História Saturday Night's - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin)
Tags Jikook, Kookmin, Musical, Rock, Romance
Visualizações 7
Palavras 764
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura 💜💜💜

Capítulo 3 - Professor


Fanfic / Fanfiction Saturday Night's - Capítulo 3 - Professor

Eu estava ali, sentado naquele sofá duro, sendo encarado pelo garoto magrelo de pé atrás do pai, que estava acomodado em uma poltrona em frente a mim.

O homem que usava uma regata branca meio suja, uma barba mal feita e cabelo desgrenhado me fitava com curiosidade 

- Como ficou sabendo de mim? - Perguntou 

- S-sou um amigo do dono do bar.... que você toca - Respondi nervoso 

- Hm - Murmurou

Ao lado da poltrona notei um cinzeiro em cima de um banquinho de madeira, o cheiro de cigarro daquele lugar já estava me arranhando a garganta, mas não é como se aquilo não fosse comum naqueles tempos, quase todos fumavam, era como uma moda. 

O garoto deu uma tosse pesada e saiu para tomar água, deduzi, enquanto o pai continuava a me fazer perguntas 

- Você tem violão? 

- Sim, senhor 

- Já fez aulas? 

- Sim, senhor 

- Quanto tempo? 

- 4 anos - Ele me olhou surpreso 

- Então você já deve saber tocar, por que está querendo fazer aulas? 

- Acredito que sempre tem algo a mais para se aprender - Respondi e ele sorriu pegando um cigarro do maço ao lado do cinzeiro 

- Garoto... Garoto... - Retirou um isqueiro do bolso, colocou o cigarro na boca e o acendeu, soltando a fumaça no ar - Espero que você realmente pense desse jeito, e que não tenha simplesmente repetido uma frase que ouviu por aí  

O Homem se levantou e me deixou sozinho na sala por alguns instantes, até que voltou com um violão em mãos, ele era inteiro preto e tinha um pouco de poeira embaixo de suas cordas 

- Toque para mim - Disse ele estendendo o violão na minha direção 

Fiquei meio sem reação com o instrumento no meu colo, o que eu deveria tocar para ele? 

- O que está esperando? - Disse - Toque para mim

Engoli em seco e respirei fundo

Comecei a dedilhar a música "Girls Just Wanna Have Fun" de Cyndi Lauper (Link de como Jimin tocou nas notas finais)

Era incrível como a música tinha o poder de me transformar em outra pessoa, até alguns segundos antes, eu estava nervoso por ter que tocar para um completo estranho, por que mesmo aprendendo violão a um certo tempo, eu não era acostumado a tocar para outras pessoas. 

Mas assim que comecei a escutar o som que as cordas faziam com o auxílio de minhas mãos, eu acabei esquecendo que o homem estava ali, e me concentrei apenas na sensação de êxtase que escutar e fazer aquilo me proporcionava.

- Pode parar - Disse Junghyun - Já é o suficiente 

- M-mas - Comecei a falar mas fui interrompido por ele que se levantou e tirou o violão do meu colo - S-senhor, me desculpe, mas tenho certeza de que posso melh...- 

- Toda sexta feira ao meio dia, não se atrase - Disse - E traga seu próprio violão 

Disse saindo da sala, fiquei um tempo processando o que tinha acontecido ali e não pude deixar de soltar um pequeno sorriso quando entendi que eu tinha um novo professor. 

- Você aí - Escutei me chamarem e vi o filho de Junghyun parado perto da porta da cozinha - Quer um copo d'água? - Perguntou agora um pouco mais simpático do que quando nos conhecemos 

- Eu aceito - Respondi 

★ ★ ★ 

- Então sua mãe não gosta da ideia de você querer trabalhar com música - Disse Jungkook sentado ao meu lado nos degraus da varanda de sua casa 

- Nem um pouco - Respondi 

- Sinto muito, é um porre quando os familiares não aceitam, sei como é

Eu me perguntava se ele realmente sabia como era, já que o pai era músico, mas optei por não perguntar 

Jungkook tossiu pesadamente de novo e coçou o pescoço deixando o lugar vermelho 

- Você deve ser bom - Disse 

- Hm? - Falei surpreso - Por que? 

- Tem anos que meu pai não ensina alguém que não fosse a mim - Disse - Para ter aceitado ensinar você, deve ser realmente bom - Sorri minimamente 

- Não sei se realmente sou bom, o que eu sei, é que quero ser - Falei - Ser o melhor - Jungkook riu 

- Boa sorte, por que vai me ter como seu rival nesse sonho - Falou 

- Então... - Estendi minha mão para ele - Que vença o melhor - Jeon encarou minha mão ainda sorrindo e apertou 

- Ou seja, eu - Disse 

- É o que vamos ver - Respondi 



Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...