História Satsuriku no Tenshi - A sua real importância para mim - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Satsuriku No Tenshi (Angels Of Death)
Personagens Rachel, Zack
Tags Aventura, Psicológico, Rachel, Romance, Terror, Universo Alternativo, Zack
Visualizações 104
Palavras 1.586
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yoo! Demorei? Demorei! Mais estou aqui novamente com um capítulo novinho pra vocês e além de um pouco maior também tem algumas cenas mais picantes ;3; bom, aproveitem!

Capítulo 2 - Você é minha propriedade


Fanfic / Fanfiction Satsuriku no Tenshi - A sua real importância para mim - Capítulo 2 - Você é minha propriedade

-...A verdade é que eu não consigo matá-la.

-H-huh...?

-Antes de tudo, escute bem o que vou lhe dizer. -Rachel surpresa pelas palavras de Zack e ainda sem entender não mexe um músculo.

-Eu decidi não te matar. -A cabeça  de Rachel estava uma bagunça  e antes que ela encha Zack de perguntas como: "Por quê?!" Ou "O que você  está  dizendo? Ou até "Você está  realmente pensando no que diz?" Ele rapidamente chuta sua foice para cima a pegando no ar e colocando por trás do corpo de Rachel que ainda estava imóvel. Logo depois ele se abaixa ficando prótimo ao ouvido de Rachel e diz:

A partir de agora quero que coloque uma coisa nessa sua cabeça,  já que é uma garota esperta vai entenser o recado. 

-...Que coisa?

-Você é propriedade, Ouviu bem? Você é Minha. Nós prometemos que, ao sair da aquele inferno só eu poderia te matar, sendo assim você é minha. Eu digo isso em todos os sentidos. Até mesmo cada sentimento do seu corpo...dos pés até o último  fio de cabelo. E mais importante o seu sorriso, mesmo que ele seja todo fodido. Entendeu? 

N/T; Lembrando que, quero que tentem imagirar o Zack de alguma forma soando de uma forma mais provocante. Falando cada palavra da frase beem devagar, no ouvido dela. O que deixaria qualquer garota "Lá em cima" ( ͡° ͜ʖ ͡°) se é que me entendem.

-...Sim...Eu entendi, Zack...

-Ótimo. -Zack se afasta de Rachel tirando a sua foice de trás da mesma e a coloca sobre as suas costas ainda a olhando fixamente. 

-...Mas, Zack eu posso fazer uma única  pergunta?

-Vá em frente.

Ela respira bem fundo e começa a falar rapidamente, com a mesma expressão  vazia mais com a mão sobre o queixo fitando Zack.

-Você é Possessivo ou algo do tipo?  Você é tão  estranho por falar tudo isso, eu estava pensando o tempo todo Wow... Em minha mente, e também porquê você  falou do meu ouvido da aquele jeito? Fez eu me sentir tão  estranha. E mais uma coisa, se você  não  vai me matar o que eu vou faz-

-Silêncio! Caramba, você  ficou praticamente  o tempo todo que passei com você calada ou falando coisas complicadas  sem explicação, Parece que botou tudo pra fora agora, porra...

-...

-Bem, como estou com vontade vou responder a última,  apesar da primeira me agradar um pouco  mais. -Antes de falar, Zack respira fundo fazendo o maior sacrifício como se aquelas palavras fossem  absurdamente  complicadas.

-Ray ... eu ... quero que ... Você  viva comigo.

-...H-huh? - Rachel fica indiferente e dá alguns passos para trás.

-Não é isso, sua imbecil! Quero que junte-se a mim. 

-Quer que eu me torne sua aliada ou algo do gênero? 

-Algo do tipo.

-Mas...Depois do que você  disse antes, não é como se eu tivesse escolha não é? - Rache dá um sorriso pequeno.

-Heh...Algo do tipo. -Zack sorri de volta.

-Zack...Tem outra coisa muito importante  que eu precis-

Antes que Rachel terminesse a frase uma grande tempestade começou. 

-...Hum...Por enquanto pecisamos  encontrar algum lugar para ficar. -Diz Rachel 

N/T; Bom, como o Zack é um assasino ele claramente  não pode ficar com uma casa definitiva, de qualquer forma eu não entendo muito desse assunto. Mais sobre isso, ele não é um ladrão,  então  como nunca roubou nada, muito menos dinheiro ele sempre ficava em esconderijos ou locais abandonados.

-Sim, eu vou olhar por aqui depois você  me alcança.  - Diz Rachel.

-Não, é perigoso. Você fica aqui.

-Mas Zack vai ser mais rápido  se duas pessoas procurassem, eu não vou muito longe não se preucup-

-Eu não estou preucupado com você! se insiste  tanto assim vá.

-Ok....

-Rachel seguiu em frente e começou a andar de cabeça baixa por uma rua escura.  correu para um beco ainda menos iluminado e de algum jeito se enfiou em baixo de algumas tábuas velhas de madeira que provavelmente foram abandonadas quando fizeram alguma construção. 

-Antes de continuar, preciso pensar. Como eu vou entender o Zack se não consigo entender nem a mim mesma? E o que ele quis dizer com junte-se a mim?...Espera, ele é um assasino. Isso quer dizer que eu vou ter que matar pessoas também?

-Não, não vai.

-Z-zack!?

-Não fique pensando nessas coisas, eu não vou matar ninquém, pelo menos por enquanto. Muito menos vou te obrigar a fazer isso. Acho que deveria ter contar algo, como você  falou o tempo todo da promessa acho que deveria contar o que eu realmente  pensava sobre isso. Eu queria queria ver a emoção e os sentimentos que tem por mim  ao te matar.

-Por...você?  

-Não! Eu não quis dizer os seus.

-Os meus? -Rachel perguntou ainda mais confusa.

-Ah, foda-se! Esqueça isso! E mais importante  o que diabos você  está  fazendo aqui quando deveria estar procurando um lugar para ficarmos? 

-Eu encontrei, acho que acabei passando por um prédio abandonado mais precisava vir aqui  para colocar  a cabeça no lug-

-Não deveria! Você  é inteligente  mais fala tantas coisas inúteis. Será  que você  não raciocina?  Eu sou um assasino procurado, o que acontecerá se n-

-Eu entendi. Rachel sai de baixo das tábuas e sai do beco, os dois vão em direção  ao prédio. No caminho, Zack entediado olha para um cartaz que era sobre um filme que era de romance que estava popular. N/T; A principal fama do filme era sobre os beijos e as cenas quentes. As principais  frases do cartaz eram:

"Um Beijo...boca com boca" 

"E muitos beijos de língua"

"É a primeira vez da xxx será que ela vai conseguir agradar o xxx na cama?"

-Que besteira.

Rachel para ao ver que Zack tinha ficado para trás. -Zack? O que está fazendo? 

-Não é nada, Continue caramba!

-Ok...

Zack novamente fita o cartaz e Rachel em seguida. 

-Porra...Ela é tão reta. Não  iria aguentar  o tranco. Espera, o que diabos estou dizendo? Que absurdo! tudo culpa desse cartaz imbecil. -Zack rasga o cartaz e volta a andar seguindo Rachel.

Eles chegam no prédio abandonado, entram pelas janelas que estavam quebradas. Ele era bem pequeno por dentro apesar de parecer enorme por fora. eles subiram  algumas escadas mais só acham uma porta de madeira, tinham vários outros cômodos mais estavam vazios. Chegando a porta que foi arrombada  por Zack logo em seguida. Eles entram no quarto que era até espaçoso e tinha até uma cama.

-Tem uma cama, você pode dormir nela.

-E onde diabos você  vai dormir? 

Rachel aponta para o chão frio que ainda por cima estava imundo.

-Se você  ficasse doente só iria me causar problemas. Pode dormir aqui contando que não  se mexa a noite, caso contrário  eu te chuto sem dó.

-Ok. -Rachel acena e se quase na ponta cama, Zack se deita logo depois.

Depois de alguns minutos ela caiu no sono parece que fazia anos desde a última  vez que tinha dormido uma noite inteira.

Zack ainda continuava acordado encarando o teto e de repente o cartaz lhe vem a cabeça. 

Eu estou mesmo sozinho com uma garota na minha cama? Não, não faz diferença  já  que é a Ray. Não... Na verdade não, já que isso não muda o fato que ela é uma garota. Mas, porra ela tem o corpo de uma Loli. Além  de assassinato eu seria caçado por pedofilia também? 

Zack se aproxima lentamente de Rachel e a encara. 

N/T; Eu acabei esquecendo de citar isso, mais o Zack está acordado a dias, ainda  a mais dias que a Rachel então  mesmo ele tendo o corpo e aguentando muitas coisas que pessoas normais não suportariam como um "monstro" Ele já estava só o bagaço  da laranja então  precisava de uma dormidinha. Ele estava muito cançado mais mesmo assim ele sabia o que estava fazendo na hora. Ou não, quem sabe.

-Dormindo ela parece exatamente como uma bonequinha pura, tão  entediante! -Rachel acaba acordando com os gritos de Zack e se assusta ao ver o mesmo em cima dela.

-O que você  está faz-

-Hey, Ray eu preciso fazer uma pergunta. 

-P...Pode fazer.

-Você...-Ele se aproxima de seu rosto.

-Já beijou alguém antes?

-Não. 

-É virgem?

Como diabos ele consegue perguntar  essas coisas com tanta facilidade? -Pensa Rachel um pouco indignada.

Rachel acena em afirmação. 

-Zack, desculpe... mais eu não estou entendendo o que você está tentando faz- 

Antes que Rachel pudesse terminar, Zack rapidamente beija a garota deixando ela sem saber o que dizer, muito menos fazer. mais ele não se afasta, logo depois leva o rosto em direção ao pescoço da mesma e morde ele sem sem um pingo de exitação. 

-Z...Zack...saia...de cima.

-Não me dê ordens.

Zack havia perdido totalmente o controle. Ele nunca tinha sentido algo igual  toda a sua vida, estava cego por Rachel, tudo que ele queria na aquele momento era que ela pertencesse a ele.

Rachel estava muito confusa, mais de alguma maneira cada toque de Zack causava um sentimento muito forte nela, um que ela não entendia por mais que tentasse compreendê-lo, ela parou de tentar sair de baixo de Zack e de tentar mandar se acalmar e sair de cima dela. Por algum motivo ela não conseguia, ela estava arrepiada, ela não queria que ele parasse.

Ele acaba voltando por um momento e sai de cima de Rachel deitando na cama.

-Saia do quarto agora, se você ficar mais um segundo eu não vou conseguir me conter.

-Mas eu não quero que...

-O que você quer não importa. Você ao menos sabe a minha idade? Porra, eu tenho mais de 20 anos...!

-Eu sabia...li na sua ficha.

-Como assim "eu sabia"? Você tem ideia do que está dizendo? 

-Eu não quero...que você pare por algum motivo. 

-Você é tão estranha...!

-Zack...

Rachel sobe em cima de Zack e o olha fixamente.

-Você disse que eu era sua, disse que meu corpo era seu, certo? Então...você pode fazer o que quiser com ele.









Notas Finais


Bom, é isso. Se tem alguém aqui lendo, e não sabe disso o que é muito improvavél. "Satsuriku no Tenshi" é um jogo que teve sua adantação para mangá e agora teve outra para anime! Eu queria que vocês fossem dar uma olhada em pelo menos um dos dois, é um dos meus animes favoritos. Reforçando que, eu sou só uma fã da obra que shippa o casal e está fazendo uma fanfic alternativa deles. Nas obras originais não vão conter as cenas dessa fanfic tirando as referências claro. E muito menos as cenas pevertidas ou românticas dessa fanfic.
Embora eu queira muito isso rsrs. Enfim, Espero que tenham gostado do cap <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...