1. Spirit Fanfics >
  2. SasuSaku - O Contrato >
  3. Capitulo 24

História SasuSaku - O Contrato - Capítulo 24


Escrita por:


Notas do Autor


Olá, espero que gostem 🌸

Boa Leitura 💕

Capítulo 24 - Capitulo 24


Fanfic / Fanfiction SasuSaku - O Contrato - Capítulo 24 - Capitulo 24

Sakura On:

Passei alguns dias com o Sasuke, ele realmente estava disposto a tentar uma nova relação já que eu não lembrava de nada do que passamos a cada dia eu o admirava mais ainda e ficava mais afeiçoada a ele, essa noite ele marcou um jantar no apartamento dele e eu mal podia esperar pra ver o que ele iria fazer, trabalhei o dia inteiro ansiosa e fui para casa me trocar.

Mebuki: Ah filha você chegou!

Sakura: Sim mãe, eu tenho que me trocar rápido e já volto!

Eu fui tomar um banho rápido e coloquei uma roupa bonita e um pouco sexy, fiz uma maquiagem básica e minha mãe entrou no quarto.

Mebuki: Vai sair?

Sakura: Vou!

Mebuki: Pra onde?

Sakura: Com o Sasuke!

Mebuki: Você lembrou de algo?

Sakura: Não, mas ele está tentando me ajudar!

Kizashi: Sakura, o Sasuke está lá embaixo!

Eu corri até minha mãe dando um beijo na bochecha dela e do meu pai em seguida.

Sakura: Tchauzinho!

Desci as escadas rapidamente o encontrando na sala mexendo no celular.

Sakura: Oi Sasuke!

Ele virou para me olhar e ficou me olhando calado, ele estava de terno provavelmente saiu da empresa e veio direto me buscar.

Sasuke: Você está muito linda!

Eu corei e coloquei uma mecha de cabelo atrás da orelha.

Sakura: Obrigada, você também!

Sasuke: Vamos?

Eu assenti e nós fomos até seu carro, entramos e estávamos indo até o apartamento dele.

Sakura: Porque você não está na casa?

Sasuke: Hm?

Sakura: Naquela casa que era nossa!

Sasuke: Porque eu sai antes do seu acidente e também eu decidi vender aquela casa e comprar outra!

Sakura: Porque?

Sasuke: Se vamos recomeçar, tem que ser desde o princípio e aquela casa tem memórias não muito boas!

Sakura: Concordo com você!

Ele sorriu e continuou dirigindo e eu olhando a rua pela qual passávamos, logo chegamos em um prédio de apartamentos ele estacionou e nós fomos até o ultimo andar que era aonde ficava o apartamento dele.

Sakura: Ultimo andar? Porque?

Sasuke: Não gosto da ideia de ter pessoas fazendo barulho em cima de mim!

Eu ri e nós chegamos ao ultimo andar dando de cara com a porta do apartamento dele e entramos, era enorme e muito luxuoso.

Sasuke: Sinta-se à vontade!

Eu assenti e ele entrou em um comodo sumindo por alguns minutos enquanto eu me aproximava da grande janela que dava para ver a cidade quase inteira.

Sasuke: Bonito né?

Eu me assustei com ele perto de mim e concordei com ele, ele agora estava sem o paletó e a gravata com dois botões da camisa abertos e as mangas suspensas, um calafrio percorreu meu corpo ao ver um pouco do seu corpo á mostra, no dia em que fomos á praia eu não tive chance de ver ele sem camisa porque não entramos na água.

Sasuke: Pode explorar o apartamento enquanto eu preparo o jantar!

Ele me deu um sorriso e saiu em direção á cozinha, eu estava na sala olhando tudo ao redor, não tinha muitas coisas para se ver, o apartamento todo era de uma cor cinza e branca, os móveis também eram da mesma cor e eu acabei me aventurando em outros cômodos, abri uma porta e era um banheiro não muito grande e também não muito pequeno, mas era muito bonito e perfeitamente arrumado, abri outra porta e tinha um quarto que aparentemente ele não estava usando, quando eu abri a terceira porta um cheiro incrivelmente delicioso e amadeirado encheu minhas narinas, era um quarto muito mais bonito que o outro e pelo que estava parecendo esse era o quarto dele, eu olhei para trás e decidi explorar um pouco seu quarto, então eu entrei e varri meus olhos pelo quarto, mas não tinha nada para olhar, eu entrei no closet dele e suas roupas estavam perfeitamente arrumadas nos cabides e nas prateleiras, abri uma das gavetas e tinha vários relógios diferentes, na segunda e na terceira gaveta tinha gravatas diferentes e arrumadas cada uma em sua caixinha.

Sakura: Wow.....

Olhei em um lado do closet e vi os perfumes dele, peguei um deles e o cheirei, era o cheiro que tinha invadido minhas narinas.

Sasuke: Gostou do cheiro?

Eu tomei um susto e quase o perfume caiu da minha mão, eu o coloquei de volta na prateleira sem graça.

Sakura: Desculpe, eu estava explorando e acabei aqui dentro!

Sasuke: Não se preocupe, está tudo bem!

Sakura: A propósito esse cheiro é maravilhoso!

Sasuke: É o meu preferido também!

De repente eu fiquei sem ter o que falar, ele me pegou no flagra vendo as coisas dele.

Sasuke: Venha, o jantar já está quase pronto!

Eu assenti e ele saiu do quarto, quando eu estava saindo eu vi uma fotografia ao lado da cama dele e fui até ela a pegando nas mãos, era uma fotografia nossa na praia, fiquei alguns segundos ali vendo a fotografia.

Sasuke: Foi na Austrália!

Eu virei rapidamente para olha-lo e dei de cara com ele que estava perto demais de mim, eu levantei a cabeça para olha-lo nos olhos e meu coração palpitou rápido demais, ele me olhava sério, mas nos seus olhos eu podia sentir um toque de desejo ao me olhar, ficamos nos encarando algum tempo até que ele quebrou a nossa conexão saindo do quarto e eu o segui até a cozinha, me sentei na mesa ali perto que estava posta e ele trouxe a comida até a mesa.

Sakura: Como você sabia que eu gosto disso tudo? Você não errou um prato sequer!

Ela sorriu me olhando e eu acabei rindo da minha pergunta.

Sakura: Claro que pergunta idiota, nós já fomos casados!

Nós começamos a comer e depois do jantar nós fomos até a sala com uma garrafa de vinho e duas taças para conversar.

Sasuke: Sério, quando eu vi o Sasori tão perto de você parecia que eu ia explodir de tantos ciúmes que eu sentia!

Eu estava rindo com o que ele me contava.

Sasuke: Na primeira vez que você bebeu vinho comigo, você ficou tão bêbada que o Naruto e a Hinata quase saíram correndo de casa.

Sakura: Sério? E o que você fez?

Sasuke: Te levei para o seu quarto e você fez um escândalo falando que não queria ir para o seu quarto e queria ir para o meu, você pulou em cima de mim e me beijou e depois dormiu!

Eu coloquei a mão na boca rindo.

Sakura: E depois?

Sasuke: Eu deitei do seu lado e dormi porque você me pediu, no dia seguinte você acordou desesperada achando que tinha acontecido alguma coisa entre a gente e eu meio que confirmei sem ter confirmado e você acreditou e saiu correndo!

Sakura: Que maldoso!

Eu acabei colocando uma mão no braço dele que o fez me olhar de uma forma que me arrepiou inteira, novamente aquela conexão com os olhos se estabeleceu e eu fiquei vidrada naqueles olhos escuros dele e então o celular dele tocou e ele olhou para ver quem era.

Sasuke: Desculpe, eu preciso atender!

Sakura: Está bem!

Sasuke: Não beba muito!

Sakura: Pode deixar!

Ele saiu para atender o telefone e eu coloquei a minha taça na mesinha e fui até a janela olhar a cidade novamente, a vista era espetacular daqui de cima, os carros lá embaixo pareciam miniaturas, as pessoas pareciam formiguinhas pequeninas, a vista era de tirar o folego e então duas mãos grandes pousaram na minha cintura me fazendo me arrepiar inteira, sou tomada pelo seu cheiro inebriante, sua pele quente encostando no meu braço e suas mãos pousadas na minha cintura, eu mal consigo pensar direito.

Sasuke: Sakura.... você me deixa louco!

Sua voz doce, calma e cheia de desejo acaricia meus ouvidos me deixando louca, eu não podia desejar por essas mãos e esse corpo em mim tanto quanto eu desejo agora, eu já estava entregue á ele bem antes de ele me tocar, uma de suas mãos vai até meus cabelos os tirando de um dos ombros deixando meu pescoço á mostra e logo volta ao mesmo lugar de antes, mas dessa vez ele sobe as mãos pelas laterais do meu corpo como se estivesse moldando ele, os arrepios continuam a percorrer meu corpo imensamente e eu sinto o calor de seus lábios no meu ombro e pescoço, ele beija com carinho, seus lábios são macios.

Sasuke: Eu preciso de você meu amor.....

Seus lábios vão até a minha orelha em um sussurro gostoso.

Sasuke: Só se você me quiser....

Suas mãos deslizam da minha cintura até a curvatura dos meus seios. Como posso resistir a isso meu deus?!

Sasuke: Se não me parar agora eu não vou conseguir solta-la mais....

Sem nenhuma resposta minha ele me pressiona contra o vidro gelado e pressionando seu corpo contra o meu, eu espalmo minhas mãos no vidro o fazendo ficar embaçado com a minha respiração ofegante, eu pude sentir sua excitação na minha bunda debaixo do pano da minha saia e da calça dele.

Sakura: Sasuke.....

O clima estava muito quente entre nós, tão quente que meu corpo parecia que  ia explodir, minha barriga me dava calafrios, e então ele deslizou uma das mãos da minha cintura até o zíper da minha saia a abrindo e ela caiu aos meus pés, eu tentei me virar de frente pra ele e ele me pressionou mais ainda no vidro.

Sasuke: Shh.....

Suas mãos passeavam pelas minhas coxas e pela minha bunda.

Sasuke: Eu sinto isso.... seu corpo está pedindo pelo meu.... você me quer tanto quanto eu te quero....

Eu jogo minha cabeça para trás caindo em seu ombro e ele sobe lentamente sua mão pelo meu corpo até minha camisa a desabotoando lentamente.

Sakura: Sasuke.....e se alguém nos ver?

Me preocupou se alguém nos veria ali naquela janela quase nua.

Sasuke: Fora de cogitação, daqui ninguém vai nos ver!

Sua mão passeava pelo meu corpo como se fosse uma tocha de fogo, suas mãos são quentes e eu me sentia gelada á seu toque.

Sasuke: Voce quer isso?

Eu queria ele nesse mesmo instante e não dava mais para negar isso.

Sakura: S-Sim....

Ele tirou completamente minha camisa e me puxou de volta me pegando no colo, eu passei meus braços em seu pescoço o beijando apaixonadamente, os lábios dele me levavam a loucura e suas mãos pareciam ter sido feitas exatamente para se encaixar no meu corpo, ao chegarmos no quarto ele me colocou no chão ainda me beijando e eu desabotoei sua camisa revelando seu abdômen incrivelmente sexy, ele deslizou as mãos nas minhas costas abrindo o meu sutiã e o tirando enquanto eu abria seu cinto e calça, ele colocou nossos corpos novamente e eu o beijei mais intensamente que antes até nos separarmos por falta de ar, ele se abaixou na minha frente e começou a descer minha calcinha pelas minhas pernas até que ela caiu nos meus pés, ele se levantou novamente e me abraçou me deitando na cama, colou seus lábios no meu pescoço e desceu até meus peitos abocanhando um por vez, sua mão desceu até minha intimidade preparando o território e eu gemi com o seu toque, ele me deu um sorriso de canto e começou a explorar minha intimidade com os dedos, então ele desceu até lá e começou a me chupar ferozmente, eu me agarrava aos lençóis buscando um apoio de tanto prazer, após alguns segundos ele se levantou tirando o que faltava de sua roupa, meus olhos brilharam de luxuria ao ve-lo nu, ele se deitou em cima de mim e eu coloquei minhas pernas envolta da sua cintura e ele me penetrou de uma só vez o que me fez gemer alto em seu ouvido, seu corpo colado ao meu daquele jeito ele me estocava sem carinho algum, com força e rapidez, o tanto que aquilo era gostoso é difícil de explicar e eu precisava dele cada vez mais em mim, até que eu arqueei as costas em sua direção e ele pareceu aumentar as investidas em mim para trazer o meu prazer e ele veio mais forte que nunca, meus gemidos foram altos e sem preocupações de que alguém pudesse ouvir e ele gozou também se deixando cair em mim ofegante, eu passei as mãos pelos seus cabelos escuros e desgrenhados lhe dando um beijo na testa.

Sakura: Posso dormir aqui hoje?

Ele me olhou com um sorriso que nem precisava que ele respondesse, ficamos ali deitados por um bom tempo sem falar nada, só curtindo o momento.

Sasuke: E aí, como foi?

Eu o olhei e ele esperava uma reposta.

Sakura: Foi maravilhoso!

Ele sorriu me dando um beijo na testa e eu me deitei em seu peito me aconchegando nele, essa noite foi mais do que perfeito e tenho certeza que não foi só pra mim.







Continua....


Notas Finais


Espero que tenham gostado e ate o próximo capitulo 🌸💋.....


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...