltamos juntos .

Escuto alguma coisa sobre “lista da sala” mas não dou à mínima.

Olha o jeito que Sasuke me ignora, bastardo ridículo.

A professora de Literatura passou questões para fazer em sala, foco e faço tudo certinho.

O sinal toca, deixando claro que o era hora do intervalo. Logo após de sair com Gaara, Kiba e Sai saem atrás de mim.

- Naruto , precisamos conversar. – Kiba entra na frente de Gaara.

- Tá bom...A gente já volta – Digo diretamente aos dois. Kiba me puxa para um canto do pátio, onde não havia quase ninguém.

-Diga logo...- suspiro.

- Vou ser direto...- Ele se senta num banco – Sei que não deveria me meter e nem mesmo me dever explicações...

- Fala logo Kiba – Sorrio torto.

- Por acaso está ficando com Sasuke?

PUUUU*TA MERDAAAAAAAA ! E AGORA?

- Claro que não ! – Coço a nuca numa ação involuntária – Da onde tirou isso?

- Mentiroso ! – Anima – se.

- Fala baixo ! – Gesticulo.

-Desculpe! - Ele para de gargalhar e indaga – Esses chupões são todos dele? Parece que não estão só “ficando”...

- Kiba ! – Esbravejo .Arrumo a gola, da qual ele havia visto algumas marcas leves, que agora sumiam aos poucos. – Para com isso !

-Estão namorando?

-Não ...

- Ainda bem ! – Levanta – se.

- Porque?

- Vocês passam tanto tempo juntos sem serem namorados, imagina quando forem ! – Finaliza.

- Não passamos tanto tempo assim...- Até queria, mas do jeito que esse Teme é...

- Toda vez que te encontro na rua ou você está com ele, ou indo se encontrar.- Franze o senho.

- Você é muito exigente Kiba, sou apenas um ok? UM NARUTO !

- Tem razão - Sorri. – Vamos voltar.

- Por você tudo bem? – Abaixo o olhar.

- Claro Naruto ! – Abraça – Se você está feliz, também ficarei !

É Kiba, você sempre vai ser meu melhor amigo...

- Obrigado - desfazemos e voltamos a andar.

- Espera ! – Volto a olhá-lo – Você gosta de homens e mulheres, então você é bi?

- Na verdade não gosto de homens em geral, gosto do Sasuke. – Sorrio sincero.

[...]

Me encaro no espelho embaçado, por conta do banho que havia tomado.

Acho que a água queimou meu rosto, olha só como está vermelhinho

Batidas na porta ecoam pela sala. Direciono – me até lá e atendo.

- Mas que POR..- Sou interrompido, lábios quentes atacam minha boca, um pouco feroz.Os Beijos desciam do rosto ao pescoço. Escuto o barulho da porte se fechar, até agora não sei quem é, pois meu rosto ficou virado para cima, a sensação dos toques era muito prazerosa, tive que me entregar ao momento.

Esse jeito de beijar, o jeito que me segura , o CHEIRO ! NÃO PODE SER O SASUKE

-Está calor aqui ... – É ele mesmo.

- O que faz aquí? - Engulo em seco. – Vai embora!

-Vim cuidar do meu gatinho...- - Só de ver seu sorriso, já me fazia derreter todo.

- Sasuke...Sai ! – Ele me segura no colo, se sentando no sofá e me colocando em seu colo.

Sasuke beija novamente, mas dessa vez retribuo. Nosso toque era cheio de paixão. Não sei ao certo se é uma coisa momentânea, mas é muito forte. Suas mãos apalpada minhas coxas e bunda, não parava de tocar e pertar.Acabamos acelerando as coisas, sabe como é , o calor do momento. Ficamos desastrados, por conta do ar, que em todos os beijos, acabava faltando.Sasuke segura firme meu quadril, se movendo um pouco, sinto sua ereção sarar em mim.Entendo o recado e começo a rebolar aos poucos.Era tão bom ver Sasuke separar os beijos para suspirar e gemer , me fazia querer ver mais.

Ele leva sua mão dentro da minha bermuda, espalhando meu pré – gozo por toda glande.

- Aaaggrh...- Não posso.

Me afasto um pouco , recuperando ar.

- Vá embora – Levando de cima dele , mas sou agarrado pelo punho.

-O que foi? – Viro o rosto em direção contrária.

- Vai logo. – Respondo.

- Naruto , o que aconteceu? - Sasuke levanta e me segue.

- Nada. – Caminho até meu quarto e arrumo a cama, que eu havia dormido a tarde toda.

- Isso não pode ser “Nada” – Sasuke cruza os braços. Ele dizia de uma forma como se tivesse razão, parecia que eu estava errado.

- Seus amigos me machucaram.

- Mas não foi eu.

- Aí que tá Sasuke, você não moveu UM DEDO PRA MANDAR ELES PARAREM ! – Volto o olhar á ele.

-Não mando neles Naruto. – ironiza.

- Eles fazem tudo que você manda, era só falar “Chega” – Digo no mesmo tom.

-Você está passando dos limites.

- Você é ridículo !

- Chega Naruto, eu te defendo sempre. – Sasuke aproximasse.

- Defende?

- Sim. – Revira os olhos.

- Por que ainda está aqui hein? -ignoro-o e volto a fazer as coisas.

-Porque EU TE AMO ! – Grita.

- Sim, claro...

-Naruto, me desculpe! - Sasuke apagará meus braços – Eu tive medo do que eles falariam e pensariam..me desculpe !

- Vá embora. – Continuo desviando o olhar.

-Tudo bem...- Ele solta e se recompõem. Como se nada tivesse acontecido.

Caminhamos em direção da porta, abro e espero o maldito sair.

- Fique bem ok? – Beija minha testa – Qualquer coisa me liga.

-Tchau. – Finalmente sai, tranco a porta e pulo no sofá.

Meus olhos marejados começam a queres deixar rolar as lágrimas, as malditas lágrimas.

Me desculpe Sasuke, mas não sou nenhum tipo de idiota. 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...