1. Spirit Fanfics >
  2. Saturado >
  3. Saturado

História Saturado - Capítulo 1


Escrita por:


Capítulo 1 - Saturado


Acabado. Saturado, eu diria. Emocionalmente instável? Sim. Com certeza. Sem dúvidas. Afinal, não é óbvio? Simplesmente tenho asco de tudo e todos, excepcionalmente de mim. Essa arrogância que me preenche, só me afasta dos que eu considero amigos. Mas não posso apenas me culpar já que sou inteiramente rancor.

Dê-me um motivo para te odiar que nunca mais o verei; creio que essa é a frase que mais me define nessa última semana. Não sei por que estou assim... Simplesmente estou. Tudo me irrita, qualquer erro ou deslize; qualquer palavra que foi proferida sem intenção de magoar, mas que acaba ferindo; literalmente qualquer coisa. Estou neste desgaste há um bom tempo, talvez um mês, ou um pouco menos; e creio que esta fase de quarentena só me deixa mais e mais volátil.

Há um desgosto dentro de mim, um misto de sentimentos e sensações: rancor, nojo, raiva, repulsa... Decepção. Sim. Decepção. Talvez esse sentimento me assole. Decepção da minha família, por não conseguirem me apoiar o suficiente; por serem mais egoístas que eu. Decepção por ela, que me deixou à beira da incerteza, sem saber o que fazer, em quem confiar; mesmo eu a tendo alertado diversas vezes, pedindo para ela confiar em mim. Decepção pelas minhas amizades, nas quais creio veemente que são falsas, que têm interesses por trás, amizades as quais não posso confiar como há tempos já confiei.

Quero desabafar. Ter alguém com quem eu pudesse me deleitar em emoções, libertar o que eu mais tenho medo de dizer. Mas não consigo confiar em ninguém; sinto que não estaria seguro. Não sei por que estou escrevendo e nem o por que provavelmente postarei isso. Talvez porque isso seja como uma terapia? Porque eles não sabem que você faz isso quando não suporta mais sua realidade? Sim, com certeza.

Não estou tão mal. É tudo um equívoco da minha mente, na qual vem me pregando peças constantemente. Talvez tudo seja um inferno, ou apenas um purgatório, ou apenas a mente de um adolescente presunçoso que se acha importante o bastante para ter um ego elevado. Tudo continua confuso. Não sei o que fazer; qual rumo seguir ou apenas se devo me desculpar ou não. Só queria alguém do meu lado, alguém que acreditasse em mim. Enquanto esse alguém não surgir, este inferno não terá fim.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...